Brasileiros na Italia – Beatriz Altimari (Prato)

Ciao a tutti

Hoje quero apresentar a vocês a queridíssima Beatriz Altimari – que tive o prazer de conhecer há algum tempo aqui na Italia.

Embora este artigo já tinha sido publicado anteriormente, resolvi reescrevê-lo e republicá-lo, pois a história de vida e principalmente de sucesso da Beatriz é um exemplo a ser seguido!

BRASILEIROS NA ITALIA: BEATRIZ ALTIMARI

Além de ser uma pessoa super divertida, ela também é uma profissional extremamente competente, já fez mil e uma atividades tanto no Brasil quanto aqui na Italia e pouco antes de nos dirigirmos para a rádio, ela me deu uma entrevista exclusiva sobre a sua vida aqui na Italia, acompanhem:

Beatriz Altimari ganhando prêmio de melhor programa

COMO VOCÊ VEIO PARAR AQUI NA ITALIA?

Eu sou de origem italiana, minha avó cresceu junto com a sua nonna e sempre nos falou sobre a Italia e desde então eu criei uma grande paixão pelo pais, morrendo de vontade de conhecer a terra dos meus antenatos.

Após terminar a faculdade de jornalismo no Brasil, conheci meu primeiro marido – um italiano que vivia no Brasil – nos casamos e decidimos vir morar na Italia, na região da familia dele, em Foggia.

Permanecemos por dois anos e por questões profissionais retornamos ao Brasil – mas a minha cabeça sempre ficou aqui na Italia.

Aproveitando a experiência que eu havia obtido na Italia, comecei a vender soluções de websites para o público italiano – e isso foi muito bacana, pois todas as transações eram realizadas completamente online – a negociação com o cliente, a elaboração dos sites, o pagamento dos serviços e também o suporte.

Durante este tempo, me separei deste meu marido, e com os negócios indo de vento em popa, conheci o meu atual marido, que era um dos clientes que eu prestava serviços online.

Depois de muito namoro, nos casamos e mais uma vez voltei a Italia, onde não mais sai.

NOS CONTE COMO FOI SUA ADAPTAÇÃO AQUI NA ITALIA

No começo foi muito difícil, seja para meus filhos, seja pra mim (Beatriz tem dois filhos nascidos aqui na Italia), pois enquanto no Brasil eu já era uma profissional respeitada, com minha carreira jornalística estabelecida, aqui na Italia eu tive que começar do zero.

Me lembro que quando as pessoas liam o meu currículo, onde constava que eu já havia feito jornal, televisão, rádio, mídia digital e mais um bocado de coisas, elas não entendiam como com tão pouca idade eu já tinha feito tanta coisa.

Foi quando eu percebi que aqui na Italia as coisas eram diferentes: o profissional é mais limitado dentro da sua área, preferindo se especializar apenas numa determinada direção e isso foi um baque muito grande no início.

Felizmente consegui mostrar que o profissional brasileiro é muito mais generalista e versátil, podendo atuar em diversas áreas e hoje eles entendem e valorizam bastante o tipo de profissional que somos.

VOCÊ ACREDITA QUE A CRISE TEM A VER COM ISSO?

Com certeza! A mentalidade do italiano mudou muito por causa da crise, pois foi necessário abrir os horizontes e pensar de forma muito mais ampla, e devido a isso eles conseguem hoje enxergar e até preferir um profissional multi-disciplinar.

QUAIS OS PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA ITALIA?

Eu amo a Italia! A comida é maravilhosa, as cidades são lindas e cada canto da Italia é rica em história, cultura e cada região é diferente uma da outra – eu sou completamente apaixonada pela Italia.

E OS PONTOS NEGATIVOS?

Preconceito! Ainda existem muitos italianos preconceituosos com os imigrantes, e isso é algo muito complicado.

MAS VOCÊ JÁ SOFREU ALGUM TIPO DE PRECONCEITO?

Eu nunca sofri, pois dizem que eu tenho cara de italiana rsrsrs.

Tanto é verdade que certa vez dentro de um ônibus, alguns italianos começaram a reclamar de estrangeiros, e eu tinha acabado de chegar aqui.

A única coisa que eu fazia era consentir com a cabeça, pois qualquer palavra que eu dissesse, descobririam que eu também era uma estrangeira rs

E O SEU TRABALHO AQUI NA ITALIA? COMO VOCÊ CONSEGUIU SE SOBRESSAIR AQUI?

No início foi difícil como qualquer imigrante, pois a gente fica bastante perdido sobre como as coisas funcionam, as diferenças culturais e tudo mais.

Eu tive muita sorte, pois conheci pessoas bacanas que me apresentaram ao pessoal da rádio que eu trabalho hoje e no fim das contas praticamente foi acolhida por todos.

Eu tenho completa liberdade sobre o que eu falo no ar, posso falar em português, italiano, portuliano e tudo mais que eu quiser fazer – isso me deixa bastante tranquila para experimentar diversos formatos.

E O SEU ENVOLVIMENTO COM A EMBAIXADA DO BRASIL?

Eu comecei a criar laços com o consulado através da comunidade Brasileiros em Firenze que eu administrava no Orkut.

Ali conseguimos mobilizar bastante gente, e o ápice da colaboração foi quando conseguimos a realização do consulado itinerante em Firenze, para atender durante alguns dias os brasileiros que vivem aqui na Toscana.

E COM O MONUMENTO VOTIVO EM PISTOIA?

Através dos trabalhos com o consulado, conheci muitas pessoas e dentre elas o maravilhoso Mario Pereira (administrador do monumento) e desde então me apaixonei pelas obras dos pracinhas no Brasil e juntos desenvolvemos a idéia do site do monumento e finalmente neste ano conseguimos colocar no ar.

PROJETOS PARA OS PRÓXIMOS MESES?

Em breve juro que te contarei em primeira mão um projeto bastante legal, mas assim que acontecer você vai ser um dos primeiros a saber 😉

Depois desta entrevista deliciosa fomos para a rádio, entramos no ar e foi só alegria, vejam as fotos do acontecimento:

Amanhã publicarei a matéria com a minha entrevista na rádio, que foi divertidíssima 🙂

  • MAGDA BOUCHAT

    Olá, Meu Nome é Magda Bouchat, sou de Juazeiro da Bahia, sou radialista desde 1991, também sou Pedagoga, pretendo ir morar em Turim, não sou formada em Jornalismo tenho cursos de Radio e DRT, gostaria de Saber como faço para ser Radialista na Italia.

  • Rose Lucena

    Fábio, eu amei a entrevista. Foi extremamente esclarecedora e de suma importância para todos nós que vivemos aqui na Itália. Eu tenho inúmeras certificações, pois passei minha vida estudando e o que a nobre jornalista falou é uma verdade. Eles nos olham como se fôssemos ET’S, por sermos jovens e termos estudado tanto kkkkkkkkkkkkkkkk. Seu blog é simplesmente maravilhoso!!
    Parabéns!!

  • Olá Fabio, parabéns pelo post, foi muito divertido os 52 minutos e 30 segundos de programa na Radio Insieme (eheheheheh).
    Aproveitando, gostaria de saber se receberam meus e-mails de solicitação? Um através do site e outro diretamente para o seu endereço gmail.

  • Valeu, Fabio!!!! A mega novidade é que junho estarei estreando na Radio Fiesole tbem…com um super programa brasileiro e vc ja esta convidado !!! Um beijao grande para vc e Luciana!!!