Desburocratizando a Italia: O visto italiano

Ciao a tutti

Hoje quero falar sobre um assunto muito comum entre os leitores da Minha Saga: o visto na Italia.

Resolvi escrever este artigo por causa da mudança do perfil dos leitores da Minha Saga: no passado, praticamente 100% dos leitores eram pessoas interessadas no reconhecimento da cidadania italiana por ser descendente de cidadão italiano.

Hoje, somado ao nosso público tradicional, temos também pessoas com os mais variados interesses, como por exemplo:

  •  interessados em fazer turismo na Italia;
  • estudantes em busca de universidades e/ou especialização;
  • empreendedores que desejam saber mais sobre o empreendedorismo na Italia;
  • jovens em busca de uma vida melhor, procurando informações relevantes sobre o mercado de trabalho italiano.

Portanto, vejamos como funciona o visto na Italia, para aqueles que não possuem ascendentes italianos em sua família, e que por este motivo não podem obter a cidadania de forma automática.

O VISTO D’INGRESSO

Este é oficialmente o nome do visto italiano – visto d’ingresso!

Ele dá ao seu titular o direito a entrar no país, e uma vez aqui, ele deve transformar este visto de entrada em um visto de permanência, chamado de permesso di soggiorno.

CATEGORIAS DE VISTO NA ITALIA

A Italia divide os tipos de visto de ingresso em duas categorias:

– até 90 dias
– superior a 90 dias.

Quem pretende vir à Italia e permanecer aqui por um período inferior a 90 dias, não precisa solicitar o visto de ingresso antecipadamente, bastará o carimbo de entrada no país para que o seu titular possa permanecer legalmente durante estes 90 dias.

O carimbo de entrada é parecido com este:

visto italiano

Veja que nestes carimbos acima, o primeiro contém a letra A e o segundo a letra D. Isso significa que o primeiro carimbo foi realizado pela Áustria e o segundo pela Alemanha (Deutschland).

Caso você entre diretamente na Italia, o carimbo conterá a letra I.

QUERO IR A ITALIA E PERMANECER POR MAIS DE 90 DIAS

Se você pretende permanecer aqui por mais de 90 dias, você obrigatoriamente terá que solicitar um permesso di soggiorno – e ao contrário do que muitas pessoas pensam, isso nao se faz em território italiano: isso deve ser feito diretamente no consulado italiano antes da vinda à Italia.

Muitos fazem confusão em relação aos vistos italianos, e eu costumo utilizar o seguinte exemplo:

Você quer ir aos EUA para estudar ou trabalhar, qual a primeira coisa que você faz?

Vai até o consulado americano no Brasil e faz a sua solicitação para o visto americano, não é mesmo? Dependendo do tipo de visto que você quer aplicar (estudo, trabalho, negócios, etc), o funcionário consular te pedirá documentos que comprovem e corroborem o seu pedido, certificando-se que você tem os requisitos necessários para obtê-lo.

Aqui na Italia, as coisas funcionam exatamente da mesma forma!

Se o seu objetivo é permanecer por mais de 90 dias, você deve se dirigir ao consulado italiano mais próximo da sua residência, aplicar para o visto que deseja e apresentar os documentos relativos aquele tipo de visto.

Simples, assim!

E como saber quais os documentos necessários, se os consulados não te respondem, ou te deixam horas pendurado no telefone?

Basta clicar aqui para entrar na página dedicada aos vistos, no site oficial do Ministero degli Affari Esteri (Ministério das Relações Exteriores) da Italia.

visto para a Italia

A primeira coisa que encontramos no site é a explicação geral sobre a entrada na Italia, vejamos o que nos diz o site:

Todos os cidadãos estrangeiros que pretendem vir à Italia, devem exibir na fronteira a documentação prevista que justifique a motivação e a duração da estadia prevista, além de, nos casos previstos, da demonstração de comprovantes financeiros e de meios de hospedagem adequados.

Em alguns casos será necessário a apresentação de um visto. Este último deve ser solicitado junto as representações Diplomáticas e Consulares Italianas no país de residência do interessado.

Voce precisa de visto?

Entre no site para:
– saber se você, de acordo com sua cidadania, seu pais de origem, da duração e da motivação da sua estadia, necessita de um visto para entrar na Italia.
– verificar a documentação necessária para solicitar o visto que lhe interessa.

Agora, caros leitores, vocês devem responder as 4 perguntas abaixo:

visto para a Italia

1 –  Nazionalità –  você deve escolher Brasile

2 – Il Paese in cui risiedi stabilmente – você deve escolher também Brasile

Nota: Caso você viva no exterior, è necessário saber sua condição de residente – se tiver um visto por tempo determinado, não caracteriza residência e portanto você deve escolher a opção Brasile. Se, por outro lado, você for detentor de um visto por tempo indeterminado, como o Green Card americano, neste caso voce deve inserir o país de sua residência neste campo.

2 – Em seguida, você deve escolher a opção oltre i 90 giorni

3 – Agora você deve escolher o tipo de visto que pretende saber maiores informações. Vamos utilizar como exemplo o visto de trabalho subordinado, escolhendo a opção Lavoro Subordinato e clicando em Vai alle risposte.

Aparecerá na parte inferior da página as instruções e documentos necessários para este tipo de visto, vejamos a imagem abaixo:

visto

Veja que acima constam as informações inseridas e abaixo os documentos necessários para obter este tipo de visto.

Em seguida você encontrará a frase Dove richiedere il Visto, onde estão listados os consulados italianos no Brasil, com os respectivos endereços e demais informações úteis.

Por fim temos a sessão Diritti da riscuotere… onde podemos verificar o valor que teremos que pagar pelo visto – neste caso específico ele custa atualmente € 116.00.

visto na italia

CONSEGUI O VISTO ITALIANO, AGORA POSSO CHEGAR NA ITALIA E VIVER TRAQUILO?

Muita calma, cára pálida!

Como verificamos, o visto é chamado de visto de ingresso por um simples motivo: ele serve para entrar, mas não necessariamente para permanecer!

Aqui entra o famoso permesso di soggiorno, que traduzindo para o português, significa permissão de estadia.

Percebi que muitas pessoas se confundem com esta diferença, normalmente a pergunta que me fazem é:

– Saga, como eu faço pra tirar o permesso di soggiorno?

Eu respondo:

– Qual deles?

E a pessoa responde:

– O Permesso… di SOGGIORNO!

Vejam, que ‘di soggiorno’ não é um tipo de visto, mas apenas o complemento do nome dele 😉

TIPOS DE PERMESSO DI SOGGIORNO NA ITALIA

Os tipos de permesso são praticamente os mesmos que os tipos de visto – claro que podemos adicionar o permesso in attesa di cittadinanza, que é aquele que pedimos aqui na Italia quando o processo de reconhecimento vai ultrapassar 90 dias, porém neste artigo vamos tratar apenas dos permessos que correspondem aos vistos de entrada, como por exemplo:

Adozione = Adoção
Affari = Negócios
Ricongiungimento familiare = Unificação familiar
Cure mediche = Assistência médica
Gara Sportiva = Competição esportiva
Lavoro autonomo = Trabalho autônomo
Lavoro subordinato = Trabalho subordinado
Motivi religiosi = Motivos religiosos
Reingresso = Reentrada
Residenza elettiva = Residência eletiva
Studio = Estudo
Transito = Trânsito (no sentido de passagem)
Transito aeroportuale = Trânsito aeroporto
Turismo = Turismo
Vacanze Lavoro = Férias e Trabalho

INFORMAÇÃO IMPORTANTE:  O visto de ingresso na Italia deve ser transformado em permesso di soggiorno dentro de 8 dias, a contar da data da entrada no país.

Para entender melhor como funciona, clique aqui para ver os procedimentos sobre o permesso in attesa di cittadinanza (lembrando que cada tipo de visto requer documentos específicos, utilize aquele artigo apenas como referência!)

Muito bem queridos leitores, espero ter desburocratizado este monstro que se chama visto e que a partir de agora, quem pretende vir à Italia e não tem nenhum italiano na sua ascendência, possa de uma forma ou de outra conseguir viver aqui.

Aproveito para lembrar a quem pretende viver aqui, considere adquirir o meu Guia Prático da Vida na Italia, onde eu dou dicas e macetes sobre a vida por aqui. Para conhece-lo melhor basta acessar www.minhasaga.org/guia

Um forte abraço a todos e boa viagem 🙂