5 anos de Italia – A consolidação

Queridos amigos

Mais uma vez venho aqui agradecer e compartilhar com voces mais uma etapa da minha vida. Hoje completam 5 anos que cheguei aqui na Italia e me dei conta de algo interessante: sò escrevi sobre isso nos anos impares: quando completei 1 ano e depois quando completei 3 anos da minha chegada, e nao tenho a menor idéia do porque, juro que nao foi de propòsito rsrsrs

O que eu acho mais interessante nao è o fato de ter chegado atè aqui, mas sim como è que isso aconteceu – e nao pude segurar o sorriso ao reler o que eu escrevi:

Quando completei 1 ano de Italia o titulo foi Um ano de superação que em outras palavras significava que depois de muitas pedras no caminho, muita gente tentando atrapalhar, tudo muito difícil, e mesmo assim eu havia vencido todos os obstáculos e podia bater no peito e dizer: sou italiano!!!”

Ao completar 3 pelo titulo, as coisas apreciam mais amenas: Muuuuita histária pra contar – jà se percebia que a vida estava mais fácil, as dificuldades já tinham sido deixadas para trás e a vida andava normalmente.

Agora, nao foi a toa que o titulo è A consolidação – pois depois de cinco anos a gente se dá conta que nao è mais forasteiro, è parte integrante do lugar. A lingua deixou de ser um problema hà muito tempo, as amizades se consolidaram, a saudade do Brasil jà praticamente nao existe e o pensamento deixou de ser no passado e agora projeta o futuro.

E o mais incrivel è pensar que este blog nasceu de uma idéia qualquer, sem nenhum tipo de pretençao – exatamente como a minha vinda à Italia: sem nenhum plano especial ou algo do gênero, apenas trabalhar e ‘fazer a vida’ como muitas pessoas que emigram ao exterior, juntamente com o sonho de ser reconhecido cidadao italiano.

Recentemente trocando figurinhas com Deus, percebi que tudo aquilo que eu nao queria fazer, de uma forma ou de outra acabei fazendo!

Primeiro não queria trabalhar com buscas de documentos, pois nao queria enfrentar os padres – jà na minha primeira semana na Itàlia, muitos amigos me procuraram para fazer a busca dos seus documentos e pronto – là estava eu dormindo em tudo quanto era estaçao de trem 🙂

Porém o blog foi um verdadeiro companheiro – hoje passei a manha lendo antigos comentàrios de leitores – pra quem nao sabe eu jamais releio as coisas que eu escrevo, acho horrivel rs – mas hoje abri uma exceçao, lendo antigos comentàrios e tenho que admitir: a maior parte desta minha caminhada deve-se a voces, leitores.

Essa coisa chamada blog acabou meio que virando um canal tao forte, uma ligação tão profunda que eu nao conseguiria mais viver sem ele. Uma das frases mais comuns è “mammamia, tenho que escrever isso no blog”. Ela surge nos mais variados contextos: conversando com clientes, passando por alguma situaçao engraçada (quem nao se lembra das Dicas de Pobre? rs) ou constrangedora (tipo Mr. Bean rs). E tudo isso virou um canal de mao dupla: voces me deram força quando eu mais precisei, continuam me fazendo aprender cada vez mais e eu despejo tudo aquilo que eu sei de informação sobre o mundo da cidadania italiana – e tenho certeza que jamais conseguirei compensar tudo aquilo que voces fazem por mim.

Sem contar o orgulho que eu sinto toda vez que algum novo blog contando as peripécias na Itàlia desponta na rede – muitos carinhosamente iniciam com alguma frase do tipo “tudo começou quando eu lia o blog do Saga”, ou “resolvi escrever este blog inspirado na Minha Saga” outros apenas colocam ali no cantinho, na lista de ‘blogs preferidos’ – independente da forma, o gesto de carinho e da lembrança é impagável!

Muito obrigado a todos voces por estarem presentes aqui comigo durante esta longa jornada.

Obrigado, obrigado, muito obrigado!!!