“All’Italiana” – Prosciutto Crudo

A primeira impressão que temos ao conhecer o patrimônio cultural italiano prosciutto crudo é: ECA!

Não vou mentir e dizer que você olha para aquele pedaço da perna do porco e morre de amores à primeira vista – pelo menos não foi isso que aconteceu com praticamente todas as pessoas com que eu conversei sobre isso 🙂

“Uma coxa de porco pode se transformar em ‘prosciutto’ somente em algumas condições especiais”

É com esta frase que começa a propaganda do prosciuttificio San Daniele del Friuli, que fabrica um dos melhores presuntos italianos e que leva o nome da cidade onde é produzido: Prosciutto San Daniele:

PROSCIUTTO CRUDO, O QUE REALMENTE É?

Antes de mais nada, a palavra prosciutto no bom e velho português significa presunto.

Porém no Brasil estamos acostumados a comer o presunto cozido, como este da foto abaixo:

Embora é verdade que nos últimos anos, o Brasil também foi inundado de produtos importados, antes restritos apenas à população de melhor poder aquisitivo.

Hoje, é possível encontrar também o presunto cru – tradução do prosciutto crudo em vários mercados, também nas mais variadas embalagens:

Aqui na Itália, além do prosciutto crudo, temos também o prosciutto cotto (presunto cozido), tal qual no Brasil:

COMO É FEITO

O prosciutto é feito através da coxa do porco, e o nome prosciutto deriva do verbo “prosciugare” – secar.

Portanto podemos dizer que o prosciutto è uma espécie de carne seca – uma vez que foi ‘secado’ utilizando sal marinho.

Muitas pessoas quando chegam aqui na Itália e conhecem o famoso prosciutto torcem o nariz, pensando que se trata da carne crua do porco.

Porém a carne não é crua: ela passou por um processo chamado de stagionatura

Se trata de uma técnica que utiliza o sal marinho que, atrelado à determinadas condições ambientais, seca a carne e a transforma em prosciutto.

Veja abaixo um video sobre a transformação da coxa do porco em prosciutto:

Neste video podemos verificar as etapas que transformam a coxa, tendo como resultado final o maravilhoso prosciutto italiano, que pode ser saboreado de diversas formas

Abaixo alguns exemplos para te deixar com água na boca:

O panino con prosciutto é um clássico italiano!
Nos restaurantes é comum encontrar o antipasto “prosciutto e melone”
Claro que não poderia faltar aqui a pizza con prosciutto crudo

TEM MEDO DE PROVAR E NÃO GOSTAR?

Caso você ainda não tenha se convencido em provar desta delícia italiana, minha sugestão é a seguinte:

Vá ao supermercado e peça para o funcionário fatiar para você apenas algumas gramas, por exemplo 50 gr.

Ou ainda, você pode ir a um restaurante e pedir a eles um antipasto misto, que será algo parecido com esta imagem:

 

Ali você vai encontrar salame, queijo, azeitonas e claro, o prosciutto crudo!

Aliás, acabei de perceber que esta dica é talvez a melhor de todas, pois com tantos tipos diferentes de frios, você poderá comparar o sabor entre eles, e decidir se gosta ou não da nossa querida ex coxa do porco 🙂

Se gostou deste artigo, deixe um comentário aqui embaixo, pra que eu possa saber a sua opinião, combinado?

15 Comentários


  1. srsrsrsrs….OK Fabio. Vou pensar uns outros aqui e depois te falo. Sei la, por ex. Transporte Ferroviario, também é uma coisa bem usual por ai, que no Brasil nem se compara…..
    Ciao ciao!!

    Responder

  2. Opa, este eu encontrei aqui em Ribeirao Preto, rede Savegnago, mas penso que nas grandes redes deve-se encontrar também….Óbvio que nao deve sair muito, pois como vc mesmo disse, aqui nao é muito conhecido.
    Un abbraccio!!
    Posso sugerir dois topicos, rivalidade norte/sul e ou diferenca de vida norte/sul[o questo argomento viene vietato rsrsrs

    Responder

  3. Ola Barbara

    O pedido por naturalizaçao sò pode ser feito no exterior quando os conjuges tem mais de TRES anos de matrimonio. E o processo dura no minimo outros DOIS e no final a uniao ainda deve existir, caso contràrio o processo è extinto.

    Abraços

    Responder

  4. Fabio tenho mais uma pergunta, com qnto tempo eu posso dar entrada para pegar o passaporte italiano? ano que vem faz 2 anos de casada, ja posso dar a entrada agora? do que eu preciso pra fazer? obrigada bjs

    Responder

  5. Ciao Fabio, depois de ler este post, indo hoje ao mercado fazer compras fui procurar pra ver se achava aqui o prosciutto crudo, e o achei, dai comprei una “vaschetta” para experimentar…Bom não sei se é tão bom quanto o da Italia…..
    Un abbraccio!!

    Responder

  6. Ola Barbara

    O visto de familia è ligado diretamente ao conjuge que te permite faze-lo, significa que se a uniao è interrompida, voce nao conseguirà renova-lo, pois nao terà mais a motivaçao para faze-lo.

    Ele nao perde a validade se voces se separarem – continua vàlido pelo tempo que foi dado, somente no momento de renovà-lo è que nao serà possivel faze-lo pelos motivos que te expliquei acima, ok?

    Abraços

    Responder

  7. Ola, queria parabenizar vc pelo o blog e pedir uma luz a vc..
    estou passando um momento muito dificil, me casei ano passado dia 12 de junho e me separei(digo eu e meu ex marido nao vivemos mais juntos desde marco deste ano) eu tenho o visto de cidada italiana no meu passaporte brasileiro por causa dele, e ele quer se divorciar de mim, moro em Londres a 2 anos, e ele tem decendencia italiana, eu gostaria de saber, se eu me divorciar eu perco este meu visto? ou eu continuo com ele por mais 3 anos? tem alguma razao ao qual eles possam anular? por favor me ajuda, to desesperada, minha vida depende disso.. obrigado 🙁

    Responder

  8. Ciao Fábio,
    Então… só percebi que o prosciutto não era como o presunto brasileiro quando já estava mastigando rsrs, foi numa bella pizza. Isso em dez/2005. E por falar em pizza, não consegui comer a pizza inteira, porque aqui estamos acostumados a comer uma ou duas fatias de pizza…aí o garçom trouxe aquele prato gigante de pizza pra cada indivíduo rsrs aff isso que é ignorância rsrsss, tem que ter disposição alimentar…rs

    Responder

  9. Ola Alice

    Sim, existem vàrios prosciutto, os mais famosos sao o san Daniele e o Parma. O valor varia entre 5 e 30 euros o kilo – dependendo do tipo e do tempo de staggionatura do prosciutto 🙂

    O prosciutto nao deve ser colocado na geladeira, pois o processo que o transformou em prosciutto permite sua conservaçao “a lungo”.

    Abraços

    Responder

  10. Amo presunto parma, é a mesma coisa não é? Mas aqui no Brasil é muito caro. Quanto custa ai? Pois vc falou de comprar a coxa inteira. E quanto tempo dura a coxa fora da geladeira?

    Valeu.

    Responder

  11. Ciao Nathaly

    Voce teve algum tipo de preconceito ou jà chegou comendo o prosciutto???? Conta pra gente como foi sua experiencia 🙂

    E desculpe pela fome kkkkkkkkkk

    Responder

  12. Já experimentei o prosciutto na última vez que estive na Itália e realmente é “mara”!!!!
    Só que inventei de ver o blog antes de tomar café…afff que fome!!! rsrs

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.