Ministro da Defesa italiano diz que caso Battisti “coloca em risco” amizade entre Brasil e Itália

O ministro da Defesa da Itália, Ignazio La Russa, afirmou nesta quinta-feira que a decisão brasileira de conceder status de refugiado político ao ex-ativista Cesare Battisti “coloca em risco a amizade entre Itália e o Brasil“. Na terça-feira, o ministro Tarso Genro (Justiça) concedeu refúgio político ao italiano, condenado por quatro assassinatos à prisão perpétua.

Em entrevista à televisão italiana, o ministro La Russa qualificou como “incrível” a medida, que impede a extradição de Battisti, solicitada pela Justiça italiana.

“Muito grave”

O subsecretário das Relações Exteriores italiano, responsável para a América Latina, Vincenzo Scotti, considerou nesta quinta-feira “muito grave” a decisão do Brasil de conceder o status de refugiado político a Battisti.

“Não se compreende as razões da decisão, não se entende como se pode levar para a política os crimes previstos no código penal italiano”, disse Scotti.

Segundo ele, o governo do Brasil devia ter deixado essa decisão para “a Suprema Corte” –numa crítica à determinação do ministro da Justiça, Tarso Genro. Esperamos que a Suprema Corte possa estabelecer o equilíbrio jurídico e que o Brasil possa compreender a gravidade dessa decisão.”

Recurso

A Procuradoria Geral da Itália informou que pretende apresentar um recurso à Justiça brasileira para anular a sentença que concedeu refúgio ao ex-militante de extrema-esquerda italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua no país.

“Neste momento, estamos estudando, em estreita coordenação com a embaixada italiana no Brasil, todas as estratégias técnicas e políticas para conseguir que a decisão seja reconsiderada”, disse o assessor da chancelaria italiana, Pasquale Ferrara.

Na última terça-feira, o ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu o status de refugiado político ao ativista, negando assim um pedido de extradição feito pela Itália, por considerar que o acusado corria riscos de perseguição política em seu país.

Fonte: Ansa Roma

Comentàrio do Saga

Em todos os telejornais aqui na Italia a noticia é a mesma: ‘ O absurdo ato do governo brasileiro ao conceder asilo politico ao assassino Battistini’.

Como se nao bastasse o ato do ministro Tarso Genro, agora o proprio presidente Lula resolveu bravejar conta a Italia, declarando “que a Italia deve respeitar a decisao soberana do Brasil”…

Confesso que nao entendi porque o ministro Tarso Genro resolveu conceder asilo politico a um assassino, que comprovadamente nao tem nada de ‘politico’. O proprio CONARE (Conselho Nacional para Refugiados) rejeitou o pedido em 2008. Talvez tenha sido pelo mesmo critério que recentemente o congresso brasileiro adotou ao absolver seres como Renan Calheiros e recentemente Paulinho da Força, tao comprovadamente culpados quanto Cesare Battistini.

E da pròxima vez que um amigo me perguntar porque nao quero voltar ao Brasil, terei mais um exemplo a dar… infelizmente!

4 Comentários


  1. INFELIZMENTE NAO CONHEÇO A SITUAÇAO DO ATIVISTA CESARE BATISTINI, MAS INTENDO QUE SE OCORRER QUALQUER RISCO DE VIOLAÇAO DO DIREITO DO MESMO DE SE DEFENDER, O BRASIL ESTA CERTO EM NAO EXTRADITAR, MAS ISSO DEVE SER FEITO RESPEITANDO A AMIZADE ENTRE OS DOIS PAISES, MAS RESPEITANDO TAMBEM A INTEGRIDADE FISICA DO PRESO, INTENDO QUE NOSSO PAIS E SEGURO SIM PRA QUALQUER UM QUE QUEIRA VIVER DIGNAMENTE SEM INTERESSSES ASCUSOS E PARABENIZO TANTO A SUPREMA CORTE COMO AO PRESIDENTE LULA PELAS AÇOES TOMADAS ATE AQUI NESSSE CASO.

    Responder

  2. Olá!Realmente, mais uma vergonha do gover Lula… inacreditável, a essa altura do campeonato, resolver dar asilo a terrorista.Em Março estou indo a Italia, iniciar a minha saga! Vou pra Calábria primeiro, e depois escolho outras paradas! Adoro teu blog, boa sorte!

    Responder

  3. Ciao Fabião,voce tem toda a razão e eu me solidarizo com voce totalmente,eu sou o Flávio Boschetti e moro no Japão estive em contato com voce via e,mail varias vezes mas vc não respondeu mais depois que ficou rico,hahaha, inclusive hoje especialmente iniciei meu blog aqui no Japão que se chama "Conquista in Giappone-Cidadania Italiana" e pretendo contar minha experiência aqui durante estes quinze anos e a minha "Saga" a respeito da minha cidadania Italiana,no mais a atitude do governo brasileiro é irresponsavêl e inconsequente,afinal dar guarida para terrorista é algo inádmissivel,por favor leia meu comentário no meu blog,ok,abbracci banbino,augure mille…Flávio Boschetti del Giappone,viva…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.