Legalizaçoes de documentos – Duvidas Gerais

Ciao amigos

Estou recebendo inùmeros emails com perguntas sobre legalizaçao de documentos e resolvi escrever este post com algumas consideraçoes.

– Todos os documentos devem ser legalizados. Nao me venham pra Italia sem os documentos legalizados, pois esta é a primeira coisa que o comune vai exigir!!!

O ùnico consulado que aceita legalizar a pedido do comune aqui na Italia é o consulado de Curitiba. Nenhum outro consulado aceita receber desta forma, principalmente o consulado de Sao Paolo. Uma amiga enviou atravès do comune os documentos para Sao Paolo, que devolveu ao comune sem legalizar, dizendo que so legaliza a pagamento e somente das pessoas que foram agendadas através da internet.

Outra informaçao importante: vice-consulados nao tem autonomia pra legalizar documentos. Entao nao acreditem se algum funcionàrio “daquele” vice-consulado prometer legalizar os documentos, pois a chance do comune ter recebido a circular dizendo que vices-consulados e consulados-honorarios nao tem poder pra legalizar é muito grande

Esta semana recebi o seguinte email:

– “Fabio, estou indo pra Italia em junho. Sou de SP e meus documentos estao traduzidos e com as firmas reconhecidas. Conversei com o comune onde vou fazer minha pratica de reconhecimento e eles aceitam enviar ao consulado de Sao Paolo pra que eles legalizem e devolvam ao comune. Nao é maravilhoso?”

Infelizmente nao é nao. Pois mesmo que o comune envie, o consulado de SP nao aceitarà legalizar pelos motivos que expus acima. E farao exatamente como fizeram com minha amiga: devolverao os documentos sem a legalizaçao.

No mais, os outros consulados italianos no Brasil continuam legalizando normalmente, somente o de Curitiba e Sao Paolo estao fechados para novos pedidos de legalizaçao. Esperamos que por pouco tempo…

Abbracci a tutti

ATUALIZADO: esta possibilidade de envio dos documentos ao consulado de Curitiba nao è mais aceita!!!

 

123 Comentários


  1. Boa tarde!

    Bem, minha inscrição da AIRE foi rejeitada, e desconheço a motivação. Não sei o que fazer nessa situação. Se alguém souber toda ajuda é bem-vinda. Obrigada

    Responder

  2. Oi, Fábio!
    Será que você conseguiria me ajudar com uma questão?
    Acontece que eu juntei toda a documentação e para minha surpresa, na certidão de óbito do meu bisavô (italiano) consta que o mesmo era casado com uma segunda mulher. Nesta certidão consta que o óbito foi registrado por um vizinho rsrs
    Acontece que já sabíamos que meu bisa havia separado da minha bisa e se “casado” com uma outra mulher, porém até onde sei, naquela época não existia divórcio e, como a informação na certidão foi dada por um vizinho, ele provavelmente não sabia que os dois não eram casados.
    Você acha que daria algum problema?
    Teria algum jeito de corrigir a informação?

    Muito obrigada!

    Responder

  3. Oi Fabio! Me casei no Brasil em 1998 com um cidadao italiano, a unica coisa que fiz foi o reconhecimento de matrimonio no comuni dele. Hoje em dia moramos na Polonia, quero dar entrada no pedido de cidadania italiana, como começo? Obrigada!

    Responder

  4. Bom dia Fábio. Parabéns pelo trabalho que você vem desenvolvendo. Certamente auxilia muita gente. Estou providenciando a documentação para a cidadania italiana da minha esposa. Ocorre que há variações na grafia dos nomes de alguns dos antepassados, tanto na linha do italiano (seu trisavô), quanto na linha da avó, que casou com seu avô, descendente do italiano. Tem que corrigir nas duas linhas ou somente na linha do italiano? Outra questão é que há casos de alteração somente no acento do sobrenome. Originariamente não havia acento agudo e a partir de determinado registro em diante simplesmente apareceu. Nesse caso também tem que corrigir?

    Responder

  5. Bom dia Fabio, uma vez os documentos traduzidos, firmas reconhecidas e legalizados, tem algum prazo para fazer o processo na Italia? Isto é, a legalização dos documentos tem validade? Grazie !!!

    Responder

  6. Olá Fábio!
    Estou em Lisboa e quero ir até a Itália fazer todo o processo de cidadania.
    Eu estou com todos os documentos em inteiro teor, que solicitei via cartório no Brasil, bem como os que solicitei da Itália. Eu não os legalizei no consulado italiano no Brasil, e agora?
    Como devo proceder?
    Outra coisa, os documentos em português devem ser traduzidos para o italiano? Devem ser juramentados?

    Muito obrigada!

    Responder

  7. Bom dia Fabio, tenho algumas dúvidas a respeito da legalização dos documentos para pedido de cidadania italiana por casamento.
    Me casei em agosto de 2014 com cidadão italiano,vim ao Brasil este mês para legalizar a minha certidão de nascimento e antecedentes criminais, tento entrar em contato com o consulado de Recife o qual se encontra na minha jurisdição,pois estou em Salvador mas n obtenho respostas as minhas dúvidas.
    As minhas perguntas são as seguintes,espero que vc possa me ajudar:

    1- A minha certidão foi emitida em 2013 posso apresentá-la ou teria que pedir uma certidão com uma validade inferior a 6 meses?
    2- Fiquei um pouco confusa em relação ao formulário que tenho que preencher, no qual na última página pede para que sejam anexados esses documentos:
    atto integrale di matrimonio é a mesma coisa que o estratto dell atto di matrimonio?
    Stato di famiglia o que seria?
    Ricevuta del versamento del contributo di 200 euro, n entendi o porque desse pagamento já que o pedido farei na Itália,pois tenho residencia nesse país.
    3-Além da certidão de nascimento,antecedentes penais,estratto dell’atto di matrimonio,permesso di soggiorno e todas as suas respectivas fotocopias, terei que levar outros documentos?
    4- A certidão de nascimento e os antecedentes penais, primeiramente tem q ser reconhecidos pelo Ministério das relações Exteriores e depois traduzidos por tradutor juramentado?
    5- Teria que levar alguma fotocópia de documento do meu marido ou algum tipo de autorização?

    Atenciosamente,
    Carolina Alves

    Responder

  8. Boa tarde Fábio, esta dúvida que eu tenho já tentei resolver através do consulado por duas vezes, porém parece que eles não entendem o que estou perguntando ( ou eu tenha me expressado mal). Se voce puder me ajudar ficarei muito agradecido, é o seguinte:
    Meu pai , eu e meu filho que é de menor, vamos fazer o processo de cidadania juntos. Na hora de apresentar os documentos para legalizar no consulado eu posso utilizar os documentos dos ascendentes de meu pai, apresentados pelo meu pai e assim acrescentar somente os meus e o mesmo fazer com os do meu filho . Ou seja, eu e meu filho utilizar os documentos apresentados pelo meu pai já que vamos fazer todos juntos? Lembrando que vamos legalizar aqui e dar entrada lá na Itália.

    Responder

    1. Olá Carlos no seu caso é muito mais fácil que você legalize os documentos, incluindo o do seu filho, já que o documento do seu pai já estará junto no seu processo, entendeu? Abraços

      Responder

  9. Boa tarde Fabio,
    Minha duvida é a seguinte, posso legalizar meus documento em qualquer consulado do Brasil ?? Pois sou viajante e chego a ficar meses em outros estados.

    Responder

  10. Olá Fábio,

    Estou tentando reunir meus documentos, mas estou esbarrando em alguns óbitos, muito longínquos, que estou sem referência para busca. Minhas dúvidas são:
    1- Existe a possibilidade de algum comune aceitar um processo faltando os óbitos, considerando a força do resto das informações?
    2- O consulado italiano vai legalizar os documentos com alguns óbitos faltando?
    3- Se não encontro estas certidões sento e choro?

    Parabéns pelo sucesso.

    Responder

    1. Olá Adriano tudo bem?

      Vamos lá:

      1 – Sim, muitos comunes não exigem as certidões de óbito
      2 – Sim, basta dizer que o comune onde você vai dar entrada não os exige
      3 – Respondido nas duas anteriores rs

      Abraços

      Responder

  11. Olá Fabio ! estou com uma duvida, venho pesquisando a um bom tempo.

    eu tenho um tia (por parte de pai), ela estar casada com Luciano(italiano), faz aproximadamente 2 anos , além disso tenho dois tios que moram por la também , minha avó viaja as vezes pra la . Gostaria de saber se posso adquirir a dupla cidadania. Obrigado pela atenção. ! Parabéns pelo trabalho !

    Responder

    1. Olá Paulo tudo bem?

      O fato de ter uma tia casada com um cidadão italiano não te dá nenhum tipo de direito não, sinto muito.

      Abraços

      Responder

  12. Olá Fábio, parabéns pelo site e pela sua trajetória, emocionante! Estou com dúvida sobre o processo de reconhecimento quando feito aqui no Brasil, quando eu estiver com a documentação devidamente pronta e der entrada no consulado aqui em São Paulo, a documentação ficará retida lá durante todo o tempo que tiver que aguardar a fila de espera , ou vou ter que apresentar novamente quando eu for chamada ( daqui uns 10 anos, rsrs), os documentos não terão perdido a validade.
    Desde já, agradeço, um abraço.

    Responder

    1. Olá Bruna tudo bem?

      Não, a documentação só é apresentada quando chegar a sua vez na fila. Naquele momento é que eles ficarão com os documentos para a análise. Abraços

      Responder

  13. Muito feliz e orgulhoso do Paraná até ler em cinza e bom tom no final do post: ATUALIZADO: esta possibilidade de envio dos documentos ao consulado de Curitiba nao è mais aceita!!!
    Fuóó Fuóóó Fuóóó! Também não adiantaria nada, porque quando eu for quero deixar tudo pronto, e o medo de chegar lá e bater na trave! TEEENNNSO!

    Responder

  14. olá Fabio, agradeço o empenho em ajudar os brasileiros nesta longo processo. Meus avôs são italianos, casados lá, (meu avô já falecido), tenho 2 perguntas:
    1. o que devo fazer com as certidões dos meus avôs? levo as originais para a Itália? devo legalizar algo aqui no brasil? Devo levar o atestado de óbito traduzido?
    2. devo também mandar as traduções para legalizar no ERESP?
    Desde já obrigado!

    Responder

  15. Oi, Fabio! Primeiro nao posso deixar de elogiar e ressaltar o quão importante e maravilhoso teu blog é, realmente um biblia da cidadania e vida italiana! Eu ja li tanta coisa a respeito da legalização que acabei ficando com mais duvidas. Vou para a Italia em Setembro para fazer a cidadania. Os unicos documentos que eu precisava eram a minha certidao de nascimento e a do meu pai, pois o resto minha familia ja possui na Italia. Consegui data para legalização no consuladdo hoje, porem agora tenho duvidas do que levar. Essas certidoes que eu preciso para levar para la ja estao traduzidas. O que eu preciso apresentar no consulado? Nao tem problema apresentar somente essas certidoes que eu preciso levar para a legalização? Eles nao exigem a documentação completa? Alem dessas que eu tenho, preciso levar o que mais? Vou fazer no consulado de Porto Alegre. Muito obrigada desde já! Abs e parabens mais uma vez por teu trabalho.

    Responder

    1. Olá Nicole tudo bem?

      Obrigado pelas palavras e pelo carinho 😉

      Quanto ao processo aqui, muita calma nessa hora: nem todos os comunes aceitam a utilização de documentos previamente utilizados por outros familiares, você já entrou em contato com o comune e perguntou explicitamente a eles se isso será possível??? Eu recomendo sempre que cada requerente traga a própria documentação, para não depender da boa vontade de funcionários públicos italianos, ok? Abraços e boa semana 😉

      Responder

  16. Olá, Fábio!
    Muito bom seu site, obrigada pelas dicas, mas tem uma coisa que até agora eu não consegui entender e mesmo depois de pagar o chat para obter informações do consulado eu não consegui.
    Estou morando em Bruxelas e não tenho mais comprovantes de residência do Brasil. Quando morava no Brasil, morava em Porto Alegre. O consulado de Porto Alegre diz que depois de seis meses morando no exterior eu devo buscar o consulado de jurisdição dos meus documentos para efetuar o pedido de legalização destes. Entretanto, meus documentos são do Paraná e dos meus ascendentes são de São Paulo. Onde posso entrar com o pedido de cidadania, tendo em vista que meu título de eleitor ainda está como Porto Alegre?

    Muito obrigada pela ajuda, estou tentando encontrar esta informação e simplesmente não encontro!

    Responder

    1. Olá Larissa

      Os documentos podem ser legalizados no consulado de última jurisdição do requerente, portanto se seu título ainda é do Rio Grande, é em POA que você deverá legalizá-los. Abs

      Responder

      1. Ah, então não tem nada a ver com onde foram emitidos meus documentos? Achei que tivesse. Muito obrigada!

        Responder

      2. Ah, então não tem nada a ver com onde foram emitidos meus documentos? Achei que tivesse. Muito obrigada!

        Responder

  17. Olá Fabio,

    Atualmente estou morando na Irlanda…

    Meu pai está com os documentos necessários reunidos… e já vai enviar para o ERESP…

    Gostaria de saber se a legalização no consulado pode ser feita por ele ou precisa necessariamente ser feita por mim…??

    Se ele tiver uma procuração minha ele consegue fazer o processo?

    Sabe se o consulado de SP está fazendo a legalização normalmente?

    sabe qual o tempo médio para se conseguir agendar a visita?

    [email protected] é o endereço de email que tenho que perguntar a disponibilidade de agendamento??

    Abraços

    Responder

  18. Olá Carina tudo bem?

    Não existe uma lista de comunes bons, você precisa ter um amigo ou familiar que possa te dar uma vaga de residência na sua casa. Abs

    Responder

  19. Ola fabio boa noite,
    Atualmente estou aqui em portugal de passagem mas sou brasileira e estou querendo ir morar os 90 dias necessarios com meu marido ai na italia que é neto de italiano nascido em spello.qual comune voce recomenda para que seja mais agil o processo ai?
    Temos todos os documentos, traduzidos, legalizados, juramentados, passados por brasilia, reconhecidos…
    Obrigada boa noite

    Responder

    1. Olá Carina tudo bem?

      Não existe uma lista de comunes bons, você precisa ter um amigo ou familiar que possa te dar uma vaga de residência na sua casa. Abs

      Responder

  20. Olá Rafael

    Exatamente, porém é mais fácil já pedir estes documentos com a devida firma, quando for solicitar com os cartórios, ok? Abs

    Responder

  21. Oi Fábio, uma ajuda por favor:
    No SagaBook, onde leio:
    “a) Antes de traduzir os documentos, os consulados italianos exigem que todas as firmas dos tabeliães que assinaram as certidões sejam reconhecidas…”
    Significa que:
    de cada certidão de nascimento e casamento que eu conseguir original diretamente com mãe, avô, etc, eu terei que ir até os cartórios que os emitiram para conseguir uma cópia autenticada com firma reconhecida?

    Agradeço de antemão e parabéns pelo trabalho.

    Responder

  22. Bom dia Fabio,
    Tenho todos os documentos traduzidos e legalizados pelo ERESP.
    O único problema é conseguir agendar uma entrevista com o consulado Italiano.
    Pois a VFS global apenas me retorna mensagens automáticas.
    O que eu faço ?

    Grato,

    Responder

    1. Olá Guilherme

      Você deve continuar enviando emails até conseguir uma data disponível, procure enviar em dias e horários diferentes. Abs

      Responder

  23. Olá Luiza tudo bem?

    O pessoal tem feito o seguinte: primeiro manda traduzir e depois manda ambos documentos para o ERESP: original + tradução. Abs

    Responder

  24. Ola Fabio, Muito Obrigada pelo Blog. tem sido de grande ajuda. Mais uma duvida: ERESP, pelo que eu entendi, devo mandar as certidões de nascimento/casamento/obito+CNN originais em inteiro teor para o ERESP carimbar, depois mando traduzir tudo, após envio novamente para o ERESP o original+tradução. É isso ou estou enganada em algum ponto? Obrigada…;;; estou consultando em: http://eresp.itamaraty.gov.br/pt-br/legalizacao_de_documentos.xml

    Responder

  25. Oi Fábio (minha saga nosso guia de bolso para tirar a cidadania), gostaria de saber se você tem a informação atual referente a legalizar os documentos que foram emitidos em São Paulo no Ministério das Relações Exteriores em Brasília. O consulado de SP aceita ou vc acha melhor ligar na central? Abraços e boas festas.

    Responder

  26. Olá Fabio,

    Por gentileza, gostaria de sua ajuda para sanar uma dúvida quanto a Legalização no ERESP.
    Os documentos tem que ser enviados ao ERESP já traduzidos para o Italiano ou devo envia-los ao ERESP e depois efetuar a tradução para posterior legalização no Consulado?
    Realmente já procurei sanar esta dúvida, mas sempre encontro respostas contraditórias:
    A página do Consulado de São Paulo, diz que a tradução deve ser posterior à Legalização junto ao ERESP, veja:

    “Os documentos deverão posteriormente ser traduzidos para serem usados na Itália. Lembramos que a tradução das certidões pode ser feita também diretamente na Itália, sempre por um tradutor juramentado local. Se a tradução da documentação for feita no Brasil deve ser feita por um tradutor juramentado ou Patronato e deve posteriormente ser confirmada, pelo Consulado, com a aplicação do carimbo “per traduzione conforme”. Neste caso não é necessária a legalização da firma do tradutor (ou Patronato) pelo ERESP.

    São Paulo, setembro de 2010.”

    http://www.conssanpaolo.esteri.it/Consolato_SanPaolo/Templates/News.aspx?NRMODE=Published&NRNODEGUID=%7bB3C92A5F-C58C-4DD5-ADC8-48FD5332518E%7d&NRORIGINALURL=%2fConsolato_SanPaolo%2fArchivio_News%2fItCard%2ehtm&NRCACHEHINT=NoModifyGuest

    Porém, enviei um email para a VFS Global e eles dizem que tenho que traduzir, enviar para o ERESP os documentos já traduzidos e depois encaminhar para a legalização no Consulado.

    Agradeço se com sua experiência puder sanar esta dúvida, assim não perderei o agendamento que demorou meses para acontecer.

    Att

    Mauro Luchini

    Responder

    1. Olá Mauro

      As orientações atuais são realmente para mandar ambos os documentos para o ERESP (original + tradução)

      Abs

      Responder

  27. Fabio.
    Tenho os documentos para a cidadania, vou fazer o processo pela Itália, pois tenho pressa.
    Porém, ao tentar agendar data pra legalização dos documentos no call center, recebi a noticia de que vários consulados, inclusive o de SP e Brasília, não têm previsão de agendamento para legalização.
    E agora? O que pode ser feito a esse respeito?

    Responder

    1. Olá Carol

      Você deve aguardar a reabertura das legalizações, pois sem elas os documentos não tem nenhuma validade aqui, ok?

      Abs

      Responder

  28. o fabio blzz aqui e o ygo aqui eu queria saber o seguinte aqui eu soudecendente de italiano oque eu presiso para consegui a cidadania quais documentos e onde tenho que ir? ae qualquer coisa meu email [email protected]

    Responder

  29. Fábio, boa tarde. Muito bacana sua iniciativa em criar este blog, é sem dúvida o melhor blog sobre cidadania italiana da net.
    Bom, vai aí minha pergunta. Sou filha de cidadão italiano reconhecido em 2009, a cidadania de meu pai foi reconhecida à partir de um processo TRENTINO. Gostaria de saber se eu devo dar entrada em meu processo normalmente, como sendo filha de cidadão italiano, e esperar os 90 dias normais, ou há alguma diferença para reconhecimento dos filhos de quem veio de um processo trentino, como no tempo de espera para o reconhecimento, por exemplo? Agradeço a atenção, Jacqueline

    Responder

  30. Ola Silvia

    O primeiro passo é conseguir o documento do italiano que emigrou ao Brasil, voce jà tem? E depois reunir todas as certidoes de nascimento e casamento de todos até chegar nas suas certidoes.

    Eu posso sim prestar consultoria, envie um email pra [email protected] que eu te mando nossa proposta de trabalho, ok? Abraços!!!

    Responder

  31. Fábio…
    quero fazer minha documentação italiana
    como iniciar?
    quais documentos iniciais são necessários?
    vce pode assessorar-me profissionalmente para isto?
    obrigada

    Responder

  32. Ola Leandro tudo bem??Voce sò pode legalizar seus documentos no local onde é efetivamente residente, no seu caso Sao Paulo. As datas realmente estao absurdas no consulado, mas com as mudanças que estao acontecendo là dentro, entre elas a mudança do consul este mes, estamos confiantes que as coisas vao mudar e que vao mudar também a forma atual de legalizaçao e agendamento!Abs

    Responder

  33. Ola Fabio. Primeiramente gostaria de lhe parabenizar pela boa vontade de ajudar as pessoas. Principalemente numa situação delicada como a nossa.Tenho todos os documentos em mãos, inclusive italiano. No momento eles estão sendo legalizados no ERESP. Mas o consulado de São Paulo me agendou para 2018. Por qual consulado você aconselha pedir tenhoh contatos e parentes em Minas. Obrigado.

    Responder

  34. Oi Fábio,Meu primo de segundo grau tirou a cidadania a pouco tempo, gostaria de saber o passo a passo para eu tirar a minha também e se entrar com um processo com outros primos se fica mais barato por favor me mande um e-mail com oq preciso e como é o seu serviço para ajudar neste processo!!!

    Responder

  35. Ola Fe tudo bem??1 – No caso do consulado de BH aceitam que um irmao legalize documentos de outros, pelo menos eu jà tive dois ou tres casos de irmaos e primos que fizeram assim por la!2 – Voce fala das certidoes brasileiras? Devem ter no maximo um ano de emitidas. Depois de legalizados, os documentos tem validade de 6 meses3 – Ligue no consulado e pergunte se serve! Voce nao tem nenhum boleto no seu nome, como faculdade, escola, etc?4 – Todos os documentos brasileiros devem ser legalizados para ter validade aqui na Italia, como é o caso da CNNAbs

    Responder

  36. – 1- estou iniciando a minha legalizacao, meu irmao tambem vai dar entrada no mesmo, ele precisa fazer tudo de novo, tem que ser separado ou tem como anexar? se sim, como? -2- Qual o prazo de validade das certidoes originais?-3- nos documentos exigidos para a legalizacao, pede o comprovante de residencia de 6 meses. No meu caso, nao tenho nada n meu nome, apenas no meu pai. o que fazer neste caso?-4-A certidao de nascimento da italia, precisa reconhecer firma?-5- As certidoes que consigo pela internet como por exemplo, eleitoral, certidao negativa, e da receita federal, nos proprios sites ja tem a autenticacao. Eu devo registar essas certidoes tambem?no meu caso é no consulado de BH

    Responder

  37. Ola Rodolpho tudo bem?Uma saida seria vc pedir pra um familiar legalizar no RJ, porem é preciso sempre comprovar residencia, atraves de contas de consumoEm relaçao a certidao de casamento, voce so deve apresentar a que faz parte da sua linha de ascendencia, no seu caso a do 2º casamentoAbraços

    Responder

  38. Eu de novo… só explicando/perguntando sobre o "*" no post acima…Meu bisavô ( o italiano da história!) foi casado com uma mulher na Itália, veio com ela para o Brasil, ENVIUVOU, e casou-se de novo, dessa vez com a minha bisavó!O que eu não sei (aliás, pelo jeito ninguem sabe com certeza…), é se preciso da certidão de casamento do primeiro casamento… a certidao do segundo eu já tenho, e nela consta que meu bisavô era viuvo na ocasião…Bom, imagino q isso varie de comune pra comune… mas aí no seu comune, precisaria dessa certidao do 1º casamento??Muito obrigado, novamente!

    Responder

  39. Olá Fábio!Primeiramente, parabéns pelo Blog! Pena que não o descobri antes…Bom, tenho todos* os documentos necessários pra ir à Itália dar entrada no processo. Resido em SP, estou agendado para legalizar no consulado de SP para julho de 2011.Tudo bem que meu caso não é dos piores (quanto à espera), mas eu queria agilizar essa legalização aí! O que vc sugere?? Tenho familiares em Brasília e no Rio de Janeiro… Obrigado!!

    Responder

  40. Ola Taysi tudo bem???Antes de mais nada ele deve verificar com o comune onde ele esta fazendo sua pratica pra saber se eles aceitam utilizar a mesma documentaçao, pois nao sao todos os comunes que aceitam!!!Sobre o casamento de vcs, é melhor vcs casarem no Brasil e trazer a certidao de casamento jà legalizada!!!Bjs

    Responder

  41. Meu marido tem um primo que está na Itália fazendo os documentos…Meu marido está querendo ir no ano que vem pra lá fazer os dele, o primo dele consegue final desse ano…Então ele terá que traduzir a certidão dele e da mãe dele…Aqui no Brasil é necessário fazer outra coisa antes de ir?Nós não somos casados no papel,nós podemos casar quando ele receber os papeis e ir já viajar?ou temos que esperar algum tempo?qto?Na mha família já tem gente que tem os papeis seria mais fácil eu fazer ou ele?Rsponda por favor…Obrigada

    Responder

  42. Meu marido tem um primo que está na Itália fazendo os documentos…Meu marido está querendo ir no ano que vem pra lá fazer os dele, o primo dele consegue final desse ano…Então ele terá que traduzir a certidão dele e da mãe dele…Aqui no Brasil é necessário fazer outra coisa antes de ir?Nós não somos casados no papel,nós podemos casar quando ele receber os papeis e ir já viajar?ou temos que esperar algum tempo?qto?
    Na mha família já tem gente que tem os papeis seria mais fácil eu fazer ou ele?
    Rsponda por favor…
    Obrigada

    Responder

  43. Segundo oque pude vereficar o unico consulado que lagaliza documentos a pedido da Comune é o de Curitiba no Paraná Correto ?Gostaria uma vez que os documentos estejam todos Certos qual é o tem,po estimado para o consulado legalizar esses documentos a pedido da ComuneAtenciosamenteChristopher Paolo

    Responder

  44. Natal, bom dia1 – Vc so consegue o permesso depois que sua esposa for reconhecida cidada italiana! O mesmo vale pras suas filhas3 – Pelas leis brasileiras sim, mas na pratica ninguem jamais perdeu…AbraçOs

    Responder

  45. bom diatenho duvidas sou casado com umadescendente italiana a 6 mese aqui no brasil e tenho duas filhas do meu primeiro casamento sao de menores vivem comigo, ja estou com todos papeis pronto para mandar traduzir, e depois mnha esposa vai para italia dar entrada nos papeis dela assim que sair os documentos dela eu vou para italia.1 por ser casado so a 6 meses eu pego o permisso?2 se eu me naturalizar minhas filhas fica legau la ?3 se eu me naturalizar perco a cidadania brasileira?

    Responder

  46. GustavoSP também esta complicado, estao agendando somente pra 2014. O ideal seria tentar por Porto Alegre ou até mesmo Rio de JaneiroAbraços

    Responder

  47. entao, o rapaz q organizou os meus papeis falou de tentar em sao paulo so q eu teria q transferir o meu titulo de eleitor pra la,e uma hipotese q pode ser feita,o q vc acha?quanto mais rapido melhor pra mim,quanto a ida pra italia pelo q eu estava vendo no seu orkut vc da assessoria ai?t adicionei no hotmail se der a gente troca uma ideia pelo msn blzgrande abracog h bottan

    Responder

  48. Ola Gustavo tudo bem?A unica forma é tentar legalizar por outro estado, vc tem algum familiar noutro estado?Abraços e sucesso em 2009!!!

    Responder

  49. boa tarde fabiogostaria de fazer uma pergunta pra vc,eu tenho todos os documentos prontos e preciso regularizar,sou do parana e preciso esperar ate 2010 pra isso,foi o q o consulado de curitiba disse,gostaria de saber se nao tem uma outra forma mais rapida de regularizacao pq gostaria de ir este ano pra italia e no momenro estou na inglaterra o q torna minha ida pra italia bem mais rapida e barataobrigado em avancono aguardogustavo h bottan

    Responder

  50. Ola RegianeNao existe nenhum comune que aceite documentos nao legalizados, pois é um requisito constante na circolare k28. Esta sua pergunta tem sido muito recorrente nos emails que eu recebo, e infelizmente a resposta é a mesma: Nao venham sem os documentos legalizadosBjss

    Responder

  51. Ola….Por favor, gostaria de saber se exite alguma comuni que aceita documentos nao legalizados, possuo todos os documentos, meus tios sao tiraram cidadania, mais a lei muda muito. No ano passado nao precisava legalizar no Brasil. Soh consegui agendar para julho de 2010…achei um absurdo!Por favor ajudem……onde devo procurar informacoes sobre comuni!!

    Responder

  52. BOM DIA, FABIOMEU FILHO TEM 15 ANOS E JOGA BOLA AQUI EM SP E FOI CONVIDADO PRA FAZER TESTE NA ITALIA EM JAN 2009JA ESTOU COM TODOS OS DOCUMENTOS LEGALIZADOS E TRADUZIDOS.QUERO DAR ENTRADA EM MILAO.QUAL O PRIMEIRO PASSO .TEMOS QUE MORAR LA OU NAO PRECISA.EU MESMO POSO DAR ENTRADA OU PRECISO DE ALGUEM PRA FAZER ISSO.ESTE PROCESSO É DDEMORADO; ME DE UMAS DICASMUITO OBRIGADO POR ENQUANTO

    Responder

  53. Ola VicaVoce ja reside em BH ha mais de 6 meses? Se sim é provavel que o consulado aceite legalizar sim seus documentos, mesmo com o titulo sendo do Parana.De qualquer forma entre em contato com eles diretamente e tire sua dùvidaAbraços

    Responder

  54. OLA FABIO TD BOM?MORO EM BELO HORIZONTE VOU REGULARIZAR MEUS DOCUMENTOS NO CONSULADO DAQUI DE BH.. MAIS MINHA CERTIDAO DE NASCIMENTO E MEU TITULO DE ELEITOR É DO PARANA.POSSO?AGUARDO A RESPOSTA COM URGENCIA…ABRAÇO

    Responder

  55. 3) Meu esposo é italiano. Gostaria de requerer a cidadania italiana por casamento, como devo proceder? R. Cônjuges estrangeiras casadas com cidadão italiano antes do dia 27 de abril de 1983 poderão obter o reconhecimento da cidadania italiana por casamento. Cônjuges estrangeiras, cujo casamento tenha ocorrido a partir da data acima, poderão solicitar a naturalização italiana após três anos de casada. Note-se que a naturalização italiana implica na perda da cidadania brasileira: maiores informações no site http://www.mj.gov.br. Encontrei em um site….isso e verdade…preciso saber…

    Responder

  56. Ana,eu também estou fora do pais, e mandei digitalizados todos os documentos necessarios para o meu pai, que imprimiu tudo e colocou nos correios, no meu nome mesmo. Mas como o teu pai é o filho do descendente, creio que nao haja problemas, pois o documento, se nao me engano, nao vem com o nome do interessado. Corrijam-me se eu estiver errado por favor.Falando nisso, ja se passou mais de um mes que pedi essa certidao em Brasilia, e nada ainda. Meu pai sempre tenta ligar para o telefone que esta no site do MJ e ou sò da ocupado ou nao atende nunca… parece piada mesmo… Abracos!

    Responder

  57. FabioEstou com uma duvida, preciso solicitar a certidao negativa de naturalização do meu avô. Só que estou fora do Brasil, existe algum problema se a solicitação for feita em nome do meu pai (que é filho do decendente italiano).Desde ja agradeço pela ajuda novamente.AbraçosAna Angelo

    Responder

  58. Fábio, acabei de chegar do Patronato, dei entrada na tradução das certidõs dos antepasados do meu marido. Io sono molto felice!!!!Agradeço muito a você, o seu blog foi extremamente útil.BaccioRose Izzo

    Responder

  59. Brigado pela resposta Fábio!Vc acha que se os agendamentos reabrirem em Jan/2009 e eu agendar online já nos primeiros dias de Janeiro, quanto tempo mais ou menos vc acha que eu consigo ser atendido? Mais ou menos uma idéia se vc tiver de acordo com a sua experiência. De 3 a 6 meses de espera pra ser atentido ou mais?Outra coisa, demora muito pra reconhecer firma das certidões italianas depois de traduzidas?Brigado de novo Fábio!

    Responder

  60. GabrielVc so consegue a legalizaçao de documentos nos consulados onde vc comprova ser residente.Se vc é residente na circunscriçao do consulado de Curitiba ai sim vc pode pedir a legalizaçao por laAbraços

    Responder

  61. LucianaInfelizmente nao é possivel vc dar entrada em seu reconhecimento sem os documentos que vc citou. Vc ja procurou em todos os cartorios da regiao?Bjsss

    Responder

  62. Olá Fábio,tudo bem? Gostaria de receber também um email com as condições da sua assessoria. Aguardo seu retorno em relação às minhas perguntas acima!!! Moro em Belo Horizonte e minha família veio de Borgo a Mozzano (vicino a Lucca) Um abraço,[email protected]

    Responder

  63. Opa Fabio,Queria receber um email com as condições da sua assessoria! Falo de Recife e já me informei sobre as legalizações aqui.. vou retificar a minha documentação e pretendo ir em março do ano que vem!Aí precisa de óbito do italiano? Meu trisavô nasceu em 1852 e só falto esse doc… o único cartório de João Pessoa da época não encontrou a certidã[email protected]

    Responder

  64. Fábio, em relação a resposta que vc deu a Ana um pouco acima quando ela disse que "para legalizar docs de SP em Curitiba temos que reconher as firmas de todos os docs em tabelião de Curitiba e traduzir também por lá…"Sua resposta foi:"Os consulados so legalizam documentos que foram traduzidos e com a firma do tradutor juramentado daquela circunscriçao"Isso significa que se eu pegar as minhas certidões de SP depois de retificadas eu poderei traduzí-las com um tradutor juramentado de Curitiba e também reconhecer firma em Curitiba? Aí se eu fizer isso por Curitiba mesmo sendo de SP eu poderei ir pra Itália e fazer aquele lance de enviar os docs do comune diretamente pro consulado de Curitiba para serem legalizados? Isso funciona? Desculpa se eu entendi errado, tô confuso de novo. Hahahaha!Outra pergunta: Demora muito reconhecer firma das certidões italianas depois de traduzidas?Obrigado Fábio!

    Responder

  65. Fabio, posso requerer minha cidadania italiana com a "linhagem" abaixo?->Tataravô Italiano->Bisavô brasileiro->Avô Brasileiro->Mãe brasileira nascida depois de 1948Um abraço,Luciana Gambogi

    Responder

  66. Olá Fábio,tudo bem?Preciso de ajuda!Estou buscando toda a documentação para retirada da cidadania italiana e faltam somente dois documentos para dar entrada no consulado: certidão de casamento do meu descendente italiano (casado no Brasil com uma brasileira) e certidao de nascimento do seu filho (meu bisavô). Todo os documentos restantes já foram encontrados. Você acha que eu posso entrar com esta documentação mesmo faltando estes documentos? Moro em Belo Horizonte e entraria com os papéis no consulado daqui… Como faço para entrar em contato com você para saber maiores informações sobre seu trabalho? Luciana

    Responder

  67. Fábio,Please resp meu email, te respondi semana passada e nada de noticias suas…ja me decidi!!!Reencaminhei o email de novo com o titulo FAAAABIIOOOOOBeijos

    Responder

  68. Fabio sou sua fã rsrObrigada por aceitar a sugestão.Tenho lido todo dia os jornais italianos,mas nada como ouvir a opinião da boca de alguem que está ai na Itália e que é oriundi como nós.Meus amigos italianos estão me aterrorizando com esse pacchetto!Baci

    Responder

  69. Fábio gostaria de dar uma sugestãoVocê não poderia escrever um post explicando o pachetto sicurezza e dando suas impressões sobre o mesmo,em que e como isto vai nos atingir?Bjs

    Responder

  70. Ola amigaoRealmente nao tem problemas nesta linhagem: a avò recebe a cidadania do pai e passa a filha nascida apos 1948, que automaticamente transmite a sua esposaQuanto ao cognome, eu sempre acho que retificar é a melhor opçao, pois vc garante 100% que nao tera problemas. Se puder fazer direto no cartorio é muito melhorAbraços e uma otima semana pra ti tambem!!!Fabio

    Responder

  71. Olá de novo Fábio, perdão mas venho com dúvidas não relacionadas a este post…Além da minha, agora estou também indo atrás da cidadania para a minha mulher, pois há pouco descobrimos que ela tem direito, pode confirmar? -> bisavô italiano (dante causa)-> avó nascida antes de 1948-> mãe nascida depois de 01/01/1948-> minha mulher nascida em 1978Contudo, o sobrenome era Paggioro, e em determinada geração mudou para Pagioro (com um G só). Isso dá problemas? Precisa retificar? Além do quê, ela perdeu este sobrenome, visto a quantidade de mulheres. Mas comprovando-se a linha reta nao tem problema, certo?Obrigado, abração e boa semana!

    Responder

  72. Fala Fabio, Blz?Cara eu já dei entrada na minha cidadania trentina pelo consulado do rio e acredito que os documentos já devem estar na Italia. Tem como ajudar em alguma coisa por aí ? digo minister dell interno ?Obrigado, abraço. Rogério

    Responder

  73. Oi Fabio, tudo bem?Para legalizar docs de SP em Curitiba basta traduzir em tradutor do PR ou tem que reconhecer TODAS as firmas novamente em tabelião de Curitiba?Bacione a teLu

    Responder

  74. Oi Fábio, já estou com minhas certidões legalizadas desde 2007. Por acaso tem validade essas legalizações aí na sua Comune?Obrigado.Abraços!

    Responder

  75. SimoneEu sempre aconselho que se legalize novamente todos os documentos, pois o comune de Brescia pode recusar-se por exemplo a enviar a outro comune ou mesmo recusar-se a utilizar a mesma documentaçao para outro familiar. Ja vi casos de um comune nao aceitar a documentaçao do irmao da pessoa que reconhecer a cidadania por la.Enfim, na duvida legalize novamenteBjsss

    Responder

  76. Mariana e Wagner, pelo que sei, vc so pode legalizar documentos nos consulados do pais onde foram emitidos os documentos!Wagner, pergunte aos consulados que vc consultou se tem como eles legalizarem os documentos emitidos no Brasil, eu acredito que nao.Abraços…

    Responder

  77. Ow.. bizonhento!!Eh a Tati! Dae, tudo bem? esqueceu dos amigos eh?beijoss

    Responder

  78. Olá pessoal! Fábio, meu primo tem a cidadania italiana pela questura de Brescia. Posso pedir a minha com base no processo dele? ou tenho que legalizar no consulado todos os meus documentos aqui no Brasil (certidão neg nat do Ministerio da Jutiça, meus docs pessoais e do meu bisavô, etc) ??Abraço, Obrigada!!

    Responder

  79. Cara to com uma duvida, tenho agendamento em Junho em SP, tem problema se eu levar junto os documentos de um amigo meu? Ou sai o meu nome nos documentos dele e ai implicam no Comune???Valeuu

    Responder

  80. Ciao FabioQuanto a pergunta do Wagner também tenho esta duvida… 🙁 Se o consulado da Italia na França (por exemplo) legalizar, os comunes aceitam a legalização para fazer o processo?Abraços

    Responder

  81. Brava Ana!!!Os consulados so legalizam documentos que foram traduzidos e com a firma do tradutor juramentado daquela circunscriçaoBjssssss

    Responder

  82. PessoalSe não estou enganada, para legalizar docs de SP em Curitiba temos que reconher as firmas de todos os docs em tabelião de Curitiba e traduzir também por lá, ou seja, começar tudo do zero. Estou certa Fabio?

    Responder

  83. Ola amigaoRealmente BH nao facilita nao, ja exigem pois sabem que muitas pessoas irao querer legalizar por la rsrsrsSobre a circunscriçao infelizmente nao, pois o controles nos consulados também é grande. E vc precisa traduzir tambem com um tradutor do estado onde vc pretende legalizarA embaixada legaliza sim, mas vc deve ser residente por laAbraços…

    Responder

  84. Olá Fabio!O que você pode falar dos consulados e embaixadas Italianas de outros países como Portugal, Inglaterra, Espanha, etc? Os comuni aceitam os documentos de Brasileiros que vão reconhecer cidadania sendo que os documentos foram legalizados em outros países senão o Brasil?Consultei alguns consulados e embaixadas Italianas e muitas legalizão, sendo que a pessoa tem que estar com o visto de residência em alguns casos.Até mais!

    Responder

  85. Obrigado, Fabio, como sempre muito esclarecedor. Meu maior problema, e imagino que o de todos que estao comecando a se movimentar agora, é justamente a tal da legalizacao. é bom mesmo que a turma fique bem atenta com os enganadores de plantao! nessas horas aproveitador é o que nao falta.para completar um pouco teus esclarecimentos, entrei em contato com o consulado de BH e para legalizar ali é necessario ao menos 6 contas de luz no nome do requerente e tambem uma declaracao de residencia do TRE. ou seja, é so pra quem mora la mesmo. por um lado é bom que facam este controle, mas por outro lado, como deixaram SP chegar a essa confusao, certo?duas duvidas que tenho: primeiro, o comune aqui manda legalizar para o consulado "que eu quiser" ou àquele da minha circunscricao? por exemplo, sou de Sao Jose dos Campos, entao teoricamente deveria ir para SP, mas posso pedir para enviarem para Curitiba? tenho tios em Curitiba, isso adiantaria alguma coisa?a outra duvida é simples: a embaixada Italiana em Brasilia nao legaliza? mandei a eles um e-mail perguntando hà alguns dias, mas como imaginava acho que nao vao responder…obrigado mais uma vez e abraco!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.