Casamento na Italia – Passo a Passo

Tenho recebido diversas perguntas de amigos sobre casamento na Italia e então me dei conta que nunca escrevi sobre isso no blog.

Vejamos então o passo-a-passo:

Casamento na Italia

Da mesma forma que no Brasi, aqui na Italia podemos escolher entre o casamento civilcasamento religioso. Neste artigo tratarei daquele mais comum, que é o casamento civil e explicarei quais os documentos necessários e como efetivamente consumá-lo.

CASAMENTO NA ITALIA PASSO A PASSO

Você acabou de reconhecer sua cidadania italiana (ou já è cidadão italiano) e sua namorada/noiva/agregada/ficante tá louquinha pra casar com você e ser esposa de cidadão europeu, então o que fazer?

Partindo do pressuposto que você não quer fugir dela e realmente quer se casar, o primeiro passo é que você (cidadão italiano) seja residente aqui na Italia.

Mesmo que isso possa parecer óbvio, porém não custa lembrar, ainda mais neste momento que são muitas as dúvidas e preparativos, não é mesmo?

Existem alguns comunes que aceitam o casamento de cidadãos estrangeiros não residentes, mas como eu não conheço os detalhes para este tipo de casamento não tenho como escrever!!!

DOCUMENTOS A SEREM PRODUZIDOS AINDA NO BRASIL

A noiva ou o noivo brasileiro do cidadão italiano deve providenciar ainda no Brasil dois documentos: a sua certidão de nascimento em 2ª via original, recente e no formato inteiro teor e também um documento cohecido como declaração de solteiro.

1 – Certidão de nascimento

Um passo a passo simples para buscar a certidão, traduzi-la e legalizà-la:

  1. Pedir ao cartório onde foi registrado o nascimento uma 2ª via original da sua certidão de nascimento – especificando que ela deve ser emitida no formato inteiro teor;
  2. Enviar este documento para o escritório regional do ministério das relações exteriores para que seja providenciada a legalização deste  documento (antes de mandar traduzir);
  3. Uma vez que o MRE devolveu a certidão já com os carimbos de legalização deles, o próximo passo é mandar o documento para um tradutor juramentado;
  4. Levar o jogo (tradução + certidão original brasileira) ao consulado geral da Italia para que seja efetivamente legalizado e com isso adquira validade para ser utilizado aqui na Italia

2 – Declaração de solteiro

Cliquem aqui e baixem o modelo do formulário que foi disponibilizado pelo consulado brasileiro em Roma. Este documento deve ser assinado por duas testemunhas do noivo brasileiro e as firmas devem ser reconhecidas num cartório brasileiro!

Não é necessário traduzir nem legalizar este documento, pois o mesmo será entregue no consulado brasileiro aqui na Itália, conforme explicarei mais adiante.

Uma vez com a certidão de nascimento já traduzida e legalizada e também com o formulário ‘declaração de estado civil e de ausência de impedimentos ao casamento’ com as devidas firmas reconhecidas, é hora de providenciar (caso ainda não tenha) o Passaporte Brasileiro:

passaporte brasileiro

O passaporte deve estar ainda válido – aqui na Itália isso significa deve obrigatoriamente ter no mínimo ainda seis meses de validade.

Cliquem aqui para acessar o site da Policia Federal com as instruções sobre como requerer o passaporte brasileiro.

ROTEIRO NA ITALIA

O noivo ou a noiva chegou na Itália, os pombinhos mataram as saudades e agora é hora de pensar no casório propriamente dito. O passo seguinte é providenciar um dos documentos que os comunes exigem, chamado Nulla Osta (Nada Consta).

Este documento é emitido pelo consulado geral do Brasil aqui na Itália. Oficialmente no consulado este documento chama-se “Declaraçao para Fins de Matrimonio na Itália”.

Consulados brasileiros – jurisdições

Porém antes de explicar a vocês como fazer este documento, é necessário dizer que existem dois consulados do Brasil aqui na Itália: um em Milano e outro em Roma.

Cada um destes consulados só atendem os residentes da sua jurisdição, como vocês podem ver pelos mapas abaixo:

Regiões que o consulado de Milano atende: * Valle d’Aosta * Piemonte * Lombardia * Veneto * Trentino-Alto Adige * Friuli Venezia-Giulia * Liguria * Emilia-Romagna

Regiões que o consulado em Roma atende: * Abruzzo * Basilicata * Calabria * Campania * Lazio * Marche * Molise * Puglia * Sardegna * Sicilia * Toscana * Umbria

Fazendo a nulla osta (nada consta) no consulado brasileiro aqui na Italia

Ok, agora que vocês sabem em qual consulado se dirigir vamos entender como fazer a tal nulla osta. Antes de dirigir-se ao consulado, prepare os seguintes documentos:

  1. Declaração de solteiro, que expliquei anteriormente – com as devidas assinaturas reconhecidas em cartório no Brasil com data de emissão inferior a 6 meses;
  2. Certidão de nascimento brasileira, também emitida há menos de seis meses;
  3. Carteira de identidade ou passaporte brasileiro válido.
  4. Copia conforme dell’atto integrale di nascita do futuro cônjuge italiano, emitido pelo Comune;
  5. Carteirade identidade, carteira de habilitação ou passaporte válido do seu futuro cônjuge italiano.

Muito bem, documentos preparados, basta comparecer ao consulado com tudo certinho e pagar a taxa consular que atualmente custa 15 euros e sai no mesmo dia.

RESUMINDO

Opa, hora de resumirmos tudo que fizemos até agora, para melhor entendimento. Neste momento temos em mãos os seguintes documentos:

– Certidao de nascimento traduzida e legalizada pelo consulado italiano no Brasil

– Nulla Osta (Nada Consta) emitido pelo consulado brasileiro na Itália, atestando que o noivo brasileiro tem perfeitas condições para se casar.

Com tudo certinho, o próximo passo é:

APRESENTAR-SE NO COMUNE ITALIANO

Os pombinhos devem comparecer no comune onde o noivo italiano é residente para começar o trâmite do casamento.

Este trâmite é composto por duas fases:

a) publicação do matrimonio
b) celebração do matrimonio

Pubblicazione del matrimonio

A publicação do matrimonio tem como objetivo avisar à comunidade sobre o matrimonio e permitir que sejam apresentados eventuais impedimentos antes que o casamento seja celebrado.

O noivo brasileiro deve apresentar um permesso di soggiorno válido no pedido de publicação.

Caso tenha feito voo direto sem escalas do Brasil – Italia o próprio carimbo de entrada permite que seja feita a publicação dentro de 90 dias da entrada.

Caso tenha feito escala em outro pais antes de chegar aqui, o noivo brasileiro deve fazer a declaração de presença na questura dentro de 8 dias da chegada em território italiano.

Instruções e maiores informações sobre isso basta clicar aqui.

Os noivos devem se apresentar no Servizi Demografici – Ufficio di Stato Civile do comune de residência e – em frente ao oficial di stato civile – devem levar uma marca da bollo no valor de 16,00 que pode ser comprado em qualquer tabacaria:

marca da bollo italiana

Ali vocês preencherão os formulários necessários, e como este procedimento é feito no comune onde o noivo italiano é residente, os respectivos certificados já são providenciados pelo próprio oficial di stato civile, bastando apresentar apenas o documento de identità do noivo italiano.

Em todo comune existe um painel chamado “Pubblicazione di Matrimonio” onde fixa-se o documento para que todos possam ver com todos os dados dos noivos, vejam um exemplo:

52017_pubblicazione_matrimonio

Este documento deve permanecer pelo menos oito dias no comune (embora é comum permanecer em média 20 dias) e após isso parte-se ao passo seguinte:

CELEBRAÇÃO DO MATRIMONIO CIVILE

Geralmente na semana seguinte ao final da publicação, o oficial di stato civile marca a data da celebração, que acontece em local especifico no comune em presença do sindaco ou pessoa por ele representada!

Os noivos devem comparecer no horário marcado (muita atenção, pois não é permitido atraso – nem da noiva!). Neste dia comparecem os pais, testemunhas e convidados.

A solenidade é linda e segue as seguintes regras:

– Primeiro entram todos os convidados e testemunhas;

– Estes últimos se sentarão nos lugares indicados pelo oficial di stato civile, e deverão levar os respectivos documentos de identidade.

– Por último entram os noivos (podem entrar juntos ou então o noivo entra primeiro com a mãe e depois a noiva entra com o pai) e também se sentarão nos lugares específicos – a noiva sempre à esquerda do noivo.

Neste momento entram o assessor e o sindaco ou o seu representante e todos ficam de pé. Inicia-se então a leitura dos documentos para o rito.

E’ feito o juramento pelos noivos, que trocam as alianças e prometem amar-se para todo o sempre (oummmmmm)

Depois das devidas assinaturas, o ritual é considerado concluído!

Geralmente à noiva recebe um buquê de flores do comune, todos ficam felizes e de lá vão para o restaurante já previamente escolhido para a tão esperada ‘comemoração’ da nova vida do casal…

Casamento na Italia

Para os noivos que precisarem de ajuda com o casório, basta acessar o site Matrimonio.it, que lá tem praticamente tudo – desde como planejar a festa, a escolha do restaurante, o vestido da noiva e muito mais…

E para os pombinhos apaixonados um vídeo do Jovanotti chamado Baciami Ancora, realmente apaixonante:

CIDADANIA POR CASAMENTO

Após 2 anos de residência legal aqui na Italia, ou 3 anos de casamento civil, morando no exterior, o cônjuge de cidadão italiano passa a ter o direito a solicitar a cidadania italiana. Para saber mais sobre isso, basta clicar aqui.

GUIA PRÁTICO DA VIDA NA ITALIA

guia vida na italia

E para saber tudo sobre a vida aqui na Italia, como procurar emprego, estudar, solicitar documentos e tudo mais relacionado com a vida aqui, não deixem de conhecer o Guia Prático da Vida na Italia clicando aqui.

  • Marttinelli Sabrina

    Boa tarde! Gostaria de saber se a declaração de estado civil deve ser pública ou se preciso somente reconhecer a firma das testemunhas. O modelo que existe no site do Consulado Brasileiro em Roma é um documento simples que exige só firmas das testemunhas reconhecidas. Pode me ajudar?

  • Marcio Rizzo Farina

    Fabio sou separado judicialmente no Brasil , estou tirando cidadania italiana e voltei com a minha ex só que nossos documentos constam como separados. na italia como temos que procede.
    casei em jan/1985.

  • Belle Macedo

    uma pergunta muito específica haha
    vc sabe se em 1850 tinha uma idade minima para casar na itália? Não acho essa info em ligar nenhum

  • Jéssica

    Boa tarde Fabio!

    Meu namorado esta na Itália e é jogador em um time italiano mesmo, e ele teve sua cidadania reconhecida agora, no fim do mês vou para lá morar com ele e vamos nos casar lá. Tenho que fazer todo o procedimento que vc publicou aqui? Tem meios rápidos e fáceis para me passar, por favor!
    Obrigada.

  • Douglas Massariol

    Fábio, estou na Itália minha noiva esta no Brasil queremos nos casar por procuração como fazer?

  • Flavia Vasconcelos Brizola

    Boa tarde! Meu noivo foi a Itália para realizar o processo de cidadania em maio e vai retornar agora em setembro para pegar a carteira de identidade e o passaporte, porém em agosto iremos nos casar, a dúvida é: ele já deve levar a certidão de casamento traduzida e apostilada para apresentar ao Comune? Ou é possível atualizar o status cívil quando alterarmos o Aire? E possível solicitar a transcrição em qualquer Comune? Obrigada

  • Guilherme

    Planejo ir início de 2017 para Espanha. Sim, com o Acordo de Haia facilitará muito o processo de legalização de documentos. Marcia, para conseguir a documentação espanhola para residir e trabalhar, necessita essa transcrição do casamento mesmo? Falei com pessoas ligadas ao consulado italiano e me avisaram que só é importante essa transcrição caso vá morar na Itália, mas para a Espanha não é necessário. Apenas a certidão brasileira traduzida em espanhol serve para comprovar vínculo com cidadão europeu. Te exigiram essa transcrição mesmo?? Abraços

  • Luci Scuzi

    Oi Fabio, tudo bem? Entao. Li seu artigo e tenho algumas consideracoes a fazer. 1) A certidao de nascimento e a declaracao de solteiro nao precisam ser traduzidas ou legalizadas para apresentacao no consulados brasileiros de Roma e Milao. Porem, dependendo do comune onde a cerimonia sera realizada, o oficial pode requerer tais procedimentos.
    2) Voce colocou que “O noivo brasileiro deve apresentar um permesso di soggiorno válido no pedido de publicação”, porem a decisao da corte constitucional sentenca n. 245/2011 definiu que a “ilegalidade” nao pode constituir-se como impedimento para realizacao do matrimonio pois se assim fosse estaria ferindo os direitos civis (no caso, contrair matrimonio è um direito civil).

    Tenho uma duvida em relacao a carta di soggiorno per motivi familiare…pesquisei na internet e nao cheguei a uma conclusao, com esta carta que muitos confundem com o “permesso” di soggiorno è possivel trabalhar legalmente na Italia? Ou deve ser substituida por um permesso di lavoro (com contrato de trabalho e todo resto de doc. exigida)?

  • Marcia Marins

    Oi Fabio, tudo bem? Sou brasileira, casei-me com um Italiano recentemente no Brasil e logo na sequência viemos morar na Espanha, em virtude de seu trabalho. Preciso providenciar o meu visto de residência o quanto antes e fui orientada por uma advogada espanhola a pedir o reconhecimento de meu casamento na Itália. Porém, antes disso seria necessário fazer a legalização da certidão de casamento no MRE e no Consulado da Itália em Sao Paulo, é isso mesmo? Você sabe se isso é demorado? Depois de legalizada a certidão de casamento no Brasil, qual seria o próximo passo? Grata

    • Guilherme

      Oi Marcia. Estou numa situação parecida, só que ainda não fui morar na Espanha. No teu caso necessita legalizar tua certidão no MRE e depois no consulado italiano. Sei que no Brasil a legalização no MRE é feita na hora e depois no consulado italiano média de 1 mês. Na metade de Agosto será feito na hora todo processo pela “apostilla” do Acordo de Haia.
      Conseguiu alguma informação nova?

  • Felipe

    Ciao Fabio!

    Eu e minha namorada obtemos a cidadania italiana aqui na Itália (em processos separados), e agora pretendíamos nos casar. Para nossa surpresa, recebemos a informação de que nosso status civil nos sistemas daqui consta como “desconhecido”, por não havermos apresentado documentos que comprovassem nosso status civil durante o processo de cidadania.

    Houve algum erro por parte do Comune nesse processo? Entendia que, por não termos apresentado certidão de casamento (que de fato não existe), seríamos considerados solteiros. Dessa forma entendo que todos que fazem o processo devem trazer algum documento que comprove ser solteiro? (Existe algum documento desse tipo, se a pessoa não tem a intenção de se casar naquele momento?)

    Obrigado desde já.

  • Marcela Piva

    Ciao Fabio.

    Sobre a certidão de nascimento:

    “Enviar este documento para o escritório regional do ministério das relações exteriores para que seja providenciada a legalização deste documento (antes de mandar traduzir)”

    Por que não posso mandá-los traduzir primeiro?

    Questiono pois tenho documentos da Universidade para mandá-los a tradução, porém gostaria de enviá-los todos juntos.

    Atencisamente,
    Marcela Piva.

    • Olá Marcela, porque os carimbos do MRE também devem ser traduzidos, por isso que a tradução é a última etapa antes da legalização consular, entendeu?

      Abraços

  • Luciano

    Ciao Fabio.

    Publicaremos nosso matrimônio na comune de Seriate no dia 08 de fevereiro. Tenho dúvidas com relação ao prazo. O visto da minha noiva vence dia 3 de março, portanto temos menos de um mês. Podemos ter problema de realizar o matrimônio com o visto vencido? Ou só é necessário estar dentro do prazo pra poder publicar o matrimônio?

    Grazie mille.

    • Karla Paes Meneses

      Oi Luciano, como foi com vc? Estou com a mesma preocupacao. Grata.

  • Olá Juliana, até onde pude acompanhar, nunca vi nenhum tipo de restrição sobre a qualificação das testemunhas não. Abraços

  • Flávia Villatore

    Olá, Fábio, tenho uma dúvida: eu preciso fazer essa declaração de presença mesmo se estou indo como turista?

  • Jonatas J Oliveira

    Olá Fábio, parabéns pelo seu trabalho.
    Estou pra me casar e minha futura está no processo de naturalização. Temos algumas duvida sobre como será feito a minha naturalização? Quanto tempo vai demorar? É melhor casar lá ou ir casado? Se casado e sem naturalização quais os direitos que terei na Itália? Vou continuar sendo como estrangeiro até obter cidadania italiana? Como será o trabalho e estudo morando na Itália casado com uma brasileira naturalizada? Kkk desculpa mas são muitas dúvidas, principalmente quando envolve casamento… Obrigado

  • Renata

    Olá Fabio,
    Vou casar no civil aqui na Itália, após o casamento no Civil é preciso dar entrada num permesso de soggiorno?
    E como proceder para obter a cidadania italiana por meio de matrimonio? é mesmo preciso esperar 2 anos de casados? você pode nos ajudar com a documentação?
    Obrigada

    • Fabio Barbiero

      Olá Renata

      Todas estas informações podem ser tiradas diretamente com o oficial di stato civile do comune onde vocês estão se casando. Abraços

  • Luis cesar

    Boa noite Fábio.

    Sou cidadão italiano e tenho uma união estável no Brasil. Atualmente mora na Espanha , minha esposa está vindo morar comigo.

    Quais são as dúvidas .

    Vou ter que casar novamente ? Pq acredito q união estável não tem nenhuma validade.

    Tem como fazer o processo de cidadania italiana por casamento desde aqui da Espanha?

    • Fabio Barbiero

      Olá Luis tudo bem?

      Eu não conheço a legislação espanhola para união civil, verifique se aí é possível, ok? Abraços

  • Angelo

    Ola Fabio,

    Me casei recentemente no Brasil e ja enviei toda documentacao do casamento pro consulado, entretanto a minha comune é bastante lerda pra realizar os registros, minha cadamia foi reconhecida em 2013 e somente em 2015 minha certidao de nascimento foi transcita e ainda assim apos muita confusao e muitos e-mails.

    meu divorcio foi registrado somente apos 18 meses, o fato é que agora que eestou casado de novo desejo morar na italia e a pergunta que faço é:

    Caso eu legalize minha certidao de casamrnto aqui no consulado, posso pedir a alguem para leva la a minha comune pra que seja feita a transcrição e a emissão do esttrato de matrimonio?

    • Fabio Barbiero

      Olá Angelo

      Isso dependerá do comune: tecnicamente isso não é possível, pois você só pode entregar documentos no consulado onde é residente. Abraços

  • michele

    Olá Fabio tudo bem?
    Parabéns pelo blog, preciso muito da sua ajuda.
    Meu noivo tem cidadania Italia e perdeu o passaporte, casamos em 5 meses, pergunta:
    É melhor ele esperar e pedir a segunda via aqui depois de casado, quanto tempo demora?
    É melhor ele tirar a segunda via aqui no Brasil como solteiro e casarmos lá na Italia para agilizar o processo de cidadania?
    É melhor casar lá ou aqui?
    Na cerimonia você disse que precisa dos pais, mas nem minha mae nem a mae dele estará lá, só nós dois mesmo, pode ser?
    Quanto tempo dele deve estar morando na italia para eu poder casar lá?
    ufa por enquanto é isso.
    Fico no aguardo e desde já agradeço

    • Fabio Barbiero

      Olá Michele

      Independente do local onde vocês se casarem, isso não tem nenhuma relevância para um eventual pedido de naturalização por matrimônio. Claramente ele deve solicitar um novo passaporte aí no Brasil, pois ele não deve viajar sem o seu documento principal de viagem.

      Em relação ao processo de naturalização procure aqui mesmo no blog o artigo onde eu explico sobre ele, ok? Abraços

  • Gisele

    Olá Fábio,

    Meu marido italiano e eu (brasileira) queremos morar em Londres, nos casamos no Brasil e estamos na Itália para efetuar a transcrição do nosso casamento, chegamos aqui no final de semana então temos que esperar mais dois dias para entrar com o pedido de transcrição. Ainda não sabemos se eu necessito ter um comprovante de residência na Itália para entrar com o pedido, sabes me dizer se preciso?

    E após transcrito o casamento, preciso fazer um permesso di soggiorno na Itália para ter direito de viver com o meu marido em Londres? Ou posso solicitar um permesso diretamente no consulado italiano de lá?

    Obrigada! 🙂

    • Fabio Barbiero

      Olá Gisele tudo bem?

      Você não precisa (e nem deve) obter qualquer documento italiano, se pretende viver na Inglaterra, pois o visto de um país não é válido em outro, ok?

      Abraços

  • Flavia Baldini

    Olá, Fábio.

    Pelo que li nos comentários, seria menos burocrático então casar no Brasil (noivo está na Itália – no caso por procuração) e fazer a validação no consulado e no comune?

    Obrigada!

    • Fabio Barbiero

      Oi Flavia

      Sim, é sempre melhor se casar no Brasil e trazer a certidão para transcrição.

      Abraços

  • Frederico Bortolini

    Ciao Fabio,

    Sou brasileiro, e no presente momento estou no primeiro passo da cidadania, juntando os documentos, porém gostaria de me casar na Itália (espero já como cidadão italiano) com uma polaca residente na Itália, porém pretendo casar apenas no civil, pois quero realizar a cerimônia religiosa e tudo mais na Polônia, esse tipo de procedimento é possível?

    Cordiali Saluti.

    • Fabio Barbiero

      Olá Frederico tudo bem?

      Sim, muitos comunes “vendem” pacotes para o casamento de pessoa estrangeiras, neste caso sugiro que entrem em contato com o Ufficio Matrimoni do comune onde pretendem se casar e verifique com eles quais os trâmites, ok? Abraços

  • Fê Faustino

    Fabio, se vc já publicou algo sobre isso me desculpe, não encontrei. Em relação a casamento qual o procedimento para casar fora da Itália com cidadão não brasileiro. Por exemplo: sou italo-brasileira e vou casar com um holandês. Se eu não casar nem na Italia nem no Brasil quais documentos eu uso? Certidão de nascimento brasileira, italiana? Preciso informar algum órgão italiano nesse pais? Muito obrigada

    • Olá Fê, neste caso você deverá verificar quais as exigências que o país onde você pretende se casar utiliza. Em todo caso, como você é cidadão brasileiro e italiano, deverá levar a certidão de casamento em ambos consulados, para que sejam transcritos nos respectivos países. Abraços

  • Diana Capozza Tebaldi

    Olá Fábio tudo bem? Acabei de ler teu post e adorei.
    Me esclareceu muitas dúvidas. Porém fiquei com uma dúvida….
    Sou cidadã italiana, porém moro na Alemanha Pq estou fazendo mestrado.
    Mas eu e meu noivo queremos nos casar, ele é brasileiro.
    Para o nosso casamento na Itália, por obrigatoriedade eu preciso morar na Itália! Coreto?? Ou posso ainda morar na Alemanha?
    Muito obrigada Diana Tebaldi

    • Olá Diana tudo bem?

      No caso de vocês a forma mais fácil é se casar no Brasil, através de procuração. Depois basta traduzir e legalizar o documento no consulado italiano no Brasil e em seguida enviá-lo para o comune italiano onde seus atos estão transcritos.

      Desta forma, o comune vai efetuar a transcrição deste documento e depois disso vocês poderão pedir o estratto di matrimonio em formato plurilingue – que te dará direito a viver com o seu marido por aí, já que com o casamento transcrito você poderá dar um visto pra ele.

      Abraços

      • Diana Capozza Tebaldi

        Oi Fabio, muito obrigada pela resposta rapida….. Deixe tirar uma outro duvida relacionada ao tema.
        E meu enteado? Li alguns posts falando somente se eu adotar ele, porem meu marido vai ter a cidadania pelo meu lado, e é ele quem cria a criança.
        Teria como solicitar algum documento que possibilita a criança a morar com a gente na Italia?
        Muito obrigada e otimo dia

  • Andressa

    Olá Fabio, tudo bem?

    Irei me casar com um brasileiro agora em agosto. Ele pretende dar entrada na dupla cidadania italiana dele e caso consiga eu também terei direito a dupla cidadania italiana após 3 anos de casada com ele, correto?
    Se sim, só poderemos nos casar na Itália passados 3 anos de matrimônio e após ele receber sua dupla cidadania?
    Não podemos por exemplo nos casar no Brasil e na Itália mesmo ele não residindo lá e não tendo ainda conquistado a dupla cidadania?
    Ou poderemos nos casar no Brasil, casar na Irlanda por exemplo e após passados 3 anos e ele recebido a dupla cidadania, também receber a minha por estar casada com ele?

    Aguardo ctt, Obrigada!

  • Matheus Barbin

    Sou cidadão italiano e vou me casa em portugal. Quais documentos preciso levar para portugal??

    Obrigado

  • Brende Resende

    Ciao Fabio. Em primeiro lugar te agradeço pela publicação. Eu a utilizei no meu processo de matrimônio aqui na Itália. Mas devo te informar que existem alguns problemas no procedimento por você escrito.
    1) A certidão de nascimento do cidadão brasileiro não precisa ser traduzida e muito menos legalizada no consulado italiano, pois a mesma será utilizada apenas no consulado brasileiro na Italia para a obtenção da “nula osta”, ou seja, não faz sentido nenhum traduzir ou levar o “jogo” certidão + tradução no consulado italiano. Não gastem dinheiro e tempo com isso!!
    2) Uma vez obtida a “nulla osta” a mesma deve ser levada a “prefettura” da provincia italiana onde vivem os noivos, para que a assinatura do cônsul brasileiro seja legalizada pela autoridade italiana. Sem essa legalização a “nulla osta” não tem valor nenhum.
    Obrigada!!

    • Olá Brende muito obrigado pela contribuição!!! Sobre a certidão de nascimento do requerente, muitos comunes a exigem traduzida e legalizada, pois pode haver divergências nas informações e com este documento em mãos é possível por exemplo ver com clareza o local de nascimento e o nome dos pais – porém concordo com você que para fins estritamente burocráticos não haveria a necessidade deste documento não. Inclusive já recebi dezenas de emails de leitores confirmando que em seus comunes foram exigidos sim a apresentação da certidão de nascimento traduzida e legalizada. Abs e mais uma vez agradeço à disposição em compartilhar conosco seu processo 🙂

    • Renan Leon

      Olá Brende,
      talvez você possa me ajudar,
      pretendo casar no civil aqui na itália com minha mulher para que ela possa viver aqui comigo os 3 anos que ficarei aqui estudando,
      o procedimento no consulado brasileiro eu entendi,
      mas não entendi o que preciso fazer no Comune, e se preciso de padrinhos aqui em Roma para realizar esse casamento,
      obrigado!!

  • Guilherme Netto

    Fábio, bom dia. Minha mãe é casada na Itália a mais de 5 anos e quer pedir a cidadania dela e me pediu um nada consta d Brasil traduzido. Esse nada consta posso pedir na Polícia Federal. Você sabe me dizer se pode que ser aquele pego na internet ou tem que ser o que pega pessoalmente? Obrigado e sucesso.

  • Mariana Santos

    Oii Fabio tudo bem??

    Estive ontem no Consolato Generale d’Italia a San Paolo, para legalizar a Certidão de Nascimento em Inteiro Teor, conforme segui seus passos, e a atendente me disse que não havia necessidade de legalizar a mesma pois ela seria usada no Consulado Brasileiro na Itália… fiquei pasma… e ainda insisti… mas você tem certeza? Ela disse que sim, que seria um gasto desnecessário, e ainda imprimiu o site do Consulado Geral do Brasil em Milão. O que você acha disso???

    Muito obrigada

    • Danielle Marozzi

      Olá Mariana, tudo bem ?

      Você já casou? Já está na Itália ?

      Gostaria de tirar algumas dúvidas sobre o processo que seguiu/está seguindo.
      Não encontrei você no face, poderia me add para conversarmos?
      Danielle Marozzi

      Desde já agradeço pela sua ajuda l.

      Beijos

      • Mariana Santos

        Danielle te add no Facebook 😀

        • Matheus Pasquali

          Mariana, me add tbm? rs
          Acabei de pedir amizade pra Danielle Marozzi… mas vc eu não encontrei…
          Valeu =)

  • Carolina Prada

    Bom dia!

    Gostaria que me ajudasse com uma coisa..
    Meu namorado é cidadão italiano e vamos nos mudar em fevereiro para a Itália.
    Para que eu consiga a permissão de moradia casando com ele. Seria melhor casar aqui no Brasil ou esperar para casar lá?
    Escuto cada pessoa dizendo uma coisa.. E já não sei qual seria melhor.

    Obrigada!

    • Olá Carolina tudo bem?

      É sempre melhor se casar no Brasil sim. Abs

      • Carolina Prada

        Mais uma perguntinha.. Mesmo indo casada daqui do Brasil, necessito do seguro viagem normal para entrar na Itália?

        Obrigada!

        • Sim, pois você é brasileira

          • Carolina Prada

            Mesmo tendo CDAM?

          • O CDAM é um seguro saúde, portando é válido normalmente. Abs

  • Olá Danielle, apenas uma. Abs

  • André Maia

    Fabio, td bem?
    Li atentamente todo o artigo e compreendi o passo a passo para o casamento entre um estrangeiro (brasileiro) e um cidadão que já teve sua cidadania reconhecida. Só estou com uma dúvida.
    O estrangeiro que vai para a Itália como turista, para se casar com seu noivo italiano, não precisa fazer nenhum procedimento de pedido de residencia, codigo fiscale, etc?
    Obrigado!

  • Caroline


    Levar o jogo (tradução + certidão original brasileira) ao consulado geral da Italia (recordando que vice-consulados ou consulados honorários não tem poder para legalizar documentos) para que seja efetivamente legalizado e com isso adquira validade para ser utilizado aqui na Italia”

    esse Consulado seria o de Roma? Ou seria aqui no Brasil? Ainda fico confusa com isso

  • Mari

    Olá Fábio!

    A questão é sobre casamento de brasileiro com italiano. O casamento civil já foi realizado em Milão e agora vamos legaliza-lo na embaixada do Brasil em Milão. Como o cônjuge italiano foi divorciado há uns 10 anos atrás, a embaixada neste caso pede uma certidão de divórcio de cidadão italiano. Você sabe me informar que tipo de certidão é essa que a embaixada solicita: Certificato di nascita’, ‘Estratto di nascita’ e a ‘Copia integrale di atto di nascita’? Qual desses documentos solicitar no comune e se é necessário ser legalizado no prefeitura? (acho que sim, mas não tenho certeza) Você sabe me dizer qual deles atende a necessidade da embaixada de comprovar que o italiano foi devidamente divorciado? Obrigada!!!

  • Mariana Santos

    Oii Fabio cá estou mais uma vez ahhaha

    Eu e meu noivo italiano pensamos qual a melhor maneira de estarmos juntos legalmente…e resumindo vamos nos casar o/. Estamos seguindo o seu passo a passo CASAMENTO NA ITÁLIA 😀

    Tenho dúvida na seguinte questão…
    Posso ir com visto turístico para casar?!

    E Uma vez casada:
    Devemos ir a Questura per chiedere il rilascio del titolo di soggiorno?
    O que fazer?

    Muitíssimo obrigada!!!

    Abs.

    • Olá Mariana tudo bem?

      Sim, você pode aproveitar os 90 dias como turista para solicitar a publicação e se casar sim. Após casada poderá pedir a carta di soggiorno de cônjuge de cidadão. Abs

      • Mariana Santos

        Oii Fabio estou ótima e vocês??

        Agradeço muito pela rapidez e disponibilidade para responder!
        Adorei o vídeo do IKEA ri muito com vocês!!!

        Abs

  • Brende Resende

    Buongiono Fábio.
    Acho que você pode me ajudar. Eu vou me casar na Itália com um italino. Já estou ciente de toda a documentação que devo portar. Minha preocupação está sendo no meu desembarque e a imigração no aeroporto (Milão / Malpensa), pois dessa vez eu não vou como turista e se eu disser que estou indo para me casar acho que serei barrada. O que você acha? Grazie!!

  • Depois de 180 dias a contar do carimbo de entrada, ou para facilitar, se um cidadão ficou os 90 dias, basta permanecer fora por outros 90.

  • Olá Jéssica

    Sim, embora não seja necessário nenhum tipo de visto, basta utilizar os 90 dias que qualquer cidadão tem. Sobre o divórcio, é necessário aguardar 300 dias após a sentença, porém cada caso é específico e as regras podem variar de acordo com cada situação. Abs

  • Mariana Santos

    Oii Fábio tudo bem??

    Na 2ª parte – Declaração de solteiro.

    “Cliquem aqui e baixem o modelo do formulàrio que foi dispobilizado pelo consulado brasileiro em Roma.” não consegui pegar o formulário… você poderia me enviar por e-mail por favor! marianam.santos@yahoo.com.br

    • Olá Mariana tudo bem?

      Acabei de corrigir e aproveitei para reescrever boa parte do artigo, agora está tudo certinho 😉

      Abs e bom casório!!!

      • Mariana Santos

        Obrigada!!!

  • Katherina

    Olá a todos, eu tenho orgulho de testemunhar este testemunho. eu vi um post sobre como a senhora conseguiu seu marido de volta e eu decidi experimentar o lançador de magias que a ajudou, porque o meu relacionamento estava falhando. embora eu nunca acreditei no trabalho feitiço i tentou relutantemente ele porque eu estava desesperado, mas para a minha maior surpresa, o lançador de magias Dr. Kumar me ajudou a conseguir meu marido de volta após cinco meses de divórcio e meu relacionamento é agora perfeito assim como ele prometeu meu marido agora trata me como uma rainha, mesmo quando ele tinha me dito antes que não me ama mais. Bem, eu não posso dizer muito, mas se você estiver passando por dificuldades em seu relacionamento em contato com ele em seu e-mail: spellcasttemple@gmail.com ele é a única resposta para os problemas de relacionamento, mais uma vez o seu email está SPELLCASTTEMPLE@GMAIL.COM

  • Olá Renato tudo bem?

    Se vocês são residentes em Floripa, devem obrigatoriamente utilizar os serviços do consulado de Curitiba, não podem escolher outro consulado, ok? Quanto a tradução, deve procurar um profissional e/ou patronato italiano e verificar com este profissional o valor dos seus serviços. Abs

  • Olá Vanessa tudo bem?

    Muitos comunes pedem, recomendo que verifique com o comune onde pretende se casar se eles a exigirão ou não, em caso positivo deverá sim traduzir e legalizar no consulado italiano no Brasil. Abs

    • Angela Angi

      ola, acabo de dar entrada no casorio na comune em Sirmione Brescia e no consul. de milao, a vice consul mt simpatica vai transcrever sua certidao de nasc. e com isso vc leva pra comune. olha as testemunhas podem ser italianas e assinam o formulario na frente do funcionario da comune. simples assim bjs

  • Mariana Cabral

    Olá Fábio! 🙂 Primeiramente, parabéns pelo site! Aqui encontro sempre informações claras e que ajudam muito. Você escreve muito bem.
    Segundo, gostaria de saber se você tem informações sobre os passos posteriores ao casamento que a noiva brasileira (no caso eu 🙂 deve tomar.
    Eu e meu noivo nos casaremos na comune dele, no sul da Itália, mas habitaremos em Florença. Gostaria de saber melhor o que devo fazer após o casamento, se eu devo me dirigir à Comune de Firenze para declarar residência, onde devo ir e que documentos levar para obter o visto familiar.
    Tenho medo que o visto familiar demore para sair, pois quero ir logo atrás de trabalho.

    Abraços, agradeço antecipadamente.

  • Arte

    Olá Fábio, grato peloas orientações postadas no site. Você me ajudaria, por gentileza, com algumas informações? Somos brasileiros, ela possui cidadania italiana, no momento estamos nos EUA e nos casamos aqui em Los Angeles. Queremos ir para a Espanha. Podemos registrar nosso casamento lá, ela sendo cidadã italiana? Desta forma eu posso pedir o permesso di soggiorno? Como seria o procedimento? Não é necessário registrarmos o casamento no Brasil se não fazemos questão de ser válido lá certo?
    Agradeço desde já a sua orientação:)

    • Olá tudo bem?

      O casamento de vocês deve ser traduzido e legalizado pelo consulado italiano nos EUA e em seguida deve ser enviado ao comune italiano onde os documentos dele foram transcritos. O comune então transcreverá este documento aos livros e em seguida vocês poderão solicitar a eles o estratto per riassunto dell’atto di matrimonio que servirá para que você possa pedir um visto de conjuge na Espanha, entendeu?

      É importante pedir ao comune que emita este documento no formato plurilingue, pois desta forma ele não necessitará de tradução na Espanha 😉

  • Olá Simonie

    Não entendi a sua pergunta, formule-a melhor, ok? Abs

  • Olá Paulo tudo bem?

    Não entendi bem a sua pergunta, pois nenhum documento invalida outro. Abs

  • Daiane

    Bom Dia Fábio!!

    Meu marido e eu já somos casados no civil, ele tem cidadania italiana e sempre quisemos nos casar em uma igreja bem singela na Itália, pq aquela festona pomposa não combina com a gente…
    Pensamos em viajar p/ a Itália e aproveitar p/ fazer nosso casamento religioso. Só nós dois, sem nenhuma pretensão… tipo Romeo & Julieta…
    Mas queríamos tirar umas fotos, c/ uma roupa bonita e tal pra ter uma lembrança especial…
    Vc tem alguma dica pra este tipo de cerimonia? Igrejinha, fotografo, maquiador e cabeleireiro? Era tudo que precisamos…

    Obrigada!!

    • Olá Daiane tudo bem?

      Que ótima idéia, porém infelizmente não conhecemos os procedimentos, mi dispiace 😉

  • Rosangela

    Muito boa sua explicaçao sobre casamento, estou prestes a me enforcar, hahahah, e agora ja entendi como funciona o processo todo… longoooo por sinal…. mas , vamos começar os trabalhos! obrigada…

  • Flavia Carvalho

    Olá Fabio, o post é antigo, mas acredito que vc possa me ajudar!
    Sou brasileira e pretendo realizar apenas o casamento religioso em Veneza, o civil será aqui no Brasil…como funciona Ja me disseram que o procedimento é simples, pois podemos “comprar” missas! Abraços Flavia

    • Olá Flavia tudo bem?

      Neste caso não tenho idéia como funcionaria, você já verificou com a igreja em Venezia sobre os procedimentos?? Depois volte aqui pra nos ensinar 😉

  • Egan Freire

    Fábio, bom dia..você teria Skype ou um email para eu tirar uma duvida com você ?

    Obrigado !

  • Leticia

    Ola Fabio!
    Parabens pelo site, sempre acompanho suas novas publicaçoes.
    Sou brasileira e viajo para Roma em Dezembro para marcar o casamento com meu noivo (italiano). Já tenho todos os documentos para dar inicio ao processo.
    Minha duvida é em relaçao a como devo proceder para dar entrada a solicitacao ao Permesso de Soggiorno. Quando e onde devo solicitar. Devo me casar em Janeiro , 1 mes apos entrada nos documentos.
    Caso ja tenha falado sobre o tema por favor me passe o link (tentei achar).
    Muito obrigada e otimo domingo!

    • Olá Leticia tudo bem?

      Depois do casamento, já com o certificato di matrimonio em mãos, basta ir até a questura da região onde vão morar e solicitar a eles os documentos necessários para o permesso, ok?

      Abraços e bom casamento 😉

  • jaine

    Jaine, ola, FAbio vivo na italia a um ano, moro junto com meu namorado e estou ilegal aqui na italia. gostaria de saber se e posivel fazer um contrato de convivencia, e com esse contrato de convivencio posso pegar meu permesso di soggiorno. obrigada, obracos!!

    • Olá tudo bem?

      A Italia reconhece apenas a união civil, nenhum outro tipo de união é reconhecida, ok?

      Abs

  • Guto

    Olá Fabio,
    Primeiramente parabéns pelo seu blog, muito informativo!!
    Bom tenho uma duvida, sou cidadão Italiano, tenho uma namorada e estamos pensando em nos mudar pra Itália, é melhor casar aqui ou lá? No caso pra ela pegar o permesso por estar casada comigo, precisarei de ter uma residencia, certo? e de trabalho tbm?

    • Olá Guto tudo bem?

      É sempre melhor se casar no Brasil e já mandar a certidão para ser transcrita no seu comune – pois desta forma o comune emitirá o certificato di matrimonio de vocês e com este documento você poderá dar um permesso di soggiorno pra que ela possa viver contigo por aqui, ok?

      Grande abraço!!!

  • Oi Fabio ,
    minha mae tem cidadania italiana ;e seu noivo è viuvo , que documentos ele precisa trazer para a italia ?
    Obrigada.
    Simo.

    • Olá Simo

      Não entendi a pergunta, explique melhor o caso

      Abs

  • Jéssica

    Olá Fabio..

    Gostaria do seu auxilio, pois tenho dúvidas…
    No meu caso sou casada no cívil no Brasil, eu tenho dupla cidadania italiana e meu marido não, e ano que vem estamos programando de ir morar na Italia, gostaria de saber o procedimento correto para tirarmos a cidadania dele, já me informei com algumas pessoas umas dizem uma coisa outra diz outra e agente fica sem saber 100% o que realmente fazer…Você fala de declaração de solteiro, más no nosso caso somos casados…
    Esta semana estamos iniciando o processo para tirar o passaporte brasileiro…gostaria que me direcionasse corretamente do passo a passo para não termos problemas..

    Desde já obrigada,
    Jéssica.

    • Olá Jéssica

      Aqui mesmo na Minha Saga tem outro artigo sobre a naturalização por casamento, onde responderá todas as suas dúvidas, ok?

      Abs

  • Diana

    Ola !
    Gostaria de sua ajuda
    Eu ja me casei na italia em julho/2013 tenho cidadania italia e meu marido è italiano.
    Casamos apenas no comune da cidade e ano que vem (agosto/14) queremos nos casar na igreja porem aqui no Brasil.
    Quais os doc que preciso levar para a italia para dar andamento no processo ? vc sabe ?

    Vou levar minha certidado de batismo apenas (atualizada) e certidado de nascimento (2a via atualizada tbm)

    Meu unico problema è que la na italia eles vao querer a minha certidao de crisma para dar andamento no processo ja que a crisma è obrigatoria la….. porem aqui no brasil nao è preciso ter a crisma pra casar…..espero que nao tenha nenhum problema qto a isso….. espero que eles sabendo que aqui nao è obrigatorio nao criem problemas….

    Obrigada

    Diana

    • Olá Diana tudo bem?

      Não entendi sobre qual processo aqui na Italia você está se referindo: nós nos casamos uma única vez, o que deve ser feito em seguida é apresentar a certidão de casamento do país onde foi celebrado o matrimônio no consulado do nosso outro país. Por exemplo se você se casou aqui na Italia, deve levar o certificato di matrimonio ao consulado brasileiro para que eles efetuem a transcrição da mesma e a devida regulamentação do casamento também no Brasil, entendeu? Você poderá fazer uma nova cerimônia no Brasil para comemorar com os familiares e amigos, mas não um novo casamento, pois já é casada – não sei se consegui te explicar corretamente.

      Abs

      • Diana

        Obrigada pela resposta Fabio
        Porem na igreja catolica pra casar, tenho que levar outros doc….. nao tem nada haver com o consulado…..la no consulado somos considerados casados claro, mas na igreja è tudo diferente pra casar. Os docs sao outros, achei que vc soubesse 🙂

        Abc……e depois te conto o que tive que fazer pra casar na igreja catolica, assim se alguem tiver a mesma duvida vc ja sabera 🙂

  • Kleber

    Olá Fabio! Tudo bem por ai?
    Olha só, o meu caso é no mínimo interessante, pra não dizer complicado, mas acho que você pode me ajudar a decidir sobre qual decisão tomar.

    Sou italiano/brasileiro e vou me casar com uma Dominicana… começou o rolo. Meu AIRE está no Brasil, em Curitiba e eu estou há um mês de me mudar para a Irlanda (Dublin).

    A pergunta é super simples mas a resposta talvez não rsrs: Qual é o melhor lugar para nos casarmos, tomando em conta que quero oficializar o casamento junto as autoridades italianas o mais breve possível?

    Só para discursar um pouco mais sobre o tema: a minha primeira opção seria aqui na Rep. Dominicana, pais onde estou agora. O problema é que não estando registrado no AIRE aqui, não posso fazer a transcrição do casamento aqui. Se eu for casar na Irlanda, não sei como funcionaria o procedimento e no Brasil agora mesmo é impossível para mim, pois teria que esperar as minhas férias que só acontecem dentro de 1 ano hehe.

    Um caso interessante, não é? Pode me ajudar?
    Ah! depois tenho outro problema também muito curioso que é o nome do meu filho! Se preferir por email a gente vai se falando. Sou uma fonte quase inesgotável de demanda de consultoria hahaha.
    Abraço.
    Kleber

    • Olá Kleber

      Independente do pais onde você vai se casar, é importante lembrar que o casamento só ocorre uma vez – se vocês se casarem na Rep. Dominicana, basta levar a certidão de casamento traduzida para a lingua italiana e o consulado deverá legalizá-la – independente se você é inscrito no AIRE ou não. Uma vez legalizada, você deverá enviá-la ao comune italiano onde seus documentos foram transcritos, para que eles possam transcrevê-la e a partir deste momento você poderá solicitar o seu certificato di matrimonio italiano, que será útil para que você possa dar um visto para sua esposa na Irlanda, ok?

      Se você também é brasileiro deverá levar o documento também no consulado brasileiro para que seja feita a transcrição do documento e o casamento também tenha validade no Brasil.

      Abs

  • Everton Oliboni

    Ola Fabio, eu estava lendo este post TUDO SOBRE CASAMENTO NA ITALIA mas infelizmente nao encontrei a minha duvida.

    Vc explicou tudo o que o noivo(a) brasileiro deve fazer, mas nao explicou o que o noivo italo-brasileiro precisa.

    Minha duvida e a seguinte: Sou cidadao Italo-brasileiro, divorciado no Brasil e todos estes documentos ja foram transcritos no meu comune na Italia.

    Eu quero casar na Italia, ja sei o que minha noiva precisa, mas nao sei o que eu preciso.

    Voce saberia me responder com precisao o que, quais documentos o noivo Italo-brasileiro divorciado precisa pra casar na Italia?

    Obrigado.

    • Olá Everton

      Você sendo italiano, basta que tenha residência no comune onde pretenda se casar, o restante dos trâmites é igual. Porém uma questão importante: você mandou o processo de divórcio para que fosse também transcrito aqui na Italia? Pois se ainda não fez isso, para efeitos legais você ainda é casado aqui, ok?

      Abraços

  • Ola Thais

    Clique aqui e veja o que diz o consulado brasileiro aqui na Italia, nao copiei aqui o texto por ser muito grande – acredito que seguindo aquele passo a passo nao tem como errar, ok?

    Abraços

  • thais

    Olá Fábio,
    Obrigada pela rapidez em responder!
    Escrevi para o consulado brasileiro em Berlim e obtive a seguinte resposta:

    “Os documentos devem ser apresentados ao Consulado da Itália no Brasil, para a Sra. dar entrada em seu casamento na Itália…”

    A Nulla Osta no caso entao é emitida no Brasil?? Ou tenho que ir pessoalmente à Roma para isso? O que quer dizer no caso “dar entrada”, no consulado brasileiro ou no comune?

    e depois:

    “Após o casamento a Sra. deverá registrá-lo junto ao Consulado Brasileiro na Itália, para receber a certidao brasileira de casamento”.

    Continuo confusa. Me ajuda? 🙂

    Obrigada!!!!!!

    Thaís

  • Ola Thais

    Entre em contato com o consulado brasileiro em Berlin e pergunte diretamente a eles sobre isso, penso que voce deveria fazer os procedimentos no Brasil, porém nao tenho certeza, e neste caso nada melhor do que verificar diretamente com o consulado, ok?

    Abracos

  • thais

    Olá Fabio! Sou brasileira residente na Alemanha e me casarei ano que vem com um italiano no Comune de Messina. Como seria no meu caso, sendo que eu tenho residência aqui na Alemanha e nao no Brasil? A declaracao das testemunhas devem ser feitas lá no Brasil? E eu tenho que ir daqui de Berlim até o consulado brasileiro em Roma pra fazer a nulla osta??
    Agradeco MUITO pelo seu help!!!

  • Ola Glaucia

    Depende da questura: via de regra deveria jà durar 5 anos – porém muitas questuras emitem o primeiro permesso com validade apenas de 2 anos e depois que este expirar, renovam para 5 anos.

    Abraços

  • Muito Obrigada Fábio

    O procedimento para o visto de união familiar foi muito rápido e simples.
    Estou na Itália, já fiz a solicitação do permesso na questura, agora é só esperar o prazo de 45 dias.
    Normalmente quanto tempo dura o permesso para união familiar?

    Abraços
    Glaucia Labate

  • Ola Elena

    Eu também nao encontrei seu recado, com isso nao consegui entender a sua dùvida, explica melhor que eu te oriento, ok?

    Abraços

  • Ola Anonima, tudo bem?

    A legislaçao mudou recentemente: o tempo minimo para dar entrada na naturalizaçao por matrimonio passou de 6 meses para 2 anos de residencia legal – o que significa que voces vindo morar na Italia, deverao residir legalmente (legalmente = solicitar a residencia no comune e ter a confirmaçao pelo guarda municipal) e somente apos 2 anos è que voce poderà solicitar a naturalizaçao.

    Por outro lado, no exterior (fora da Italia) nao è contado o tempo de residencia, mas sim o tempo de matrimonio – minimo de 3 anos de matrimonio civil.

    Independente da modalidade da solicitaçao (seja aqui na Italia ou ai no Brasil), apòs dar entrada no pedido, voce deverà aguardar ainda pelo menos outros 2 anos para que venha concedida a naturalizaçao.

    Abraços

  • Elena

    Ola Fabio.
    Te enviei dois recados, mas nao tinha nocao da dimencao deste blog e do quanto vc e profissional, agora quero estar bem atenta para com as minhas perguntas porque agora sei o quanto o seu trabalho e serio.
    Nao encontro o meu recado, como o posso identifica lo e qual a melhor forma de interagir com o blogh, pois eu nunca utilizei antes.
    Obrigada

  • Elena

    Ola Fabio muito obrigada pela resposta voce deve ter uma paciencia do tamanho do mundo…
    Sou o anonimo que vivia em Portugal e egora estou ilegal meu nome e Elena…
    Aqui nao me pediram para traduzir nada e me fizeram o nula osta, ja entendi que devo colocar o meu end do Brasil no nula novo que devo fazer, porem devo apresentar algum doc que comprove legalmente a minha presenca em Italia, o que seria uma carta que comprove que meu namorado esta me ospedando na casa dele. Obrigada… Um grande abraco e mais uma vez muito obrigada.

  • Anonymous

    Boa Noite Fabio,
    Gostaria de esclarecer algumas dúvidas. Meu companheiro é Cidadão Italiano, já estamos juntos a mais de 10 anos, porém nós moramos no Brasil e estamos decididos a ir morar na Itália, minha dúvida é se é melhor nós casarmos aqui no Brasil ou deixar para casar na Itália?? Pois verifiquei em alguns sites que é preciso 06 meses para dar entrada na Itália, o tempo de casado conta a partir daqui do Brasil?? O que você aconselharia.. no caso de eu casar aqui e levar minha certidão de casamento, assim que chegar eu já posso solicitar a permissão de moradia baseada no matrimônio?? Estamos com essas dúvidas e só aguardando para começarmos a agilizar as coisas, se puderes dar essa força seremos imensamente gratos. Obrigada!!!!!

  • Ola Marcella tudo bem?

    Nao temos nao, nossa empresa presta consultoria apenas na obtençao do reconhecimento à cidadania italiana jure sanguinis.

    Para se casar aqui na Itàlia nao è necessàrio sequer ser residente, basta escolher o comune onde pretendem se casar, entrar em contato com eles para saber quais sao os requisitos, ok?

    Abraços e bom casòrio 😉

  • Fábio você tem alguma empresa aí que trata de casamentos na Itália? Tipo uma assessoria só para isso? Sou cidadã italiana (meu noivo não, é brasileiro) e gostaria de casar aí (mas não moro aí? É impecílio?), sendo que meu irmão e meus pais moram aí, gostaria de contratar um empresa para fazer os tramites para mim, existe? Obrigada.

  • Anonymous

    Un conselho importante para quem està preparando os documentos para casamento na Italia: o consulado nao diz para ninguem esta coisa mas saibam que o documento que certifica que a pessoa nao è casada no Brasil pode ser feito no proprio consulado con 2 testemunhas. Eu sei disso porque uma minha prima que é brasileira sem cidadania italiana se casou com um meu amigo romano. Eu fui com ela no consulado em roma e o funzionario (muito maleducado por sinal) disse a ela que o ducumento devia ser feito no brasil. Uma santa moça que estava la e ouviu nos parou e disse: olha que pode ser feito aqui mas eles nao dizem. A gente voltou, perguntou e o homem muito arrogante respondeu: si, se pode, mas se voce declarar falso vai presa (olha que antipatia)… fim da storia: ela pegou 2 pessoas ali mesmo e fez o documento no mesmo dia…isso foi em 2005…

    Anna

  • Ola Glaucia tudo bem??

    Voce pode solicitar o visto de conjuge de cidadao italiano, segue o link do artigo:

    http://www.minhasaga.org/2010/06/visto-de-conjuge-de-cidadao-italiano.html

    Abraços

  • Olá Fabio

    Primeiramente fico grata por disponibilizar essa serie de informações para nós pobres mortais sem conhecimento de todos os trâmites burocráticos desse mundão.
    Agora, vem a minha saga…
    Sou casada com um Italiano há quase dois anos, moramos no Brasil por todo o período, mas agora gostaríamos de residir na Itália, o nosso casamento já foi transcrito no anagrafe logo quando casamos, atualmente ele está na Europa e já mudou a sua residência para lá. Eu, pobre tupiniquim, estou aqui ainda projetando as minhas ações, por não tenho ideia de como será esse procedimento, acredito que terei que fazer união familiar, mas por onde começar?

  • Querida Leila

    Obrigado pelo comentàrio e por dividir conosco a experiencia!!!!

    Bjs

  • Olá a Fábio e a todos do blog,

    Bom, como já vivi essa situação de casamento na Itália, achei que poderia compartilhar um pouco da minha experiência, podendo talvez, auxiliar algumas pessoas a esclarecer algumas de suas dúvidas, que realmente são tantas, principalmente quando vc começa a buscar em sites, é uma informação diferente da outra, e algumas absurdas até. Bem, vamos lá:

    Eu sou Brasileira, e em 26 de maio me casei com um cidadão italiano, apenas cerimônia in comune, ou seja, as informação que vos passo agora é PARA CASAMENTO EM COMUNE,e é bom lembrar, que aqui na Itália, mesmo sendo de uma mesma região, alguns detalhes podem mudar de un comune pra outro, então é sempre bom, pedir para o seu noivo, cidadão italiano, pegar no comune algumas dessas informações.

    Bem, meu esposo é da região nord, pertence ao consulado de Milão, nós casamos em uma provincia vizinho a Milão.

    A primeira coisa que fiz foi entrar no site do consulado, (http://milao.itamaraty.gov.br/pt-br/casamento_na_italia.xml), ler e reler tudo que estava escrito ali com relação a documentos necessários para o casamento. Ainda no Brasil providenciei, toda a minha documentação, conforme consta no site do consulado, (ATENÇÃO! ESSES DOCUMENTOS TEM VALIDADE DE 06 MESES, A PARTIR DA DATA QUE VC FAZ), chegando aqui, fui pro consulado de Milão levando comigo a papelada, esperei uma fila imensa, fiz o pedido da nulla osta, paguei 15 euros e sai feliz com aquele papel na mão, rsrsrs, não tive nenhum problema pra fazer a nulla osta, pois eu fiz tudo exatamente como estava escrito no site do consulado, é muito importante fazer como está escrito no site, nem mais nem menos.

    PS: EU NÃO TROUXE COMIGO NENHUM DOCUMENTO TRADUZIDO PRO ITALIANO, ATÉ PORQUE, NESSA NULLA OSTA, O CONSULADO DE MILÃO JÁ TE DÁ O DOCUMENTO COM TODOS OS SEUS DADOS PESSOAIS DE ACORDO COM SEU REGISTRO DE NASCIMENTO DEVIDAMENTE TRADUZIDO PARA O ITALIANO, PORÉM, REPITO, É BOM SABER NO COMUNE DE ONDE É SEU NOIVO, SE ELES PRECISAM DE ALGUM DOCUMENTO TRADUZIDO, ALÉM DO NULLA OSTA. EM NENHUM MOMENTO ME PEDIRAM NENHUM DOCUMENTO MEU TRADUZIDO.

    Depois de pegar a nulla osta, fui para a PREFFETURA DA PROVINCIA DE MEU ESPOSO, lá, levei o nulla osta original, e duas marcas da bollo, cada uma custa 14,62, esperei dois dias, e fui pegar no mesmo lugar, com a firma reconhecida da responsável pelo consulado.
    Depois disso, com esse nulla osta, fui até o comune onde nos casamos, levamos a nulla osta, passaporte e a identidade de meu esposo, e cópia da identidade dos nossos testemunhas, um testemunha pro meu esposo e uma pra mim. Preenchemos um formulário que me deram no comune, e marquei a data do casamento, tudo foi muito rápido, graças a Deus também ali, não tive nenhum problema. Os meus dados com os dados do meu esposo, e a data do casamento foram publicados no mural do comune e no site, pra saber se alguém tinha algo contra o matrimônio.
    Penso não ter esquecido nada, e com relação aos documentos que tem no site do consulado, é somente os dois formulários que tem nesse link que eu passei acima, a segunda via do seu registro, com data inferior a seis meses, e as cópias de algumas páginas do seu passaporte, que também está escrito no site.

    Boa sorte a todos, espero que esse comentário ajude a esclarecer algumas dúvidas!

  • Ola Julia

    Brigadùùùùùùùùùùùùùùùùùùù

    Sim, se voce pretende se casar novamente, traga todo o processo de divòrcio para comprovar que voce nao tem impedimentos para um novo matrimonio 😉

  • Anonymous

    Ola Fabio vc realmente é uma bençao! Deus te ajude e te dê em dobro. o que vc faz tem me ajudado muito.tenho so uma pergunta, meu divorcio com averbaçao tem que ser traduzido e legalizado?pois vou me casar no consulado italiano no extrangeiros.

    atenciosamente. Julia Bento

  • Ola Marcia

    A legislaçao diz que nao se pode negar o matrimonio entre duas pessoas, independente da situaçao no pais – particularmente eu sairia da Itàlia, retornaria com um novo carimbo e me casaria dentro dos 90 dias legais, pois assim estaria tranquilo que ninguém precisaria ‘interpretar nenhuma lei’ entendeu?

    Abraços e bom casòrio!!!

  • Anonymous

    Irregular***
    Eu que escrevi logo acima… A proposito, me chamo Marcia!

  • Anonymous

    Oi Fàbio! Gostaria muito que vc me ajudasse…
    Bom, eu moro na Italia a 1 ano e meio, e moro com meu namorado (italiano a quase 1 ano) e pretendemos nos casar aqui na Milao. mas o problema è: nao estou regular no Paìs. Posso casar aqui? ou devemos ir no Brasil ?
    Uma outra duvida a respeito do preechimento da “Declaraçao de estado civil e de ausencia de impedimentos ao casamento” qual endereço que devo colocar? o meu do Brasil? Ja que eu nao tenho residencia no meu nome aqui… ?

    Help!!

  • Ola Gaetano

    Nao, aqui voce mantém o nome e cognome que seus pais lhe deram, no matrimonio na Itàlia nao existe a possibilidade de assumir o sobrenome do marido.

    Abraços

  • Ola Fabio,
    Casamento realizado na Italia entre brasileiro e italiano pode inserir o sobrenome, ou trocar, no nome do conjuge brasileiro?

  • Ola Gaspar

    Todo e qualquer visto deve ser solicitando ANTES da vinda à Itàlia – diretamente no consulado italiano.

    O mesmo para constituir uma sociedade, um cidadao extra-comunitàrio deve ser titular de um permesso di soggiorno, ou seja deve estar regular em territorio italiano para que possa ‘avviare’ a empresa.

    Abraços

  • ME AJUDA AI GALERSA, RESPONDE POR FAVOR, VALEU MESMO…

  • E uma outra coisa Fabio, kkk

    tem um limite em valor para entrar nesta sociedade com a academia de musculação? eu estava pensando em 10 mil Euros seria suficiente?

    Valeu Fabio…

    Gaspar

  • Ola Fabio, como vai? tenho a certeza que voce esta bem…

    Fabio, eu vou a Italia pela segunda vez em Agosto, eu tenho um amigo lá que tem uma academia de musculação, a pergunta é, se ele me oferecer emprego na academia dele o visto pode ser trocado para visto de trabalho ou seja, eu posso esperar a troca do visto de turista para trabalho na Italia?

    Outra pergunta caso este visto seja muito dificil e ele quiser que eu seja o socio dele nesta academia, eu poderia ser o socio dele e assim pegar um visto de business???

    Po me ajuda ai meu brother…

    Desde Já grato

    Um abração

    Gaspar

  • Ola Enio

    O processo dura no minimo 2 anos – quanto tempo faz que voce deu entrada?

    Abraços

  • Ola Fabio,

    Eu já dei entrada na minha cidadania por casamento atraves do Consulado Italiano em SP.
    Voce sabe em qual site italiano posso acompanhar o processo ?

    Grato !!

    Enio Ramos

  • oi estou precisando de uma orientação.eu levei toda documentação no consulado19/04/12…eles mim deram um prazo de 60 a 90 dias para mim entregar,vou pra Itália dia 11/05/12.o que eu faço agora?

  • Fabio,

    Como disse anteriormente seu blog e de grande utilidade e são de grande ajuda essas informações; Muito obrigada.

  • Lilianna, meu objetivo e responder as perguntas de todos com base na experiencia por mim obtida aqui na Italia durante os anos. Se nao pude voltar e reler todas as suas mensagens postadas e fui repetitivo, me desculpe e repito: minha unica preocupacao e ajudar, fazendo das tripas coracao para responder a todos de forma gentil e educada, retribuindo o carinho dado pelos meus leitores. Retornando ao seu caso, se voce vem para o matrimonio nao minta caso o oficial pergunte o motivo da viagem: diga a verdade e caso ele queira voce mostra os respectivos documentos, incluindo a carta d’ospitalita que o seu noivo, comprovando onde voce vai ficar hospedada, como voce mesma escreveu, nao esta vindo fazer nada irregular, pelo contrario. Abracos, boa viagem e bom matrimonio!!!

  • Fábio,
    Como te disse no meu primeiro post, estou indo para me casar pq não consegui reunir todos os documentos em tempo hábil, o visto venceu e achei melhor voltar. Agora estou aqui no Brasil esperando passar os 90 dias e já reuni toda a documentação pra assim que chegar na Itália dar entrada no meu casamento. Só que,pelo que me consta, não existe um visto de noiva. Então imagino que não haja outro meio de entrar ,senão como turista. Eu penso que não posso dizer ao agente de imigração que não pretendo voltar porque vou me casar até pq tenho um bilhete de volta,embora não va usar. Fizemos tudo direitinho, nunca excedi sequer um dia dos 90 dias de turismo lá,pelo meu noivo eu nem teria voltado pq segundo um advogado que consultamos mesmo depois do visto vencido, tendo toda a documentação exigida para o matrimônio eles teriam que nos casar. Eu fiquei com medo e não quis arriscar. Embora,já esteja arrependida de ter voltado pq agora tem toda essa chateação pra entrar de novo mesmo sabendo que não vou fazernada ilegal. Só quero me casar com o meu noivo.Então é isso, se não existe outra maneira de entrar tem que ser como turista de novo e nesse caso tenho que afirmar que estou indo a turista. Existe outro meio? obrigada

  • Lilianna

    Tudo vai depender do motivo que voce entra e sai da Itàlia! Se voce vem à trabalho por exemplo è melhor solicitar um permesso di lavoro. Se vem à turismo sempre terà a prerrogativa de ser impedida de entrar, exatamente pelos motivos que expliquei acima.

    Uma vez ouvi de um oficial de imigraçao a seguinte expressao: “eu sou pago para barrar o maior numero de pessoas que pretendam entrar no meu pais e permanecer ilegalmente, portanto cada um deve me provar (atravès de documentos) que nao è um potencial imigrante irregular’.

    Abraços

  • Eita! To assustada agora. Mesmo com carta convite autenticada no consulado, tudo certinho? Então tu tem alguma dica pra mim? Sera que tirar outro passaporte ajuda ou nao tem nada a ver? Abraço Fabio!

  • Lilianna

    Com certeza quanto mais carimbos de entrada / saida voce tem, mais levanta suspeitas do que voce vem fazer no pais, e qualquer oficial pode te perguntar qual o motivo das idas e vindas, inclusive pode barrà-la nem nenhum motivo, pois è prerrogativa do oficial deixar entrar ou nao, sem dar sequer nenhum tipo de explicaçao.

    Abraços

  • Entendi. Mas o que eu disse e que sai da Italia dia 9 de março e comprei passagem pra voltar de novo dia 15 de junho. Ou seja,mais de 90 dias fora. O que eu gostaria de saber e se eles podem “implicar” comigo so por ser o 3 carimbo de entrada na italia. Estou respeitando o tempo certo, disso eu sei. O que eu queria saber era se eles poderiam vetar minha entrada por perguntas do tipo ” O que vc veio fazer aqui de novo pela 3 vez” entende? obrigada de novo Fabio

  • Ola Lilianna

    Sim, um brasileiro pode permanecer por 90 dias a cada 180 na UE.

    Abraços

  • Ola Marasia, tudo bem?????

    Eu respondi em algum lugar ai em cima: vi ade regra nao è necessàrio apresentar a propria certidao de nascimento, porém muitos comunes exigem!!!

    Abraços e obrigado por compartilhar conosco sua experiencia 😉

  • Ola Fabio,gosto muito do seu blog me ajudou muito com algumas duvidas,mas a respeito de documentos nescessarios para matrimonio na Italia, eu li aqui que devia traduzir e legalizar a certidao de nascimento, porem nao foi nescessario,eu me casei em Como, apresentei nulla osta emitida pelo consulado brasileiro de milao,certidao normal sem traduçao e declaraçao de presença e outros como passaporte, identidade…talvez porque na nulla osta ja continha todos os dados escritos em italiano.abraço.

  • Fábio,

    como assim 6 meses? Eh a primeira vez que escuto isso. Não ´e so 90 dias que se tem que estar fora da Europa antes de poder entrar de novo não?

  • Ola Marcio

    Apos o matrimonio voce deverà solicitar a carta di soggiorno na questura. Com este documento voce poderà viver e trabalhar legalmente por aqui.

    Forte abraço!!!

  • Fábio, parabéns pelo blog e pelas incriveis informações..
    Tanho uma noiva italiana e já tentamos verificar a possibilidade de permesso de outras formas mas vimos que só resta o casamento..gostaria de saber se depois do casamento preciso tirar mais algum documento para poder trabalhar?? mais uma vez parabéns..

  • Fábio, parabéns pelo blog e pelas incriveis informações..
    Tanho uma noiva italiana e já tentamos verificar a possibilidade de permesso de outras formas mas vimos que só resta o casamento..gostaria de saber se depois do casamento preciso tirar mais algum documento para poder trabalhar?? mais uma vez parabéns..

  • Ola Lilliana

    Todos os documentos para terem validade aqui na Itàlia devem estar traduzidos e legalizados pelo consulado geral da Itàlia no Brasil.

    Em relaçao à ser impedida de entrar – um cidadao brasileiro pode permanecer na Italia por 90 dias a cada 6 meses, portanto se ainda nao deu os 6 meses è recomendàvel que voce espere – pois existe sim o risco de ser impedida de entrar.

    Abs e boa sorte!!!

  • Olá Fábio! É realmente incrível o seu blog e principalmente a sua disponibilidade em ajudar pessoas. Parabéns! Bom,vou aproveitar e contar um pouquinho do meu caso e tentar tirar algumas dúvidas. Eu era separada há 4 anos,mas não divorciada. Há 1 ano e meio conheci um cidadão italiano, nos apaixonamos, namoramos, ficamos noivos. Fui pra Italia conhecer a familia dele em junho de 2011 e fiquei ate setembro de 2011 respeitando os 90 dias do visto de turismo. Resolvemos nos casar o mais breve possivel. Voltei pro Brasil e consegui me divorciar rapidinho ja que era da tanto tempo separados e consensual. Preparei toda a documentação pra voltar no dia 10 de dezembro a fim de nos casarmos. Chegando lá, quando procuramos o consulado e a comune, a pessoa falou da tal da lei dos 300 dias. Ficamos decepcionados pois nunca tinhamos ouvido falar disso. Mas a propria moça da comune disse que nao interessava a eles se eu quisesse ficar ilegal e esperasse os 300 dias que não era um problema deles. Mas mesmo assim não quis usar de tal expediente. procuramos um advogado e ele disse que existiam brechas na lei e que eu poderia comprovar atraves do processo a separação de corpos com o meu ex marido ou me submeter a um teste de gravidez com um médico legal. Bom, tudo parecia ser bem complicado. Mas a parte de tudo isso,houve um atraso na emissão da averbação do meu divorcio e meu visto venceu e tive que voltar. Tive medo da situação se complicar eu estando ilegal e depois não poder voltar pra pegar meus dois filhos menores. Bom estou aqui no Brasil com a passagem pro dia 15 de junho, estou novamente reunindo os documentos pra voltar e tentar de novo. Essa declaração de solteiro eu imprimo esse modelo e preencho a mão, levo as testemunhas no cartorio e autentico,certo? No site do consulado diz que precisa de uma declaração de residência. Ainda precisa disso? Quanto a minha certidão de casamento averbada, tambem devo traduzi-la e autenticar no consulado? Ou somente a certidão de nascimento? A outra duvida…vc acha que seria mais facil e mais rapido casarmos aqui por procuração e transcrever o casamento la ou e melhor esperar e ir pra la de novo como turista e começar o processo por la? E a ultima duvida é se depois do casamento vai demorar muito pra eu poder levar meus dois filhos menores pra italia e quanto tempo depois posso sair do pais pra vir buscar-los. Ah, so mais uma duvida, juro. rsrs. Eu já estive na italia duas vezes por 90 dias cada. Nunca passei nehum dia sequer alem do visto de turismo. mas da segunda vez ja me perturbaram um pouco na federal com perguntas tipo: ” o que vc veio fazer aqui de novo”? Dessa vez eles podem tentar impedir a minha entrada so pq estive la duas vezes? Lembrando que sempre vou toda certinha, com carta de convite autenticada no consulado da italia aqui na minha cidade, passagem de volta e euros. Fabio, muito obrigada e desculpe por tantas perguntas,tá? mas é que realmente eu nunca encontrei um blog assim tão esclarecedor. Desde já agradeço.

  • Oi Fabio!!! queria uma ajuda tua, é pq vou me casar, meu futuro marido mora em Roma, quero me casar no comuni e na igreja, ainda estou no Brasil, viajo final de Maio deste ano, gostaria de saber se a documentacao para casamento no Comune, é a mesma do casamento na Igreja, gostaria de levar tudo certinho, vc pode me ajudar…aguardo resposta…Ana

  • Ola Juliana

    E’ possivel se casar na Itàlia sem que nenhum dos conjuges seja residente – porém è necessàrio solicitar no comune onde pretendem contrair o matrimonio uma permissao especial. Além disso o proprio comune solicitarà ao consulado italiano onde um dos conjuges è residente o nulla osta (nada consta) porém nao sei te dizer com precisao – entre em contato com o comune onde pretendem dar entrada e solicitem quais os documentos sao necessàrios, ok?

    Abraços

  • Olá Fabio, poderia me ajudar?! Minha dúvida é a seguinte: Sou Brasileira e estou no Brasil no momento e pretendo organizar todos os documentos necessários para que eu possa realizar o meu casamento aí na Itália. Não moramos na Itália e o meu noivo é Britânico, não temos a intenção de morar na Italia mas gostaríamos que o nosso casamento fosse realizado na Toscana.

    Não sei se preciso estar aí na Italia para formar a documentação ou consigo fazer daqui. Sei que preciso ver aqui a certidão de nascimento e a declaração de solteira mas não sei quais são os próximos procedimentos.

    Helpppp.

    Obrigada abraços

  • 😉

  • Ana

    Fábio… obrigada mais uma vez pela atençao e paciencia em explicar tudo 😉 nao tenho palavras para agredecer seu esforço em ajudar!

    Segunda que vem estou lá e como tu disse… viveremos felizes p sempre 😉

    Se precisar de alguma ajuda sobre qualquer coisa aqui na espanha estou as ordens!

    Grazie mille 😉
    bjs

  • Hola Ana

    Obrigado pelas palavras e pelo carinho.

    Antes de mais nada, a cerimonia civil è rapida e sem surpresas. E’ separada em 3 partes:

    1 – a leitura pelo oficial dos tres artigos do Codigo Civil itlaiano

    2 – A explicita e publica declaraçao de vontade dos conjuges

    3 – A leitura do ato de matrimonio e a assinatura dos conjuges, das testemunhas e do oficial di stato civile.

    A cerimonia è rapida, nao dura mais do que 20 minutos. Segue abaixo tudo que vai acontecer, com as respostas que voces devem dar em vermelho:

    L”Ufficiale dello Stato civile si rivolge agli sposi e domanda:

    Siete (voces sao)

    Cognome e nome sposo (sobrenome e nome do noivo)
    Nato a… il… (nascido na data xx/xx/xxxx em tal lugar)

    Cognome e nome sposa (sobrenome e nome da noiva)
    Nata a… il… (nascida na data xx/xx/xxxx em tal lugar)

    e siete qui comparsi per la celebrazione del Vostro matrimonio? SI

    (estao aqui para celebrar o vosso matrimonio?)

    Abaixo è a leitura dos artigos do codigo civil:

    Dò lettura degli articoli 143,144 e 147 del Codice Civile:

    Articolo 143
    Diritti e doveri reciproci dei coniugi

    Con il matrimonio il marito e la moglie acquistano gli stessi diritti ed assumono i medesimi doveri. Dal matrimonio deriva l”obbligo reciproco alla fedeltà, all”assistenza morale e materiale, alla collaborazione nell”interesse della famiglia e alla coabitazione.
    Entrambi i coniugi sono tenuti, ciascuno in relazione alle proprie sostanze ed alla propria capacità di lavoro professionale o casalingo, a contribuire ai bisogni della famiglia.

    Articolo 144
    Indirizzo della vita familiare e residenza della famiglia

    I coniugi concordano fra loro l”indirizzo della vita familiare e fissano la residenza della famiglia secondo le esigenze di entrambi e quelle preminenti della famiglia stessa.
    A ciascuno dei coniugi spetta il potere di attuare l”indirizzo concordato.

    Articolo 147
    Doveri verso i figli

    Il matrimonio impone ad ambedue i coniugi l”obbligo di mantenere, istruire ed educare la prole tenendo conto delle aspirazioni dei figli.

    Abaixo a pergunta è: Declara o noivo de querer prender como esposa a senhora esposa aqui presente?

    Dichiara il Sig. (cognome e nome sposo) di voler prendere in moglie la Signora ( cognome e nome sposa ) qui presente? SI

    Dichiara la Signora (cognome e nome sposa) di voler prendere in marito il Sig. ( cognome e nome sposo ) qui presente? SI

    As testemunhas ouviram?
    I testimoni hanno sentito? SI

    Eu, oficial de estado civil declaro que FULANO E BELTRANA estao unidos em matrimonio
    Io (cognome e nome celebrante), Vicesindaco, Ufficiale dello Stato civile del Comune di (comune) dichiaro in nome della legge che il Sig. (cognome e nome sposo) la Signora (cognome e nome sposa) sono uniti in matrimonio

    Troca-se os aneis, le-se o ato dematrimonio e todos assinam
    (Scambio degli anelli, lettura dell”atto di matrimonio e sottoscrizione)


    “E viveram felizes para sempre”

    Ufa, mais explicado do que isso nao consigo kkkkkkk

    Bjs

  • Ana

    Hola desde Barcelona 😉

    Depois de muitas idas e vindas a Italia, burocracia, e muito dindin gasto… finalmente vou me casar no civil em Brindisi dia 02 de abril, estou uma pilha de nervos como toda noiva 😉 mas o dia está chegando e tenho de me preparar…

    Primeiro quero agradecer ao Fábio porque se nao fosse teu blog acho que demoraria muito mais para conseguir as informaçoes para o tramite e já teria desistido de casar hehe

    Prometo que esta vai ser a última vez que vou te pedir algo! Quando fui ao comune de Brindisi para fazer a promessa me perguntaram se eu precisaria de um tradutor para a cerimonia, eu entendo bem o italiano, mas como eu e meu noivo moramos em Barcelona nosso idioma em comum é o espenhol… lá na italia me disseram que nao tem problema, mas que deveria buscar o texto que utilizam na cerimonia e ler antes para entender bem o que vao me dizer… busquei na internet mas nao encontrei, por um acaso alguém poderia me ajudar e dizer onde posso encontrar tal texto?

    Grazie mille 😉

    Saludos
    Ana

  • Ciao Daphne

    Se voce nao pretende viver aqui nao precisarà fazer o permesso di soggiorno nao.

    Abraços e bom casòrio 😉

  • Olá Fabio,
    Já li esse post 500 vezes e todos os comentarios hehe. Minha duvida é a seguinte:
    Vou casar em Firenze em maio, já tenho toda a documentação pronta, tudo certinho. Meu noivo tem a dupla cidadania e já mora lá ha alguns meses. Chegarei em abril, casaremos em maio mas vamos para outro pais, provavelmente Irlanda, em seguida. A dúvida é se preciso fazer a carta di soggiorno já que não morarei na Italia. Se fizer a carta, quanto tempo leva para ela ficar pronta? Obrigada

  • Ah ok,valeu Fabio!:D

  • Ola Filipe

    No seu caso voce deve consultar a legislaçao do pais onde pretende morar, para saber quais regram adotam para a uniao de pessoas do mesmo sexo.

    Abraços

  • Olá, se tenho cidadania italiana, sou homossexual posso casar com meu namorado em outro país que aceite o casamento gay? Como Portugal por exemplo? Para obtenção de visto? Eu teria que morar em Portugal no caso? Obrigado!

  • Ola Leila

    Nao, significa que nao se pega a fila usual do consulado para legalizar.

    Nao existe regra de preenchimento, voce faz como preferir.

    Rio Grande do Norte faz parte do consulado de Recife – è là que os documentos devem ser legalizados!!!

    Abraços

  • Olá, Fábio, td bem? Parabéns pelo blog, informações muito úteis as suas.

    Menino mas tem umas informações aí pela net que quando mais leio mais dúvidas tenho, ve se vc pode me ajudar por favor.

    Nesse detalhamento que vc fez, sobre a legalização e tradução do documento do registro de nascimento (assim entendi) está escrito essa observação:
    “Importante: para legalizar este documento para fins de matrimonio aqui na Itàlia nao é necessàrio entrar nas famosas filas de legalizaçao, aquelas sao para quem vem fazer o processo de cidadania.”
    Ou seja, isso quer dizer que pode essa legalização e tradução ser feita na Itália mesmo? Onde?

    Essa pergunta pode parecer idiota, mas quando se trata de tanta burocracia melhor prevenir do que remediar: No preenchimento dos dois formulários que peguei no site do consulado de milano, pode ser preenchido manualmente ou tem que ser digitado? Desculpe a pergunta mas sei lá do jeito que por uma simples besteira implica em voltar com tudo pra trás neh…(evidente que as assinaturas devem ser escritas…lógico) mas eu digo no campo das informações a serem preenchidas, se tem alguma “regra” de preenchimento?

    Outra pergunta: Moro aqui em Natal, RN, qual seria o lugar mais próximo pra eu fazer essa legalização e tradução? Pois estou partindo pra italia agora no comecinho de março/12 e preciso correr contra o tempo.

    O consulado onde devo levar a minha documentação será o de Milano, se essa informação ajuda em alguma coisa…rs.

  • Ola Beta PSG

    Infelizmente atè o presente momento nao conheci pessoalmente ninguém que tenha conseguido o reconhecimento por via judicial 🙂

    Abraços

  • Oi Bia

    A lei è clara: um oficial que se nega a reconhecer o matrimonio entre um cidadao italiano e um straniero irregular està cometendo crime.

    Porém nem sempre è fàcil fazer com que respeitem a lei, principalmente quando està num comune racista, pois o que deve ser feito è chamar a policia. Mas qual seria a resposta da policia? Seriam também racistas ou nao? Enfim, è uma questao a ser tratada com muita cautela, eu recomendo que sua amiga procure um òrgao de defesa, como um patronato, sincadato ou outro orgao de acolhimento, para que seja tutelada e consiga fazer prevalecer o direito de se casar – que è inviolàvel.

    Abraços

  • Ok Fabio, uma amiga teve que imprimir uma lei para mostrar na comune onde ela estava se casando porque eles estavam colocando impedimentos em seu casamento, acha que se eu imprimir aquela parte da sentença em italiano e mostrar na comune caso eles não saibam, possa me ajudar? obrigada

  • Tagmomentos

    Somente se os dois forem residentes legais na Itàlia è possivel a realizaçao do matrimonio, assim como praticamente em qualquer outro lugar do mundo, salvo raras excessoes como Las Vegas, por exemplo.

    Abraços

  • Ola Bia

    A lei nao mudou – o que aconteceu foi que a corte de cassaçao deu parecer favoràvel para que mesmo que um cidadao que esteja irregular possa se casar. Efetivamnete a maioria dos comunes nao sabe disso, pois nao è lei – e sim uma sentença.

    Abraços

  • Fabio, li seu post sobre casamento entre um cidadão italiano e um brasileiro, mas gostaria de saber sobre casamentos entre brasileiros, porém na Itália. Nao moro na Italia e também nao tenho cidadania, existe a possibilidade de casar ou fazer uma festa de casamento na Itália??? Queria fazer um casamento diferente…

  • oii fabio, esse post é de 2010, li em um blog atualizado em 2011 que a lei mudou em relação ao casamento entre italianos e estrangeiros que já estão ilegais na europa, e como eu vou me casar esse ano com meu namorado e não tenho soggiorno e nenhum outro documento europeu.. depois dá uma lida nessa matéria aqui:
    http://www.noticiasdabota.com/2011/08/sim-para-o-matrimonio-entre-italianos-e.html
    acha que ainda estamos precisando de soggiorno pra casar? vou agradecer pela resposta, um abraço!

  • Ola Dimmy

    Recomendo que voce compareça na Policia Federal e solicite a eles todas as informaçoes sobre o procedimento sobre o matrimonio no Brasil, quais documentos sao necessàrios e se ele pode entrar no pais apenas com a passagem de ida.

    Abraços e bom casòrio 🙂

  • ola fabio tudo bem?
    Gostaria que vc me esclareça algumas duvidas… meu namorado vai vir para o Brasil para viver aqui, eu vou comprar a passagem, como sera eu que vou comprar, queria comprar apenas a passagem de ida,e a gente vai casar depois de tres meses… voce acha que ele tera problemas se eu nao comprar a de volta, apenas pela passagem garante a volta dele? aguardo sua resposta obrigado!!!!

  • Ola Cristina

    Pode ser qualquer modelo, fica a seu critério – embora è sempre preferivel trazer a certidao em inteiro teor 🙂

    Abraços e que Deus abençoe todos nòs 😉

    • Massy Karla

      Ola Fabio
      Adorando o blog me ajudar bastante estou seguindo passo a passo a esse post que voce escreveu entao eu ja tenho o nulla osta em maos so que eu nao vi escrito aqui no post sobre a legalizacao do nulla osta, gostaria de saber quais os documento a prefeitura exegir para esse tipo de procedimento e quanto tempo ficara pronto.
      obrigada ^^

      • O nulla osta não precisa ser legalizado pois ele será emitido aqui na Italia. Quanto aos documentos exigidos pela prefettura, sugiro que vá diretamente lá e pergunte a eles, ok? Abs

  • Ciao Fábio!

    Meu nome é Cristina, tenho uma dúvida: a 2ª via da certidão de casamento que tenho que tirar pra me casar na Itália, tem que ser o modelo teor completo, ou pode ser o modelo simples?

    Um abraço e obrigada!
    P.S.: Meus parabéns pelo site! Deus te abençoe muito! E desejo a vc um feliz 2012!
    Cristina

  • Fábio… Regina, sua seguidora rs…

    Falta somente um mes para minha viagem a Itália (casamento).

    Ultimas dúvidas por favor?

    Vou entrar por Amsterdan. Preciso levar Carta di ospitalita em Italiano e Inglês, para a imigração? Vc tem o modelo em inglês, se necessário?

    Carta di ospitalita, para o “VIGILE”? Meu namorado precisa apresentar em algum orgão?

    Hj para a imigração R$ 1.500,00 e suficiente para passar qtos dias na Itália?

    Onde eu faço Declaração de Presença?

    Grata por td!

    Boas Festas!

  • Ola Priscila, segue a transcriçao retirada do site do consulado brasileiro em Roma:

    Sou brasileiro(a) e casei-me na Itália, meu casamento é válido no Brasil?

    Sim, mas é necessário efetuar a transcrição da certidão de seu casamento na Itália no Consulado brasileiro e posteriormente pedir o registro (legalmente chama-se traslado) junto ao Cartório do 1º Ofício do Registro Civil do local de seu domicílio no Brasil ou no Cartório do 1º Ofício do Registro Civil do Distrito Federal.

    Abraços

  • Ola Fabio

    Devo me casar por esses dias aqui na Italia no civil, mais estou um pouco perdida sem saber o que devo fazer apos o casamento,devo retorna ao consulado Brasileiro, que documentaçoes me é necessaria para que eu possa permanecer na Italia legalmente?

    Desde ja agradeço.

  • Ola Fiore

    Infelizmente nao tenho como ajudà-la, pois nao conheço a legislaçao sueca, principalmente em relaçao è entrada e permanencia de estrangeiros, sugiro que voces procurem o consulado da Suécia no Brasil e verifique com eles quais os passos necessàrios para que ele possa viver contigo legalmente.

    Abraços

  • Este comentário foi removido pelo autor.

  • Ola Dri

    Como seu noivo è suiço e residente por là, entre em contato com o consulado suiço, existem representaçoes no norte/nordeste existe em Manaus, Recife, Salvador, Fortaleza – todos ligados ao consulado-geral no Rio de Janeiro

    Pois uma vez casados, voce poderà solicitar diretamente no consulado suiço o visto para entrar tranquilamente na Suiça.

    Abraços

  • Oi Ana

    Neste caso, o ideal è que ele se registre no AIRE, com isso o casamento pode ser feito diretamente no consulado italiano, è mais fàcil, ràpido e economico pra voces 🙂

    Para que ele possa se inscrever no AIRE em Barcelona, deve apresentar os seguintes documentos:

    – 1 foto

    – il modulo debitamente compilato e firmato (modulo maggiorenni) – fotocopia di un documento d’identità italiano valido o certificato di Cittadinanza + passaporto straniero.

    – Tarjeta de Residencia o Certificado de Registro de Ciudadano de la Unión (foglio color verde che sostituisce la Tarjeta de Residencia) in fotocopia

    – Certificato recente di “Empadronamiento”

    Abraços

  • Oi Fabio, procurando por alguma ajuda na net achei seu blog. Li mas ainda tenho várias dúvidas. Meu noivo é italiano, porém nascido e residente na Suíça queremos nos casar aqui no Brasil. O que eu gostaria de saber é como proceder(documentações)e se eu casando aqui no Brasil(moro em Teresina-Piauí,nordeste do Brasil)seria mais fácil a entrada na Suíça. Desde já Obrigada seu blog foi uma fonte de informação e tanto.

  • Ana

    Oi Fabio

    sim… nós dois moramos em barcelona e meu noivo nao está inscrito no consulado italiano, por isso pensamos que era obrigatorio casarnos na italia, mas na verdade a festa faremos aqui porque nossos amigos moram todos aqui, se existe a possibilidade de se casar aqui no consulado italiano seria melhor.
    Os documentos exigidos seriam os mesmos q na italia?
    porque meu noivo pode se inscrever no AIRE sem problemas, já vive aqui faz 6 anos.

    Aguardo resposta
    Obrigada mais uma vez

  • Ola Regina

    Sao 300 dias e isso existe para salvaguardar o noivo em caso de gravidez precedente da noiva.

    Todavia é possivel diminuir este tempo solicitando ao tribunal uam autorizaçao especifica comprovando que nao està gràvida.

    Abraços

  • Ola Ana

    Falei sobre o endereço aqui na Itàlia pois pensei que voces estivessem se mudando pra cà, porém relendo seus posts percebi que ambos vivem na Espanha, certo??

    Neste caso, a questao principal è: seu futuro marido è residente ai – ou seja è inscrito no consulado italiano no AIRE?

    Pergunto porque a publicaçao do patrimonio è sempre ligada ao conceito de residencia – se um dos noivos è residente na Itàlia, ok; caso contràrio se ambos sao residentes no exterior o matrimonio deve ser feito no consulado italiano, entendeu?

    Abs

  • Fábio…

    Ainda sobre o assunto: Divorciada 300 dias ou 3 anos.

    Encontrei, esse post. Se vc poder comentar… AGRADECEMOS! rs…

    Art. 89 Divieto temporaneo di nuove nozze
    Non può contrarre matrimonio la donna, se non dopo trecento giorni dallo scioglimento, dall’annullamento o dalla cessazione degli effetti civili del precedente matrimonio. Sono esclusi dal divieto i casi in cui lo scioglimento o la cessazione degli effetti civili del precedente matrimonio siano stati pronunciati in base all’art. 3, n. 2, lett. b) ed f), della L. 1° dicembre 1970, n. 898, e nei casi in cui il matrimonio sia stato dichiarato nullo per impotenza, anche soltanto a generare, di uno dei coniugi.
    Il tribunale con decreto emesso in camera di consiglio, sentito il pubblico ministero, può autorizzare il matrimonio quando è inequivocabilmente escluso lo stato di gravidanza o se risulta da sentenza passata in giudicato che il marito non ha convissuto con la moglie, nei trecento giorni precedenti lo scioglimento, l’annullamento o la cessazione degli effetti civili del matrimonio.
    Si applicano le disposizioni dei commi quarto, quinto e sesto dell’art. 84 e del comma quinto dell’art. 87.
    Il divieto cessa dal giorno in cui la gravidanza è terminata

  • Ola Nely tudo bem?

    Exatamente como expliquei no post:

    “Nao é necessàrio traduzir nem legalizar este documento, pois o mesmo serà entregue no consulado brasileiro aqui na Itàlia, conforme explicarei mais adiante.”

    Bjs e bem-vinda 🙂

  • Fábio…

    Sua leitora Nely L, postou:

    “Cidadão brasileiro divorciado: também deverá apresentar original e fotocópia da certidão de casamento com a averbação do divórcio, com data de expedição não superior a seis meses da data de emissão do documento; A Itália requer uma declaração de separação de 3 (três) anos.”

    Mas li um depoimento de uma Brasileira, que retornou para o Brasil, sem conseguir o matrimonio, porque a legislação italiana, exigiu 300 dias de divorciada.

    Qual o correto 3 anos ou 300 dias? Minha certidão tem 1 ano e 1 mes.

    Grata por tudo! Que o Altissimo abençõe a vc e a todos a quem vc ama!

  • Ana

    Oi Fabio

    Sim… nos casaremos na Italia mas nós dois moramos em barcelona.
    Me disseram no consulado de Roma que devo colocar nas declaraçoes meu endereço legal, ou seja no brasil, pois moro na espanha, mas tenho uma autorizaçao para morar aqui enquanto estudo meu doutorado, mas nao sou residente legal da espanha.
    Entendo que portanto minha residencia legal seja a que tinha no brasil antes de vir morar na espanha.

    Abraço
    Ana

  • Ciao a tutti! Gostaria de acrescentar que os docs nao precisam ser traduzidos.

    Extraido do site do MRE:

    Declaração de “Nulla Osta” para casamento na Itália:

    O brasileiro deverá apresentar–se pessoalmente ao Consulado, munido dos seguintes documentos: Declaração de ausência de impedimentos ao casamento (“nulla osta”), declaração de duas testemunhas brasileiras, parentes ou não, com assinaturas reconhecidas em cartório no Brasil, em que se atesta conhecer o interessado, seu estado civil, sua residência, sua filiação, o nome do futuro cônjuge e que declarem não haver impedimento para que o/a brasileiro/a contraia matrimônio. Este documento deve ter data de emissão inferior a 6 meses;
    Original e fotocópia de 2ª via de Certidão de nascimento brasileira, emitida há menos de seis meses;
    Original e fotocópia das quatro primeiras páginas do seu passaporte brasileiro válido; original e fotocópia da “Carta d’Identità” ou passaporte estrangeiro válido do futuro cônjuge;
    Cidadão brasileiro divorciado: também deverá apresentar original e fotocópia da certidão de casamento com a averbação do divórcio, com data de expedição não superior a seis meses da data de emissão do documento; A Itália requer uma declaração de separação de 3 (três) anos.
    Se o cidadão brasileiro for menor de 18 anos, além dos documentos acima descritos, é necessária a autorização dos pais ou responsáveis legais do interessado, com firma reconhecida em cartório no Brasil. Neste documento, deverão estar indicados claramente o nome e o sobrenome do futuro cônjuge.
    No caso de cidadãos brasileiros viúvos, deverão ser apresentados o original e a cópia da certidão de casamento e de óbito do cônjuge falecido.
    A declaração de “nulla osta” emitida pelo Consulado tem validade de seis meses a partir da data de sua emissão e a assinatura da autoridade consular brasileira deverá ser legalizada na “Prefettura”, antes de ser apresentada na “Comune”.
    Somente o cidadão brasileiro em nome do qual foi emitida a declaração de “nulla osta” pode solicitar e retirar o documento.

    =======> Não é necessária tradução nem legalização dos documentos mencionados por repartição consular italiana no Brasil para os trâmites no Consulado do Brasil em Milão. O cidadão brasileiro deverá verificar junto ao “Comune” onde pretende casar se tais requisitos são necessários.

    http://www.portalconsular.mre.gov.br/mundo/europa/republica-italiana/milao/faq/3-decidi-me-casar-na-italia-o-que-devo-fazer/?searchterm=

  • Ola Ana

    O endereço deve ser aqui na Itàlia, pois se casarao aqui, nao è isso??

    Abraços

  • Ana

    Oi Fabio… obrigada mais uma vez 🙂 e vou te incomodar com mais uma pergunta já que vi que entendes bem do assunto e só encontro as respostas por aqui 🙂
    Como eu moro em barcelona a 3 anos, nao ficou bem claro que endereço colocar na declaraçao de solteiro e na “Declaração para fins de matrimônio na Itália”, porque tenho um “permiso indefinido” para viver na espanha mas nao sou residente espanhola com identidade da Espanha.
    Coloco meu endereço antigo do Brasil de quando vivia com meus pais antes de vir para cá?

    Gracias 🙂 e desculpa tantas perguntas, mas é que de verdade nao se acha muita informaçao nos sites dos orgaos responsaveis!

    Saludos
    Ana

  • Ola Ana

    os documentos sò podem ser legalizados pelo consulado-italiano no pais onde foram emitidos – no caso devem ser legalizados no Brasil.

    Sobre a sua presença, na primeira fase basta apenas que seu marido apresente os documentos no comune onde è residente, porém na data da publicaçao devem estar os dois presentes – isso pelo menos nos comunes onde eu trabalho, para o comune de Brindisi, segue as instruçoes deles:

    http://www.comune.brindisi.it/web/servizi-demografici/documenti/17.html

    Abraços e bom casòrio!!!

  • Ana

    Oi Fábio… ok entendido

    A traduçao dos meus dctos (depois de o ministérios das relaçoes exteriores no brasil reconher q é legal) tem de ser feita no brasil ou poderia fazer aqui na espanha com um traductor italiano juramentado e reconhercer a tal traduçao na embaixada da italia aqui em barcelona?

    Outra coisa… preciso ir a italia com meu noivo para marcar a data do casamento? ou ele pode ir sozinho com os meus dctos?

    Obrigada mais uma vez.

    Abraço

  • Ola Ana tudo bem???

    Se voce vier direto da Espanha deve sim fazer a declaraçao de presença, pois nao receberà carimbo na entrada aqui na Itàlia, entendeu?

    Abraços!!!

  • Ana

    Oi Fábio… parabéns pelo site está incrivel, tirei muitas dúvidas que tinha.
    Meu caso é q sou brasileira e meu novio italiano de Brindi, vamos nos casar em sua cidade. Eu já providenciei minha documentaçao no Brasil, através da minha mae porque moro em Barcelona, só me falta a Nulla Osta que farei em Roma mês que vem.
    Minha dúvida é… preciso fazer a tal da declaraçao de presença na questura? porque nós dois moramos em Barcelona e tenho identificaçao de residente da espanha e para falicitar o tramite e nao fazer tantas viagens meu novio vai sozinho a Brindisi marcar a data e levar meus dctos etc. preciso ir também? porque me disseram q ele poderia fazer tudo por mim, se estiver com todos meus dctos.
    Obrigada desde já
    Saludos
    Ana

  • Ola Carlos

    A Italia somente reconhece a unial civil como vàlida, se voce se casar civilmente com a sua atual companheira, ela terà direito de viver tranquilamente contigo aqui na Itàlia sim.

    Abraços

  • OLA TUDO BEM FABIO ? E DAI PESSOAL DO BOGL BLZ.

    TENHO DUVIDAS FUI CASADO A 20 ANOS HOJES ESTOU SEPARADO MAS QUANDO DEI ENTRADA NA MINHA DOCUMENTAÇAO AINDA ERA CASADO ENTAO MINHA ESPOSA TAMBEM SE BENIFIFOU BLZ .HOJE SO TENHO DOCUMETOS DE SAPARAÇAO, NAO SOU DIVORCIADO AINDA ,MAS VIVO COM OUTRA PESSOA JA A 7 ANOS CASO EU VA MORAR NA ITALIA ESTA PESSOA QUE VIVO HOJE QUE E MINHA ESPOSA ASSIM QUE EU DIVORCIAR DA MINHA PRIMEIRA ESPOSA POSSO LEGALIZAR COM QUEM VIVO HOJE ME CASANDO COM ELA, TEM ALGUMA FORMA DESTA PESSOA VIVER COMIGO NA ITALIA LEGALMENTE.?

  • Eu estou para me casar em roma, mas nao tive que fazer nenhuma traduçao de certidao e nem legalizaçao nao, so levei o nula osta do consulado e fotocopia do meu passaporte.

  • Ola Clelia

    E’ mais facil se casar no Brasil quando os dois noivos sao brasileiros (mesmo que um deles tenha a cidadania italiana), no caso de um dos noivos nao ser brasileiro, a dificuldade de se casar no Brasil passa a ser equivalente a se casar aqui na Itàlia.

    Abs

  • Ciao Fabio,
    Sou brasileira e moro no Brasil; meu noivo é italiano e mora na Itália. Pensamos em realizar nosso casamento religioso no Brasil e o civil na Itália, onde iremos morar, próximo a Milão.
    Uma vez que meu noivo deverá traduzir seus documentos italianos para o português e enviá-los ao Brasil para nos casarmos (ainda que o casamento religioso não tenha validade nem em um país nem no outro), e retornando à Italia deveremos levar a Certidão de Casamento ao Comune para legalizá-la, você poderia me esclarecer porque é mais simples casar-se no Brasil?

    Grazie,
    Clélia

  • Este comentário foi removido pelo autor.

  • Mary

    Procure no blog, que tem um post que eu escrevi ensinando como solicitar o visto. E deve ser solicitado sim no consulado italiano no Brasil.

  • Esse visto è feito sempre no Consulado Italiano no Brasil???ou posso fazer aqui?

  • Sim eu quero,por favor….se faz de momento esse visto,ou demora muito tempo???

  • Mary

    Neste caso eu sugiro que quando estiver no consulado, leve os documentos comprovando que voces sao casados e solicite o visto de conjuge tal qual eu ensino a fazer aqui no blog, assim voce nao terà nenhum tipo de problema ao retornar, ok?

    Abraços

  • Eu ainda nao tenho o permisso,como te falei tenho apenas o nome de casada no meu passaport,estou indo ao Brasil pra resolver isso no Consulado Italiano….eu viajando agora sem premisso,voltando ao Brasil,no aeroporto da italia,se pode dar algum problema???

  • Ola Mary

    Tendo o permesso di soggiorno, voce pode sair e reentrar na Italia normalmente, portanto fique tranquila.

    Abs e boa viagem!!!

  • Flavio ! Se eu já estiver em processo de cidadania italiana e me casar no brasil , depois quando eu ir para italia tem como eu legalizar o documento de casamento ? abraço

  • Outra pergunta,agradecendo de jà,todas as resposta q vc mim dar..Eu aqui estou somente com a certidao de casamento do Brasil,e o meu passaport com o nome de casada,viajo em Brasil em janeiro,pra resolver isso…quando eu volto ao Brasil com meu esposo nao vai ter problema algum,quando passo no aeroporto..obg..

  • Sim, todos os documentos brasileiros para que tenham validade aqui na Itàlia devem ser traduzidos e legalizados no consulado, no seu caso em Recife.

    Abs

  • No caso tenho q mandar a certidao para o consulado italiano,ou nao…pq sou de Aracaju-Se,ou tenho q ir em Recife? obg..

  • Ola Mary

    Voces devem mandar a certidao de casamento ser traduzida e legalizada no Brasil, depois disso seu marido deve levà-la no comune onde è residente para que seja efetuada a transcriçao da mesma. O mesmo deve ser feito com a certidao de nascimento do filho de voces.

    Abs

  • Olà,gostaria de uma informaçao? sou casada com italiano em dezembro de 2010,tenho um filho de 1 ano com ele q nasceu no Brasil,em dezembro de 2010,vim pra italia,onde agora vivo..sò q tenho apenas a certidao de casamento do Brasil…o q devo fazer aqui na italia,pra reconhecer q sou casada com italiano,e como posso obter o passaport italiano pro meu filho? obg…

  • Ola Rose

    Meu email è fabiosaga@minhasaga.org

    Abraços

  • oi fábio, estou adorando suas dicas mas gostaria de saber muito mais , teria algum telefone, ou e mail para que eu possa entrar em contato, ah e qto ao casamento, eu e meu marido estamos pensando em comemorar nossos vinte e cinco anos de convivencia e talves quem sabe casar na italia, será que seria possível, obrigada.

  • Ola Tatiane

    Nao conheço a fundo as leis suiças, recomendo que voce verifique com seu namorado quais os passos que um conjuge de cidadao italiano deve realizar para regularizar-se em territorio svizzero, ok?

    Abraços

  • Olá, moro no Brasil, meu namorado é italiano, mas mora na Suiça. Minha dúvidas são: caso eu me case com ele na Itália serei considerada cidadã legalizada pra morar na Suiça? Se eu conseguir visto de estudante quanto tempo terei que esperar para voltar a Suiça depois que eu retornar pro Brasil após o prazo de 6 meses? Enquanto não consigo dupla cidadania se eu me casar terei livre acesso aos países da Europa pelo fato de eu ter casado com um Europeu? Obrigada.Aguardo retorno.

  • Ola Ana

    A melhor opçao é sempre casar-se no Brasil e mandar traduzir e legalizar a certidao de casamento, com isso seu marido apresentaria a mesma no comune onde é residente, que procederiam com a transcriçao da mesma e com ela em maos voce pode solicitar a carta di soggiorno (visto) por ser esposa de cidadao italiano, ok?

    Abraços e bom casòrio (novamente rsrs)

  • Olá Fábio! =)
    Amei o seu blog. Adorei a matéria. O humor presente nela faz com que leiamos toda sem perceber a extensão do texto. Bom, percebi que não tinha nenhum caso parecido ao meu nos comentários e resolvi abusar da sua bondade e conhecimento para questionar-te.
    É o seguinte: sou divorciada com dois filhos desde 2009 e quero casar novamente com a mesma pessoa pai dos meus filhos. Não vou entrar em detalhes pessoais, mas considero que a situação espante ou seje engraçada, rsrs, tudo bem! Vivendo e aprendendo né, não existe outra fórmula mágica.
    Bom, ele vive na Itália desde 2009, hoje é cidadão italiano. Estamos já providenciando as documentações das crianças. Quanto ao nosso casamento. Gostariamos de casar na Itália, percebi que o processo é longo, mas nada como seguir o passo à passo. A nossa dúvida é, devemos proceder como mostra o seu passo à passo, Devemos apresentar documentações desse divórcio no momento de nos casarmos. Deveriamos casar antes de ir…. hhehee
    Muitas dúvidas né.
    Qual seria a maneira mais correta de agirmos nesse caso.
    Toda informação é bem vinda!
    Obrigada desde já! =)
    Abraço
    Ana

  • Ola Renata

    O artigo 87 do codice civile italiano nao estabelece como impeditivo o matrimonio entre primos, porém a igreja nao aceita, o que significa que caso voces pensem em se casar, isso sà serà possivel em rito civil.

    Uma vez casados, seu marido poderà solicitar a naturalizaçao por matrimonio depois de DOIS anos de residencia legal aqui na Itàlia ou TRES anos de matrimonio caso o requerimento seja feito no exterior.

    Abraços

  • Fabio, gostaria de saber, se eu moro na Itália, já possuo cidadania italiana, e daqui um ano e meio mais ou menos, meu primo vem para cá, só que nós estávamos juntos no Brasil, poderíamos no casar aqui e consequentemente ele poderia ficar comigo aqui e ter a cidadania italiana dele, ou aqui na Itália não é permitido o casamento entre primos? Esclareça essa dúvida para mim, por favor. Muito obrigada.

  • Ola Vanessa tudo bem? Seja bem-vinda!!!

    Quando terminar seu processo, sua certidao de nascimento serà transcrita no comune onde voce é residente, o que significa que voce terà uma certidao de nascimento italiana!!!

    E voce poderà se casar tranquilamente na cidade onde vive, nao serà necessàrio nenhum documento seu, somente seu noivo é que deverà providenciar a documentaçao, ok??

    Abraços e esteja sempre aqui conosco 😉

  • Ciao Fabio;

    Primeirmente parabens pelo site , adorei encontrar um blog com tantas informacoes uteis juntas!

    Tenho processo de cidadania iniciado na Italia, aguardo apenas ter os documentos de cidada italiana em maos. Assim que estiverem prontos volto pra Italia e passo a viver na bota. Pretendo tambem me casar la, mas gostaria de sua ajuda para saber que documentos sao necessarios para casar sendo CIDADA ITALIANA porem nascida NO BRASIL.Pois fica a duvida de como provarei que sou solteira e tambem se sera necessario a certidao de nascimento, pq mesmo italiana fui registrada em cartorio brasileiro. como devo proceder?

    Saluto
    Parabens pelo site mais uma vez!
    Vanessa

  • Ola Bianca

    Que òtima noticia – adoramos tanto quando as pessoas ‘roubam’ informaçoes quanto quando elas vem ‘trazer’ novas informaçoes, essa é a beleza do blog 🙂

    Grazie mille e parabéns!!!

  • Oi Fábio,

    Ja vim muitas vezes aqui “roubar” informaçoes, hj queria agregar um pouco. Já q me ajudaram tanto, gostaria de ajudar um pouquinho tb

    Me casei aqui na Italia (com italiano) na provincia de Roma e nao foi preciso CERTIDAO DE NASCIMENTO traduzida. Na verdade, nem mesmo a certidao….somente a Nula Ostia do consulado foi usada.

    Como disse a funcionaria de uma maneira mais “italiana” impossivel: “Vc nao é italiana, nao serve de nada sua certidao para mim!!!” hahah

    Entao, se o futuro conjuge estiver na Itália, é sempre bom verificar primeiro o que é realmente preciso, pq qq dindin economizado nao faz mal para ninguem neh?! E aqui cada comune faz de um jeito, entao….

    Um grande abraço
    Bianca

  • Olha eu aqui de novo.
    So para confirmar uma coisa. Voce na primeira opçao disse: Aguardar 6 meses para retornar “ao Brasil”. Mas voce quis dizer “Italia” nao foi? Me caso no Brasil e passados 6 meses, venho para Italia. Correto?

  • Ola Fabio,

    Olha, essas palavras è so uma constataçao daquilo que voce representa para muitas pessoas que se utilizam da sua boa vontade. Fica vermelho nao, o merito è seu.
    Valeu as dicas. Me tranquilizaram. Nao pensei que fosse tao pouco tempo, afinal, 6 meses passa rapido nao è? Obrigada.

    Rosa

  • Ola Rosa

    Eita, obrigado pelas palavras, fiquei atè vermelho 🙂

    Voce pode fazer duas coisas:

    a) Aguardar seis meses para retornar ao Brasil ou

    b) Tirar um novo passaporte brasileiro e retornar aqui. A nossa querida leitora Suzana que me passou esta dica e com ela funcionou que foi uma beleza 🙂

    Abs e bom casòrio!!!

  • Ola Fabio,

    Legal o seu blog. Que bom que voce existe e se dispoe a ajudar pessoas.
    Em um primeiro momento fiquei feliz quando achei o seu blog com esclarecimentos àquelas duvidas. Mas depois, lendo um caso similar ao meu, confesso que gelei, fiquei triste. Poderia por gentileza me dar uma luz sobre a minha situaçao? Ficarei grata eternamente. Vim para a italia a trabalho em uma casa de familia, italabrasileira, inclusive. Porem, sem permisso, fiquei ilegal. Entrei pela França e ja faz 9 meses. Agora eu e meu namorado, italiano, iremos ao Brasil e iremos casar là. Foi o que nos orientaram a fazer. A duvida è; poderei voltar a italia sem problemas? Terei de cumprir um prazo no brasil e depois disso voltar para italia. Esta correto esse procedimento? Quanto tempo estarei barrada de entrar mesmo casada? O processo serà complicado no que tange ao meu retorno aqui uma vez que fiquei ilegal?
    Se puder me ajudar..

    Obrigada

    Rosa

  • Este comentário foi removido pelo autor.

  • Ola Patinhas

    De acordo com as ùltimas mudanças aqui na Itàlia, a naturalizaçao por matrimonio sò serà completada se os conjuges estiverem juntos. Porém nao sei como funciona fora da Itàlia – junto aos consulados.

    Abs

  • Fala Fabio, maravilhoso o blog hein!

    Bom, tenho uma duvida e gostaria que ela fosse solucionada se possivel>

    E o seguinte, sou casado com uma cidada brasileira, lutamos MUITO e conseguimos a cidadania italiana dela. Apos 3 anos de casados dei a entrada em minha naturalizacao Italiana, ela ainda nao saiu mas esta prestes creio eu pois ja se passaram 1 ano desde a data de entrada…

    Porem minha esposa e eu temos passado por dificuldades terriveis em nossa relacao, e estamos basicamente nos separando… Agora minha pergunta e:

    Isso pode prejudicar meu processo?
    So entrariamos com o divorcio uma vez que minha cidadania ja estivesse completa, e eu com o passaporte na mao. A outra e que, ela precisa comparecer juntamente comigo para o juramento da bandeira?
    Se ela mudar o AIRE dela, tambem pode prejudicar o processo?

    Ah, sao tantas as duvidas, acredite ou nao e um casamento real, 6 anos de casamento, mas creio que infelizmente esta chegando ao fim.

    Ela nao quer me prejudicar tambem, valeu pela ajuda!

  • Eita Roberta

    Fiquei atè vermelho kkkkk

    Bjs

  • Olá Fabio, obrigada pela ajuda. Meu Deus que site maravilhoso!!! Tá na minha página de favoritos. Mais uma vez obrigada,obrigada,obrigada.

    abs.

  • Ola Roberta

    Se ultrapassar 3 meses antes do matrimonio aqui voce sequer poderà se casar, pois terà vencido seu visto.

    Porém se conseguir casar-se ainda dentro de 90 dias, voce pode retornar normalmente depois, pois serà casada com cidadao italiano, deverà portanto solicitar a carta di soggiorno de conjuge de cittadino italiano!!!

    Abs

  • Gostaria de saber…. Vou pra italia casar o civil e volto ao Brasil pra casar o religioso. Passarei 3 meses na italia antes do casamento civil la. Gostaria de saber se depois que voltar do casamento religioso no Brasil vou poder voltar a italia sem problemas pois ja vou ter utilizado os 3 meses permitidos para turista. Aguardo respostas urgentes pois viajo em agosto.obrigada

  • Ola Andréa tudo bem???

    A declaraçao é aquele documento là no inicio do post, e deve sim ser feito ainda no Brasil.

    Abraços 😉

  • Olá Fabio!! Acheipor acaso o seu blog e estou amando!! Muito esclarecedor!!
    Mas lendo uma parte do seu post sobre casamento na itália eu não entendi bem. Você disse que: Na Nulla Osta “declaração de 2 testemunhas (podem ser parentes, mas precisam estar no Brasil), conforme modelo fornecido pelo Consulado-Geral do Brasil em Roma (Declaração de estado civil e de ausência de impedimentos ao casamento). As assinaturas das duas testemunhas precisam ser reconhecidas em cartório brasileiro. A validade dessa declaração é de, no máximo, seis meses.”
    Então eu tenho q fazer isto antes de ir pra Itália? Pelo menos foi assim que entendi… rsrsrs

    Abraços,

    Andréa

  • Ola Andre

    Uma vez casados, basta levar a certidao de casamento no consulado italiano para que eles procedam com a transcriçao da mesma e com ela em maos voce pode apresentar na questura para solicitar o permesso para sua esposa. Lembrando que para solicitar o permesso, voces deverao morar juntos na mesma casa aqui na Itàlia, ok?

    Abs

  • Ola Fabio.

    Sou cidadão Italiano e sou noivo, quero morar na Itália.

    Como você ja disse é melhor casar aqui e só legalizar os documentos la na Itália.

    Quais documentos tenho que levar para Itália, quais tenho que traduzir, etc, para que minha futura esposa poosar ficar comigo na Itália legalmente.

    Desde ja agradeço.

    André Viggiani.

  • Ola Sandra tudo jòia???

    Voce sò pode dar entrada na naturalizaçao por matrimonio de duas formas:

    – Depois de 3 anos de matrimonio civil comprovados
    – Depois de 2 anos de residencia legal comprovada aqui na Itàlia

    Seja no exterior quanto aqui na Itàlia existe este tempo que voce deve respeitar antes de poder dar entrada na naturalizaçao e uma vez que voce de entrada, deve aguardar ainda outros dois anos – que é o tempo minimo para a conclusao do processo, ok??

    Abraços e Feliz Pasqua!!!

  • Olá fabio,
    Se tu puder me ajudar eu ficaria muito grata.Sou brasileira, casada no civil a um ano com um italiano e moramos no Brasil.Quero a cidadania, mas so posso entrar com os papéis depois de 3 anos de casada… te pergunto se indo hoje a Italia eu poderia casar lá, ja sendo casada aqui e se isso me daria a cidadania italiana?O que preciso fazer para isso?Não temos filhos aqui e lá na Italia teriamos como justificar residencia.
    Aguardo tua resposta.
    Parabens pelo blog,maravilhoso.
    Um abraço,
    Sandra

  • Ola Douglas

    Independente de onde voce venha, o processo de cidadania italiana é o mesmo a todos – se é isso que voce deseja: o reconhecimento da cidadania italiana, pois nao entendi bem o que voce pretende.

    Porém se vem apenas para residir, como cidadao portugues voce pode permanecer apenas 90 dias aqui e caso queira permanecer mais do que este tempo deve solicitar a residencia e pra isso deve comprovar que tem renda ou um emprego com contrato de trabalho, pois deve demonstrar que tem condiçoes economicas de viver aqui, ok?

    Abraços

  • Ola Luiz

    1 – E melhor sempre se casar no Brasil e mandar a certidao de casamento ao consulado para que seja efetuada a transcriçao da mesma. Uma vez transcrita, basta solicitar ao comune que fez a transcriçao o Certificato di Matrimonio

    2 – Entre em contato com o consulado espanhol, pois como esposa de cidadao europeu ela pode viver legalmente contigo, porém existem algumas etapas que precisam ser feitas, como o pedido de residencia e tudo mais, ok?

    Abraços e sucesso a todos!!!

  • ola Fabio
    me chamo fernando e gostaria de saber como funciona o processo para quem vem de portugal. pois tenho cidadania portuguesa mais quero ir morar na italia. voce sabe como e o processo???

  • Olá Fabio

    Eu sou brasileiro e tenho cidadania italiana,tenho planos de viver na Espanha esse ano com minha noiva brasileira.Estamos pensando em nos casar para que ela tenha o direito de permanecer e trabalhar na Espanha legalmente.
    Tenho algumas duvidas:
    1-É melhor se casar no Brasil ou na Italia?
    2-Depois do casamento como devo proceder para que ela possa ter o direito de viver e trabalhar na Espanha?

    Espero que voce possa nos ajudar,estamos com a viagem marcada para o proximo mes.

    Obrigado.

  • Ciao Angelica

    Que òtimo que tudo deu certo, parabèns!!!

    Bjs

  • Olá Fábio!

    obrigada pela resposta!

    em nenhum momento registramos o casamento no consulado no Brasil. Simplesmente casei-me com um sueco na Suécia e nunca reconhecemos o casamento no Brasil. O divórcio também foi feito inteiramente na Suécia.

    Tenho a papelada, mas é toda sueca ( casamento e divórcio ), sem nenhum registro ou reconhecimento no Brasil.

    Por isso a minha pergunta, como eu faço para registrar o meu casamento ( e divórcio ) no Brasil para poder fazer tudo direitinho

    Já pensou ser presa por bigamia, ninguém merece! kkkkk

    Abraços!

    Diva

  • Oi, Fabio!

    Eu te enviei um email no inicio do mes, para saber se eu poderia fazer a declaracao de presenca depois de visitar um pais Schengen e finalmente eu consegui entrar com os documentos para o matrimonio no comune!
    Gostaria de te agradecer pela informacao, e continue com o seu maravilhoso trabalho!

    Angelica Campos
    angelpercam2000@yahoo.com.br

  • Ola “By Chance”

    Voce tem o processo de divòrcio sueco? Pois o unico cuidado que voce deve ter é saber se o divorcio està efetivamente completo, ok? O consulado brasileiro na Suécia foi informado do seu matrimonio? Se sim, automaticamente as autoridades brasileiras sabem que voce se casou, portanto verifique bem, pois bigamia é crime aqui na Itàlia rs

    Abraços!!!

  • Fábio!

    que blog maravilhoso esse o seu! Já me senti na Itália graças a você!

    E senta que lá vem a história… 🙂

    vou colocar em tópicos para ficar beeeem explicadinho:

    * casei-me no Brasil
    * divorciei-me no Brasil
    * fiz minha papelada e casei na Suécia
    * divorciei-me na Suécia

    Agora estou noiva e vou casar com um italiano mas não sei como proceder quanto a documentação do segundo divórcio ( o da Suécia )pois nunca fiz nenhum reconhecimento no Brasil quanto ao meu casamento civil na Suécia

    minhas dúvidas:

    1) posso fazer toda a papelada de casamento ignorando o fato de ter sido casada na Suécia

    2) Caso eu tenha de fazer uma declaração ou reconhecimento no Brasil do meu divórcio na Suécia, onde e como eu devo fazer isso

    Quero fazer tudo bem direitinho para evitar quaisquer problemas.

    Obrigada e desculpas te atolar de perguntas!

    Abaços!

  • Ola Bel

    Diga ao comune que voce nao tem permesso di soggiorno, pois o proprio carimbo no seu passaporte serve (desde que nao ultrapasse 90 dias naturalmente)

    Depois que estiver casada, com a certidao de casamento transcrita pelo comune, và junto com seu marido na questura e solicite a carta di soggiorno art. 19 (coniuge di cittadino italiano). Depois que estiver com ela em maos, voce poderà solicitar sua residencia no comune, e viver tranquilamente aqui

    Abraços!

  • Ola Denise

    Se o matrimonio aconteceu nos EUA voces devem ter a certidao “apostilada” para que seja vàlida aqui na Itàlia. Pode ser que o consulado italiano queira que voce faça a transcriçao no Brasil e apresente junto para legalizar os documentos (isso sò pra dificultar), porém legalmente se a certidao foi emitida em um pais pertencente ao Acordo de Haia, basta “apostilà-la”

    Abraços

  • Bel

    ola Fabio, ve se vc pode me tirar uma duvida: em 10 dias me caso com um italiano na italia…em comuni me pediram permisso de soggiono para pode me dar a carteira de identidade italiana…nao entendi, pois estou na italia como turista mas fiz voo sem escalas…. gostaria de saber como fazer depois do casamento para estar aqui legalmente.
    grata

  • Fabio,

    Estou indo a Italia reconhecer minha cidadania em breve, pretendo me mudar p a Italia no final do ano. A duvida é a seguinte:
    Sou casada com um brasileiro, porem nos casamos nos USA (país que faz parte do acordo que desobriga a legalizacao de documentos), nesse caso, eu posso usar minha certidao americana sem legalizacao mesmo? Ou terei que transcrever no BR, legalizar e só depois fazer o permesso dele?

    Obrigada,
    Denise

  • Olà Ron

    Jà te respondi por email, de qualquer forma do lado direito do blog tem os passo a passo sobre como fazer o permesso di soggiorno, ok?

    Forte abraço!!!

  • Olá Fabio.
    Parabéns pelo blog.
    Depois que decidimos morar na Itália, não paramos de ler os seus posts.
    É o seguinte: Minha noiva é cidadã italiana. Estamos indo para a Itália pois ela fará um mestrado de 2 anos (talvez fiquemos por aí depois disso). Eu sou brasileiro. Nos casaremos em abril e viajaremos em agosto. Você poderia nos orientar um pouco dos passos que devemos tomar para que eu possa ficar legal e trabalhar aí na Itália? Cada um diz uma coisa e nos consulados de Curitiba e Porto Alegre as informações são bem divergentes.
    Muito obrigado.

  • Ola Sirlene

    Os carimbos do ERESP nao substituem a legalizaçao do consulado-geral da Itàlia, ok?

    Abs

  • lembrei uma coisa, meu 2° via certidão de nascimento já legalização 18/02/2011 MRE. Vou casar na Italia, e obrigatória tradutor juramentado em Belo Horizonte ou pode pedir em consulado na italia em Milão??? Mais agradeço, Fica com Deus!!! bjs

  • Boa noite Fabio… tudo bem? Por favor, gostaria mais dúvida. Meu certidão de nascimento já carimbos de legalização e é obrigatória para fazer tradutor Juramentado italiano em Belo Horizonte? Desta agradeço suas respostas… Bjs

  • Ola Bianca tudo bem?

    Todos os vistos italianos devem ser solicitados ainda no consulado italiano antes de vir à Italia. Como voces nao sao casados, voce nao pode pedir um visto por conjuge, se casarem a història é outra e tudo fica mais fàcil 🙂

    Abraços e uma òtima viagem!!!

  • no

    Olá Fábio, td bem?

    Em primeiro lugar, obrigadissima pelo site! Pessoas como vc, sao fantasticas mesmo, q disposicao!

    Gostaria de um conselho. Mes q vem estou indo pra Italia, vou morar com meu namorado. Nao gostariamos de casar agora, queriamos ter tempo e dinheiro de fazer uma cerimonia bacana (na Italia e no Brasil, claro!). Ficando o casamento agora, só como ultima opçao.

    Agora, vc acredita que conseguiria obter algum visto? Por trabalho (sem te-lo ainda), por exemplo? Ou de estudo, mas q me permita trabalhar?????

    De qq forma estou indo com os documentos preparados para casar (obrigadissima de novo pelo post!), mas gostaria de outra opçao…

    Brigadao
    Bianca

  • Ola Sirlene

    Para legalizar seu documento, primeiro voce deve traduzi-lo, depois legaliza-lo no consulado, e em BH isso deve ser feito através de agendamento pelo site, ok?

    Abraços

  • Ola Tamires

    Voce està sem nenhum tipo de permesso? Se sim, infelizmente voce ultrapassou o tempo limite de 90 dias e nao poderà mais casar, deverà estar regular para poder faze-lo

    Abraços

  • Oi Fabio, tudo bem? eu moro em Goiania de Goias, eu já enviei postal para certidão de nascimento legalização com carta (fins de matrimonia) em Brasilia e desde terça feira dia 15. E será volta legalizada depois 15 ou 20 dias? Gostaria outra pergunta… Tradutor juramentada pode fazer aqui em goiania ou consulado Belo Horizonte? Desta agradeço sua resposta. Beijos Sirlene

  • Oi Fabio,
    Eu ja providenciei todos os documentos que vc mencionou acima, porem eu tenho uma duvida, eu ja estou na Italia ha sete messes se eu for na comuni pra me casar nao vai ter problemas?Obrigada

  • Ola Giovani tudo jòia???

    Vamos là:

    1. Nao, segundo informaçoes do proprio ministério da justiça brasileiro, as mulheres que se naturalizam italianas nao perdem a cidadania brasileira.

    2. Depois que sua cidadania for reconhecida, o consulado enviarà os documentos para o comune onde seu antenato nasceu. Este comune farà a transcriçao da sua certidao de nascimento e de casamento nos livros do proprio comune. Uma vez feito isso voce pode solicitar ao comune o Certificato di Matrimonio.

    Um forte abraço e parabéns pela cidadania eminente!!!

  • Caríssimo Fabio.
    Parabés pelo blog. Sensacional!
    Sou Giovani Serravite, brasileiro nato e neto de italiano (tutti buona gente).
    Estou prestes a obter minha cidadania italiana no Consulado da Itália em Belo Horizonte após 8 anos de espera! Meu filho de 5 anos também a obterá. Dentre os documentos exigidos está a certidão de Casamento de Inteiro Teor traduzida ao italiano.
    Tenho duas dúvidas que ainda não consegui sanar, mesmo após ler todos os posts.
    1. Sei que minha esposa pode pedir cidadania italiana por matrimônio (somos casados há 12 anos) mas ao naturalizar-se nesta forma ela perderá a cidadania brasileira? há tantas informações contraditórias a esse respeito…
    2. Para a cidadania por matrimônio o Consulado exige a apresentação do “Atto integrale di matrimonio” em original que deverá ser pedido pela parte interessada diretamente ao “Comune” na Itália onde está transcrito o seu casamento. Nosso casamento se deu no Brasil, restando a dúvida: como fazer para transcrever meu casamento no Comune? Meu casamento será transcrito no Comune como consequência natural do processo de obtenção da minha cidadania?

  • Ola tudo bem???

    Voces podem sim dar entrada no visto de conjuge, porém ao chegar em Londres voces deverao ir no Home Office e pedir o family permit de qualquer forma, entendeu? O visto feito no consulado serve apenas para entrar na Europa… Abs e sucesso!!!

  • Ola fabio boa noite!!
    Primeiramente gostaria de elogiar o seu blog
    Q é FANTASTICO.
    Fabio gostaria q vc me tirasse uma duvida.
    Morei em londres com a minha esposa por 2 anos
    E casei por procuracao semana passada a minha esposa
    acabou de pegar a sua cidadania,sò q nao queremos dar entrada no visto de casamento aqui em londres e nem na italia por problemas familiares.Gostaria de saber se eu posso da entrada no visto de casamento no brasil, no consulado de sao paulo no qual ela tem residencia e qual seria o tempo p/ sair o visto,pq pelo q eu saiba aqui em londres o visto demoraria de 3 a 8, meses p/ sair, comprovando q minha esposa ta me sustentando e por ai vai.E finalizando qual seria o prazo p/ pegar o visto no brasil…
    Muito obrigado pela ateçâo e boa noite!

  • Ola Sirlene, tudo bem???

    Nao é necessàrio visto para matrimonio, o importante é que seja feito dentro do prazo de 90 dias da sua entrada. Sobre a documentaçao, o site do consulado é http://www.consbelohorizonte.esteri.it/Consolato_BeloHorizonte

    Abs e boa sorte!!!

  • Boa tarde Fabio!!
    Meu nome é Sirlene é moro em Goiânia.,
    A minha pergunta é, preciso de visto para o casamento na Italia?? a onde posso fazer essa declaração de solteira no Brasil? depois de fazer tudo isso que vc diz no blog preciso ir pessoalmente achar um tradutor juramentado em Belo Horizonte, onde fica o consulado da Italia???
    Acho que estou um pouco confussa!!!
    deste já agradeço pelas respostas…

  • Ola Tati tudo bem?

    Sim, é verdade: para sair da Itàlia com o permesso voce deve sempre sair e entrar pela mesma fronteira!!!

    Abs e um òtimo 2011 proce também!!!

  • Olá Fabio!

    Estou aqui mais uma vez para compartilhar a minha experiencia e te fazer uma perguntinha! rs
    Bom, depois de 2 meses de casada, ontem peguei o meu permesso di soggiorno com a duração de 5 anos!! Agora, enfim, posso trabalhar e viver na paz e tranquilidade!! Mas ontem mesmo fiquei sabendo de uma noticia que me deixou um pouco em duvida…a mulher que trabalha la na questura me disse que se eu for ao Brasil de férias, por exemplo, obrigatoriamente eu tenho que fazer a imigração aqui na Italia, sem passar por um pais de Schengen primeiro, ou seja, terei que pegar um voo Brasil-Italia direto sem escalas…é verdade??? Você tem alguma informação com relação a isso!!!
    Mais unma vez obrigado, e um ótimo 2011!!!
    Tati

  • Ola Leila

    Casamentos aqui na Itàlia seguem as leis italianas: noivos que sejam divorciados devem aguardar 300 dias, nao importa a origem do acontecido e sim o local do casamento (sempre Itàlia).

    Uma opçao seria voces se casarem no Brasil, trazer a certidao de casamento traduzida e legalizada e ele apresentar no comune onde é residente (na falta deste, o comune de nascita).

    Abs e boa sorte!!!

  • Anonymous

    Boa Tarde
    Me chamo Leila ,sou brasileira e divorciada no brasil, fui ao consulado de milao com tds os documentos necessarios
    para pegar a nulla osta…
    Apos pegar a nulla osta no consulado ,fui a uma comune com meu futuro marido que é italiano
    Chegando la ,fui informada que nao poderia esposar um italiano , porque sou divorciada no brasil
    e tendo meu divorcio somente 6 meses no brasil , teria que aguardar 300 dias(pelas leis italiana,segundo me informaram na comune)
    Fui a uma advogada aqui na Italia ,que chamou um advogado de imigraçao.
    O advogado de imigraçao me informou que eu posso esposar um italiano a qualquer hora .Pois sou divorciada de um brasileiro e nao de um italiano.
    Que apartir de que meu consulado brasileiro ter me consedido a nulla osta e meu divorcio ser de um cidadao brasileiro .
    Eu posso me casar com o cidadao italiano e nao é necessario esperar 300 dias(somente se meu divorcio fosse de um cidadao italiano)
    como nao dava tempo de me casar(porque meu visto de turista ia vencer retornei ao brasil)e voltei agora para italia para me casar.
    Gostaria de saber se voce sabe algo sobre isso tudo que relatei…
    Se tudo o que falou o advogado de imigraçao é verdade(que nao tem problema pois sou divorciada de um brasileiro e nao de um italiano)
    desde ja agradeçon a atençao
    Leila

  • Quais?! rsrsrs mais ou menos quanto tempo demora ou custa? te mandei um email! grande abraço! 🙂 e obrigadaaa…… :))

  • Renata

    Pra morar legalmente aqui voce precisa de um permesso di soggiorno. Voce nao precisou fazer nada em Portugal porque ambos os paises sao de lingua portuguesa. Jà aqui na Itàlia qualquer documento brasileiro para que tenha validade deve ser traduzido e legalizado no consulado-geral da Itàlia no Brasil ou dependendo do documento pode ser conseguido na embaixada brasileira aqui na Itàlia, pois eles jà emitem na lingua italiana…

    Abs

  • Sim Fabio…so nao compreendi uma coisa…ja tive a ler todos os artigos…onde estas de Parabéns! mais o fato de eu não estar vindo do Brasil ..e sim residente legalizada em Portugal…como faço com a questão dos meus papeis?! tenho mesmo q ir ao Brasil..pois p me legalizar aqui não precisei ir lá..mais tambem tenho a ciencia de que Brasil e Portugal são paises “irmãos”..como procedo? grande abraço…e desde ja te agradeço!! 🙂

  • Ciao Renata.

    Se voce se casar com o italiano poderà viver e trabalhar, pois ele te darà um permesso di soggiorno. Jà um visto de trabalho é muito dificil, pois deve ser solicitado antes de vir, no consulado italiano e os requisitos sao complicados… Abs

  • Ciao Fábio! tutto bene?Sou Brasileira e tenho visto de residencia de trabalho em Portugal.Meu namorado é italiano e vive em Milão.Eu ja estive la de ferias duas vezes..como faço para morar legalmente lá…maneiras de ter visto por trabalho..ou como pelo casamento…parabens pelas postagens! Abraço.

  • Oi Tati tudo bem???

    Que òtima noticia!!! Obrigado por retornar aqui e compartilhar conosco sua història!!! Agora que voce é uma senhora casada rsrsrs assim que sair seu permesso di soggiorno, vc deve solicitar sua residencia no comune, e poderà fazer sua carta d’identità (depois que o vigile confirmar sua residencia) e também a tessera sanitària. O passaporte é um documento de viagem do cidadao, poranto somente depois de ser italiana (caso faça a naturalizaçao por matrimonio) é que voce poderà pedi-lo, ok? Abs e mais uma vez parabéns!!!

  • Ciao Nina

    Realmente é uma saga esta sua rsrs. Sobre estar gràvida de um cidadao nao é de todo mentira, voce pode tentar um permesso de “cura médica” mas isso vai depender também da questura e da boa vontade deles!!! Estaremos aqui torcendo pra que tudo de certo proce 🙂 Bjs

  • Olá Fabio!

    Estou escrevendo mais uma vez para contar um pouco da minha experiência! Da última vez que nos comunicamos eu ainda estava no Brasil…então, chegando aqui na Italia fui imediatamente fazer a declaração de presença na questura. No consulado a Roma, com a certidão de nascimento atual, fiz o Nulla Osta. Chegando ao Comune de residência do meu atual marido tivemos alguns problemas inicialmente, pois o oficial disse que não era possível realizar o casamento uma vez que eu não possuia o permesso di soggiorno… depois de contactar alguns advogados e portar a lei até esse oficial, ele se convenceu de que a declaração de presença era suficiente, e no dia 6/11 me casei! Agora estou na correria com a questura para fazer a carta di soggiorno que terá a validade de 2 anos! Fim do sofrimento!!! rsrs Queria te agradecer pela sua ajuda, e parabenizar essa maravilhosa iniciativa do blog que tanto ajuda, pessoas como eu, que buscam informações da Italia!! Só mais uma coisinha…uma mini ajuda! rs Será que vc saberia me informar, quais documentos eu posso fazer aqui na Italia,agora que estou casada?? Sei que devo fazer a minha residência e a tessera sanitária…(codigo fiscal ja tenho)!! Mas e a identidade, passaporte?? Devo fazer agora, ou só depois da cidadania?? Se souber me responder te agradeço muito!! Abraços, Tati.

  • Nina

    Fábio, obrigada por responder.

    Ultimamente aguardo tudo com ansiedade e não foi diferente com sua resposta. Mas felizmente aqui ‘nao falha’. Pois é, na ‘minha saga’ particular, vou tentar legalizar a certidão de divórcio no Brasil, constando também o tempo de separação, uma vez que esses são dois processos diferentes e efetivamente já são 15meses de separação+divórcio. Encontrei uma brechazinha em um regulamento dessa lei italiana, em que talvez eu possa usar o tempo de separação. Mas recomeça a sessão ‘pedir favor à parente’….rsrsr.
    Na pior das hipóteses tenho um agendamento com a questura no final de dezembro, espero que eles não criem nenhum impedimento pra fazer esse ‘permesso de soggiorno’.Não sei bem até onde é boato, mas dizem que estar grávida de um cidadão italiano, é prerrogativa para obter esse permesso? Já nao acredito em muita coisa. Espero não haver problemas para estar regular até que possa realizar o casamento.
    Cabeça a mil!
    Abraços Fábio, obrigada por responder

  • Ola Nina

    Realmente sua situaçao é bastante complicada, pois nao creio que voce apenas declarando que estava aqui sem o seu ex-marido seria uma prova de separaçao de corpos, pois voce pode demonstrar que estava aqui, mas nao tem como demonstrar que ele nao estava, entendeu? O ideal seria voce conversar diretamente no comune, pois vao exigir o processo de divòrcio, mas acredito que voce vai ter que esperar sim os 300 dias, infelizmente! Quanto à sofrer ou nao algum tipo de penalidade, depende muito da questura onde vc vive, se for no norte é possivel que eles digam que voce ultrapassou os 90 dias permitidos e que deverà sair do territòrio italiano, permanecendo 6 meses fora. Como eu disse, cada questura age de uma forma, é impossivel prever o que farao!!! Abs e boa sorte!!!

  • Nina

    Oi Fabio, estou preocupada e preciso de um help seu.
    Estive na Italia ilegalmente por 5 meses, convivendo com o meu namorado, do qual estou grávida. Sempre tivemos intençao de nos casarmos, mas como já fui casada no Brasil, tive que esperar um ano entre separação judicial e divórcio.
    Agora que estou legal aqui(digo, com o visto de 3 meses)comecei a dar entrada no processo de matrimonio na Italia. Só que no consulado Brasileiro, me disseram sobre uma lei Italiana que diz que uma mulher divorciada, só pode se casar depois de 300 dias após o divórcio.(Para justamente evitar que ela esteja grávida do nubente anterior).A não ser que se prove a separação de corpos. Então pergunto:
    Como o passaporte comprova que estava aqui quando fiquei grávida,gostaria de saber se eu e/ou o meu noivo(que fez a carta de invito)poderíamos sofrer alguma penalidade pelo tempo além do visto de turista. Ainda que agora esteja dentro do prazo 3 meses/turista?
    Em caso positivo, teria alguma orientação a me dar. Temos até um documento feito pela embaixada Italiana no Brasil, em que o meu noivo declara a paternidade do bebe.
    Estou com a cabeça a mil, Fábio, e se vc puder me dar uma luz, sobre tudo isso? Te aguardo mais que ansiosa, abraços.
    Nina

  • Ola Paula tudo bem???

    Nao existe nenhum tipo de contrato: voces sò poderao se casar depois que o prazo – que é sim longuissimo – do divòrzio expirar. Sem isso nao existe nenhuma forma dele te deixar legal no pais, infelizmente Abs e grazie per le parole 🙂

  • Ciao,Fabio
    Fantastico seu blog, e tudo que vc posta!!!Eu fiquei encantada com os detalhes da sua explicaçao na “Saga”.Fabio,tenho um problema,será que vc pode me dar uma luz!Morei na italia ilegal por 2 anos!Todo esse tempo vivi la com um companheuro italiano,nao foi possivel se casar porque ele ainda é casado,esta separado ha 10 anos,mas deu entrada na separaçao legal só agora.Eu preciso voltar pra ficar con ele.O que precisamos fazer?Visto que o divorzio na italia demora tanto!Eu ouvi falar de contrato de casmento.Isso esiste?Te agradeço muitissimo..se vc me der uma luz!Abraço!Que Deus te abençoe!!!

  • Oi Anna, BRIGADùùùùùùù

    Se seu namorado tem o permesso (o cartao e nao os recibos) e é residente, voces podem se casar. Recomendo que ele và até o comune e pegue uma lista oficial dos documentos a serem apresentados, pois como ele mora em Milano, acredito que nao pedirao apenas os documentos “normais”, por là a tendencia é sempre complicar, ok? Depois volte aqui pra nos contar o que pediram!!! Bjs

  • Anna Julia

    Primeiramente PARABÉNS pelo site.
    Estou em busca de todas essas informações a meses, e percebi que aqui tem tudo que precisamos e realmente é uma “saga”.

    Mas vamos lá.
    Minha situação é:
    Sou brasileira e estou tentando legalizar meus documentos para a cidadania italiana, mas o tempo o $$ estão se esgotando.
    Tenho um namorado em Milão e ele só tem a residencia “Permesso di Sogiorno” (é assim q escreve?) Pois ele deu entrada na cidadania a 2 anos e ainda não saiu pois é “Trentino” (não preciso dizer mais nada)

    Minhas perguntas são:
    Podemos nos casar dessa forma conforme informações acima, somente com o Permesso dele ?

    E caso sim eu consigo esse permesso, mesmo sem dar entrada na minha cidadania ?

    Grataaa e ansiosa por uma breve resposta

    Anna Julia

  • Anonymous

    Oi Fabio,obrigada pela resposta breve.
    Eu acho que nao vou poder fugir de levar essa certidao agora pro consulado no RJ pra legalizar nao,pois estou com medo da prefeitura de roma pedir quando eu for apresentar o nulla osta para validar a assinatura do consul brasileiro ou subs.
    Vc sabe quais sao os doc que eles pedem na prefeitura para validar o nulla osta?

    O consulado brasileiro nao precisa de trad+legalizaçao…nem o comune de roma,so se a prefeitura pedir…vc pode ver pra mim?

    E vou mandar o email em breve com todas as informaçoes sobre o meu antepassado para vc avaliar o meu caso.

    Obrigada mais uma vez.

    Kelly

  • Ola Kelly tudo bem???

    Vamos là:

    1º – Uma das finalidades da certidao de nascimento é para solicitar no consulado brasileiro a Nulla Osta. Para este caso especifico ela nao precisa claro estar traduzida e legalizada pelo consulado italiano, mas jà sugiro que faça isso até pra depois dar entrada na naturalizaçao italiana por matrimonio

    2º – Fazemos sim o trabalho de busca e pesquisa. Me envie um email: fabiosaga@minhasaga.org que verificamos pra vc!

    Abssssss

  • Anonymous

    Fabio Saga,bom domingo!
    Meu nome é Kelly e tenho 2 perguntas para vc.

    A 1° é com relaçao a legalizaçao e traduçao da certidao de nascimento para fins de casamento na Italia.
    Gostaria de saber qual a verdadeira finalidade,pois os comuni pedem o nulla osta e um documento de identidade do estrangeiro,aceitando o passaporte que é um documento internacional aceito sem legalizaçao e traduçao.
    Dependendo do comune eles pedem essa certidao de nascimento?

    A 2° pergunta é sobre meu processo de dupla cidadania.Tenho todos os documentos brasileiros me faltando apenas o atestado de batismo e casamento do meu trisavo italiano,o padre da paroquia me enrola,ja tem 5 meses que ele me pede paciencia…pois é…
    Vc faz esse trabalho de encontrar certidoes italianas?
    Em caso positivo poderia te enviar um email com os detalhes.

    Parabens pelo blog,é fantastico!
    E aguardo seu retorno…
    Obrigada!

  • É verdade mesmo, Deus é o senhor de tudo em nossas vidas…como vc diz: “Nenhuma folha cai sem que essa seja a vontade de Deus”.
    Abraços!
    Obrigado por tudo!

  • Ola Eliane

    No final das contas, nada melhor do que vir pra cà jà com tudo certinho, com a certeza que tudo vai dar certo!!! Nao fique triste, pense que tudo acontece no momento certo. As vezes nao entendemos algumas coisas, mas quando acreditamos em Deus, no final tudo dà certo!!! Abs

  • Oi Fabio,
    Obrigado mais uma vez por sua resposta… Obrigado por sempre estar me “salvando”.
    O sonho foi adiado, como te disse em Curitiba nos agendaram pra 2013. É muito tempo né… Fiquei triste. Mas um dia sai… rssss
    Deus te ilumine e abençoe…
    Abraços.
    Eliane

  • Ola Eliane

    A resposta é simples: “legalizar” significa deixar o documento legal. Sem os documentos legalizados, aqui na Italia eles nao tem NENHUM “valor legal”.

    Portanto, além de ser enrolaçao, isso està cheirando a coisa errada, fique longe deste tipo de gente, pois no final quem paga é voce!

    E permesso de famiglia sò pode ser passado no màximo para irmaos, primos nao. Abs

  • Oi Fabio,
    Me tira uma dúvida por favor?
    Uma amiga q está na Inglaterra disse que tem um amigo q trabalha em um comune da italia, e que esse amigo vai aceitar nossos docs sem legalizar.
    Isso é realmente possível? Ou é enrolação?
    Outra dúvida, encontrei dois primos aí na Italia, e um deles me disse q o outro que tem cidadania lhe deu permisso de familia…e eles ja vivem lá a 4 anos assim… é possível isso tb?
    Obrigado Fabio!
    Abraços!
    Deus abençoe!

  • Ola Eliane tudo bem???

    Email jà respondido 🙂

    Bjs

  • Oi Fabio,
    Te mandei um e-mail, mas acho são muitos que chegam né… rsss
    Primeiro te agradeço pelas respostas que me deu no seu blog, vc é uma pessoa muito especial.
    E estou com dúvidas, na verdade creio q problemas.
    Te explico, e se vc puder me ajudar mais uma vez… te agradeço muuuuuuuito….
    É assim:
    Minha avó é filha de italiano…até aí certo, a certidão de nascimento dela está com o sobrenome do pai italiano.
    O problema é depois do casamento…:
    Ela se casou com meu avô, e ficou apenas com sobrenome dele, Biesseche …tá….
    Meu avô acho q tomava uns goró a mais na hora de registrar os filhos…
    Alguns ele registrou com uma variação no sobrenome… de Biesseche para Biessek= e justo a minha mãe tem essa variação…
    Então na certidão de nascimento da minha mãe está o nome da minha avó como Biessek, o sobrenome da minha mãe tb Biessek. o meu, dos meus filhos tb… todos Biessek.
    Não é esse sobrenome q vai nos dar a cidadania, mais isso pode nos trazer problema né…? Já que poderiam supor q essa avó com Biessek não é a mesma com Biesseche…?

    Será q deu pra vc entender? Estou meio nervosa…, pois ouvi dizer q se precisar mudar vai ser muuuito burocrático… ai ai ai.
    Mais uma vez te agradeço.
    Eliane

  • Ola Gleice

    Dicas de melhores cidades é muito complicado dar. Eu sou apaixonado pela Toscana, nao sairia daqui de jeito nenhum. Amo Padova, Roma, e outros lugares mas para morar, viver, ter amigos, acho a Toscana imbativel…

    Sobre sua cidadania, depois de dois anos morando legalmente aqui na Itàlia, voce pode pedir sua naturalizaçao por matrimonio: ela dura outros dois anos para ser concedida!!!

    Abs e caso surjam outras dùvidas, volte sim 🙂

  • Ola Elaine

    Entendi!!! Nao acredito que voces possam ser barrados nao, a possibilidade sempre existe por tratar-se de imigraçao, mas nunca ouvi ninguém que tenha sido barrado na Itàlia, portanto fique tranquil!!!

    Sobre os documentos: SIM, eles devem ser traduzidos e legalizados no consulado italiano no Brasil, aqui na Itàlia nao é possivel legalizar documentos para fins de cidadania!!! Sobre isso de utilizar a documentaçao anteriormente apresentada por um familiar, veja certinho se o comune aceita, pois tem um bocado deles que nao aceitam, ok??

    Abs e boa viagem!!!

  • Ola Lucy querida, seja bem-vinda!!!

    Sim, para que seu casamento seja também vàlido no Brasil, voces devem levar a certidao no consulado brasileiro e comunicà-los que agora voce é uma senhora casada rsrs.

    Sobre os filhos, agora que vc tem a carta di soggiorno pode sim traze-los, pedindo a eles o permesso do raggiungimento familiare!!!

    Abraços e com certeza tudo darà certo sim!!!

  • Olá Fábio…
    Primeiramente gostaria de deixar claro que sou “marinheira de primeira viagem”, ou seja, nunca fui ao exterior, muito menos para morar.
    Meu namorado tem cidadania italiana e pretendemos nos casar no início do ano que vem. Nossa intenção é ir para a Itália assim que nos casarmos.
    Gostaria de dicas das melhores cidades para morar, trabalhar e estudar.
    Além disso, gostaria de saber como consigo futuramente a minha cidadania também (qto tempo leva, documentos), já que iremos para a Itália casados.
    Desde já agradeço.
    Conforme surgirem as dúvidas, volto aqui.
    Abraços.

  • Fabio,
    – Eu até que gostaria de deixar tudo direitinho aí pra depois levar minha família, mas meus filhos são muito pequenos, não posso deixá-los…acho que terei que arriscar.
    -Saindo daqui com destino direto a Itália e com todos os documentos, vc acha q podem nos barrar?
    -Minha mãe nasceu depois de 1948 sim, eu estava com uma tremenda dúvida sobre isso, mas depois q li seu post sobre, e com aquela historinha ainda,,,, vixi, ficou muito fácil entender….rsss.
    -E sobre os documentos Fabio, vou traduzir e legalizar aqui no Brasil? Ou faço isso aí na Itália? E queria saber também se posso levar todos junto comigo pra Itália, ou se é melhor alguém enviar depois q eu tiver ido, já que vou levar docs. de alguns primos q estão em oxford, que também darão entrada na cidadania.
    -Eu já providenciei: certidões de nascimento e casamento (de minha avó pra cá). As certidões de casamento são necessárias né.?
    – Fábio! Muito obrigado por tudo. Vc esta me ajudando meeeesmo…
    Abraços!

  • Anonymous

    Ola Fabio!!! Me chamo Lucy Guerra…

    Acabei de entrar no seu blog,muito bem explicado…bom,vamos lah(sem acentos é terrivel)rs…Eu acabei de casar com um italiano tudo ok blà blà…eu tenho que ir ao consulado Brasileiro(no caso em Milao pq é onde moramos)para convalidar a certidao de matrimonio?o que ele precisa fazer?pq meus documentos aqui jà estao em andamento(permesso di soggirno valido por 5 anos,tessera sanitaria e etc)somos considerados casados no Brasil? boh! cheia de duvidas…Meus filhos menores podem vir pra ca(logico que nao agora,mas por serem menores de idade tem o direito de morar conosco?)como vc v estou cheia de duvidas,mas dara td certo!abraços e parabens!!!

  • Ciao Eliane, grazie!!!

    Eita, realmetne sao muitas perguntas, vamos là:

    1º – Eu sempre recomendo que os amigos legalizem todos os documentos novamente, nao fiquem dependendo dos documentos que jà foram apresentados antes, pois pode ser que o comune de origem nao aceite dar, ou até mesmo o comune onde voce pretende fazer agora nao aceite as còpias. Isso é muito mais comum do que dizem por ai, portanto se puder reunir todos novamente, desde o documento do antenato italiano é melhor

    2º – Em que ano sua mae nasceu? Espero que apòs 1948, é isso mesmo????????

    3º – Sobre o casamento, é sempre melhor jà vir casado à Italia, pois no momento da transcriçao dos documentos, a certidao de casamento jà serà devidamente transcrita e o comune poderà emitir a certidao de casamento na lingua italiana. Isso facilitarà para que voce peça o permesso pro seu marido.

    4º – Vir em familia pra Italia para fazer o processo de cidadania é sempre um risco e é altamente nao recomendàvel. Por que? Porque somente quem està efetivamete fazendo o processo de cidadania é que pode permanecer por mais de 90 dias.

    Imaginemos a seguinte situaçao: voce està esperando a finalizaçao do seu processo e o consulado està demorando pra enviar o documento de non rinuncia. Ao ver que vai ultrapassar 90 dias, quem apresentou o pedido no comune (no caso voce, sua mae e seus filhos) poderao pedir uma extensao deste prazo. Jà seu marido nao!!! Somente apòs voce ser reconhecida cidada italiana, voce poderà dar a ele o visto de conjuge de cidadao italiano – antes nao!!!

    Se seus filhos sao menores de idade, também nao é necessària a presença deles aqui na Itàlia – a cidadania é automatica neste caso…

    Um forte abraço a todos e qualquer dùvida è sò gritar 🙂

  • Ola Tati

    Pra fazer a declaraçao de presença, geralmente pedem:

    – Cessione di fabbricato, que é o documento que comprova que voce està sendo hospedada por alguém.
    – Passporte original e uma còpia da folha com os dados e também uma còpia da folha com o carimbo de entrada
    – Seguro-saude qualquer, pode ser até mesmo o CDAM, aquele gratuito que eu ensino a fazer aqui no blog.

    Estes sao os documentos bàsicos, pode ser que nao peçam o fabbricato e no lugar dele a carta d’ospitalità ou o contrato de affito (caso exista).

    Bjs e boa sorte!!!

  • Olá Fabio, em primeiro lugar, parabéns pelo Blogg, o melhor q já vi…
    E depois preciso de sua ajuda:
    Eu e minha familia (esposo, 3 filhos e minha mãe), estamos indo pra Itália tentar a nossa cidadania, minha mãe é descendente (minha avó é filha de italianos), tem um primo de minha mãe que já tem a tal cidadania (o pai desse primo é irmão da minha avó), e nos disseram que precisamos providenciar os documentos da minha avó “pra fente”, até nós, já que nossos antepassados já foram analisados aí na Itália. E gostaria de saber tb, se podemos embarcar aqui com todos os documentos já legalizados e traduzidos, e se não teremos problemas na alfandega.
    E meu esposo é paraguaio (com documentos brasileiros), é melhor nos casarmos aqui ou aí? e sobre a cidadania das crianças tb? Como proceder?
    Desculpe tantas perguntas, mas a vc me inspirou muita confiança…
    Pretendemos ir assim que conseguirmos todos os docs aqui.
    Muuuuito agradecida desde já…

  • Obrigado Fábio,

    Mas como vc disse, vou fazer a declaração na cidade que teremos a residência pra ficar mais facil!! Por sinal, cheguei hoje na Itália, e queria saber o que eles pedem la na questura para fazer a Declaração de Presença? Algum documento específico?? (entrei por Portugal!) Mais uma vez muito obrigado!!

    Tati

  • Ola Tati

    A declaraçao de presença teoricamente pode ser feita em qualquer questura, porém é sempre mais fàcil fazer no local onde voces vivem. No caso de voces é indiferente fazer em Salerno ou Roma, o importante é fazer dentro de 8 dias da entrada na Italia. Abraços e bom casòrio!!!

  • Olá Fabio,

    Gostaria que você me ajudasse. estou indo sábado que vem para Italia para poder me casar com meu namorado italiano. Entrarei por Portugal, e já estou com a documentação toda certinha. A grande dúvida é: a declaração de presença eu devo fazer na questura de onde o meu noivo tem residência, ou isso não importará?? Porque na verdade moramos em Roma, mas a residencia dele é Salerno, que será onde daremos entrada na publicação do casamento! Se puder me ajudar agradeço muito!!!! Tati

  • Ola Leonardo!

    Muito obrigado pelas palavras!!!

    No seu caso, peça sim uma nova certidao e nao deixe que a certidao errada seja transcrita, pois voces vao ter muita dor de cabeça depois! Nao se preocupe que nao tem porque o reconhecimento dela ter problemas, uma vez que é um problema na certidao de casamento e nao de nascimento ou outra qualquer, entendeu? Fique tranquilo que vai dar tudo certo!!! Abs e qualquer coisa é sò gritar rsrs

  • Ola Anonima

    Neste caso, depois que voce fizer o reconhecimento da sua cidadania, seu marido poderà solicitar a naturalizaçao aqui na Itàlia depois de dois anos morando legalmente aqui. E apòs solicitar a naturalizaçao, o prazo médio para que seja concedida é de outros dois anos!!! Abs

  • Anonymous

    Olá Fábio!Só tenho a dizer uma coisa….Vc é sensacional mesmo eu não te conhecendo…Minha esposa está tirando a cidadania ai e tudo vc nos ajudando sempre.Mas, vem dúvida por ai…Veja só:
    Todos os documentos foram legalizados, tudo certo, e ela está ai, acontece que fomos ver agora que a certidão de casamento está com a minha Data de nascimento errada e quando forem fazer a transcrição para Italiano, tb vai ficar errado. Impossibilitando asssim que eu peça meu Visto de Marido depois aqui no Brasil, como vc já havia nos orientado aqui no Blog, “por ser mais fácil”.O que faço? Deixo como e está e com a certidão de casamento correta eu envio novamente a minha esposa e ela solicita uma nova transcrição? Estamos com medo de falar algo e eles não liberarem a cidadania, com estamos pensando em deixar fazer tudo como está e apenas depois ir a questura e informar que data está incorreta e que data correta é tal….acontece que agora quando descobrimos, eu tive que arrumar um advogado e está esperando a sentença do Juiz desde 08/07/2010 para arrumar apenas 1 data…enfim, não sei se já pegou um caso desse…..estou meio confuso.Obrigado,Leonardo.

  • Anonymous

    olá fabio, muito bom o post. Minha duvida é a seguinte: Minha cidadania está em andamento no Brasil, mas como todas é demorada. Um parente meu que entou antes já conseguiu tirar. Meu noivo tem a possibilidade de trabalhar na Italia como entrangeiro, porque ele joga futebol. Minha duvida é, se eu for junto pra tirar minha cidadania na italia mesmo, ele terá direito a minha se casando comigo lá ? e em quanto tempo ele recebe a dele depois que eu conseguir? não sei se expliquei direito! mas desde já ,obrigado!

  • Grande Uriel boa tarde! Sim, cada pais tem suas regras, porém os conjuges podem viver e trabalhar legalmente! Especificamente no caso da Alemaha para que sua esposa possa viver legalmente e trabalhar, o primeiro passo é voce regulamentar sua situaçao por là. Mesmo sendo cidadao europeu, voce tem livre acesso por até 90 dias, apòs este tempo voce deve registrar sua residencia por là, caso queira viver legalmente. Este processo chama-se ‘Anmeldebestätigung’. Depois que voce estiver legalmente residente, pode pedir o mesmo direito de residencia pra ela…

    No caso da naturalizaçao por matrimonio, apòs ser residente por dois anos aqui na Itàlia ela pode pedir a naturalizaçao, que leva outros dois anos pra ser concluida. Neste tempo nao é o vigile que passa, mas sim os Carabinieri para certificar-se se o casamento existe de fato! Abs

  • Uriel

    Fábio, muito bom esse post! Matou a pau. Tenho umas dúvidas a esse respeito, espero que tu possa me esclarecer. Eu tendo cidadania italiana, me caso com a minha namorada no Brasil. Ok? Bom, eu li que ela, já casada comigo, poderia trabalhar legalmente na Itália, certo? você sabe se essa permissão para trabalhar se estende aos outros países da UE? Por exemplo, eu cidadão italiano estou morando na Alemanha. Ela poderia trabalhar na Alemanha, sendo minha esposa?
    Outra dúvida: ela vindo pra Itália, a gente dá entrada na naturalização dela por matrimônio e daí o que acontece? passa um vigile tbm? tu sabe como funciona esse procedimento?
    Agradeço desde já!

  • Ola Marina

    Aqui existem o regime de ‘comunione legale dei beni’ que é o mais comum e automàtico: em caso de separaçao do casal, os bens adquiridos durante o matrimonio sao divididos igualmente. (acho o mais justo, pessoalmente falando)

    Existe também a ‘separazione legale dei beni’, que em caso de separaçao cada um continua titular absoluto dos seus bens, adquiridos antes e também durante o tempo de matrimonio.

    Abs

  • Marina

    Olá!

    Gostaria de saber quais são os regimes de casamento na Itália.

    Qual é o mais comum?

    Obrigada.

  • Ciao Francisco

    No caso da sua esposa, o reconhecimento nao é automàtico, por voces terem se casado apòs 27 de abril de 1983, portanto devem escolher onde dar entrada na naturalizaçao por matrimonio que segue:

    a) Dar entrada no Brasil apòs 3 anos de matrimonio ou
    b) Dar entrada aqui na Itàlia, aguardando dois anos de residencia legal

    Em ambos os casos, o tempo minimo de espera para a conclusao do pedido é de 2 anos

    Abraços!!!

  • Ola Celina tudo bem???

    Escrevi este post exatamente pra isso, siga o passo a passo que nao tem erro. Abraços!!!

  • Francisco Machado

    Oi Fabio,

    Como sempre, seus posts são sempre “didáticos” e excelentes. Parabéns!.

    Outra coisa, o consuldado de Curitiba liberou um novo guia para reconhecimento de cidadania, e lá diz assim “As esposas de cidadãos italianos que contraíram matrimônio a partir de 27 de abril de 1983 e os esposos de cidadãs italianas, inclusive os que contraíram matrimônio antes desta data, podem pedir a cidadania italiana conforme o artigo 5 da Lei nº 91 de 05/02/1992 depois de três anos do casamento”.

    Bem, sou caso desde 2005 e pretendo fazer o processo aí na Itália. Posso dar entrada também para obter a cidadania de minha esposa?

    Abraço,

    Francisco Machado

  • Anonymous

    Ola Fabio, sou brasileira divorciada
    agora to vivendo na Italia , achei aqui na net o seu maravilhoso blog e preciso da sua ajuda.Quais documento preciso para me casar aqui na Italia?
    Sou noiva de um italiano e quero me casar mais nao sei como fazer …
    Espero sua resposta

    um abraço

    Celina

  • Ola Ana tudo bem???

    Se voce jà emitiu algumas em inteiro teor deixe como està e traga esta certidao simples. Lembre-se que no formato inteiro teor além das certidoes serem mais caras (bem mais caras) a traduçao também! O consulado de SP ‘aconselha’ que sejam neste formato, nao exigem! O comune onde voce vai dar entrada aceita certidoes neste formato, portanto nao se preocupe que aqui nòs garantimos 🙂 Bjss

  • Ola Jean

    Respondi o email, respondo aqui também: nos comunes onde trabalho nao sao exigidos os òbitos nao!!! alguns pequenos erros também sao aceitos, porém quem vem fazer o processo com a ajuda do Saga deve enviar os documentos para analise, assim eu posso certificar-me 100% que estao todos corretos e de acordo com as especificaçoes aqui! Abs

  • Oi Fabio!

    Te mandei email, mas to precisando de uma luz urgente!
    Lembra que te falei sobre os cartorios enrolando pra emitir em inteiro teor? Bom até entao eram apenas alguns poucos dias, mas tem uma certidão em Campinas cujo cartório está pedindo pelo menos 40 dias pra conseguir a liberaçao do promotor a fim de emitir a certidão.
    Bom, o resumo é: tentando me precaver eu tirei algumas certidões já em inteiro teor, mas se eu for esperar esses 40 dias, vou ficar muito atrasada. O que eu faço? Emito as outras em formato normal? Vai ter problema se algumas forem normais e as outras inteiro teor? Se for partir pro formato normal, vou ter que pedir de novo essas que eu acabei de emitir que estao em inteiro teor?
    Obrigada pela milionésima vez!

  • Boa Noite Fabio!
    Mandei um email pra ti, mas de qualquer forma tambem vou perguntar por aqui. Em Toscana, o obito esta sendo exigido? Tenho todas as certidoes necessarias com excessao do obito do meu Trisavo e Tetravo (o italiano), pq sendo possivel movimentaria o processo nessa regiao, pois aqui em Milano a exigencia eh muita rs De qualquer forma obrigado mais uma vez!

  • Ola Anonimo

    O endereço deve ser o do Brasil e quanto à certidao de nascimento, imagine se voce apresenta uma certidao de nascimento BRASILEIRA sem traduçao e legalizaçao no comune, como o oficial vai entender o que està escrito EM PORTUGUES?? Portanto sim: todos os documentos que devem ser apresentados na Italia expedidos em outro pais deve estar munido da traduçao e legalizaçao por parte de um consulado-geral da Itàlia. Abraços!!!

  • Anonymous

    Putz! Esqueci de assinar!rssrsrs
    Tatha Ricci

  • Anonymous

    Fábio,

    Eu não poderia elogiá-lo apenas por email.
    Você além de uma simpatia é também muito solicito e profissional!
    Merece todos os lindos frutos que está colhendo!
    Que o Papito do céu multiplique as bençãos e sucessos na vida de vocês!
    Eu vou continuar mandando email!!!rs Sabe por quê?
    POrque eu terei (pensamento positivoooo!!!rs) minha fotinho publicada aqui ao lado seu e da Lu como cidadã italiana!!!
    Bjikos pro cês!!!

  • Anonymous

    Oi Fabio………me ajude se possivel….Moro na italia estou legal, tenho residencia..A duvida è a seguinte…o endereço q devo colocar na minha declaraçao de solteiro aquela assinada por 2 testemunha è o end. do Brasil ou daq da Italia?… Outra duvida , abusando da sua bondade hehehehe….esse Formulario de solicitaçao da declaraçao p/ fins de matrimonio na italia naooo consta no site do consulado em Milao so no site de Roma so q a minha jurisdiçao è de Milano como diz o topico seguinte (Documento expedido pelo Consulado–Geral do Brasil em Roma para cidadãos brasileiros que pretendem se casar em “Comune” sob sua jurisdição, com o intuito de cumprir as finalidades do artigo 116 do Código Civil italiano.)

    A certidao de Nascimento ainda deve ser traduzida e legalizada ???Pq me disseram q nao è mais necessario, entro aq no seu blog e vejo outra coisa…ai fica uma interrogaçao enorme na minha cabeça…
    Obrigadoo…

  • Ola Jean tudo bem??

    Sei que Trento é tao complicado quanto Milano, pelo menos ajudei dois amigos que estava là e que nao aceitavam sequer utilizar a CNN de outro familiar pois nao estava no nome do requerente, entao imagine! Qualquer problema envie um email: fabiosaga@minhasaga.org

    Abraços!!!

  • Ola Fabio!
    Venho acompanhando alguns dos seus posts, parabens pelo trabalho! Bom nao sei se devo perguntar nesse post, mas aki vai..veja bem, estou em Milano hà 2 meses e os documentos para minha cidadania por Juris Sanguinis chegaram agora, fui dar entrada na comune hoje, sou o primeiro da familia, e me informaram que faltavam os obitos, no caso do meu trisavo e tetravo, porem eu nao os legalizei pq com todas as pesquisas que fiz antes de vir, acreditei nao ser assim tao necessario, mas sabia que Milano me daria problemas..Tenho uma tia em Trento, talvez la possa conseguir dar entrada sem o obito, mas mesmo que fosse necessario, teria que pelo menos pegar uma attesa afinal, daki um mes me torno ilegal, essa eh a minha preocupaçao..Queria te pedir uma luz, talvez vc saiba a respeito da exigencia do oficial de Trento quanto aos obitos, ou algo que eu possa fazer pra ganhar tempo e providenciar essas certidoes.. De qualquer forma te agradeço e mais uma vez parabens pelo trabalho..Grande abraço!

  • Ola Tatiana

    Nao, conjuge de cidadao italiano pode optar por naturalizar-se italiano, o processo demora alguns anos, e existem algumas regras para poder dar entrada.

    Abraços!!!

  • Este comentário foi removido pelo autor.

  • Ola Corà

    Também vou ver seu email e respondo também 🙂

    Abraços!

  • Ola Denise

    Vou verificar o seu email e respondo!!!

    Abraços!!!

  • Dennis

    Brigadùùùùùùùùùù

    Sobre o Ferragosto tem um post là de 2007: http://www.minhasaga.org/2007/08/ferragosto-falta-do-que-fazer.html

    Abraços!!!

  • Ola Vanessa

    Pra quem vem fazer o processo de cidadania italiana aqui na Itàlia é sempre melhor vir jà casado, pois basta apresentar a certidao de casamento juntamente com os outros documentos traduzidos e legalizados que o proprio comune jà procede com a transcriçao do mesmo e emite a certidao de casamento italiana!!! Abs

  • Olá. Gostaria de mais informações sobre o processo de reconhecimento da cidadania na Itália, e o serviço que vocês oferecem. Estou tentando entrar em contato clicando na opção “email” do site, mas aqui no computador do trabalho está dando problema e não abre nada. Meu email é lisboa.de@gmail.com . Obrigada! 🙂 Denise

  • Fábio… é verdade, não tinha nenhum post sobre casamento…
    Tema interessante… a princípio pareceu complicado, mas com esse passo a passo não tem erro…
    Fábio, manda algum post sobre o Ferragosto aí na Toscana!!!
    Abraços.

  • Anonymous

    olá, fábio.
    para conseguir efetivar a minha cidadania aí na itália é melhor eu já ir casada do brasil ou deixar para casar aí?
    você nota diferença ou vê alguma vantagem ou empecilho para quem vai fazer a cidadania na itália estando solteiro ou casado? ou isso não tem influenciado?
    obrigada, vanessa.