Ultima fornada de cidadanias de 2011 – Parte I

Ciao a tutti 
 
Como voces sabem estou de férias no Brasil, passando as festas com as minhas lindas filhotas. Porém eu tinha que encontrar um tempinho para contar a voces o que aconteceu nos últimos meses, e como minhas filhas foram passar o reveillon com a mae, consegui correr aqui num micro alheio para 'prosear' um pouquinho com voces rsrsrs
 
Quero contar sobre as ultimas fornadas de cidadanias ( sim,  fornadaS ) de 2011, afinal de contas tenho a obrigacao de homenagear nossos queridos CAB's (Clientes Amigos do Blog) que nos deram a honra de contribuir para a realizacao dos seus respectivos sonhos. Vou dividir em dois posts e começo apresentando a voces tres grandes figuras da Minha Saga: Luciano, Rafaela e Gabriel, vamos lá:

 LUCIANO LOURENCINI

Quero comecar apresentando a voces um grande amigo:  Luciano Lourencini, que veio lá de Sao Carlos, no interior de SP. O Luciano dividiu quarto com o Cesar Silvestre e mal se conheceram ja se deram bem: aprontando bastante pela bota, com muito vinho Chianti, contribuindo para o aumento da producao do vinho local kkkkkkk).
 
Já na comemoracao, olha o vinho ali rsrs
 
 
 
O grande momento: a assinatura!!!
 
RAFAELA BRANDT
 
Logo em seguida foi a vez da Rafaela Brandt – irma da Rubia, lembram dela? A Rafa chegou pouco tempo depois da Rubia, e podemos dizer que ela proveitou bastante a nossa bella Italia, viajando bastante e deixando já muitas saudades!!!
 

 
Esdras, Rafaela e Gabriel, dá pra perceber a felicidade ou nao?
 
Tao logo obteve o reconhecimento, voou pra Londres, onde foi estudar e aperfeiçoar a lingua inglesa!!!
 
GABRIEL SOARES
 
Já a historia do Gabriel foi mais traumatica do que a da Rafa, pois foi mais um dos 'resgatados' aqui na Minha Saga.
 
Ele chegou e foi direto pro norte da Italia, e assim como eu tentou fazer o processo sozinho! Poucos dias depois percebeu que as coisas mudaram muuuuito desde 2007 e quando viu que nao iria rolar por lá pegou o trem e veio pra Toscana, desembarcando na cidade de Grosseto. E lá teve sua segunda desilusao: ouviu da oficial que ele nao tinha direito á cidadania italiana…
 
Nos ligou e contou o que tinha acontecido e felizmente tinhamos uma vaga sobrando, ele concordou e no dia seguinte da sua chegada lá estava ele esperando já o vigile!!! Poucos meses depois, provamos para todos os comunes 'racistas' que ele tem sim direito e hoje pode bater no peito e bradar que é cidadao italiano!!!!
 
Olhem a felicidade do Gabriel, momentos antes da assinatura!!!

 

O primeiro cappuccino como italiano a gente jamais esquece 🙂

Na 2a parte da fornada, contarei a voces a história da Teresinha, do Caio e do Esdras, que fecharam com chave de ouro o ano de 2011 aqui na Minha Saga.

Um forte abraço a todos e um excelente 2012!!!!