Gerson dalla Corte – Uma Saga

Ola amigos

Hoje quero contar a historia do gaucho Gerson dalla Corte, que recentemente teve a tao sonhada e suada cidadania reconhecida!

Finalmente italiano!!!

 

O caso do Gerson foi uma verdadeira Saga, pois chegou com os documentos legalizados por Curitiba (morava no Parana antes de vir) entao ja estava preparado pra esperar. Sò nao contàvamos que o consulado mandaria a non rinuncia com o famigerado carimbo: "Pedir a non rinuncia também para Porto Alegre" ja que alguns documentos dele eram provenientes daquele estado. Até ai nenhum problema, ja que o consulado de Porto Alegre mandava a non rinuncia em torno de 15 dias… Porém alguns dias antes o mesmo consulado tinha mudado o procedimento para o envio da non rinuncia, lembram? Foram mais dois meses de uma longa espera, ligavamos no consulado de POA, mas nada…
 
Mas o que nos chamou a atençao nao foi o tempo que durou o processo do Gerson! Ao contrario dos outros 90% de clientes, o Gerson veio com o unico objetivo: permanecer na Italia depois da conclusao do processo! Nao pensava em ir a Londres ou a qualquer outro lugar que nao fosse à Italia. Sò nao sabia até entao pra onde iria! Pensava em Torino, Milano, Verona, Roma, nao importava; desde que fosse no mesmo pais onde seu bisnonno Pinton Giuseppe tinha emigrado do comune de San Giorgio em Bosco, provincia de Padova…
 
E confesso que era engraçado porque muitas pessoas tentavam persuadi-lo de ficar aqui, diziam que a Italia estava em crise, que o euro nao valia mais do que a libra esterlina, que Londres era o melhor lugar do mundo, eu sequer consigo inumerar a quantidade de problemas que eu ouvia as pessoas dizendo a ele em relaçao a permanecer aqui. E ele educadamente apenas sorria, agradecia aos 'conselhos' e diria que iria tentar mesmo assim. E estudava! Enquanto muitos acordavam por volta do meio-dia, ele acordava as por volta das oito da manha, e todo santo dia pegava sua bicicleta, colocava seu notebook nas costas e ia para a biblioteca estudar e acessar a internet – sempre focado no seu objetivo!
 
E o resultado veio – e nao poderia ser melhor: encontrou um excelente emprego em Pisa num dos diversos hoteis que por là existem, mudou-se pra la com sua fiel bicicleta e hoje, ao contràrio dos conselhos ouvidos consegue guardar no final do mes mais dinheiro do que os 90% que foram a Londres, contrariando todos aqueles que ficam em casa o dia inteiro reclamando que a vida é injusta mas ao mesmo tempo nao fazem nada para mudar!
 
Aprendemos demais com a garra e determinaçao do Gerson, esperamos que muitos que vem à Europa tenham a mesma visao que ele, que estudem incessantemente a lingua italiana, que saiam a busca de melhores oportunidades, e que acima de tudo saibam que nao existe recompensa sem luta, que nada cai do céu e que Deus certamente nos ajuda, desde que façamos nossa parte também!!!

 

Gerson e a Carta d'Identità
 
 
Dando um role!
 
Turma da 'marina'. Inesqueciveis!!!

Grande Gerson in bocca al lupo!!!!

  • Porra, lendo a tua desciçao nem parece que fiz tudo aquilo, eheh Cansei sò de ler!Mas quando se tem dias livres (na verdade meses, 6!) tem tempo pra essas coisas.Demorou, mas veio! E tudo de uma vez, emprego, casa e cidadania. Sò falta arrumar uma italiana rica, ehehForam litros e mais litros pra aguentar todo esse tempo, mas como ja diria o filosofo: quem beber, berà!Qdo der apareço aì pra tomar umas. gde abraço! (Corrigido agora, eheh)Gerson