Marcel Preis – Cidadania em menos de 30 dias

Ciao a tutti!

Nada como chegar ao final do ano com tanto trabalho realizado, tantos novos amigos, tantas alegrias e… um novo recorde de tempo máximo da conclusão de um processo!!!

Pra que vocês entendam, nossos recordes anteriores foram os seguintes:

1 – em setembro de 2008 eu fiz o processo do Moacyr, que durou 46 dias.

2 –  já mais recentemente, em agosto de 2012 foi a vez da nossa queridíssima Camila Vanin, com seus impressionantes 36 dias.

E agora, o que parecia ser um sonho quase impossível se tornou realidade: conseguimos diminuir ainda mais esta marca – 27 dias!

Quando falo tempo máximo, conto o dia da chegada no aeroporto de Pisa até o dia da assinatura, confecção da carta di identità italiana e retirada da certidão de nascimento italiana!!!

Eis que tenho o grande, enorme, gigantesco prazer de apresentar a vocês ele, o detentor deste incrível recorde, o senhor

MARCEL PREIS

marcel preis

Vejam só que beleza a cronologia do processo do Marcel:

16/09 – Chegada na Italia, aeroporto de Pisa;
17/09 – Pedido de residência e demais procedimentos realizados: esperando o vigile urbano;
13/10 – Assinatura da carta di identità e retirada da certidão de nascimento italiana.

Total do processo: 27 dias 🙂

MAS SAGA, COMO ISSO FOI POSSÍVEL, SE TEMOS QUE ESPERAR A NON RINUNCIA DOS CONSULADOS, E ESTES PODEM DEMORAR ATÉ 90 DIAS?

Pois é meus queridos leitores, aqui está a mágica (que foi a mesma utilizada no processo da Camila e do Moacyr): o Marcel também foi beneficiado por um período curto num passado recente, onde o consulado de Porto Alegre entregava junto com os documentos legalizados, a mancata rinuncia – que é o famigerado documento que faz com que os consulados demorem até 90 dias para enviá-los aos comunes, variando portanto o tempo médio de cada processo.

Como o Marcel aproveitou esta época boa, quando foi retirar seus documentos legalizados em POA, recebeu também a non rinuncia e por isso, tão logo o guarda municipal confirmou a sua residência aqui conosco, o comune pôde começar a terminar o seu processo, transcrevendo a sua certidão de nascimento – pois com a entrega da non rinuncia junto com os outros documentos, não havia nenhum motivo para esperar nada dos consulados italianos no Brasil.

Infelizmente esta prática durou pouco (falei sobre disso neste artigo), pois outros consulados italianos no Brasil entraram com um pedido junto a embaixada italiana em Brasilia solicitando que esta (ótima) prática do consulado em Porto Alegre fosse proibida, já que – sempre sendo estes outros consulados – seria impossível toda rede consular italiana no Brasil fazer a mesma coisa, devido a quantidade de trabalho atual.

Sem entrar no mérito da questão, só temos que comemorar mais este feito, agradecendo aos comunes onde trabalhamos pela agilidade e carinho que sempre nos atendem, eis mais uma prova maravilhosa disso.

Vejamos as fotos daquele dia tão especial, que entrou pra nossa história:

IMG_1067 IMG_2340 IMG_2357

Um grande abraço ao nosso querido Marcel, que nos proporcionou momentos incríveis, não somente com o recorde, mas também com bons papos e ótimas trocas de experiência 😉