Estudar na Italia – Conceitos

Queridos leitores, hoje abro um novo tema em nosso blog que interessa a praticamente todos vocês: como estudar na Italia.

Ao longo destes anos muitos leitores me perguntaram sobre este assunto – desde como colocar suas crianças na escola até a escolha de uma universidade, e paralelo a isso nos últimos anos o sistema de ensino italiano passou por profundas modificações, dificultando ainda mais o entendimento até mesmo do próprio povo italiano, sendo assim vou dividir o assunto em vários artigos.

COMPARATIVO EDUCAÇÃO BRASIL VS ITALIA

estudar na italia

NO BRASIL

O sistema brasileiro de ensino é atualmente dividido em:

PRE-ESCOLA
– educação infantil (pré-escola)

ENSINO FUNDAMENTAL (9 anos) – Obrigatório para crianças a partir de 6 anos
– Ensino Fundamental 1 (antigamente chamado primário) – Da 1ª a 4ª série;
– Ensino Fundamental 2 (antigamente chamado colégio) – Da 5ª a 9ª série.

ENSINO MÉDIO (3 anos)
– Ensino Médio (segundo grau) – Compreende 1º, 2º e 3º “colegial”.

ENSINO SUPERIOR
– Ensino Superior (Universidade).

O sistema atual com nove anos de ensino fundamental entrou em vigor no ano de 2006, penso que a grande maioria dos leitores deste blog estudaram apenas oito anos no ensino fundamental, mais adiante vocês vão perceber a diferença entre estudar oito e nove anos, quando chegarmos na parte “Entrando na Universidade Italiana”.

Lembrando que no Brasil, nos primeiros quatro anos tínhamos apenas um professor para todas as matérias – a partir da 5ª série iniciava-se um professor para cada matèria.

NA ITALIA

Aqui na Italia a estrutura do sistema de ensino funciona da seguinte forma:

ISTRUZIONE PRESCOLASTICA (não obrigatória)
– Asilo Nido
– Scuola dell’infanzia (scuola materna).

ISTRUZIONE PRIMARIA (5 anos) – Obrigatória para crianças a partir de 6 anos
– Scuola elementare – Da 1ª a 5ª classe della scuola primaria.

ISTRUZIONE SECONDARIA (8 anos, divididos em 2 escolas)
– Scuola Secondaria di primo grado (antigamente Media Inferiore) – 3 anos de duração;
– Scuola Secondaria di secondo grado (antigamente Media Superiore) – 5 anos de duração.

ISTRUZIONE SUPERIORE 
– Università

Segundo as informações acima, podemos concluir que um estudante brasileiro, até chegar na universidade, estudou:

– 9 anos de ensino fundamental
– 3 anos de ensino médio
Totalizando 12 anos de estudo (11 anos pelo antigo sistema).

Já um estudante italiano, até chegar na universidade, cursou:

– 5 anos de escola elementar
– 8 anos de escola secondaria
Totalizando 13 anos de estudo.

Curiosidade: Aqui na Italia, o ano escolar (anno scolastico) começa em setembro e termina em junho do ano seguinte, tendo duas pausas:

Natal (Vacanze di Natale) – de 23 de dezembro a 7 de janeiro e
Pascoa (Vacanze di Pasqua) – de 5 de abril a 10 de abril.

EXEMPLO DO PERCURSO EDUCATIVO AQUI NA ITALIA

Utilizando o antigo exemplo do nosso casal Joao e Maria (lembram-se deles?), imaginemos que o jovem casal tenha um filho chamado Giuseppezinho.

Quando Giuseppezinho era bem pequenininho, seus pais precisavam trabalhar e por isso procuraram uma creche para que ele pudesse passar o dia, enquanto eles trabalhavam.

Aqui na Italia, a palavra creche chama-se Asilo Nido (que nao tem nada a ver com asilo para velhinhos como è conhecido no Brasil):


Um “asilo nido” geralmente é público – cada cidade tem seu asilo, chamado comumente de asilo comunale (do comune) ou asilo statale (do estado), e, embora público, os pais devem pagar uma espécie de anuidade para manter o sistema funcionando.

Já aqueles particulares são chamados de asilo nido privato (da palavra privado).

Este tipo de estrutura é destinada para crianças a partir de 3 meses de idade até os 3 anos – quando devem ser inscritas na pré-escola, ou Scuola dell’Infanzia:

Quando o Giuseppezinho estava pra completar seis anos de idade, João e Maria foram obrigados a inscrevê-lo na Scuola Primaria – pois pelas leis italianas os pais são obrigados a inscrever seus filhos no ensino primário quando estes completam seis anos de idade.

Como descobrir se uma escola é primária? Simples, vejam os exemplos abaixo:

Nas fachadas das escolas está escrito Scuole Elementare (nome histórico) ou como no caso abaixo já com a nova denominação Scuola Primaria:

Quando Giuseppezinho terminou os 5 anos da scuola primaria, foi transferido para outra escola – sempre na mesma cidade, para que pudesse continuar seus estudos.

Neste caso, dizemos que ele foi para a Scuola Media:

E é na scuola media – agora conhecida como scuola superiore que o estudante italiano passa a maior parte da sua vida estudantil, afinal de contas é aqui que ele faz a superiore di primo grado durante 3 anos e depois inicia o último percurso antes da universidade, que serão os últimos 5 anos da superiore di secondo grado.

Esta escola superior é subdividida em Liceo, Istituto Tecnico e Istituto Professionale, mas sobre isso falaremos num próximo artigo.

Ufa, espero ter conseguido explicar direitinho a vocês sobre o conceito do sistema educacional italiano – é importante que voces entendam estes conceitos, pois os utilizaremos nos próximos artigos sobre este assunto.

Abbracci a tutti e até o próximo post 🙂

Ps. Para conhecer melhor o sistema de ensino italiano, recomendo que você adquira o Guia Prático da Vida na Italia, onde eu dedico um capítulo inteiro sobre o tema. Para conhecê-lo clique aqui.

  • Wladila

    Ola Fabio! Terminei o ensino médio em 2007, tenho só 11 de escola, o que posso fazer para entrar em uma universidade italiana?

    • Wladila

      Ah! Fiz letras por 1 ano , mas abandonei o curso. Pode ser util?

      • Kamila Mafra

        claro! voce precisa de 12 anos. Tendo 11 no total mais 1 de faculdade ja esta ok.
        Eu sei pois entrava em contato diretamente com o Ivano da embaixada da italia em Brasilia.
        o meu grande problema é que me falta esse 1 ano e o conselho dele foi exatamente esse, fazer mais um ano de universidade no Brasil!

  • Egidio

    Ola, tenho 18 anos e acabei o ensino médio. Tenho intenção de mudar para a Itália no meio do ano, já traduzi em um tradutor juramentado o meu histórico escolar mas não sei o que fazer agora. Devo ir ao consulado ou apenas levo esses históricos traduzidos para ingressar na escola lá?

  • Dolly Khouri

    Bom dia Fábio!
    Gostei muito do “Minha Saga”, Parabéns!
    Peço a você informação sobre escolas de segundo grau em Firenze, pois uma jovem de 16 anos gostaria de fazer um intercâmbio de seis meses ou um ano lá. Ela já estuda italiano e já fez esses cursos de um mês lá mesmo.
    Muito Obrigada!

  • Júlio César alves juiz

    Fabio, pode por favor me esclarecer uma duvida?

    Eu posso terminar o ensino médio na Italia, sem meus documentos escolares brasileiros?(pois deu problema na legalização, pois não tenho como ir lá agora para passar no MEC.), tendo apenas que eu já consegui meu permesso di soggiorno, e minha carta de indentitá? tem alguma forma de eu começar meus estudos? grato Fabio ! Você me ajuda muito com o seu canal! Aliás , a minha familia 😀

  • Isaias

    Ouvi falar que em Firenze existem cursos universitários noturnos para pessoas que trabalham durante o dia, gostaria de saber se você tem conhecimento dessa informação, abraço.

  • Fabio Barbiero

    Olá Pedro

    Uma vez dentro da área vip, basta clicar em Enviar email no menu superior, e pronto! Porém você deve estar logado com o seu nome de usuário e senha, ok?

    Abraços

  • Isabela

    Fábio, boa tarde!

    Gostaria de saber se são escolas particulares? Como no Brasil, sempre pagas.

    Ou como em outras localidades que são grátis (de boa qualidade), e apenas paga quando chegar na Faculdade?!

  • Fabio

    Fabio, bom dia
    Antes de mais nada parabéns pelo seu excelente trabalho, ha uns 6 anos atras, eu sempre dava uma olhada no seu blog, mas vc sabe como é o tempo passa, casei e estou com uma linda filha de 3 anos e dei uma pausa na minha busca pela cidadania.
    Ha mais ou menos um mes, voltei a dar uma pesquisada e graças a Deus encontrei a parte mais difícil ao meu ver que é encontrar a cidade do meu antepassado. Estou reunindo os documentos e quando estiver com todos vou me cadastrar na area vip para vc verificar pra mim se estão todos ok.
    Estou com algumas dúvidas: Telefonei para o comune e o responsável pediu para eu enviar o email com o endereço e dados do bisnono che me enviaria por correio, mas estou na dúvida, deveria enviar o e-mail comum ou via PEC, faz 20 dias e nada de retorno.
    Meu bisnono veio da italia e se chamava Antonio Domenico Martini mas nos documentos do brasil ele só usa o Domingos Martini deixou de usar o antonio isso pode dar algum problema?
    Não encontrei o documento de matrimonio mas tem a declaração de filho ilegitimo dele, como funciona neste caso.
    Ultima dúvida, quanto tempo normalmente devo ficar na italia para dar entrada no comune, leva muito tempo, pois não conseguiria ficar mais de um mes por causa do trabalho, como fazer?
    Desde já muito obrigado e muito sucesso na sua vida.

    • Fabio Barbiero

      Ciao Fabio tudo bem?

      PEC somente recebe email PEC, portanto se você não tem um email nestas características, deve enviar um email comum para outro email comum, caso contrário nunca receberá resposta, ok?

      Em relação a dúvida sobre erros ou variações, somente o oficial do comune onde você pretende dar entrada pode responder.

      Por fim, sobre a pergunta em relação ao tempo: se você não tem tempo suficiente para vir e permanecer o tempo necessário, deve dar entrada diretamente no Brasil, através do consulado italiano.

      Abraços

      • Fabio

        Fábio, muito obrigado pela resposta.
        Graças a Deus estou encontrando todos os documentos e por enquanto o processo ta andando.
        Eu perguntei a voce referente ao chefe do stato civile, eu telefonei para ele, passei o nome do meu bisnono e ele na hora por telefone, localizou no sistema do computador o nome dele e de seus pais, o que me deixou muito feliz e falou para eu enviar um e-mail com o endereço que ele enviaria sem custo nenhum para o brasil.
        Eu verifiquei que o email (seguindo o seu gabarito de solicitação de estrato di nascita) que enviei, ao invés de enviar para o e-mail do stato civile eu envie erroneamente para o e-mail do enagrafe, mas verifiquei que é o mesmo responsável. O e-mail foi enviado dia 22/09 e ainda nada, eu sei que estou muito ansioso para receber este documento, o que faço, espero um pouco mais para o recebimento ou mando um outro e-mail corretamente para o stato civile.
        Desde já muito obrigado novamente e continue assim, sendo essa pessoa especial e nos proporcionar este sonho que é obter a tão sonhada cidadania italiana.
        Um abraço

        Fábio

  • Haline Scotti

    Ótimo artigo! Sempre tive dúvidas sobre as similaridades e as diferenças entre o ensino no Brasil e na Itália e esse texto ajudou a esclarecer.
    Só uma correção: o que antigamente era chamado de ginásio no Brasil era do 5º ao 9ª ano , do 1º ao 4º ano era conhecido como primário. Pelo menos essas foram as definições que sempre me ensinaram aqui em Santa Catarina.
    Abraços

  • Frances

    Tenho filhos cursando o ensino fundamental no Brasil. Pretendemos nos mudar para a Italia pois temos a cidadania. Sabe me dizer como e feita a avaliacao para a transferencia? Para entender em qual nivel ou em qual ano da escola eles devem iniciar na italia. Existe uma adaptacao para estrangeiros?

    • Fabio Barbiero

      Olá Frances

      Neste caso é necessário levar a documentação de ensino ao consulado italiano, no setor de estudos, onde eles avaliarão tudo e emitirão a declaração de valor, com o curso a ser seguido por aqui. Abraços

  • Rafael Italiano

    Post bastante esclarecedor Fabio! Certamente, uma valiosa informação de grande utilidade pública.

  • Daniela Corrêa

    olá, Fabio. Tudo bem?

    Tenho dupla cidadania e vou terminar o ensino medio no Brasil, porem, gostaria de cursar o ensino superior na Italia, gostaria de saber como eu faço para entrar para entrar em uma universidade de la, que tipo de prova… Como funciona esse processo?

  • Rafael Valle

    Ola Fabio,

    Meu nome è Rafael Valle e estou precisando muito de ajuda, agora jah sao quase 10 anos que moro na Italia, sou musico, mas decidi voltar para o Brasil e entrar em uma faculdade. Minhas duvidas sao as seguintes:
    1) Eu estudei atè o 4 superiore do Liceo linguistico ( fiz dois anos em um instituto tecnico e outros dois no liceo), no consulado me disseram que isso jah bastaria para reconhecer meus estudos no Brasil e poder prestar um vestibular, voce me confirma isso? pois tenho essa duvida a anos!!

    2) se eu concluir um ano de faculdade no Brasil, posso voltara Italia e entrar diretamente no curso que estou fazendo? ( no caso seria fisioterapia) ou seja, no primeiro ano de Fisioterapia na italia.

  • Luiza Aparecida Bueno Faggiano

    Ola.. Muito Bom seu artigo, tenho uma duvida, estou muito interessada em ir para italia pegar cidadania do meu marido, nós temos um filho de 3 anos. Penso em ele ir sozinho para agilizar a documentação e eu vou com o nosso filho depois, Chegando ai na Italia, meu marido e meu filho serão considerados cidadães italianos, para entrar em fila para conseguir vaga em escola, é muito dificil? os preços das escolas particulares para esta faixa étaria é muito salgado? Obrigada. No caso o nosso filho não fala italiano, tem alguma escola bilingue? Obrigada pela ajuda

  • cleide de sousa maciel

    ola eu queria muito saber eu sou casada com um italiano eu tenho um filho que tem 18 ano ele vive no brasil ,agora ele quer mora aqui comigo na italia eu preciso saber sim ele pode viver aqui tambem sim ele pode estudar aqui , ele e resgistrado so no meu nome . ele e filho adotivo .. como eu devo fazer ,porfavor mim ajuda como eu devo fazer ? obrigado

    • Olá Cleide

      Você tem um permesso di soggiorno, certo? Basta ir até a questura da região onde você mora e perguntar a eles quais documentos são necessários para poder dar um visto também para este seu filho, entendeu?

      Abraços

  • carolina

    Olá, Fabio. Tenho 2 filhos de 2 e 3 anos de idade e ficarei de agosto a novembro em Lucca para acompanhar meu esposo que está concluindo o mestrado. Gostaria de matriculá-los em um asilo ou scuola dell’infanzia. Você acha que é possível conseguir vaga nas escolas do governo. Nesse caso, como devo proceder para fazer a matrícula à distância? Obrigada.

    • Olá Carolina tudo bem?

      Para poder usufruir do sistema de ensino público é necessário ser residente, pelo que entendi você passará apenas 3 meses aqui, é isso mesmo? Se sim dificilmente você conseguirá uma vaga.

      Abs

  • Iolanda

    Olá Fabio, tudo bem?
    Então tenho 24 anos e faço faculdade de medicina na Russia (em inglês) vou fazer minha dupla cidadania Italiana nesse meio tempo em que me formo em medicina, mas gostaria muito de fazer residência na Itália!! Você saberia me informar se é possível e como funciona a residência médica na Itália?? Grata desde já

    • Olá Iolanda tudo bem?

      Infelizmente não tenho a menor ideia, entre em contato com o consulado italiano ai mesmo na Russia que eles com certeza te darão melhores informações, ok?

      Abraços e bons estudos 😉

  • Gaby

    Olá Fábio!
    Entao, eu sou casada e moro na Italia, infelismente fiz so ate a 8° serie pois tive q larga os estudos pra trabalhar, e agora eu gostaria muito de terminar os meu estudos aqui na Italia, vc sabe me dizer o que eu tenho que fazer? E se eu termino os meus estudos aqui, eles sao reconhecidos no Brasil tambem? Gostaria de saber tambem, se 8°serie quer dizer, Scuola Secondaria di primo grado (antigamente Media Inferiore) aqui na Italia?
    Desde jà eu te agradeço, obrigada! E a primeira vez que eu leio o seu blog e gostei muito, voce esta de parabens.

    • Olá Gaby tudo bem?

      Simples, você tem que obter a maturità italiana, como eu explico na série Estudar na Italia, ok?

      Abraços

  • claudia

    Olá Fábio.Sou brasileira,casada com um italiano.O meu filho que concluirá o 8º ano esse ano pretende ir para a Itália no próximo ano. Você sabe me informar, se no caso da mudança ele poderá cursar a partir de setembro a scuola média superiore? Os meus filhos já são todos cidadãos italianos. Obrigada pela atenção !! Se possível,aguardo resposta.

    • Olá Claudia

      Somente o consulado italiano poderá responder esta dúvida, com base nos documentos escolares que vocês mostrarão a eles para a emissão da ‘dichiarazione di valore’

      abs

      • claudia

        Oi,Fábio

        Muito obrigada pela sua atenção!
        Um abraço! Claudia

  • Oi!!!Fabio!Sou Lindair ,Sou Brasileira.Fui casada com um Italiano,hoje sou Divorciada,tenho 3 filhos eles são trigêmios estão com 07 anos de idade,eu tenho dupla cidadania ja faz mais de 15 anos,meus filhos nasceram no Brasil mas ja foram registrado na comuni Italiana na Italia,eles ja tem passaporte estamos todos documentados.Gostaria que vc.me ajudasse a esclarecer umas duvidas !se vc.pudesse por favor?Quero me mudar para Milano no Ano Proximo,mes de Agosto,assim as crianças podem começar o Ano Letivo ai na Italia.Olha Eles são Trigêmios ,2meninas e um menino,Gabriella,Bianca e Matteo,Mas Gabriella e uma criança especial ,ela tem paralisia cerebral,os outros dois são normais,Gostaria de saber se vc.conheci em Milano uma escola ou centro de Reabilitação que eu possa colocar Gabriella,porque ela nãoergunda pode ser engresada numa escola normal ,porque ela e totalmente 100 por cento dependente e não fala não exerga e preciso que seja uma escola para crianças especiais..Vc.pode me ajudar? Há tenho outra pergunta:Voce sabe se posso ter alguma ajuda do governo por ter Trigêmios e ter uma criança especial?Que tipo de ajuda posso obter do Governo.Quais os Beneficios,ou onde eu devo procurar imformaçao sobre tudo isso..Se vc.puder me ajudar vou ficar muito agradecida;
    Há!!!vc.sabe se em Milano tem alguma ONG que possso procurar imformaçoes ou até mesmo ajuda?. Obrigada Fábio,espero que vc.possa me responder .Obrigada.Lindair.

    • Olá Lindair tudo bem?

      Não tenho ideia, eu sugiro que você utilize o google.it para procurar aquilo que deseja, ok?

      Abraços e boa viagem!

  • Tiago Cardoso

    Em tempo: tanto eu quanto minhas filhas temos dupla cidadania, brasileira e portuguesa.

  • Tiago Cardoso

    Oi Fábio,

    Excelente matéria e muito legal a tua disposição de tirar nossas dúvidas. Vou prestar exames para uma universidade em Roma e, se tudo der certo, me mudarei para lá junto com mulher e filhas (12 e 14 anos, respectivamente cursando o sétimo e o nono anos do nosso ensino fundamental) no fim deste ano. Uma coisa que está nos preocupando é a questão da escola para elas, em especial a diferença entre o início dos anos letivos do Brasil e da Itália. Sabendo que elas só farão jus a seus diplomas em dezembro, pergunto: elas podem ingressar numa escola italiana com o ano em curso ou elas forçosamente terão que perder um ano?

    Muito obrigado pela atenção.
    Abraço,

    Tiago

    • Olá Tiago tudo bem?

      Não é possivel entrar no meio do ano, até porque existe um prazo fixo para inscrever-se, o que significa que caso vocês cheguem aqui no final do ano, as meninas só poderão entrar na escola em setembro do ano seguinte.

      Abraços e boa viagem a todos 😉

  • Letícia

    Oi! Td bem? Termino a faculdade de medicina no ano que vem e gostaria de fazer residencia em pediatria na Itália…. vc tem alguma informação a respeito?

    Obrigada

    • Olá Letícia

      Entre em contato com a universidade que você pretende realizar a residência e pergunte diretamente a eles quais os critérios exigidos, ok?

      Abraços

  • silvania

    ola gostaria de saber quais os documentos necessario para uma criança estudar na italia?

    • Olá Silvania

      Especifique melhor a sua pergunta: a criança é cidadã italiana? Um dos pais é italiano? Ela tem visto para permanecer legalmente aqui?

      Veja que existem diversos fatores que eu preciso conhecer pra responder sua pergunta, ok?

      Abraçcos

  • Andrea

    Olá Fabio,

    Estou indo fazer mestrado em Milão e meu filho de 12 anos está indo comigo, mas não tem nenhuma noção da lingua. Estou na duvida se o coloco em aula particular aqui. Porém, como só dispomos de 6 meses até nos mudarmos, vai ser puxado (e caro) e não sei se vai vai valer a pena ou se o coloco em uma aula regular iniciante só pra que ele tenha a base.
    Você sabe como se dá esta adaptação para alunos estrangeiros?
    Obrigada!

    • Ola Andrea

      Com certeza è melhor que seu filho jà venha com algum cohecimento da lingua piuttosto che chegar aqui sem saber nada.

      Abraços

  • Denise

    Ola Fabio!! Olha eu aqui de novo

    Entao essa història de precisar ter a cidadania para equipollenza dos meus estudos é ‘tutto una balla’.
    Gostaria de conseguir fazer meu exame de maturità, e comprovar meus estudos (Graças a Dichiarazione di Valore que consegui no Consulado) sem ter q fazer mais 4 , 5 anos.Senao nao teria senso eu ter feito uma Declaraçao de Valores justo???
    Ai ai ai,Em quanto tempo vc conseguiu teu exame de maturita, entre ter q fazer os outros exames e as matérias que te faltavam?

    Obrigada!

    • Eu recomendo que voce procure um CTP (Centro Territoriale) que ofereca cursos como o que eu fiz, todas as instrucoes estao nos artigos que escrevi, ok?

      Abracos

  • Denise

    Salve mi chiamo Denise Jupi de Lima, sono brasiliana,ho 25 anni,abito in Italia da 5 anni e vorrei dare continuità ai miei studi qua in Italia.
    Ce l’ho in mano tutti i miei documenti scolastici brasiliani (2° grado completo, o sia 11 anni di scolarità), tradotti, legalizzati presso Consolato Generale di Italia a San Paolo, Brasile, compresa anche la Dichiarazione di Valore, che mi permette di fare l’equipollenza degli studi qua.Questa è stata l’informazione datta al Consolato.
    Vorrei poter capire di farla in modo che non dovrei fare tutti i 5 anni di superiori, ma riuscire ad integrarmi nelle materie che mi mancano per poter così, accedere all’esame di maturità e poi in futuro l’Università.
    Inviando un’email all’ufficio scolastico a Treviso nell 2011, mi hanno passato l’informazione che per poter fare un’equipollenza avrei bisogno di essere cittadina italiana.
    Poi mi sono rivolta direttamente di persona al provveditorato e mi hanno dato la stessa informazione, che dovrei dirigermi direttamente ad una suola, o sia scegliere un’indirizzo che l’ potevano farmi un’equipollenza.

    Adorei teu site, muito bem explicativo, nao sei o que fazer estou muito confusa…help!!!hehehe

    • Ciao Denise, tutto a posto?

      Allora, secondo la università di Pisa, serviva solo il diploma di maturità, non potrei fare solo qualche materie, poiché queste non mi darebbero nessun titolo valido e non servirebbero da soli, senza la maturità, quindi ti consiglio di rivolgersi all’università che vorresti studiare, anche perché, alla fine, saranno loro che decideranno la tua iscrizione, ok?

      In bocca al lupo!!!

  • pollyana

    Ola Fabio,

    Quero fazer mestrado na area de Direito na Italia. Gostaria de saber se o meu titulo vai ser reconhecido aqui no Brasil!

    Obg!

    • Ola Pollyana

      É necessário que voce solicite ao consulado italiano a ‘equiparacao do seu diploma’, com isso eles vao verificar se é possivel a utilizacao dele aqui na Italia, ok?

      Abracos

  • Flavia

    Oi Fabio!tudo bem?
    Queria algumas informaçoes suas,bem,estou morando aqui na italia vai fazer 01 ano(vivo fuori de milano) e sou casada com cidadao italiano e quero fazer uma universidade por aqui,estou esperando os meus documentos do consulado do brasil/cursei universidade de psicologia no brasil por 4 anos),bem,è que ainda nao domino o idioma italiano,a pronuncia,essas coisas,para entrar em uma universidade tenho que fazer um exame de italiano? E for sim,como è? è muito dificil?Eu entendo bem o italiano,o problema è eu me comunicar e escrever. Bem,um abraço e aguardo noticias.

    • Ola Flavia

      Depende da universidade e do curso que voce pretende fazer: existem cursos livres (liberi) e outros que sao a ‘numero chiuso’ ou seja, pra estes è necessàrio um exame classificatòrio. Geralmente os cursos da area da saùde sao todos a numero chiuso.

      Abraços

  • Ola Anonimo boa noite

    Existem jà quatro posts aqui mesmo no blog sobre como entrar na universidade italiana, quais os documentos necessàrios e também como complementar os estudos, ok?

    Abraços e sucesso!!!

  • Anonymous

    Olà Fabio
    Por gentileza, se puder me dar essa informaçao:
    Meu filho termina o ano que vem o 3. ano da escola media no Brasil. Quer estudar numa universidade na Italia pois tem o seu irmao que mora là. O que é preciso fazer para ele conseguir entrar numa universidade? Talvez seja em Bolonha ou Florença. Ele faz algum exame, ou precisa estudar mais um ano, enfim… o que ele precisa fazer? Desde ja agradeço pela tua resposta! Um forte abraço!

  • Ola Liza tudo bem?

    Infelizmente ao tenho conhecimento especifico na àrea que voce procura – eu recomendo que voces entrem em contato diretamente com a universidade ou entao diretamente com o consulado italiano – settore studio, ok?

    Abraços

  • Olá Fábio, como vai?

    Meu primo já fez a cidadania dele e vai formar em medicina no final deste ano. Ele gostaria de fazer a residência médica – como é chamado aqui no Brasil – ai na Itália.
    Ele gostaria de fazer a residencia em cirurgia e na universidade em Bolonha!
    Você sabe me dizer como ele deve proceder?
    Obrigada

  • Ola Daniela seja bem-vinda!!!

    Se voce estudou apenas 11 anos, deve estudar outro ano aqui na Itàlia e consequentemente conseguir o diploma di maturità para que seja possivel a inscriçao universitària.

    Abraços

  • OI Fabio, estou lendo pela primeira vez o teu blog.
    Tenho algumas duvidas sobre estudar na Italia.
    Moro em milao fazem 9 anos, e gostaria de voltar a estudar, ou melhor, começar a universidade aqui. Como posso fazer pra começar uma universidade aqui se estudei 11 anos (metodo antigo do brasil)?

    Agradeço muito pela sua atençao

    Daniela
    daniele.rampazio@hotmail.it

  • Ola Karina bom dia

    Na maioria das cidades existem cursos oferecidos para cidadaos estrangeiros para o estudo da lingua italiana – porém nao recomendo este tipo de curso, pois se aprende muito pouco!

    Recomendo que voce procure um curso particular intensivo ou semi-intensivo para que possa conseguir num pequeno periodo de tempo uma fluencia melhor da lingua!!!

    Abraços

  • Karina Meneguelli

    Olá Fábio, gostaria de alguns esclarecimentos de como estudar italiano na Itália. Já sou cidadã italiana, o governo dá alguma espécie de ajuda? Como funciona?
    Obrigada.

  • Ola Jacob

    Sim, tranquilamente.

    Forte abraço!!!

  • olá ainda se pode dar entrada na cidadania na ITÁLIA?

  • Pois é… tbm quero saber mais sobre pós graduação… meu sonho é fazer uma pós na Itália… Abraços

  • Oi Fábio, muito obrigada pela atenção!!!

  • Ola Nathaly

    Depende se voce pretende inscrever seu bimbo num asilo privato o pubblico. Os asilos privados tem a inscriçao aberta durante todo o ano, jà o ‘asilo communale’ tem uma ordem de entrada, pois muitas vezes existem mais crianças do que comporta. E’ importante verificar qual o asilo faz parte da sua regiao, que è baseada no local da sua residencia. Os documentos para inscriçao tambèm variam, mas via re regra è necessàrio apresentar o certificato di residenza, dichiarazione dei redditti e tambèm o libretto delle vaccionazioni da criança.

    Abraços

  • Caro Fábio,
    O Asilo Nido e Scuola dell’infanzia também inicia em setembro? Ou nestes casos, a criança pode ser matriculada em qualquer mês do ano?
    Muito obrigada!

    Coroker Nathaly

  • Olá Fábio, lhe enviei um email. Aguardo sua resposta.
    Grande abraço

    André Pitta

  • Ola Felipe

    No pròximo post sobre Estudo na Itàlia falaremos também sobre os documentos necessàrios para entrar na universidade.

    Abraços

  • Ola Janaina

    Pode deixar, chegaremos no ensino superior em breve rsrsrs

    Abraços 😉

  • Oi,tudo bem, estou na Italia, para pegar a cdadania, e depois ingressar na faculdade, porem terminei o segundo grau no Brasil, o que eh necessario para entrar na faculdade?
    terei que fazer um ano extra?
    se tiver cursei um ano de contabilidade como curso texnico na Australia, posso usa-lo como um ano de estudo, no sentido de nao fazer um ano extra?
    abraco
    Felipe

  • Oi Fabio! Obrigada pelas explicações, realmente é meio confuso rsrsrs.
    No próximo post, que será dedicado ao ensino superior gostaria que, se possível, você falasse também sobre como funciona a pos-graduação.
    Daqui 2 anos termino meu doutorado e pretendo fazer pós doutorado na Itália, mas nem sei por onde começar. Meu orientador não gosta muito dessa ideia então terei que me virar sozinha.
    Abraços!
    Janaína