A força de um planejamento bem sucedido

Comentário recebido em 2 de janeiro de 2016:

Ciao a tutti.

Excelente relato, é sempre bom saber a história das pessoas.

Eu consegui minha cidadania no consulado de Curitiba depois de uma espera de 13 anos!!! Assim que consegui, juntei o pouco que consegui 10 anos trabalhando no Brasil, um Fiat Punto financiado…

Comprei o manual de vida na Itália, li muito, pesquisei muito e comprei a passagem pra Milano, paguei um quarto no air BNB por duas semanas em Pioltello, perto de Milano.

Chegando aqui fiz um acordo com o dono do imóvel e paguei adiantado 6 meses por um quarto a um preço muito bom.

Sou formado em design e trabalhei muitos anos como projetista mecânico de carretas. Vim com a dichiarazione di valore e aqui liguei uma metralhadora de disparar cv.

Depois de um mês aqui, consegui 5 entrevistas de emprego em uma única semana.

Sábado já fiz um teste e na outra segunda comecei meu período de experiência.

Hoje estou indo pro quarto mês de trabalho, em uma empresa em Grassobbio, região de Bergamo. Mesmo trabalhando em Bergamo continuei por mais de um mês morando em Pioltello e indo de trem/ônibus pra Grassobbio.

Recentemente aluguei um apartamento em Seriate (BG), minha noiva veio di Brasil e logo nos casaremos aqui.

A região de Bergamo é forte na indústria, o bergamasco é um povo extremamente trabalhador, tem industriais de várias partes do mundo que montam sede aqui pela qualidade do trabalho bergamasco. Por outro lado são muito fechados, porém depois que você consegue a confiança deles, eles fazem tudo por você, te ajudam no que precisar…

Como já mencionei, venho de Curitiba, já sou acostumado rsrs

Aqui na Itália sempre fui muito bem tratado, na agenzia delle entrate, ASL, imobiliaria, comune de Pioltello.

No comune de Seriate, quando fui fazer a residência o atendente foi meio seco até que ele me perguntou e eu falei que era progettista meccanico aerospaziale e que tinha um contrato de trabalho por tempo indeterminado, a conversa mudou.

Também não tenho o que reclamar do vigile, que me ligou pra combinar um horário, pois estou no meio de um projeto de um helicóptero e não fico muito em casa.

Tenho uma boa experiência de trabalho no Brasil, também tive sorte, planejei antes cada passo aqui na Itália e hoje estou feliz por ter conseguido.

Aos poucos as coisas vão se ajeitando, logo compro um carro e posso ir aí na toscana te agradecer pessoalmente, Fabio.

Buona serata, arrivederci!

Luciano

A FORÇA DO PLANEJAMENTO

planejamento bem sucedido

Como vocês puderam perceber nos artigos anteriores, eu quis terminar o ano de 2015 e iniciar este ano com mensagens positivas.

E ao receber este comentário, não consegui conter um enorme sorriso!

Primeiro, pela gratidão em saber que, de alguma forma, pude participar ainda que indiretamente ajudando o Luciano a se estabelecer aqui na Italia. Este foi o principal pensamento e cuidado que eu tive quando escrevia o Guia Prático da Vida na Italia (que já está na sua 3ª edição).

E também por ver mais uma pessoa vencer, principalmente no meio de tanta notícia ruim!

Quem me acompanha há algum tempo, sabe que a minha filosofia é que quem fica parado é poste!”

E que sempre me incomodei quando as pessoas ficam sentadas, com a bunda na cadeira, reclamando da vida. Todos os dias recebo mensagens de que a Italia está em crise, o Brasil está aos pedaços, o mundo está em guerra, enfim – tudo está horrível.

E, dentro do meu pequeno e minúsculo mundo, tento fazer com que estas pessoas percebam que nós temos que ser a mudança que queremos ver nos outros.

Há cerca de 2 anos gravei um vídeo, onde explicava sobre a tal “crise na Italia” e é impressionante como ele continua atual!

No meio dos 20 minutos que tem o vídeo, lá pelo minuto 11′ compartilhei o caso de uma amiga, que chegou aqui há 10 anos para obter o próprio reconhecimento. E porque tudo deu errado – não em relação ao processo – mas sim às suas expectativas de vida.

Basicamente, ela tinha um currículo maravilhoso, porém não falava a língua, não conhecia a Italia, não sabia bem o que queria, se viver aqui na Italia ou ir para a Inglaterra, e pior: ela não tinha INICIATIVA!

O PODER DA PROATIVIDADE

Proatividade

Conhecimento é a chave!

Enquanto pessoas reclamam da crise, outros aproveitam as oportunidades que ela cria.

Não vence quem espera as coisas acontecerem; mas sim quem corre atrás dos próprios objetivos!

Da mesma forma que nosso querido Luciano está fazendo, vejam a beleza do processo de planejamento dele:

  • ele planejou a sua vinda à Italia;
  • veio pra cá, alugou um local provisório, até se estabelecer (estudou a região onde tinham mais oportunidades);
  • preparou o seu curriculum e uma vez aqui, o disparou aos locais onde ele já sabia que se interessariam (estudou o seu mercado de trabalho e se planejou a ele!);
  • Obteve várias entrevistas (colhendo os frutos do planejamento);
  • Alugou um imóvel definitivo, para poder se casar e iniciar a sua família (planejamento familiar!).

E você aí, vai ficar reclamando que o mundo é cruel, ou vai arregaçar as mangas e correr atrás dos seus objetivos?

A escolha é sua, somente sua…

Ps. Caso a história do Luciano ainda não tenha sido suficiente para te motivar a correr atrás de uma vida melhor, veja o que eu passei aqui na Italia, para chegar onde eu cheguei.

  • Tupac Petrillo

    Caro Fábio, parabéns pela saga!
    Possuo a cidadania italiana há muitos anos já, e vim a Portugal fazer doutorado. Me mudei com a família para cá, pois são 04 anos de estudo. Meu passaporte venceu, e a mudança de AIRE demorará seis meses, segundo o consulado de Lisboa.
    Somente então poderei solicitar outro passaporte.
    Em resumo, fiquei sem documento válido comprovante de cidadania, o que compromete toda a vida da família. Estamos apenas com passaportes brasileiros.
    Haveria alguma possibilidade de assessoria sua para eu tirar a carta de identitá?
    A embaixada italiana de Lisboa disse que demora mais que o passaporte se eu pedir por aqui…
    Verifiquei, em legislação, que existe a possibilidade de um passaporte temporário, com validade de um ano, aqui na Europa, visando a proteção de interesses dos cidadãos italianos. Conhece alguém que tenha usado esse caminho com sucesso?
    Sempre que vou aos consulados, me sinto como uma baleia numa festa de sardinhas, deslocado e desprezado kkkk.
    Tenho possibilidade de deslocar-me para a Itália com relativa facilidade, via low cost, mas precisaria de um comprovante de endereço para a confecção da carta de identitá, correto?

  • Cesaria Congiu

    Olá Fabio!
    Já tenho a cidadania e estou com o passaporte vencido. Vou agendar para tirar outro mas não sei se estou inscrita no A.I.R.E. Tem como consultar se estou inscrita? Recebo cédulas eleitorais da Itália, isso significa que já estou inscrita no A.I.R.E?

  • Paulinha Candini

    Ola, Fabio, muito bom o seu blog! gostaria de saber se para entrar com o processo de reconhecimento na Italia, preciso ficar um mes para comprovar residencia? se nao puder, isso pode ser feito por procuracao, por exemplo, meu pai que tambem entraria no processo , me representar na Italia? Obrigada

    • Olá Paulinha tudo bem?

      Na verdade, você deve permanecer o tempo necessário para a realização do seu processo, e principalmente para a confirmação da residência. Por se tratar de um processo burocrático feito por funcionários e órgãos públicos, não há como definir o tempo correto de cada processo. Abraços

  • Luiz Rogério Blumenthal

    Olá, Fábio! Muito obrigado por compartilhar tao generosamente o seu conhecimento online. Minha dúvida é quanto à mudanca da regra que nao limita o número de geracoes para obtencao da cidadania italiana. Isso pode vir a mudar? Se sim, você tem alguma ideia de quando isso mudará? Quero dar inicio no processo esse ano ainda, por medo de que mudem a regra e limitem o direito. Obrigado.

  • paschuino pardi

    buon giorno fabio!, primeiramente quero parabeniza-lo pela qualidade do blog, muito esclarecedor e bastante didático, graças a DEUS ja possuo minha cidadania desde 2011, estou em vias de aposentar, e quero muito morar na itália, mas como vc sabe aposentado no Brasil pelo regime clt, tem que continuar trabalhando, pela sua experiencia, vc acha que eu com 54 anos, com saude, tenho um nivel intermediario de conversação italiana, consigo qualsiasi lavoro por ai?

  • Olá Marcos tudo bem?

    Para dar entrada em outro consulado, você precisa ter um visto por tempo indeterminado ou de longo período. Se tem, pode sim dar entrada por aí. Abraços

  • Olá Leonardo infelizmente não conheço aquele comune e nem as exigências deles. Abraços

  • Olá Fernando tudo bem?

    Eu que agradeço pelas palavras e pelo carinho! Sobre a região de Verona, sinceramente nenhum comune por lá é indicado, pois nos últimos anos houve uma verdadeira orda de brasileiros por lá, com muitos problemas e documentos falsos, portanto se puder vá para outra região, que não seja a província de Verona, por exemplo, ok? Abraços

  • Olá Caroline tudo bem?

    Não existe nenhuma relação entre uma coisa e outra.

    Abraços

  • Luciano

    Ciao Fabio. Fiquei feliz pois minha história serviu de exemplo. No comentário contei minha história de uma maneira resumida, pretendo te mandar de uma maneira mais completa. Completando seu comentário, antes de vir pra cá as pessoas me perguntavam por que eu estava indo pra Itália durante uma crise, eu respondia: “estou indo justamente porque a situação na Itália está ruim, é melhor que estar no Brasil, que a situação está péssima”. Um ano procurando emprego no Brasil e recebo apenas um telefonema pra ganhar 1200 reais, tendo que percorrer 60 km de carro por dia.
    Lembro bem de um vídeo seu falando sobre emprego na Itália e você disse que cada caso é um caso, você não sabe dizer como está determinadas áreas que você não tem conhecimento. Pra mim só restou uma maneira de saber… Vir pra cá rsrs
    Sempre serei grato pela ajuda.

    Um abraço

  • Ana Claudia

    Também não pude conter um sorriso ao ler este relato, muito também pela coincidência! Também esperei 13 anos para minha cidadania sair e meu plano é me mudar exatamente para Bergamo! Estive lá de férias 5 anos atrás e me encantei com a cidade. Constatei que ela fica em uma localização estratégica, próximo a Milão e apesar de não ser tão grande quanto, possui uma ótima infraestrutura e ao mesmo tempo é tranquila, perfeita para mim que sou de São Paulo e tenho uma filha de 4 anos. Busco sobretudo segurança e qualidade de vida. Como sou formada em letras e sempre trabalhei na área do turismo e aviação pretendo buscar trabalho no aeroporto de Orio al Serio e também trabalhar online com traduções e quem sabe, até dar umas aulas de reforço de inglês para crianças, já que como aqui no Brasil, sei que na Itália as pessoas de modo geral têm dificuldade com o idioma. Nem todos apoiam minha decisão de largar um emprego estável aqui e partir sozinha com uma filha tentar a sorte, mas também penso que somos nós quem criamos nossas oportunidades e não me deixo desanimar pelo pessimismo alheio. Fico feliz de ver que pessoas que pensam como eu foram e venceram. Espero ter a mesma sorte! Sei que vou fazer minha parte para que isso aconteça. Desculpe pelo longo relato e estou aguardando a segunda parte do guia, que pelo que entendi será sobre empreender na Itália, certo? (Isso está nos meus planos em uma segunda fase). Ah, vi o vídeo da técnica SMART e achei perfeito! Já estabeleci e planejei todas as etaps e parto em abril, se Deus quiser! Parabéns ao Luciano pela conquista e obrigada ao Fábio por compartilhar conosco seu conhecimento sobre a Itália. Te indico prá todos que querem tirar a cidadania! 🙂 Auguri! Ana Claudia Rizzuto

    • Olá Ana tudo bem?

      Neste caso, quero que a próxima história de sucesso aqui no blog seja a sua! Forte abraço!

      • Dhaiana Gonçalves

        Ana me emocionei com seu relato, estou na luta também pelos documentos e pretendo ir em Março com minha filha de 2 anos. Toda sorte para você.