Plantando coisas boas e colhendo amizades verdadeiras…

Ciao a tutti

Tenho tantas coisas pra contar a voces que nao consigo começar! Engraçado, mas ultimamente estou tao feliz com as mudanças que estao acontecendo na minha vida que quando sento pra escrever e contar pra voces as novidades, sou tomado por tantos sentimentos bons, tanta euforia e felicidade que nao consigo transmitir através de palavras!!!

Estou vivendo um turbilhao de novidades: casa nova, carro novo, empresa nova (fechei a antiga e abri uma nova com uma atuaçao muito maior, trabalhando nao sò com cidadania italiana mas também com imigraçao de forma geral), namorada linda, clientes novos, clientes antigos sendo reconhecidos, verao que chegou, Copa do Mundo que se aproxima (serà meu primeiro mundial em solo italiano), amigos italianos novos, até bicicleta nova eu tenho!!!

Jà hà alguns meses decidi que este ano de 2010 seria um ano especial! O ano que seria lembrado no futuro, quando estiver reunido com minhas filhas e meus netos contando as històrias vividas, como o ano divisor de àguas entre um passado bom e um futuro excepcional. E sempre com fé em Deus e perseverança, todos os meus objetivos estao sendo alcançados… e superados

E quando penso em futuro, nao penso em dinheiro nem status. Penso num lugar onde eu possa estar com as pessoas que eu amo e que me amam igualmente! Hoje vivo num lugar rodeado de pessoas que eu prezo e que me querem bem. Nesta semana – entre làgrimas – deixei na estaçao de trem um cliente. Alias, nao apenas um cliente mas um amigo, que voces conhecerao nos pròximos dias aqui no blog, quando escreverei sobre a alegria da conquista da sua cidadania italiana. Uma pessoa que me mostrou que nao existe dinheiro no mundo que seja suficiente para competir com a humildade e a honestidade de uma pessoa. Que nao importa seu saldo bancàrio, o que importa é o saldo positivo que voce faz na vida, plantando coisas boas e colhendo amizades verdadeiras!

Dificuldades? Claro que elas existem, e temos que agradecer a Deus por elas, afinal de contas, sao os pequenos tropeços e obstàculos que nos fazem adquirir força e coragem para continuarmos nosso caminho.

Termino por aqui, pois preciso atender a campainha, hoje serà instalada minha nova linha telefonica e também minha internet, mais novidades neste momento tao bom.

Isso significa que provavelmente o pròximo post serà escrito com a internet nova, aproveito pra ‘doar’ a cada um de voces leitores um pouco da minha felicidade neste momento.

A più tarde…

  • Pois é, eu já entrei em contato com o oficial e ele me pediu a certidão de casamento da minha mãe e a de divórcio. Vou ter que repensar o comune que darei entrada! Muito obrigado Fábio! Tudo de bom…

  • Uriel

    No primeiro problema que é sobre a certidao de casamento, voce precisa da certidao original, copias autenticadas nao servem!

    Sobre o divòrcio, é a mesma resposta que eu dei pra Tereza: eu nunca utilizei nos mais de 100 processos que realizei sequer um processo de divorcio, exatamente porque na certidao de casamento consta a anotaçao. Poremmmmm tudo vai depender do oficial que vai realizar sua pratica, pois ele pode ou nao exigir este documento, ok?

    Por isso caso voce jà tenha escolhido o comune em que pretende fazer sua pràtica, pergunte diretamente ao oficial se é necessàrio ou nao o processo inteiro de divorcio!

    Abs e sucesso sempre!!!

  • Tereza

    Nos comunes onde eu trabalho nao, mas sei que muitos nao aceitam, verifique diretamente com o comune onde pretende dar entrada na sua pratica, ok?

    Abs

  • Calasans, Andrea, Juliana, Maria Elisa, Caroline, Zildelicia, Michelle, Arthur e Bete

    Muuuuuuuuuito obrigado pelas palavras, voces todos fazem parte deste momento especial, afinal sao voces que tem paciencia para ler tudo que escrevo, e é engraçado que as vezes estou por ai e quando vejo algo engraçado ou interessante logo penso: preciso escrever sobre isso no blog – ou seja – é um prazer compartilhar um pouco da vida aqui na Itàlia com todos voces!!!!

    Bjssssssssssssssssssssss

  • Anonymous

    Oi Fabio,erroneamente passo por aqui e nunca comento.Ainda,em tempo
    aproveito esse seu momento para parabeniza-lo.
    A colheita é boa e satisfatória,por
    que a rega foi feita.Vc merece colha os louros.

    Um forte abraço(brasileiro) da sua amiga oculta…Bete

  • Fábio, minha questão não tem nada a ver com o seu post, que por sinal é muito legal… parabéns!! A minha dúvida é imensa:Eu estou indo pra Itália para reconhecer a cidadania italiana e tenho um amigo que levou os meus docs traduzidos e legalizados no comune onde darei entrada para verificar se falta alguma coisa. Faltou! Eles pediram a certidão de casamento e divórcio da minha mãe, que está me transmitindo a cidadania. Eu achei na minha casa as duas certidões, mas existem problemas. A certidão de casamento é uma cópia autenticada. No MRE eles legalizam, mas no consulado italiano eu não sei, acho que só original. Acho que eu consigo a original no cartório aonde foi feito, mas não tenho certeza. A certidão de divórcio, é uma “Certidão de Divórcio com averbação de separação”, um documento de uma página, do tamanho de um RG, com frente e verso, contendo o texto da certidão de casamento de um lado e a averbação do divórcio e separação judicial no outro. Essa é original, mas no Consulado Italiano de Porto Alegre diz o seguinte: “Caso de pessoas divorciadas. No caso de divórcio estabelecido por sentença, o requerente deverá apresentar a separação e o divórcio: petição inicial, audiência, sentença e transito em julgado de ambas…”. Isso é um problema, pois essa certidão que eu tenho é de divórcio estabelecido por sentença e toda essa papelada (petição inicial, audiência, sentença, etc.) eu não vejo possibilidade de conseguir. Acho que é bom eu deixar claro que na minha certidão de inteiro teor, já traduzida e legalizada, diz que eu sou filho da minha mãe, que é professora, 28 anos de idade, separada consensualmente, etc…. ou seja, no “Certificato Integrale” já fala da separação. Ainda assim é preciso dessa documentação de divórcio, sendo que a minha mãe nem vai requerer cidadania?

    Eu li em algum lugar que com a certidão de inteiro teor, não precisaria do divórcio, mas o cara do Ufficio Anagrafe solicitou, daí para eu poder questionar ele, eu preciso de uma lei que diga isso. Existe alguma? Na Circolare K.28 eu não achei nada que dissesse isso, aliás nem diz que precisa do divórcio, apenas do casamento.

    Não leve a mal o grande texto, mas se tudo isso for necessário vai praticamente inviabilizar o meu processo.

    Obrigado!!

  • Oi Fabio!

    Vc saberia informar se a sua comune cria algum problema com certidão de nascimento tardia? Meu avô não tinha certidão e foi necessario um processo judicial para confeccionar tal certidao, aprovado por juiz etc. Vc poderia me responde isso o quanto antes?
    Muito grata!
    Tereza

  • Fabio vc merece todas as suas conquistas, pois com essa sua energia positiva que contagia não poderia ser diferente! Continue assim.

    Abraços

    Arthur Parraz

  • Fábio, parabéns pelo momento único e se Deus quiser, ETERNO!!! Saluti.

  • Anonymous

    Ciao FABIO,
    Voce esta utilizando os melhores ingredientes para FELICIDADE, entao, nao tem como nao dar certo!
    A confiança que deposito em voce, nada mais é que reflexo de suas atitudes…. Atitude, é o que voce mais tem !
    2010 ANO DOURADO PARA O SAGA !!!
    O caminho e este!
    Lu, estou colhendo informaçoes para que voce possa finalizar a pesquisa de antenato de nosso amigo, voce é imprescindivel!
    Baciones !
    Zilda Fernandes

  • parabens pelas conquistas fabio que deus te abençoe

  • Maria Elisa Gallo

    Fabio Fico feliz por você, que hoje colhe o que plantou nos anos iniciais de incerteza e insegurança, vencidos pela persistência e objetividade do que queria de sua vida, pelo menos em cada momento! O futuro? É o futuro: será construído dia-a-dia e o que vale é o hojem alicerçado no ontem!

    Que Deus te abençoe sempre.

    Um grande abraço

    Maria Elisa Gallo

  • Fábio, que legal!
    Como é bom ver compartilhar as alegrias!
    Abraço!

  • Fábio, a felicidade contagia!!
    É muito bom ver as pessoas assim!
    Parabéns

  • Fábio,fico feliz por você! Tem pouco tempo que “te” conheço (através do blog) que já me ajudou MUITO no processo de intercâmbio com bolsa do Erasmus q to fazendo e sei lá,acho que as coisas boas sempre vêm e quando conseguimos vê-las com olhos de gratidão ao invés de simples “sorte”,acho que elas se multiplicam.
    🙂

    Que venham mais 2010(s) pra você!