Traduções simples ou juramentadas?

Ciao a tutti

No vídeo de hoje explico a diferença entre as traduções simples e as traduções juramentadas. Como já disse no vídeo, mas não custa repetir: peça sempre referências ao profissional que pretende contratar, pois se trata do seu projeto de reconhecimento, e nada pode dar errado!

Primeiro assista o vídeo e depois leia as minhas considerações abaixo:

Muito bem, uma coisa que deixei de comentar no vídeo é em relação a obrigatoriedade da tradução juramentada nos casos de naturalização ou outros fins.

Por exemplo, para os processos de naturalização por matrimônio, os consulados exigem que a tradução seja juramentada, neste caso específico ela não pode ser simples. Portanto antes de realizar qualquer procedimento e sair por aí querendo contratar alguém, entre na página do consulado que atende a sua jurisdição e pesquise se as traduções podem ser simples ou juramentadas, ok?

Em caso de dúvidas deixe um comentário abaixo que eu respondo 😉