Brasileiros na Italia – Daniela Furlan Di Gregorio (ROMA)

Retornando a nossa jà famosa sessao Brasileiros na Italia, apresento a voces a Dani do Dicas do Mundo e que aceitou o meu pedido para compartilhar com voces o que ela pensa sobre a Italia em geral 😉

1. Nome e local de nascimento
Daniela Furlan Di Gregorio, 33 anos, Feminino, Roma

2. Quanto tempo voce vive na Itàlia?
Mais de 3 anos

3. Qual seu tipo de status na Italia
Sou conjuge (marido ou mulher) de cidadao italiano

4. Por que voce escolheu a Itàlia como destino?
Primeiramente porque me casei com um italiano, segundo porque sou oriundi também e sempre gostei desse país (apesar de só conhecê-lo verdadeiramente depois de estar morando aqui).

5. Voce trabalha?
Sim

6. Hoje, analisando sua vida aqui na Itàlia, considera que vir pra cà foi uma escolha positiva ou negativa?
Positiva. Eu morava numa cidade do interior de SP, então, é claro, que aqui o mundo se abriu para mim. Conheci muita gente, lugares e comidas diferentes (não só italiana, mas do mundo todo), tenho acesso mais rápido a tudo o que se refere a tecnologia (também graças a meu marido que trabalha na área) e é muito mais fácil e barato viajar para outros lugares.

7. O que a Italia tem de melhor?
A comida que é simples e genuína.

8. E o que a Italia tem que voce nao suporta?
Alguns italianos extremamente mal educados.

9. Algum projeto para os pròximos 12 meses aqui na Itàlia?
Viajar, viajar, viajar e expandir o nosso projeto Dicas do Mundo.

10. Escreva sobre aquilo que quiser, deixando uma mensagem aos leitores da Minha Saga
Eu sempre amei a Itália por ser de família italiana e depois que vim pra cá, pra dizer a verdade, me decepcionei um pouco, principalmente porque eu não imaginava que existia tanta rivalidade entre norte e sul e tanto racismo com quem é “extra-comunitário” (odeio o uso que fazem dessa palavra). Já ouvi relato de muito oriundi que vem aqui todo feliz e contente querendo conhecer as origens e são maltratados pelos italianos. Enfim, eu sempre digo que nenhum lugar é perfeito, aqui tem algumas coisas boas que não tem no Brasil e no Brasil também tem algumas coisas boa que não tem aqui. O importante é se sentir bem onde está e tentar não ficar fazendo comparações (que é quase inevitável). Eu decidi que se estou morando aqui, vou tentar aproveitar ao máximo tudo de bom que esse país tem para me oferecer.

Obrigada, Fabio, por essa oportunidade de contar um pouco da minha história e até desabafar! rsrs

shadow-ornament

Hà anos a Dani vem ajudando milhares de viajantes com dicas valiosas sobre Roma - eu a conheci exatamente procurando dicas alternativas sobre Roma e encontrei um roteiro maravilhosos sobre lugares que sao menos conhecidos dos turistas mas nao menos interessantes da cidade.

Portanto quem quiser dicas, nao sò de Roma, mas também de Barcelona, Toscana, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Floripa, Sao Paulo, Lisboa, Piemonte, Buenos Aires, Austria e Israel è sò entrar no Dicas do Mundo e aproveitar 😉

 

 

 

 

  • Mari

    Fabio poderia me tirar uma duvida? Um amigo faria a carta convite pra mim, mas recebeu a informação de o tamanho da casa dele não seria suficiente para hospedar mais uma pessoa alem dele e da irma, eu ficaria só uns 12 dias, é assim mesmo, isso procede? Existe mesmo essa analiseexigência? Há alguma forma de burlarresolver isso? por favor me ajude, obrigada Mari

    • Olá Mari

      Se as autoridades já disseram que o imóvel não é idôneo para receber mais ninguém procure um hotel ou similar. Aqui na Europa não se burlam as regras, se existem temos que respeitá-las.

      Abs

  • Ola SLNBA carta d'ospitalità pode ser enviada por email, com uma fotocopia do documento italiano do seu noivo, ok?E como cidada brasileira, voce è obrigada a apresentar o bilhete de retorno também, além de cartao de credito internacional em seu nome e local de hospedagem (carta d'ospitalità ou reservas em hoteis)Abraços

  • Ciao Dani;)

  • Este comentário foi removido pelo autor.

  • Uma pergunta.Sobre ir para a Italia para casar e tirar o permesso.Ao inves de fazer a carta convite ( e se fosse utiliza-la, a pessoa que est´ala teria que mandar pelo correio?!), como fazer com a estadia?Vou para ficar com o meu noivo, mas nao sei se a carta convite seria uma boa se precisar vir pelo correio, ja que os correios estao pessimos e nao estao entregando nada por aqui. Seria possivel reservar um hotel pelo tempo que ficaria, nao sei, por exemplo, 3 meses, e quando chegasse no local, cancelasse, ja que ficarei com o meu noivo? E a passagem de volta? Nao usarei ela.O maior problema é como entrar no paˆs em relaçao a estada.O que seria o melhor? Qual as possibilidades?!Grata

  • Foi muito bom participar da sessão Brasileiros na Itália, Fábio! Obrigada!!! Abs!Dani