Mais uma dupla dinamica: Bruno e Roberta Segatto

Ciao a tutti

Hoje è dia de homenagear outros dois irmaos, recentemente reconhecidos cidadaos italianos aqui na Minha Saga: Roberta e Bruno Segatto:
 
BRUNO SEGATTO
 
ROBERTA SEGATTO
 

 

 
O que dizer da Roberta? Ela faz parte daquele leitor que sabe TUDO sobre a Minha Saga: quem fez o que, quando foi realizado tal coisa, claro que o mais engraçado è quando este tipo de CAB (Cliente Amigo do Blog) me faz perguntas que eu nao me lembro :o)
 
Algo assim: – Nossa Fabio, e aquele dia que voce estava com aquela blusa cinza, dirigindo na neve, levando o cliente para fazer compras??
 
Minha resposta: – Oi? Pois è, voce viu sò menina (atèèè parece que eu lembro disso kkkkkkkk)
 
Jà o Bruno… è o irmao da Roberta! Calma, eu explico: depois de milhares de emails, sem jamais citar o irmao, quase jà pra chegar na Italia a Roberta nos disse que tinha um irmao e que viria com ela. O engraçado è que atè que o Bruno nos mandasse o proprio documento para analise, nas nossas planilhas ele constava assim:
Roberta – Chegada em xx/xx/xxxx – voo numero xxxxxx –  Pisa
Irmao da Roberta – Chegada em xx/xx/xxxx – voo numero xxxxxx –  Pisa
 
 O mais engraçado foi descobrir que no passado (remoto), nòs frequentamos os mesmos lugares, vivemos praticamente na mesma cidade – atè meu primeiro emprego que foi numa papelaria, muito pròximo de onde eles trabalhavam também – e durante os 30 anos que eu vivi no Brasil, jamais nos encontramos!!! Coisa louca, a vida, nao? Viemos nos conhecer aqui na Itàlia, a milhares de quilometros de distancia, eita…
 
Enfim, filosofia à parte – hoje è dia de agradecer aos dois por toda a confiança, pelas risadas, pelos sorvetes que tomamos juntos e desejar que a partir de agora ambos consigam ainda mais sucesso e muito mais realizaçoes do que jà alcançaram atè agora – curtam e aproveitem o passaporto rosso, ok??
 
E como sempre, segue as famosas fotos dos momentos marcantes do reconhecimento deles:
 
Luciana explicando onde assinar
Olha a concentraçao
E' de verdade mesmo??

 

Dà licença que agora è minha vez!!!
O primeiro cafè italiano – a gente nunca esquece!!!

 

Bòra passear povo, que o mundo agora è de voces!!!!!!!
  • Ola Pedro tudo bem?

    Sem problema nenhum, acredito que voce nao vai precisar retornar a Italia: uma vez em Londres, inscreva-se como residente no consulado italiano (lembrando que sera sua obrigacao fazer isso) e la mesmo voce pode pedir o seu passaporte italiano.

    Forte abraco!!!

  • Pedro Castelli

    Oi Fábio! Tudo bem?

    Estou acompanhando seu blog há uns meses e tenho que dizer que você faz um trabalho muito legal mesmo. Muito bacana da sua parte compartilhar todas as informações..
    Hoje em dia, tá difícil encontrar gente assim.

    Bom, eu estou tirando minha cidadania em Bologna. O vigile passou semana passada e eu já fiz meu pedido de cidadania. Agora só esperar a resposta do consulado de SP.

    Tenho uma pequena dúvida e acho que você pode me dar uma mãozinha:
    Quando a cidadania ficar pronta, quero voltar pra Londres (morei lá 1 ano e meio), e estou com um pouco de pressa, pois deixei alguns pertences lá com uns amigos e eles estão voltando pro Brasil. Por isso preciso voltar o mais rápido possível. Sei que os Europeus, só viajam de ID dentro da Europa. Então, gostaria de saber se quando assinar a cidadania, posso fazer apenas a carta d’identitá e voltar pra Londres.. e quando me sistemar voltar pra Itália e fazer o passaporte.
    O que você acha? Pode ser?

    Abraços.

  • Gabriela Manfredini

    Olá Fabio, mais uma vez, obrigada pela ajuda.

    Eu levei a resposta do Oficial da ANUSCA na Comune e expliquei para a oficial responsável, assim como me sugeriu. Infelizmente, a oficial está se baseando na circular k28 de 1991, especificamente no parágrafo: “Si fa, ancora, presente che, allo scopo di poter accertare in modo compiuto il mancato esercizio – da parte dei soggetti reclamanti il possesso della cittadinanza italiana – della facoltà di rinunziarvi ex art. 7 della richiamata legge n. 555/1912 si rende necessario, da un lato, svolgere adeguate indagini presso il Comune italiano d’origine o di ultima residenza dell’avo italiano emigrato all’estero ovvero presso il Comune di Roma e, dall’altro lato, contattare direttamente tutte le Rappresentanze consolari italiane competenti per le varie località estere ove gli individui in questione abbiano risieduto o, se del caso, consultare opportunamente il Ministero degli affari esteri – Direzione generale dell’emigrazione e degli affari sociali – Ufficio VIII perché interpelli i dipendenti uffici consolari interessati.”

    Eu não consegui achar uma lei que diga que isso não seja necessário, então pedi a oficial para que entre em contato com a Comune de Roma pra esclarecer tudo isso.

    Se você tiver alguma outra dica, ficarei muito agradecida. Estou um pouco desesperada.. leio os comentários no blog e seus posts e vejo que as coisas acontecem pra todas as pessoas e, aparentemente, casos como o meu são muito difíceis de acontecer. Não sei muito bem como resolver essa situação.

    Muito, muito, muito obrigada!

    Abraços!

  • Ola Oscar

    Sim, o documento do seu antenato italiano è o documento mais importante de todos – sem ele, nao tem como o oficial verificar a ligaçao entre voce e ele.

    Abraços

  • Oscar

    Oi, Fabio! Tudo bom? Tenho uma duvida e creio que voce pode me ajudar.

    Meus documentos foram legalizados pelo consulado em Sao Paulo semana passada. Porem, a certidao de nascimento do meu antenato que consegui esse ano (unico documento italiano no pacote) tinha um erro na data de nascimento do mesmo. Por sorte, tinha uma copia de uma certidao antiga utilizada por outro familiar no processo de reconhecimento da cidadania, e a atendente fez a legalizaçao com base nessa copia. Entretanto, ela disse que eu deveria requisitar outra certidao do meu antenato, com a data correta.

    Minha duvida é: para dar entrada no processo de reconhecimento da cidadania na Italia, eu preciso da certidao italiana do meu antenato? Ou o fato de os documentos estarem legalizados pelo consulado (incluindo suas certidoes de casamento e obito) permitem que eu so entregue esses documentos para iniciar o processo?

    Parabens pelo excelente trabalho, seu blog tem me ajudado muito!

    Abraço