Minha Saga – Iniciando o trabalho de consultor

Ciao amigos

Ano novo, vida nova!

Estamos começando um novo ano, onde as esperanças são renovadas, projetos são pensados e promessas são feitas…

Sem contar aquele monte de coisa que o povo faz na virada do ano pra atrair sorte:

  • Não comer nenhum bicho que ande pra trás;
  • Estar com uma nota de 100 euros debaixo do pé;
  • Segurar uma mala em uma das mãos, pois cre-se que assim a pessoa terá um ano com muitas viagens;
  • Colocar sementes de romã na carteira;
  • Comer lentilha, claro…;
  • Outras milhares de coisas que o povo inventa pra começar bem o ano rs

Agora eu fico imaginando, quando o relógio bater meia noite, o cidadão com a mala em uma das mãos, na outra o prato de lentilha junto com o bicho que “anda pra frente”, pisando na nota e tentando com o outro pé colocar as sementes de romã na carteira rs

Falando em ano-novo decidi ouvir os amigos: vou continuar escrevendo no blog, contando minhas experiências pós-cidadania, e inclusive já estou preparando o post sobre o pedido do passaporte – que inclusive fiz hoje 😉

E outra noticia em primeira mão a vocês:

Neste ano de 2008 inicio oficialmente o trabalho de consultor a todos que queiram vir a Italia fazer o reconhecimento de suas cidadanias por aqui!!!

Bom, vou contar a vocês como iniciei a ideia…

Quando cheguei aqui na Toscana percebi que meu amigo italiano tem muita moral no comune, pois mora aqui a vida inteira, a família é tradicional na cidade e por isso conhece as pessoas certas, tanto no comune quanto na questura.

Disse a ele que tinha alguns amigos que estavam com problemas aqui na Italia, pois estavam passando pelos mesmos problemas que eu havia passado lá na cidade de Loreto e perguntei a ele se era possível alugar um dos quartos da casa (aqui são quatro quartos fora as outras duas casas que ele tem).

Felizmente ele aceitou e neste momento, meus queridos amigos estão aqui comigo – com calma e tranquilidade para planejar o futuro.

Daí vejam as coincidências que Deus nos prepara: uma grande amiga minha – Ana – me liga e pergunta se eu não estava pensando em fazer o trabalho de consultoria no processo de reconhecimento de cidadania, pois a filha dela estava precisando muito vir pra cá e já estava com todos os documentos prontos, precisando apenas de alguém que a auxiliasse.

Apresentei ao italiano o meu projeto, ele topou o desafio e no dia 14 do mês passado, fomos buscar a Marcelle (filha da Ana) na estação de Firenze, vindo de Milano.

Assim começamos a saga dela, que começou dia 14 de novembro e terminou dia 27 de dezembro – exatos 43 dias, ainda mais rápido que a minha rsrsrsrsrs


Ainda neste tempo, outros amigos entraram em contato comigo e o resultado é que já tenho outros amigos chegando em janeiro para que eu os ajude com seus processos de cidadania!

Bom, obviamente faço algumas considerações que julgo importantes:

1 – Mesmo agora, oficialmente prestando consultoria jamais deixarei de ajudar os amigos, assim como continuo fazendo no que diz respeito a buscas de documentos;

2 – Sei que com isso muitas pessoas se sentirão incomodadas, principalmente aquelas que acham que dar informação demais é prejudicial aos negócios.

Porém continuo com o mesmo pensamento e dou o mesmo conselho: quem fala italiano e conhece alguém que forneça residência, não precisa de consultor nenhum aqui na Italia. Basta seguir o passo a passo que tem aqui mesmo no blog.

Bom amigos, desejo um ano novo cheio de bênçãos a todos vocês, que muitos possam neste ano sentir a felicidade que eu senti ao assinar a tão sofrida e sonhada cidadania italiana!!!

Até o próximo post!