Canal de vídeos completando 2 anos e 200.000 visualizações

Ciao a tutti

Quem diria que depois de apenas dois anos, aquela estranha ideia de criar um canal de vídeos teria ultrapassado 200.000 visualizações!!!

Me lembro como se fosse hoje, através da conversa com um cliente (grande abraço Raphael!) que me foi sugerido por ele a criação de um canal no YouTube, me explicando os motivos pelos quais muita gente não tem tempo para acompanhar ou ler artigos escritos.

Mesmo ele me garantindo que seria um sucesso, sempre tive um pé atrás com vídeos, pois pra mim é muito mais natural e fácil sentar e escrever do que gravar. Sem contar que é muito mais rápido também.

Eu filmava com o iPhone 4S e óbvio que a qualidade dos vídeos não era das melhore, como podemos ver neste fragmento abaixo:

Vídeo postado em 10/01/2013

Depois decidi comprar uma câmera de verdade, microfone, iluminação e a coisa melhorou um bocadinho:

Vídeo publicado em 11/01/2015

Caramba, deu pra ver a diferença??? Não??? Peraí, vou colocar as duas imagens juntas:

Claro que tem como melhorar muito ainda, principalmente em relação a iluminação, porém eu não poderia estar mais contente com o resultado que o canal alcançou em todo este tempo. E mesmo batendo a marca de 200.000 visualizações, que por um canal de nicho já é mais do que espetacular, o que mais me dá satisfação é o engajamento de vocês por lá!

Um exemplo maravilhoso do que estou falando é a proporção de “gostei” e “não gostei” – até hoje temos quase 10.000 joinhas contra apenas 60 negativos, o que corrobora a tese de que quando o conteúdo é bom, não importa o equipamento, desde que razoável, claro rs

Outra coisa bacana é o número de comentários: mais de 2100 do início até hoje, outro número excepcional!!!

Porém tenho uma dúvida e gostaria que quero compartilhar com vocês: recebo diariamente mensagens do pessoal que assistem o canal do youtube que não tem a mínima ideia que existe também o blog (pois é, parece loucura!). Porém não conheço o outro lado da história, e é por isso que criei o pequeno questionário abaixo, pedindo a ajuda de vocês, queridos leitores:

Claro que depois de pedir mais um favor a vocês tenho a obrigação de agradecê-los por todos estes números e todo este sucesso, que só acontece porque cada um de vocês dedica parte do tempo para ler e/ou ouvir o que eu tenho pra dizer e isso pra mim é mais do que motivo de orgulho; é uma grande dádiva que eu jamais cansarei de repetir e agradecer, portanto obrigado, obrigado, muito obrigado!!!

 Rumo aos 300.000 mil 🙂

  • Priscila Silva

    Olá Fábio, mandei alguns e-mail pra você sobre uma dúvida que não conseguir a resposta… espero que você possa me responder o quanto antes.

    Desde já obrigada!

    meu e-mail: priscilasisa@hotmail.com

  • Rafael Italiano

    Ciao Fábio,

    Congratulações por mais esta merecida conquista! Como sugestão extra para os seus canais de vídeo no YouTube: poderia ser mais interessante publicar todos os seus vídeos em um único canal, organizando-os através de playlists específicas por categoria (como por exemplo: Cidadania Italiana, Curiosidades da Itália, Aprendendo Italiano de Forma Divertida, etc), concentrando desta forma, toda a sua audiência em um único lugar, conseguindo assim, muito provavelmente, que seus vídeos tenham um alcance maior.

    Abraccio! Alla prossima…

  • Anselmo Meira

    Opa Fábio, tudo bem? Primeiramente parabéns pelo site! Está me ajudando bastante no esclarecimento das dúvidas.
    Outra coisa bastante legal que tenho visto no site é o reconhecimento da cidadania das pessoas, bem motivante.
    Gostaria que tirasse algumas dúvidas que ainda não entendi, são elas:
    1 – Vi que o prazo que consta no site do consulado italiano para as certidões em inteiro teor podem ter mais de um ano. Se eu apresentar as minhas, com um período maior (1,5 ano) o oficial no Brasil vai encrencar?
    2 – Na minha familia a linha Italiana segue: Eu-Pai-Avó-Bisavó ou Bisavô e antenatos.
    A minha avó nasceu em 1938, então tenho direito a cidadania, certo?
    Na sua opinião, qual dos bisavós você recomendaria, a Bisavó ou Bisavô?
    3 – Neste caso eu, meu pai e minha madrasta vamos fazer o processo de reconhecimento, Posso apresentar a documentação toda apenas UMA vez para os três requerentes?
    4 – Quanto é o tempo médio de espera para o reconhecimento do processo na Itália? Nós três trabalhamos e queremos ver certinho essa etapa para nos programar.
    Obrigado desde já!