Cada pais tem o Berlusconi que merece – Caso Battisti

Acordei hoje, em pleno dia 2 de janeiro de 2011 e como sempre faço ligo a TV no canal de noticias da Sky. Um repòrter lia as manchetes dos principais jornais italianos:
 
Corriere della Sera – Frattini diz "Sobre Battisti a Itàlia nao cederà – estamos prontos para apelar à Corte Internacional em Haia. E' um precedente gravissimo…
 
La Repubblica – Ministro das Relaçoes Exteriore Frattini escreve à presidente Dilma Rousseff e congela os acordos militares (orçados em mais de 5 bilhoes de euros)
 
La Nazione – Ministro da Defesa La Russia declara: "Em risco as relaçoes comerciais entre Brasil e Itàlia".
 
Il Messaggero – Ministro Frattini escreve à Dilma Rousseff: "reveja a decisao de Lula e envie o assassino de volta à Italia".
 
Folha de Sao Paulo – Italia chama de volta seu embaixador, ato que representa o primeiro sinal de um possivel rompimento diplomàtico entre os dois paises.
 
Entenda a polemica que pode colocar em risco a relaçao diplomàtica entre os dois paises


O inicio da delinquencia

Cesare Battisti nasceu em 1954 no comune de Sermoneta – provincia de Lazio a poucos quilometros da capital Roma. Depois de abandonar os estudos, foi preso pela primeira vez em 1972 por roubo. Em 1974 nova prisao desta vez por sequestro de pessoa e finalmente atingindo a maioridade é preso em Udine por assalto a mao armada. Nesta prisao descobre a existencia de um grupo armado chamado PAC – Proletàrios Armados pelo Comunismo e entra na organizaçao.
Dai em diante sò piorou: assaltos e roubos tornaram-se frequentes, pois um dos ideais desta organizaçao era de "tirar dos ricos" para dar aos proletàrios, porém nunca foi comprovado nenhum tipo de doaçao ou ajuda aos necessitados seja por Battisti ou qualquer outro membro do PAC.

 

Cesare Battisti na juventude: preso diversas voltas na adolescencia antes mesmo de se tornar "ativista politico"

Assassinatos atribuidos à Battisti

6 de junho de 1978 em Udine – um marechal da policia penintenciaria Antonio Santoro é assassinado por Battisti e outro cumplice que declarou que ele – Battisti -é quem disparou a arma
16 de fevereiro de 1979 em Santa Maria di Sala – Lino Sabbadin, açougueiro depois de reagir ao roubo cometido por Battisti e seus comparsas é brutalmente assassinado por Diego Giacomin. Battisti dava cobertura no momento do crime.

16 de fevereiro de 1979 em Milano – Pierluigi Torregiani também brutalmente assassinado por ter reagido anteriormente a um assalto numa pizzaria, cometido pelo grupo de Battisti. Este crime é ainda mais hediondo por dois motivos: o grupo retorna para "acertar contas" com Pierluigi por ter atirado num dos comparsas na tentativa anterior e também porque o grupo atinge o filho de Pierluigi – Alberto, que até hoje vive paralisado numa cadeira de rodas por conta dos disparos.

19 de abril de 1979 em Milano – Segundo testemunhas Battisti atira diversas vezes no agente da DIGOS (Divisao de Inteligencia da Policia) Andrea Campagna que foi um dos responsàveis da investigaçao do caso de Torregiani.

Alberto Torregiani – vitima do assalto da "turma de Battisti"

As condenaçoes de Battisti

Battisti foi condenato à prisao perpétua por estes quatro crimes. Em 1981 escapa da prisao e foge para a França, vivendo clandestinamente em Paris. De là vai ao Messico e nao apresenta-se às autoridades italianas para o veredito: é julgado e condenado à revelia à prisao perpétua.

Em 2004 é preso em Paris e imediatamente a Italia pede a extradiçao do criminoso. Depois de uma verdadeira briga de ferro, é concedida a extradiçao e ele foge desta vez para o Brasil

No Brasil

Em 2007 Cesare Battisti é preso no Rio de Janeiro através de uma força conjunta entre as policias brasileira, francesa e italiana e finalmente a Itàlia ve de perto a possibilidade de extradiçao dele.

O que ninguém esperava é que o entao ministro da justiça brasileira – Tarso Genro – num final de semana na praia em janeiro de 2009 decidiria conceder "asilo politico" a Cesare, compreendendo que ele era um fugitivo politico do nefasto sistema politico italiano…

No dia 16 de janeiro daquele ano eu escrevi este artigo, onde demonstrei meu descontentamento com o governo brasileiro, pois no meu entendimento um ministro democràtico nao poderia ir contra a decisao de um òrgao formato por especialistas como o CONARE (Conselho Nacional para Refugiados) que tinha rejeitado o status de refugiado politico de Cesare Battisti.


Politica externa brasileira

Com esta decisao do presidente Lula de ir novamente contra todos os òrgaos brasileiros a favor da decisao de extradita-lo, o Brasil sbaglia di grosso, pois este nao é um assunto do Brasil. Nao cabe a um homem (ou dois) conceder asilo a um cidadao procurado e condenado em seu pais de origem, principalmente quando existem acordos claros de reciprocidade entre os paises.

No dia 18 de novembro de 2009 o Superior Tribunal Federal considerou ilegitimo o status de refugiado politico e deixou a decisao ao presidente da Republica brasileira que no seu ùltimo dia de mandato declarou que nao liberaria o condenado Cesare Battisti.

Perguntas sem resposta

"Por que o governo brasileiro, primeiro através do ex-ministro da justiça Tarso Genro e depois pelo ex-presidente da Republica Lula resolveu contrariar tudo e todos e criar artificialmente um status de fugitivo politico a uma pessoa condenada em seu pais de origem por vàrios crimes?"

Por que o Brasil, um pais que almeja um lugar no cenàrio externo qualifica a reaçao italiana como impertinente quando este ùltimo declarou como "incompreensivel" e "inaceitàvel" a nao extradiçao?

Consideraçoes do Saga

Eu sinceramente nao entendo para qual direçao diplomàtica o Brasil aponta com esta decisao, uma vez que serà chamado à Corte Internacional em Haia para explicar o motivo que levou seus lideres a ajudar outro condenado. Quando eu digo outro condenado, quero lembrar que o Brasil era um dos paises preferidos pelos fugitivos apòs a segunda guerra mundial. Os mais jovens podem nao saber, mas uma das piores pessoas que jà existiram neste mundo, chamado Josef Mengele e conhecido como o "anjo da morte" jà que fazia experimentos terriveis nos campos de concentraçao nazista – viveu durante 25 anos no Brasil como se nada tivesse acontecido, morrendo de causas naturais numa praia em Bertioga, litoral paulista.

Um pais que convive com pessoas que ainda hoje morrem de fome e ao mesmo tempo tem imensas reservas naturais de àgua e onde tudo se planta se colhe; que mantém uma vergonhosa disparidade entre a camada mais rica e a camada mais pobre da populaçao; um pais onde as pessoas tiram as vidas uma das outras por causa de coisas fùteis como um tenis, um cinto ou uma bolsa; um pais que tem uma cultura tao rica e é tao belo que dòi merecia realmente governantes mais preocupados em resolver estas mazelas do que perder tempo com os problemas de outros paises, de outras naçoes.

Mas infelizmente é assim: cada um tem o Berlusconi que merece!!!

 

22 Comentários


  1. Rosana, Yara e os demais, além do Grande Saga:
    Bem disse a Yara que a troca de governo não traz muita esperança, faltou dizer que a Dilma, além de militante, também participou de ações armadas, incluindo assaltos, e o grupo dela também assassinou inocentes. E o Tarso não era nenhum inocente nestes episódios violentos da época da ditadura. E o grupelho dos mais próximos do ex-presidente também. Só o Lulinha Paz e Amor não foi às armas, não teve coragem. E Rosana, a inflação foi contida por FH, o Lula só continuou a receita vitoriosa, além de manter as bolsas criadas pelo antecessor, só mudando o nome e exagerando na quantidade. E o SUS está cada vez pior, e a aposentadoria 30 minutos que ele garganteou demora mais de 30 dias. E a corrupção corre solta nos bastidores. Além disso, o PT foi criado pela esquerda radical, pelos ditos “trabalhadores” que não se encaixavam no PTB ou PDT, juntando socialistas e comunistas num lugar só, pois até então oposição era só o PMDB, que não podia receber este título, e cujos integrantes faziam o possível para não contrariar o governo. Lembre-se que o PCB e depois o PC do B vieram somente anos depois. E por último, quem julgam ser estes dois malucos para dar a entender que a justiça italiana (herdeira direta do milenar direito romano) não é capaz de tratar do caso com a necessária competência. Quem sabe a justiça brasileira, que inocentou a assessora da Dilma, seja mais competente. Como diziam no tempo da criação do PT “os postes começaram a mijar nos cachorros”.

    Responder

  2. Olá Fábio!

    Infelizmente a troca de governo não nos traz muita esperança de que esta decisão ridícula se reverta, a julgar pelo passado de Dilma como militante contra a ditadura, presa política e torturada.
    Ainda assim, espero que justamente por isso ela saiba discernir o que é um perseguido político e mande esse criminoso de volta pra Itália, até porque,um país que não dá conta sequer da população carcerária que tem não pode se dar ao luxo de abrigar criminosos alheiros.
    Abraços!

    Responder

  3. Caro Fabio Saga.

    Concordo em tudo que disse, mas quero pedir a você, por motivo de justiça, que não exagere na avacalhação ao Berlusca, não o compare a um verme como o lulla.

    Abraço.

    Ronald.

    Responder

  4. Fábio, acredito que todas essas ações serão revistas. Para muitos, a decisão de Lula é coerente pois basea-se em interpretações do STF, mas para a maioria, são interpretações erradas e o STF deve tomar a decisão final, que provavelmente seja a extradição. Mas tudo isso só em fevereiro pois todos estão de recesso (até pq o ano só começa deopis do carnaval!!! kkkk)
    leia essa notícia muito interessante no site da OAB http://www.oab.org.br/noticia.asp?id=21206
    Também acredito que seja qual for a decisão, o futuro das cidadanias italianas não serão afetadas. Talvez outros acordos bilaterais, mas as cidadanias não.
    Abbracci a tutti

    Responder

  5. Ciao, Fabio. Já faz muito tempo que acompanho seu blog. Aprecio muito. Esta de parabéns
    É a primeira vez que comento aqui. Gostei desta crônica.
    Esta crônica é uma das melhores que li sobre este assunto, ela nos fez abrir os olhos para o que deve estar por traz desta história toda chamada Cesare Battisti.
    Que devamos esperar mais deste “governo”?
    De um governo que prega ”justiça” que defende “bandido da cueca ou sem na cueca”, ao invés dos cidadãos honestos…
    É o cúmulo, já bastam os bandidos daqui, agora estamos importando de outros países.

    Responder

  6. Estou de pleno acordo com a comparaçao que fizeste entre Lula e Berlusconi. Apesar de terem origem diferentes, os dois desprezam as instituiçoes, colocando a ideologia e questoes pessoais acima da constituiçao.

    Alem disso, ambos sao desprovidos de decoro minimo que o cargo de presidente exige para um cidadao.

    Responder

  7. Ola!
    Acredito que a maioria da populacao Brasileira esta indignada com a decisao do Ex-Presidente Lula!
    Nao sei como, mas se a populacao do Brasil fizesse um protesto a nivel Nacional, quem sabe nao poderiamos corrigir a grande bobagem feita pelo Ex-Presidente em seu ultimo dia de mandato? Se anos atras a populacao conseguiu o tirar um presidente eleito do Governo (Fernando Collor) com uma grande Manifestacao, pq nao conseguir extraditar um Terrorista???
    Que o C. Battisti volte a Italia e seja julgado por todos os seus crimes e cumpra sua pena!!

    Responder

  8. Ciao a a tutti

    O objetivo é este mesmo: trocar idéias e opinioes sobre este assunto!!!

    A parte o partidarismo que cada um tem, eu queria explicar a quem vive no Brasil e que talvez nao esteja acompanhando o caso de perto: o que o presidente Lula fez foi de uma irresponsabilidade sem tamanho!!!

    E eu nao nego jamais o direito de um pais soberano de tomar suas pròprias atitudes, acho louvàvel quando o Brasil tenta tomar as rédeas do jogo diplomàtico e fazer valer o seu tamanho e sua importancia – isso é muito bom!

    Porém o que me deixa chocado é um criminoso como o Battisti dizer que nao quer vir à Itàlia CUMPRIR SUA PENA, pois pode ser morto na cadeia e prefere cumprir sua pena nas cadeias brasileiras. Mas como diria o Coronel nascimento: ELE è UM FANFARRAO!!!

    Exatamente hoje durante todo o dia houveram manifestaçoes em toda a Itàlia: da Milano a Roma. O canal Sky (((QUE NAO è DO GOVERNO ITALIANO))) fez uma matéria sobre o caso, mostrando as vitimas e tudo que aconteceu naquele periodo. Assistindo a tudo e vendo os relatos das vitimas nao tem como nao indignar-se com a decisao do presidente Lula.

    O que todos queremos é simples: que o criminoso seja exportado à Italia, que cumpra sua pena e pague pelo que fez… sò isso!!!

    Responder

  9. Ai Rosana, seus comentários são até mais tendenciosos do que os que você está reclamando. Simplesmente ao negar o pedido de extradição o governo brasileiro atesta que a Itália não possui condições de julgar e garantir a integridade física de Battisti, o que convenhamos é uma posição que afronta sim o estado italiano. Quanto as filas do SUS acredito que você viva numa cidade muito boa, pois as filas são cada vez maiores..
    Abraço!

    Responder

  10. Oi Rosana! Vc tem razão! Posso ter errado, mas falo antes da criação do PT. (Escrevi o comentário logo após ter assistido a uma entrevista de um filho dos que perderam a vida no episódio envolvendo Battisti, por isso acabei extravasando).
    O que é preciso admitir é que as ideologias político-partidárias sólidas praticamente não existem mais. Tanto de esquerda como de direita.
    Obrigada pelo “puxão de orelha”.

    Responder

  11. Olá Fábio e Pessoal!
    Vou postar aqui e também no arquivo “SEGURO SAÚDE – BRASIL – ITÁLIA” de 22 de outubro de 2007:
    Para quem vai retirar o CDAM aqui em Curitiba o endereço é Rua Cândido Lopes, 208 – 5º andar – sala 506 – Centro, com Walter. Pessoa muito atenciosa. Gente fina tal qual nosso Saga aqui. Hoje, 04/01/2011, estive lá falando com ele e levei a documentação para conseguir o tal certificado (CDAM). São fotocópias simples do passaporte, RG, CPF, Carteira de Trabalho. É bom ligar para ele antes para agendar um horário e saber detalhes das fotocópias: 41-32329035. E a época está muito propícia para conseguir o tal CDAM, pois o movimento é pequeno. Para vcs terem uma ideia encontrei-me com ele as 10:30h, ele conferiu as fotocópias e pediu-me para dar uma volta pelo centro da cidade enquanto providenciava o documento e foi o que fiz. As 11:35h ele me ligou para dizer que já podia passar lá para retirar o CDAM. Rápido e sem burocracia. Mas o problema foi que ele disse que como eu ainda não tinha um endereço na itália o CDAM tinha sido emitido com validade de apenas 3 meses a partir da data de hoje e se eu tivesse fornecido um endereço o documento passaria a ter validade de 1 ano. E como eu ainda estou esperando o chamado do consulado para fazer as legalizações, penso que só irei para a Itália após estes 3 meses. Foi aí que eu disse a ele que falaria com vc Fábio e tentaria conseguir um endereço aí na Itália. Pedi a ele para emitir um outro CDAM e o cara foi gente finíssima. Se fosse outro me mandaria a merda, mas ele não, foi até compreensivo E agora Fábio? Será que vc pode me mandar o endereço onde ficarei aí em sua cidade, pois fiquei de passar o endereço ainda hoje. Mande para meu email Fábio, aliás, postei ontem um email sobre dúvidas da documentação que te enviei e que gostaria que vc me esclarecesse. Abraços! MAUTOS.

    Responder

  12. Juliana, so a cargo de informaÇao, o Partido dos Trabalhadores foi fundado EXATAMENTE porque seus fundadores eram anti-comunistas!!! Para quem conhece a historia politica recente do Brasil, sabe que na decada de 70 a unica oposiçao era de extrema esquerda/comunista, dai entao surgindo o PT.Talvez seja dificil entender para quem somente le a respeito e por meios de comunicaçao tendenciosos,mas para quem viveu na pele como eu, e a maioria das pessoas de minha geraçao, è muito triste constatar que pessoas jovens e inteligentes ainda nao entenderam o que realmente esta acontecendo no Brasil!
    Talvez tenham saudades dos 8 anos de FHC: arrochos, filas Sus, miseria, inflançao retornando a todo vapor, etc etc etc
    Feliz 2011 a todos!

    Responder

  13. Como falou a pessoa que deixou comentário anônimo: Lula, Tarso Genro e CIA, há algum tempo, eram os revolucionários comunistas, como Battisti.
    Porém, como não conseguiam entrar no poder, partiram para a banda da direita (na verdade se dizem centro-esquerda).
    O triste, é que a ideologia deles vêm a toda como melhor lhes convém.

    Responder

  14. Grande, Saga.
    É realmente estarrecedor ver como o Brasil age em algumas situações. As relações exteriores são bastante confusas… esperamos que algo mude com o novo mandato.

    Só tenho que registrar sobre a sua citação sobre o Mengele que, no caso dele, só foi identificado com ajuda da polícia alemã, muitos anos depois de morto. O governo brasileiro nunca concedeu asilo de nenhum tipo para o nazista.

    Responder

  15. Grande Fábio, como isso pode refletir no reconhecimento da cidadania italiana para os brasileiros, se isso não for resolvido logo?
    Abraço!

    Responder

  16. Resoeito sua opiniao e a dos outros comentaristas em relaçao a extradiçao do Battisti, mas nao posso concordar de maneira alguma com esta foto postada, que coloca Lula ao lado de Berlusconi. Para quem morou no Brasil ate 11/2010 e conhece bem o Berlusca daqui por estar sempre acompanhando noticiario, sabe que as diferenças entre um e outro sao inumeras, a começar pelo amor aos brasileiros que Lula demonstrou nesses 8 anos e quanto aos numeros…estes todos podem acompanhar , principalmente pela midia estrangeira e Blogs independentes do Brasil. Quanto ao ato da nao extradiçao, tambem fiquei descontente, mas acredito que existem muitos outros fatores envolvidos e nao posso desqualificar um presidente como Lula por isto!

    Responder

  17. Buongiorno, carissimo Fabio! Vc diz que nao consegue entender o motivo da NÃO extradição do assassino Battisti (ele foi julgado e condenado e portanto posso chama-lo de assassino) pela “turma” do Lu-la-lá. Oras Fabio, é muito simples o entendimento…. a turma do Lu-la-lá, fazia extamente o mesmo que Battisti, fez no passado. OS IGUAIS, SE PROTEGEM!!! Simples assim!!. Grosso abbraccio.

    Responder

  18. Olá Fábio,

    Não são somente os brasileiros que vivem na Itália que se envergonham, nós que estamos aquí também…
    Não dá pra entender!!

    Um abraço

    Responder

  19. Que coisa!Lula cuspindo no prato que reconheceu a cidadania italiana da mulher dele.É,Fábio,não seria diferente essa decisão final,logo prá quem ficou isso,Lula!
    Que vergonha!

    Responder

  20. Talvez nós, brasileiros na Itália, devêssemos mesmo fazer uma manifestação em Roma, viu? Afinal de contas, o governo deve pensar primeiro nos brasileiros que vivem na Itália. Sem contar que italianos têm o direito de decidir a vida do Battisti. Fiquei com vergonha da decisão do Lula e, se não estiver enganada (ouvi a notícia de longe), o Battisti, além de não ser extraditado, vai ser solto. O Lula não deixou ele no Brasil com o status de refugiado político.
    Triste.
    Bjs!

    Responder

  21. Oi Saga

    Eu concordo com voce em genero e grau! Nao consigo entender o motivo pelo qual o BR teima em conceder asilo a um terrorista que foi condenado por diversos crimes.

    Te juro que tenho uma vontade imensa em fazer um protesto na porta da embaixada brasileira, para demostrar pro governo que nos brasileiros, nao estamos sadisfeitos com a sua decisao.

    Enfim, o Governo Lula deveria se envergonhar por tudo isso!

    Um abraço e buon Anno!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.