Ranking das províncias italianas com melhor qualidade de vida

Ciao a tutti

Mal retornei a Italia e já encontrei uma notícia que pode ser bastante proveitosa e importante a todos que pensam em um dia viver aqui na terra de Dante, Petrarca e Michelangelo.

Trata-se de um ranking estatístico com as melhores provincias italianas no que diz respeito a qualidade de vida. A Italia conta atualmente com 107 províncias, que se assemelham aos estados brasileiros.

Quem quiser entender melhor sobre a composição dos estados e municípios da Italia basta clicar aqui e ler o artigo.

Vejamos primeiro a lista completa e depois deixo as minhas considerações:

 ranking das provincias italianas

Na imagem acima, publicada pelo site do jornal econômico Il Sole 24ore, podemos ver claramente a imensa diferença da qualidade de vida entre a Italia do centro nord e do sul: se excluirmos a Sardegna, que é uma ilha posicionada ao sul da Italia, a primeira cidade ao sul do continente aparece apenas na 71ª colocação (Viterbo).

Se virarmos o ranking de ponta cabeça, encontraremos nada menos do que 18 províncias do sul nas piores colocações! A pior província italiana para se viver é Agrigento (na Sicília) seguida de Reggio Calabria, Foggia, Caserta, Taranto, e assim vai até a 17ª colocação, onde aparece uma província que não é do sul – trata-se de Frosinone, que fica próxima a Roma, em Lazio.

Já aqui na Toscana, onde vivemos, temos Siena na 9ª colocação, Livorno na 11ª, Grosseto na 15ª, Firenze na 16ª, Massa Carrara na 25ª, Pisa na 29ª, Prato na 35ª, Arezzo na 37ª, Lucca na 47ª e Pistoia como última província toscana, na 57ª posição.

As 10 primeiras colocações são compostas por 5 províncias do centro da Italia (4 da Emilia Romagna e 1 da Toscana); 3 do extremo norte (Aosta, Trento e Bolzano) e 2 do norte (Belluno e Milano).

Portanto estudem bem este ranking e o levem em consideração quando chegar o momento de escolher em qual província ou região da Italia vocês irão viver, ok?

Abbracci a tutti e até o próximo post 😉