Novo terremoto causa vitimas no centro da Italia

 
Era dezembro de 2009 quando eu, a Lu e nosso querido 'filho' Felipe Aragao resolvemos fazer uma viagem: juntos iriamos conhecer a terra de nossos antenatos. Eu jà conhecia a minha querida Lozzo Atestino, porém a Lu ainda nao conhecia Paese, pròxima a Treviso e o Felipe também nao conhecia a pequena Sant'Agostino – na provincia de Ferrara.
 
Partimos bem cedo, fazia um frio danado, passamos por Bologna atè que que chegamos em Sant'Agostino – que descobririamos ser a cidade do tartufo.
 
E nos emocionamos ao ver o Felipe emocionado – pensar que daquela pequena cidade saira aquele que fez possivel o seu reconhecimento da cidadania italiana. Abaixo a Lu tirando uma foto do Felipe na frente do predio do comune.
 

 

 
Hoje, dia 20 de maio de 2012 as 4:04 da manha, aquele mesmo local onde estivemos foi literalmente 'sacudido' por uma série de 3 terremotos – um deles de magnitude 6 da escala Richter. Atè o momento: 6 mortos e dezenas de feridos. Abaixo a imagem do mesmo edificio onde fica o comune de Sant'Agostino – visto por outro angulo – depois do forte tremor desta noite.
 
 
 
Muitos amigos que vivem em Milano, Bologna, Toscana e atè em Friuli Venezia Giulia sentiram o tremor – que teve como epicentro as cidades de Sant'Agostino, Finale Emilia e Cento, como podemos ver no mapa abaixo:
 
 
Quem està chegando agora em nosso blog pode nao saber, mas em 2009 estive em l'Aquila conferindo e prestando ajuda logo apos o grande terremoto que praticamente destruiu a cidade, entrando inclusive na zona proibida. Naquele momento pude conferir de perto o sofrimento das pessoas que perderam suas casas, seus entes queridos. Hoje, quando acordei e vi as noticias, automaticamente vieram aquelas tristes imagens que vi em Onna e l'Aquila…
 
E infelizmente nao està descartada a possibilidade de novos tremores, que podem acontecer nas pròximas horas, ou atè mesmo nos pròximos dias, segundo um especialista.
 
Aqui na regiao onde moramos nao foi sentido o tremor – porque estamos a beira do mar, e também porque estamos 'divididos' daquela regiao pelas montanhas apenninicas – (os 'Appennini' sao o nosso equivalente aos Alpes – trata-se de uma cadeia de montanhas que corta a Itàlia praticamente em duas, com seus mais de 1300) quilometros de extensao.
 
E o momento nao poderia ser pior para o acontecido – ontem pela manha uma bomba explodiu na frente de uma escola no sul da Itàlia – matando uma estudante – e desde ontem estao acontecendo uma série de movimentos em todo o pais. Além disso, acordamos debaixo de uma forte chuva – que promete nao dar trégua atè a tarde de amanha, o que com certeza dificultarà a busca de outros feridos na regiao.
 
O momento è de tristeza, temos que pedir a Deus que conforte às pessoas que pederam seus entes e torcer para que nao tenhamos nehuma outra vitima, assim como nenhum outro tremor.