Perguntas e Respostas #2 – Filhos menores, formas e locais para obter a cidadania italiana

Ciao a tutti!

No vídeo de hoje explicarei três argumentos:

  1. Ao obtermos o nosso reconhecimento, como ficam os filhos menores?
  2. É melhor obter a cidadania por casamento ou por sangue (filiação)?
  3. Quais as vantagens e desvantagens em obter a cidadania na Italia e no Brasil?

Assistam o vídeo abaixo, e em caso de dúvidas deixem um comentário 😉

  • Alan Di Toro Araujo

    Olá Fábio, fiz minha cidadania no ano passado, porém não levei a certidão dos meus filhos porque a mulher que me atendeu no consulado em são Paulo para legalização dos documentos disse que só poderia fazer a deles se eles fossem comigo, então a certidão deles não foi legalizada e não levei. Depois que voltei fiz minha inscrição AIRE em São Paulo, o que levou 6 meses, porem quando feita a inscrição Já tinha se passado 1 mês do início do acordo de Haia, agora vou ter que apresentar os documentos nos moldes de hoje. Quanto tempo leva para o consulado providenciar a transcrição?

  • Luciano Lando

    Boa tarde Fábio,

    Primeiramente, parabéns pelos seus vídeos. Estou indo agora no mês de setembro/16 fazer meu processo sozinho na Itália. Muito disso graças a seu incentivo.

    Eu tenho uma dúvida em relação ao meu filho menor:

    – Não sou casado legalmente, vivo em união estável com minha esposa. Sei que a Itália não reconhece esse união. A dúvida é: eu devo levar uma autorização da mãe para a Itália ou isso não é necessário?

    Desde já agradeço a atenção.

  • Ludmilla Gobatto

    Parabéns pelos seus vídeos Fabio! São muito esclarecedores! Principalmente para mim que estou começando agora a correr atrás dos documentos para reconhecimento da cidadania italiana! Não é fácil, mas é muito gratificante conhecer um pouco mais do passado dos meus ascendentes, e ainda obter a cidadania que eles tinham!
    Um grande abraço!

  • Samir De Falco

    Olá Fabio, eu já tenho cidadania reconhecida e nasceu meu filho agora no mês 02/2016, preciso ir até o consulado pessoalmente em São Paulo para entregar a certidão de nascimento brasileira e mais a tradução? ou posso enviar pelos correios?

  • Ediberg Peres

    Ciao fratello. Antes de tudo quero lhe agradecer e parabenizar pelo blog e os videos. Minha esposa obteve a cidadania em 2014 e infelizmente ela não fez o passaporte nem dela e nem de nosso filho que obteve posteriormente. Ela se inscreveu no AIRE da embaixada de Brasilia pensando ser fácil fazer o passaporte lá….mas que engano. Eu reuni meus documentos para fazer a cidadania por matrimonio….mas outra decepção …quando chegar a agendar provavelmente as certidões ja venceram.

    O que vc me sugere? Vc teria uma solução mais digno de um cidadão europeu pra nos indicar ou prestar em forma de serviços remunerados?

  • Fabiana B.

    Oi Fabio, tudo bem?
    Meu marido é cidadão Italiano desde 2002 porém não havia solicitado o passaporte. Em novembro de 2015 resolvemos agendar a emissão do passaporte Italiano dele, mas como nos casamos em 2006 e nossa filha nasceu em 2011 tivemos que atualizar as informações junto ao consulado de SP que envio as informações para Itália, demorou 4 meses e recebemos a confirmação da Itália que nossos registros foram incluídos (casamento e nascimento de filho)
    Minha dúvida é (ja procurei incansavelmente essa resposta na internet) para solicitarmos o agendamento do passaporte Italiano da nossa filha de 5 anos como devemos proceder? É só agendar diretamente pelo site como fizemos com do meu marido? crio a conta dela e senha e agendo normalmente? Preciso de algum documento traduzido, sendo que já foi enviado e confirmado por ambos consulados?
    Se puder esclarecer essa dúvida, agradeço!
    Abs

  • Esnel Minetti

    olá Fábio,
    Já obtive minha cidadania italiana a cerca de 20 anos em São Paulo, e hoje tenho dois filhos, um com 21 anos e outro com 16 anos.
    Verifiquei que para o meu filho menor basta apenas entregar a sua certidão de nascimento no consulado, devidamente legalizada e traduzida, mas para o meu filho maior verifiquei que é necessário iniciar um novo processo.
    Minha dúvida é a seguinte: Para meu filho maior é necessário apresentar todos os documentos desde o ascendente italiano, ou eles aceitam e aproveitam os documentos já apresentados no meu processo?
    Desde já agradeço!!

    • Olá Esnel, infelizmente o consulado em SP não aceita mais a utilização dos documentos previamente apresentados, seu filho maior terá que reunir novamente todos os documentos, a contar do antenato italiano, tal qual você precisou para realizar o seu processo. Abraços

  • Buongiorno Fábio
    Estou reunindo os documentos para a cidania italiana Jure sanguinis. Tenho um filho maior de 22 anos que sei que terá que entrar com o processo individualmente, mas..não sei como devo agir com meu filho de 11 anos se eu der a entrada aqui no Brasil. Você pode me orientar em relação a isso.
    A propósito,li o Sagabook e amei!
    Grazie

  • Fabio Cargnelutti

    Fabio, boa tarde.

    Já possuo cidadania italiana, quando fiz meu processo tinha apenas uma filha menor que na oportunidade também teve seu reconhecimento, todavia, este ano tive outro filho que está agora com 4 meses de vida, sei que ele adquire automaticamente mas preciso fazer um pequeno processo que não é muito claro no site do consulado, poderia me esclarecer como proceder para incluí-lo?

    Grande abraço

    • Fabio Barbiero

      Olá Fabio tudo bem?

      Você deve fazer o seguinte: solicite no cartório onde o bebê foi registrado, a certidão de nascimento em inteiro teor. Me diga uma coisa: em que consulado italiano você é registrado?

      • Fabio Cargnelutti

        Fabio, Fiz a cidadania em Pavia, e quando retornei ao Brasil fiz o AIRE para São Paulo.

        • ana

          Tbm quero saber ?

        • Fabio Barbiero

          Neste caso o documento dele deverá ser entregue diretamente no consulado, onde então será enviado de forma interna ao comune italiano para que seja transcrito, ok? Abraços

  • Monise

    Olá Fabio,

    Fiquei com uma duvida sobre a cidadania. No caso, minha mãe está no processo pra retirar a cidadania italiana. Eu ja sendo maior de idade vou ter que pedir juntamente com ela na Itália? Se ela retirar ai na Italia, depois se eu vir a pedir no Brasil eu terei de passar pela fila normal do consulado, ou o processo é mais rápido? O único problema para eu ir ate a Italia é que no momento eu estou morando no Reino Unido devido a estudos, e para comprovar a residência seria algo complicado. Muito obrigada!!

    • Fabio Barbiero

      Olá Monise tudo bem?

      Os pedidos de reconhecimento são individuais, portanto mesmo que sua mãe venha à Italia e obtenha o próprio reconhecimento, isso não te ajuda de forma alguma, pois você continuará tendo que efetuar o próprio processo e, se fizer isso no Brasil, irá ao final da fila de qualquer forma, ok?

      Abraços

  • Jose roberto

    Oi fabio tenho uma filha de 17 anos que mora no brasil e eu moro em londres ,preciso registra ela na italia sou cidadao italiano quero saber como faco pra registra ela visa consulado italiano no brasil pro consulado na italia. Obrigado

    • Fabio Barbiero

      Olá José Roberto

      Você é inscrito como cidadão residente no consulado em Londres? Se sim, deverá enviar o documento dela, traduzido e legalizado pelo consulado italiano no Brasil para o consulado em Londres, que eles mesmos enviarão o documento para o comune italiano. Na própria página do consulado em Londres constam as informações sobre o envio do documento de filhos menores.

      Abraços

  • Lucas Marcelo Marini Tejada

    Ciao Saga, tudo bem? Minha tia vai vir para a Itália fazer o reconhecimento da cidadania dela (descendente direta do meu bisavô) e quer já fazer o reconhecimento da filha dela de 8 anos. No entanto ela não foi casada com o pai e ele foi o declarante no cartório, tem algum problema nesse caso? Grazie, um abraço!

    • Fabio Barbiero

      Olá Lucas

      Neste caso, ela deve ir até um cartório e efetuar a declaração de maternidade, cujo modelo se encontra no site do consulado, na sessão cidadania, ok? Este documento deve ser traduzido e legalizado juntamente com os outros documentos.

      Grande abraço!

      • Lucas Marcelo Marini Tejada

        Obrigado Saga, já consegui o modelo aqui no site do Consulado de SP.

        Mais um detalhe/dúvida: A filha dela nasceu (e foi registrada) no RJ, mas atualmente mora em SP, isso quer dizer que a certidão dela deve ser legalizada no ERERIO e depois no consulado de SP? E essa declaração de maternidade, deve ser apresentada num cartório de qual estado?

        Obrigado, abraços!

  • Daniel Silva

    Olá Fábio, estou fazendo meu reconhecimento de cidadania italiana sozinho, o meu já está pronto, trouxe comigo as certidões traduzidas e legalizadas de meus filhos menores mas o oficial do comune não quer transcreve-las pois diz que para isso precisa que as crianças sejam residentes na comune, o que eu faço para convence-lo, existe alguma lei que eu possa mostrar a ele que está errado ,como vc diz no vídeo é minha obrigação registrar as crianças, não sei o que fazer . Se você puder me ajudar ficarei muito grato. Abraço.

    • Olá Daniel infelizmente não há nada que possa convencê-lo, infelizmente isso é prerrogativa de cada comune. Onde trabalhamos isso é prática comum, porém infelizmente não são todos os comunes que entendem desta mesma forma. Abs

      • Daniel Silva

        Certo Fábio, mas como meus planos e’de ir para Londres posso fazer o reconhecimento de cidadania das crianças lá com as certidões traduzidas e legalizadas? Abraço

  • Ediberg Peres

    Fui a Italia e tive reconhecimento da cidadania italiana, mas por nao saber nao leveia sertidao de meu filho de 4 anos. Agora quero reconhecer a dele. No pais q resido nao tem consulado. Teria como enviar a certidao traduzida e leagalizada a alguem ele aprezentaria a certidao por nos na italia?

    • Olá Ediberg em qual país você vive?

      • Ediberg Peres

        Residimos no Suriname America do Sul. Aqui existe uma representacao consular. A unica coisa que fazem e legalisacao de documentos. Nem o AIRE fazem!

  • julia

    ola fabio, queria entender melhor sobre a cidadania por que ainda nao consegui entender, entao meus bisavos maternos sao da italia nasceram la, pra mim conseguir a cidadania mais rapido eu tenho que ir para a italia certo! mais eu tenho que ir com esses documentos dos meus bisavos ? ou posso achar ele no consulado da italia ? e outra eu tenho uma filha e vou com meu namorado pai dela, como vou fazer pra ela ter a cidadania e ele tambem? sera que voce pode me passar o seu email pra mim tirar mais duvidas ? caso essas eu ainda nao entenda

    • Ciao Julia, baixe e leia o manual Sagabook, lá você encontrará a resposta para estas perguntas. Abs

  • CELIO JOSE VAIA

    Olá Fábio, parabéns pelo vídeo esclarecedor, porém ainda tenho TRÊS dúvidas.

    _ Após ter toda a documentação em ordem, eu que sou o chefe da família, pretendo ir á Itália solicitar o reconhecimento de minha cidadania e também de meu filho de 17 anos.

    1- Como devo proceder para solicitar a cidadania de meu outro filho que tem 22 anos ?

    2- Minha esposa poderá solicitar a cidadania por casamento no Brasil ?

    3- Não estou localizando a certidão de nascimento de minha avó, que foi casada com o dante causa. (nas certidões de casamento e óbito consta ter nascido em Rio Claro SP)

    Como fazer neste caso ? Pedir Certidão Negativa de Registro do Nascimento ??

    Obrigado e fortes abraços. Célio.

    • Olá Célio bom dia

      1 – Sendo maior de idade, ele deverá proceder com o próprio reconhecimento

      2 – Sim

      3 – Você deve procurar exaustivamente este documento até encontrá-lo, pois nenhum outro documento poderá substitui-lo. Qualquer documento que não sejam as certidões civis de nascimento, casamento e óbito sequer são levadas em consideração pelos órgãos.

      Abs

      • CELIO JOSE VAIA

        Fábio, boa tarde

        Ocorre que p/ meu sobrinho Giovane, você disse que não havia a necessidade das certidões de nascimento/morte dos cônjuges.__ Você poderia esclarecer.__ Obrigado Célio 20/JAN/2015
        —————————————————–
        >>>> Sua resposta meu sobrinho <<<<
        Olá Giovane bom dia, tudo bem?
        Para o processo de reconhecimento você precisará apenas das
        certidões de nascimento, casamento e óbito daqueles que compõem a sua linha de transmissão; o nascimento e óbito dos cônjuges não são necessários, ok?
        Abraços e um ótimo dia.

        • Olá Célio, a resposta é esta mesmo: não é necessário documentos de quem não faz parte da linha de transmissão!

  • Vanessa

    Oi, Fábio!
    Minha mãe teve a cidadania reconhecida na Italia no ano passado, e já tirou o passaporte também na Italia. Meus irmãos maiores de idade podem dar entrada no passaporte no Brasil, por filiação, apresentando apenas a documentação da minha mãe? Ou para maiores de idade se deve iniciar o processo desde o antepassado italiano, tanto no Brasil quanto na Italia?
    Obrigada e abs,

    Vanessa

  • Dany Breckflel

    Olá Fábio, olha só,queria uma orientação sua, pois tenho uma amiga de infância na Itália, morando há 9 anos e penso ir para lá através dela para estudar , fazer uma pós no curso de direito, estou terminando aqui em salvador faltam 2 semestres 2015.2, e algumas matérias pendentes ou seja até Julho de 2016 estarei indo… e também para trabalhar claro! não sei como faria para dar aula de Karatê sou formada pela Federação Internacional de karatê. E também sou técnica de enfermagem.. tenho uma filha de 12 anos que ficaria com minha mãe para depois levá-la. E faço estágio pela Secretaria da Segurança Publica aqui em Salvador, ou seja nas Delegacia da Policia Civil. Será que na Itália poderia fazer estágios também (rss) ….

    Ficarei na casa desta amiga até me estabilizar, meu propósito é fazer a pós em Roma

    Como vc me orienta pois não tenho qualquer que seja orientação, até mesmo minha amiga tem dúvidas e me orienta com incertezas (rsss) Por favor me oriente em tudooo q vc puder dos primeiros passos mesmo..

    Desde já agradeço atenção..

    Aguardo retorno.
    Fortíssimo Abraço.

  • Giulianabudelassi

    Olá! Já estou na lista há quase 9 anos desde 31/07/2006. Acompanhei durante muito tempo o andamento da lista, porém depois que o procedimento ficou anos parado dei uma afastada… Li em algum lugar que quem deu entrada na documentação em 2005 estava sendo chamado, pensei que posso ser chamada no próximo ano, porém quando entrei na lista do consulado de bh verifiquei que meu nome não esta mais lá, somente o da minha mãe,porem está em duplicidade. Achei isso muito estranho, pois antes era uma lista diferente que constava inclusive a nossa posição nela, agora é uma planilha de Excel que só costa seu nome e data da entrada. Vc sabe se o procedimento mudou, se somente minha mãe pegará a cidadania e os filhos já aproveitarão direto… Não sei prq meu nome não consta mais lá! Estou inclusive preocupada prq como vou provar isso?? Se puder me dar uma luz agradeço!
    OBs: ótimo site, está de parabéns!!!!

  • Carolina Moscatelli

    Olá Fabio, tudo bem?
    Acabei de ler o SagaBook que é muito esclarecedor mas ainda tenho uma dúvida, depois que o vigile passa para comprovar minha residencia, eu posso
    voltar pro Brasil ou tenho que esperar na Italia ate o fim do processo?

    Muito Obrigada!

    • Olá Carolina, depende: se estiver realizando o seu processo sozinha jamais deixe o comune onde você está realizando o seu processo. Abs

  • Paulo

    Caro Fabio,
    Apresentei Cidadania perto de Roma – Comune pequena e o Oficial Anagrafe ao receber as Certidoes dos meus 02 filhos menores disse que nao pooderia transcrever pois eles tem que estar presentes!! Cond=forme Legge no.91 – 1992 – Art. 14 (se convivono com esso.
    Como devo proceder

    • Nós não “acquistiamo o riacquistiamo’ a cidadania…

      • Paulo

        Oficial falou que so se tiver pessoalmente aki e inscrito tbem no Comune,baseado na Lei q diz :
        1. I figli minori di chi acquista o riacquista la cittadinanza italiana, se convivono con esso, acquistano la cittadinanza italiana, ma, divenuti maggiorenni, possono rinunciarvi, se in possesso di altra cittadinanza.

        • Paulo repito: este texto NÃO SE REFERE AO NOSSO CASO, mas sim para aqueles que pretendem obter a cidadania por naturallização! Fale ao oficial para ler o Massimario, que lá está descrito o procedimento correto para a transcrição do ato dos nossos filhos. Minhas filhas virão pela primeira vez à Italia no mês que vem e há anos os documentos delas foram transcritos no meu comune. Abs

  • Olá Edgard tudo bem?

    Baixe o Sagabook, que lá vai encontrar a resposta pra esta e outras dúvidas. Abs

  • Edgard Queiroz

    Olá Fábio, sou bisneto de italianos (lado materno), mas os documentos se perderam com a morte dos meus avós, como fazer para requerer cidadania italiana? E meu filho, também tem direito? Aguardo resposta. Edgard Queiroz.

  • Adriana

    Oi Fabio. Parabens pelo blog é mto divertido e instrutivo. Com relação à cidadania pelo matrimônio se, de repente, houver um divórcio a pessoa perde a cidadania?

    • Olá Adriana

      Elabore melhor a sua pergunta, pois desta forma está muito genérica e não dá pra responder, ok?

      • Adriana

        Se uma pessoa obtem a cidadania atraves do matrimonio e depois acontece o divorcio, essa cidadania é perdida?

        • Depois de obtida, a cidadania – mesmo por naturalização – não se perde mais, ainda que o titular se divorcie. Abs

  • João Curzio

    Faço minhas as palavras do Luciano. Então, aproveito para compartilhar o que sei até o momento (estou com meu agendamento para 2016):

    Por muito tempo, o consulado não aceitava mais pedidos de agendamento: deixava os interessados que se apresentavam nesse período numa lista de espera (que mais tarde se revelou simbólica apenas)
    .
    O consulado fez isso para conseguir lidar com todos os processos que já estavam agendados. Contudo, em agosto de 2014, o consulado abriu novamente o espaço para inscrição de novos agendamentos, com datas a partir do dia 1º de julho de 2016 – até o que dá para saber no momento, em abril de 2015 serão chamadas as pessoas que fizeram o agendamento em 2006, e, possivelmente, a partir dessa data até julho de 2016, serão chamadas todas as pessoas que fizeram o agendamento antes do consulado fechar tal recurso.

    A dúvida que paira no ar é o que representa esse agendamento na prática. Ao me comunicar com o comites (Comitato degli Italiani all’Estero), perguntei quanto tempo levaria para o reconhecimento após o comparecimento na data agendada. Fui supreendido com a resposta: “de fato é imediato; trata-se da transcrição das certidões no município onde nasceu o seu antepassado.”. Não obtive confirmação de tal informação, mas, de qualquer forma, parece que é verdade que atualmente a demora no Rio de Janeiro e Espírito Santo é de mais ou menos 2 anos (até a fila crescer de novo).

    Caso alguém tenha mais informações sobre o processo no Rio de Janeiro e puder compartilhar. Acredito que é sempre bom discutir o assunto. Enquanto não levanto o capital e organizo a logística necessária para fazer o pedido na Itália, a esperança do consulado funcionar como afirmado está sendo valiosa.

  • Maira .

    Olá Fabio! Seu blog é muito bom! Me tirou várias dúvidas sobre todo o processo. Mas ainda me restou uma, se puder responder, agradeço. Na minha família, o avô do meu avô se casou novamente após ficar viúvo e nos falta a certidão de óbito da primeira esposa. “oficialmente” ele consta como bígamo, o que trava tudo. Como podemos obter essa certidão?
    Abraço e obrigada 🙂

  • Luciano

    Oi Fábio, tudo bem ? Tenho uma dúvida. A certidão de nascimento de meu filho menor, traduzida e legalizada, precisa ser em inteiro teor como as minhas ou pode ser uma certidão simples mesmo ? Desde já agradeço !! Parabéns pelo belíssimo trabalho.

    • Olá Luciano

      Sim, este documento deve observar exatamente os mesmos requisitos dos outros. Abs

  • Alessandro Mossoni Gimenez

    Fabio tenho uma duvida e não me lembro ter visto por aqui ou comi bola…voce falou sobre comunes ruins, meu antenato é de Cremona, tenho que fazer o processo la ou posso ir em outros comunes? abraços e a cada dia o MinhaSaga fica melhor…Parabens!

    • Olá Alessandro, tudo bem? Não precisa ser no mesmo comune não, você pode realizar o processo em qualquer lugar. Abs e grazie mille 😉

  • Luciano De Luca

    Olá Fabio, faço uma observação com relação à este vídeo. Atualmente o
    Consulado Italiano do Rio de Janeiro dispoe de um serviço de agendamento
    online para reconhecimento da cidadania naquele Consulado com tempo de
    espera para entrega da documentação inferior a dois anos. No momento as
    vagas estão esgotadas, porém em breve deve abrir vagas para agendamento a
    partir da última semana de setembro/2016. A fila de espera que outrora
    era de 10 anos para entrega da documentação, pelo menos no Consulado do
    RJ agora diminuiu bastante…