A obrigatoriedade da apresentação da certidão de casamento

Ciao a tutti!

Embora este vídeo seja antigo, ainda hoje muita gente vem confundindo um conceito pra lá de importante: a obrigatoriedade da apresentação da certidão de casamento.

Algumas pessoas estão confundindo a informação sobre a filiação natural e a possibilidade de obter a cidadania nestes casos.

Explicando melhor: no caso de filhos naturais (aqueles cujo pais não foram casados civilmente) o direito ao reconhecimento só existe se o genitor que lhe transmite a cidadania tenha sido o declarante na sua certidão de nascimento. Neste caso, como não houve o casamento, não há o que apresentar e normalmente os comunes solicitam que o requerente faça um pequeno texto, declarando sob as penas da lei que efetivamente aquele casamento não existiu e que por isso, dentre os documentos apresentados para a sua prática, ele não existe.

Até aqui tudo certinho, o processo segue o curso natural e a cidadania pode ser obtida normalmente.

O INVERSO NÃO É VERDADEIRO 

Por outro lado, existem diversas pessoas que não estão encontrando (muitas sequer procurando) o documento de casamento e simplesmente acreditam que podem utilizar o mesmo critério dos filhos naturais. E isso não é verdade!

Ao apresentar os seus documentos seja no consulado, seja a um comune italiano, se nos outros documentos constar que o cidadão era casado civilmente, você será sim obrigado a apresentar este documento, pois não existe justificativa para não fazê-lo!

Você não pode simplesmente dizer a um oficial di stato civile que não está apresentando o documento porque não o encontrou. No mínimo este oficial achará que você não quer apresentá-lo porque nele deve constar alguma informação que impeça a transmissão da cidadania, como uma eventual naturalização ou algo do gênero.

Lembre-se: o fato de um documento não ter sido encontrado não significa que ele não existiu.

Neste vídeo explico os pormenores deste assunto, chamando a atenção para que quem estiver nesta situação.

Caso não consiga visualizar o link do vídeo, basta clicar aqui.

Como sempre peço que cliquem no joinha e compartilhe nas suas redes sociais, ok?

Abbracci a tutti e até o próximo post 😉

Deixe um comentário

289 Comentários em "A obrigatoriedade da apresentação da certidão de casamento"

avatar
  Subscribe  
Notify of
Davi
Alguém sabe quais as fontes do site minhagente.com.br? Muitas informações estão disponíveis no site, mas procurei no cartório da cidade que o site indica e eles me retornaram não ter encontrado. Sei que eles realmente buscaram porquê me informaram terem encontrado outros documentos de parentes próximos. A informação desse site tem que vir de algum lugar. Imagino que não seja no Family Search porquê as informações da minha família não constam nesse site mas consta no minhagente. Lembrando que algumas informações do minhagente estão corretas e outras mais ou menos. Estou aguardo retorno da diocese, que está fazendo a busca… Read more »
Leandro de Oliveira

Fábio,
Primeiramente agradeço e parabenizo pelo trabalho que fez e faz para ajudar a tantos italianos terem sua cidadania reconhecida.
Tenho uma Certidão de Nascimento só com o nome do meu pai em que ele declarante como meu pai(descendente).
Meus pais não se casaram e ele faleceu.
Depois eu consegui incluir o nome da minha mãe na minha outra certidão de nascimento e me casei.
Portanto, tenho 3 certidões.
Sem mãe, pai declarante.
Com mãe, sem ele declarar.
Minha certidão de casamento.
O que vc sugere? Será que ainda me enquadro no direito automático?
Obrigado mais uma vez

Claudia Moraes

Olá Fabio.

Gostaria de saber qual o passo que devo tomar no pedido da cidadania, a minha questão é: minha avó que é neta de italiano teve uma relação amigável com o meu avô, ela teve três filhos com ele e depois se separaram, porém nuca se casaram de papel passado. Após a separação ela se casou com outra pessoa e aí já oficializou em cartório a união.
Se poder me esclarecer como eu faço nesta situação eu agradeço.

Se poder me responder por e-mail, crubiamoraes@gmail.com

Desde já agradeço.

Leo Rzz

Olá Fábio, entendi que o o certidão de casamento da esposa é obrigatório.

Mas e quanto ao certidão de nascimento desta mesma esposa no caso de ela ter nascido no Brasil. Este tambem é obrigatório?
Obrigado

Gracielle Cinosi

Fábio tenho uma questão complexa. Meu antenato é meu avô pai do meu pai. No registro de nascimento do meu pai consta o casamento do meu avô em um cartório de Belo Horizonte. Estive pessoalmente lá e não foi encontrado esse registro. Emitiram uma certidão negativa. A família diz que meus avós não ersm casados e ele disse isso para preservar minha avó psra ela não ser mal vista. Consta que meu pai é filho legítimo. Nesse caso como procedo?

Keli Rozanski Battistel

Ciao Fábio!!! Tudo bem?
Graças as suas dicas estou aqui na Itália! O problema é que meus bisavós não eram casados e só o meu bisavô ( que é o que passa a cidadania ) registrou o meu avô. Até aí eu achava que estava tudo bem por causa do que você falou no vídeo, mas a oficial me disse que o pai e a mãe devem constar como declarantes na certidão. Você poderia me ajudar nessa situação? De repente uma lei para que eu possa argumentar com ela?
Muito obrigado desde já.

Marcos Alarcon

Oi Keli, meu caso é igual ao seu, meus bisavós também só se casaram na igreja e no registro de nascimento do meu avó foi só meu bisavô que foi o declarante, gostaria de saber se você conseguiu resolver sua situação, pois estou querendo ir reconhecer minha cidadania na Itália e diante do seu problema fiquei com dúvida de como proceder.

Desde já agradeço

Keli Rozanski Battistel

Oi Marcos! Pois é.. eu não tinha ideia que isso podia me incomodar..
Olha.. a oficial do comune aceitou os meus documentos, só que me disse que vai esperar uma resposta do consulado pra ver se eles aceitam o meu caso, disse que a decisão não é dela.. mas diante de tantos casos como o meu que conseguiram a cidadania eu acho que o consulado vai aceitar sim.. tenho fé!

Fernanda Franzoi

Olá Fabio,

Seguinte, o avô (antenato) do meu amigo se casou 2x com outras mulheres que não a avó dele, na certidão de óbito do antenato consta que ele era casado com FULANA (mulher do segundo casamento que posteriormente se divorciou). Segundo meu amigo, os avós dele NUNCA se casaram no civil, eles só moravam juntos. Nesse caso, como ele deve proceder? o casamento deles nunca existiu, porém, o antenato se casou no civil com outra mulher anteriormente.

Patricia D`anunzio

Fernanda! To na mesma duvida! Meu avo se casou e separou, mas não foi com a minha avó, então não sei se isso influencia no processo, na certidão de nascimento do meu pai, meu avô é o declarante!

Marco Antonio

Olá, Fábio, parabéns pelo seus vídeos! Meu caso é que meu bisavô, se houve casamento foi em 1883 quando não havia cartório no Brasil ainda, na Diocese da cidade que eles moravam não tem nenhum registro religioso e a secretária me falou que pode ser que tenham se casado em capelas de fazenda que era comum na época. Nesse caso não tenho como provar esse matrimonio, porém no òbito consta que era casado com minha bisavó. Pergunto: poderia retificar a certidão de óbito retirando o “casado” e entrar no processo ou como devo agir nesse caso? Obrigado.

Bárbara Zotarelli

Boa tarde ,
Eu também estou na mesma situação.
e também gostaria de saber se houve alguma resposta
muito obrigada

Marco Antonio

Como tenho toda a documentação por parte de mãe, acabei não indo mais atrás, mas vc pode retificar os documentos onde consta que o antenato é casado.

silvana

Tenho o mesmo problema! Vc conseguiu uma resposta pra isso?
Obrigada por compartilhar

vinicius cacace
Bom dia Fabio. Uma gde dúvida. Meus avós vieram da Itália juntos e tiveram minha mãe aqui no Brasil, mas eles nunca foram casados. Na certidão de nascimento da minha mãe consta meu avô como declarante de filha ilegítima, até aí tudo certo. Mas o problema é que ele declarou na certidão e nascimento da minha mãe, que ele era SEPARADO, porem descobrimos q ele era casado com uma mulher na Itália. Ele não se divorciou, somente “separou” e veio embora com minha vó para o Brasil. O que esta nos atrapalhando é essa palavra “separado” que ele declarou. Isso… Read more »
Nil Capone

Fabio, muito boa a a explicação. No meu caso, tenho a certidão da Diocese de Amparo, porém o cartório não localizou o registro. Entrei via judicial pedindo uma Certidão Tardia de Casamento, o juiz indeferiu alegando que era “opção deles e não minha se casarem no Civil” , enfim, estou indo hoje no Cartório de Amparo pedir a Certidão Negativa de Casamento deles, ou, pelo menos, pedir para procurarem melhor. Poderia me passar alguma dica ?

Patricia Santos Barbosa

Olá

Preciso de uma informação:
O meu Bisavô é meu ascendente Italiano que transmite a cidadania, mas ele não foi casado com minha bisavó e a certidão do meu avó(que é quem transmite a cidadania a minha mãe) não consta a filiação do pai (no caso meu bisavô). O meu Bisavô foi o declarante no nascimento do meu avô.

Diante dessa situação ainda tenho direito a cidadania?

Desde já agradeço

Ana Lídia

Ola Fabio, poderia esclarecer umas dúvidas? Meu marido e eu não somos casados no civil, no momento ele está na Itália requerendo a cidadania Italiana por naturalização de ascendentes italianos.
Caso ele volte sem o passaporte pronto e nos casarmos isso atrapalharia o processo dele em algo? Ou no momento que ele for fazer o passaporte teria apenas que informar sua alteração civil?
No meu caso quando nos casarmos civilmente como eu posso requerer meus documentos?

Jorge Soriano

Fabio, não acho a certidão de nascimento do meu Bisavô, nascido no Brasil… ele não nasceu na italia… achei o batismo, casamento e óbito.

Ele nasceu em 27/02/1899.

Plis, me ajude por favor.

Everton Willian Battistel
Olá Fabio tudo bem? Primeiramente parabéns pelo excelente trabalho, fiz a minha cidadania Italiana graças a seus videos! Muito obrigado!! Agora estamos em busca de fazer o de minha mulher pela propria familia dela, e não temos uma certidão de casamento do bisavô, que só foi casado no religioso, vimos aqui no seu video que não seria necessario a apresentação do mesmo aqui na Italia, mas a funcionaria do comune exige esta certidão de matrimônio brasileira, existe em alguma lei Italiana que posso apresentar para ela, a fim que ela se convença de que podemos seguir com o processo? Obrigado!… Read more »
Fabio Barbiero

Olá Everton tudo bem? Na verdade o que eu falo é exatamente o inverso: se o casamento aconteceu, é sim necessário apresentar o documento! Só pode deixar de ser apresentado se o casamento NÃO EXISTIU, o que não parece ser o caso de vocês

Diego Dos Santos Vicentin

Boa noite !
Fábio, só está me faltando essa bendita certidão de casamento do meu trisavô, o problema foi que eu já procurei em todos os cartórios aqui da região sul de SC, procurei até nas cúrias diocesana e nada de certidão. Na certidão de nascimento do meu bisavô nascido no Brasil, consta que meu antenato é o declarante. Posso dar entrada no consulado de Curitiba sem essa certidão de casamento ? Quais as etapas a ser cumpridas pela cidadania em curitiba ?
Se puder ajudar lhe agradeço.

Att. Diego.

RCL

Olá Diego! Minha situação é idêntica a sua. Conseguiu alguma resposta?

Gabriel Vegini

Olá Fábio. Parabéns pelo blog e pelo canal no YouTube. Em relação às certidões de batismo e casamento na igreja aqui do Brasil, como funciona? As certidões precisão ter algum selo/carimbo da igreja, e a assinatura do pároco nas certidões precisam ter firma reconhecida? Obrigado

Ranielly Toniolli

Ola @fabiobarbiero:disqus por gentileza me tire uma duvida.

Apesar de contar na certidão de nascimento do meu bisavô que o meu trisavô foi casado, nós da familia temos certeza que não por any motivos, minha pergunta é, mesmo o meu trisavô sendo o declarante de nascimento do meu bisavô, ainda vou precisar achar a certidão de casamento dele?

Ouvi falar que a certidão de casamento não se faz necessária caso o declarante tenha sido o próprio pai.

Luis Fernando Barone Muneratti
Luis Fernando Barone Muneratti

Boa tarde, meu cenário é o seguinte: Meu avô não se casou com minha avó mas registrou minha mãe tudo certo, anos depois meu avô se casou com uma outra mulher com quem constituiu uma família nos EUA. Nesse caso como a certidão de casamento dele com a outra mulher tem peso no meu processo?

André

Fábio, não consigo encontrar a certidão casamento do meu antenato, de forma alguma, por este motivo fico impedido de tirar a minha cidadania, ou tem outra forma.

Natacha
Fábio boa tarde, Já juntei todas as certidões, quer dizer, quase todas. Falta a certidão de casamento do civil, encontrei a de casamento na igreja em Mogi Mirim. Na certidão de óbito fala q ele se casou em Mogi Guaçu, mas pedi a busca da Certidão no cartório de lá e eles dizem não estar pois ele se casou em 1889 na igreja e o registro de casamentos em Mogi Guaçu começou em 1890. Consegui a certidão negativa de casamento do cartório de Mogi Guaçu. Detalhe o meu antenado não é o declarante do filho na certidão de nascimento. O… Read more »
Marcos Bianchi
Fabio, boa tarde, preciso de uma orientação, Estou juntgando os documentos para o processo da cidadania italiana, Foi o meu avo que veio da Itallia, tenho a certidão de nascimento, alguns documentgos que ele lutou na guerra la na Italia, porem ele veio para o Brasil sozinho, e teoricamente se casou aqui com a minha avo, ambos ja faleceram a muitos anos. Ja procurei em vários cartórios o registro de casamento e não os encontrei, acredito que ele não tenham se casado no civel. Solicitei aos cartorios da região uma certidão negativa que não existiu o casamento. Minha pergunta é… Read more »
Maycon Santos
Fabio Bom dia, tenho todas certidões que e necessário para cidadania Italiana, só que nestas eu tenho uma de casamento no Espirito Santo no ano de 1907, ano que era fácil se casar na igreja. Pois era necessário só conversar com o Padre e ele marcava o casamento e não se cobrava nada de registro em civil. Gostaria de saber se e necessário se ter essa certidão de Casamento nos registros civil? Irei entrar com pedido de cidadania por via Materna, onde tenho uma mulher nascida antes do ano de 1948. Sendo que só existia dois cartórios por perto, e… Read more »
Gabriela Gaedke

Fabio, meu antenato casou no Brasil aprox. em 1880, pela data de nascimento de sua filha filha mais velha. Porém nesta data o casamento no civil não era obrigatório. A data nem o local deste casamento não consta em nenhum de seus documentos. Busquei esse registro na cidade que ele teve seu primeiro filho (Luiz Alves-SC), que é a mesma cidade em que ele faleceu. Busquei na cidades vizinha em que meu bisavô foi batizado (Gaspar-SC) e em outra cidade vizinha em que meu bisavô foi registrado (Itajaí-SC). Também fiz uma busca nas cidades de

Deise Viana

Você teve algum retorno Gabriela? Sou de Brusque.

Gabriela Gaedke

Olá Deise, não tive retorno.

Gabriela Gaedke

Olá, Deise. Não tive retorno.

Redson Caldara Marquiori
Fábio, já estou com todo o caminho das pedras e já tenho todas as cópias dos docs do antepassado agora só correndo atrás dos originais, porém minha certidão de nascimento, logo a minha de casamento e a de nascimento dos meus filhos estão com o nome da minha mãe errado, estão com o sobrenome Marquiori quando na realidade não tinha pois não era casada com meu pai, mas ele declarou na época do meu registro de nascimento que era casado com minha mãe. Estamos aguardando a retificação no cartório onde fui registrado mediante às provas de que meus pais não… Read more »
Richard Zoboli
Fábio, temos um caso especial na família: Nosso pai, que transmite a cidadania, não casou (nem em cartório, nem na igreja). Ele foi meu declarante (sou filho natural), mas NÃO foi o declarante da minha irmã mais velha. PORÉM, ele fez uma escritura pública em 1994 (quando minha irmã ainda tinha somente 6 anos, ou seja, menor) assumindo assim a paternidade e dando o sobrenome para minha irmã. Ela tem direito neste caso? É como se ela fosse adotada oficialmente? (obs: A informação da escritura consta no nascimento dela). Estamos aguardando alguém nos tirar essa dúvida para saber se ela… Read more »
Ezequiel Lorenzatti

Fabio, iniciei a pesquisa dos documentos, porém estou com um entrave na continuidade, aparentemente as certidões de Nascimento e Casamento do meu Avô foram perdidas em um incêndio, pelas pesquisas que eu fiz a orientação é abrir um processo judicial solicitando a restauração desse documento, mas aparentemente como tudo no Brasil o cidadão é o maior penalizado no processo, além de ser caro, li em alguns casos algo em torno de R$3000,00, e poder demorar meses, ainda se exigem testemunhas e uma série de outros documentos comprobatórios. Qual é a sua recomendação nesse caso,

Cleide Alves

Boa noite, Ezequiel! Desculpe pela intromissão, mas estou com esse mesmo problema com uma das certidões que preciso e o advogado está me cobrando apenas um salário mínimo e pediu apenas uma certidão negativa do cartório, onde consta que a Certidão não existe devido ao incêndio e identidade do registrado.

Kelvyn Mn

Oi Cleide, tudo bem? você pode me dizer o que deu o seu processo? se já foi finalizado? tbm estou na mesma situação… muito obrigado!

Cleide Alves

Boa noite, Ezequiel! Desculpe pela intromissão, mas estou com esse mesmo problema com uma das certidões que preciso e o advogado está me cobrando apenas um salário mínimo e pediu apenas uma certidão negativa do cartório e identidade do registrado, onde consta que a Certidão não existe devido ao incêndio.

Sandra Choi Marchesano

Fábio, conforme você orienta nesse post, o requerente precisa fazer um texto declarando sob as penas da lei que efetivamente o casamento do antenato italiano não existiu e que por isso, dentre os documentos apresentados para a sua prática, ele não existe. Esse texto precisa ser em italiano, correto?

Fabio Barbiero

Sim, todos os documentos apresentados na Itália devem estar na língua italiana

Sandra Choi Marchesano

Muito obrigada, Fábio! Seus posts e vídeos são esclarecedores e têm sido referência para muitas pessoas que têm a tão desejada cidadania.

Davide Lanfranchi

Fábio Boa tarde, desde já muito obrigado pela sua ajuda e parabéns pelo trabalho,estou retomando e minha saga e uma questão que sempre tive é meu ANTENATO é o meu PAI porém sou filho da segunda união que não conta em cartório pelo fato de não terem se casados.
No meu processo tenho que acrescentar a certidão do primeiro casamento?

Paola Schaffer

POR FAVOR ME AJUDA, minha avó transmitiria pro meu pai e meu pai pra mim, mas minha vó e meu vô não casaram, e na certidão não foi ela a declarante, eu nao tenho direito nenhum mais por causa disso? por favor me ajuda Fabio.. eu estou tão triste.

Dalva Batista

Oi Paola, estou na mesma situação que vc, minha avó não casou-se e transmite a cidadania para a minha mãe, porém o declarante foi o meu avô e não a italiana.
Vou acompanhar seu post, tomara que obtenhamos alguma resposta.
Sorte a nós!!

Paola Schaffer

Oii, posta tua dúvida no grupo do face cidadania italiana área livre, o pessoal ajuda!! eu consegui por lá sanar minhas dúvidas!!

Eliane Moura

Oi você tem novidade do seu caso? o meu é igual o seu. Obrigado

Dalva Batista

Bom já enviei a solicitação, muito obrigada pela dica.
Vc teve alguma notícia boa por lá?
Vamos manter contato para trocarmos informações.
ABS.

Gustavo

Olá Dalva, como anda seu caso? Vc enviou pra onde? Estou na mesma situação. Obrigado

Dalva Batista

A solicitação, para o grupo que ela mencionou rsrs

Gustavo

Ah ta! Rara… Vc ainda não tentou a certidão ne?

Ademir Constantino
Fabio, tenho um caso muito peculiar. Eu possuo a imagem do livro da certidao de nascimento de meu pai, onde consta que ele foi registrado pelo vai de minha avoh, ou seja, nem o pai e nem a mae foram registra-lo, mas sim o seu avo, no caso meu bisavo por parte de mae. Na imagem do livro, consta que ele era filho legitimo de meu avo e que meus avos foram casados em Leme-SP, porem eu nunca achei esta certidao que provavelmente deve ser na igreja. O fato de eu nao possuir a certidao de casamento de meus avos,… Read more »
Viviani
Fabio, tudo bem? Já encontrei on-line a certidão de nascimento e casamento do meu antenato na Itália. Estou agora tentando localizar a documentação do meu avo. Tenho uma dúvida. Fui casada nos EUA de 2003 a 2009. Não tive filhos. Voltei para o Brasil em 2009. Em 2011 saiu o meu divorcio. Eu não averbei o casamento e nem o divorcio no Consulado Brasileiro. Aqui no Brasil, estou como solteira. Se eu não declarar que fui casada nos Eua, tem como as autoridades italianas investigarem e descobrirem que já fui casada lá? Devo fazer a coisa certa e averbar o… Read more »
Viviani
Fabio, tudo bem? Já encontrei on-line a certidão de nascimento e casamento do meu antenato na Comune de Spirano. Estou agora tentando localizar a documentação do meu avo. Tenho uma dúvida. Fui casada na California EUA de 2003 a 2009. Não tive filhos. Voltei para o Brasil em 2009. Em 2011 saiu o meu divorcio. Eu não averbei o casamento e nem o divorcio no Consulado Brasileiro. Aqui no Brasil, estou como solteira. Se eu não declarar que fui casada nos Eua, tem como as autoridades italianas investigarem e descobrirem que já fui casada lá? Devo fazer a coisa certa… Read more »
Guilherme Vieira
Ola Fabio. é o seguinte. meu Bisavô italiano legitimo. estou atras da documentação dele. até o momento achei apenas a certidão de nascimento. na certidão de nascimento da minha avó consta que ela é filha de fulano de tal, nascido e casado na Italia. mas descobri que meu Bisavo chegou no Brasil com 9 anos de idade. ja fiz varias buscas no cartório da cidade onde sei que eles moraram mas não achei certidão de casamento dele. sera que esse erro na certidão da minha avó pode ser resolvido retificando e sera que meu bisavô nem chegou a casar? pois… Read more »
Herbert

Fábio, bom dia!
Tudo bom?
Estou tentando encontrar o vídeo onde você explica passo-a-passo como preencher o formulário de solicitação da naturalização por matrimônio, mas não o encontro, eu tinha o link salvo nos meus favoritos e ao tentar acessar aparece uma mensagem de conteúdo não encontrado.
O link do vídeo foi alterado ou o vídeo foi removido?
Poderia me ajudar com essa questão por favor?!
Agradeço desde já a sua atenção e ajuda.
Um grande abraço

Eduardo Elias de Oliveira

Fábio, boa tarde.
No meu caso, no óbito de meu bisavô (italiano), consta que ele era casado com uma pessoa que não era minha bisavó – e não consta o local do casamento.
Para ajudar, ele não é o declarante na certidão de nascimento do meu avô. Consta como pai, mas não como declarante.
Tem solução isto?
Abraço.

Carolina Stevanatto da Costa

Olá Fabio tudo bem?
Estou seguindo todos os passos que vc colocou. Porém hoje me deparei com um problema. Meus bisavós se casaram aqui no Brasil e ao solicitar uma certidão de inteiro teor descobri que o cartório pegou fogo e eles não tem mais nenhum documento da época. O funcionário me disse que poderia solicitar uma certidão de restauração na verdade eu preciso provar que eles casaram lá e aí o cartório emitirá uma certidão confirmando. Não sei se já passou por isso, mas esta certidão é valida no caso da não existência da outra?
Obrigada

Olivia

Boa noite, Fábio!
Tenho uma dúvida, poderia me ajudar, por favor?

Meu antenato casou-se na Itália em 1887.
Meu bisavô nasceu no Brasil em 1900, ou seja, dentro do casamento.

Porém o registro do nascimento do meu bisavô foi feito somente em 1910 (10 anos depois!!) e na ocasião do registro do meu bisavô, meu antenato já havia falecido.

Isso pode me causar algum problema?

Obrigada!

Rafael Pansini

Fabio,
Como conseguir a certidão de casamento do antenato que casou-se ainda na Itália?

Paula Bolonha

Oi Fabio, tudo bem?
Uma dúvida. Sou tataraneta de italiano e meu pai (que me transmite a cidadania) nunca se casou com minha mãe (apesar de terem 3 filhos kkk) e tampouco foi o meu declarante na certidão de nascimento. É necessário algum documento extra neste caso?

Muito obrigada!! Seu site ajuda muito!!

Gabriel Escouto

Olá Fábio, estou com uma dúvida: meus avós se casaram no religioso antes do nascimento de minha mãe, mas quando casaram no civil ela já tinha alguns meses de vida. A transmissão da nacionalidade vem da linha de minha avó, sendo que o declarante na certidão de nascimento de minha mãe foi meu avô. Tens ideia do que preciso fazer nesse caso? Salientando que de qualquer modo meu processo será via judicial, pois a ascendência é de linha materna anterior a 1948. Obrigado, um abraço!

Heloisa Ferreira

Bom dia Fábio!
Eu encontrei a certidão de casamento do meu bisavô mas é do segundo casamento que ele teve, que não seria com a minha bisavó. Tem algum problema?

Diego André Colli

Olá Fabio, meu Tataravó Italiano se casou em 1889 no Brasil, e só tenho a certidão religiosa.
Fui atrás e encontrei essa informação:
Quando se tratar de casamento anterior a 14/06/1890 (o decreto nº 181/1890 regulamentou a solenidade do casamento civil no Brasil) deverá ser apresentada a certidão emitida pela paróquia.
Isso procede? Obrigado. Você é realmente de grande ajuda para todos nós brasileiros que queremos ter o direito a cidadania.

Luiz Eduardo Bressan

Fabio, tenho uma certidão de casamento do meu antenato, pórem a mesma foi emitida em 1994 por um parente, posso utilizar-la para apresentar na comune ou devo pedir uma nova?

Davi

A certidão precisa ser em inteiro teor e tem validade de 6 meses. Ou seja, você precisa pedir uma nova. Todos os documentos devem ser em inteiro teor.

Leonardo magnani silva

Olá, gostaria de tirar algumas duvidas. Primeira, menor de idade pode entrar em países da UE apenas com a certidão de nascimento italiana (como entrar com Rg)? Segunda, após eu fazer o meu Aire (transferência de endereço) da Itália pro Brasil, ainda posso tirar o Rg e passaporte normalmente?

Renato Santaclara Prado

Boa tarde prezado, estou com uma certidão de casamento de 1892, feita na igreja, porém, ela não foi registrada em cartório, uma vez que nessa época não existia cartório. Como faço para legalizar ou dar validade a essa certidão perante um cartório no Brasil?

Julio

Boa tarde Renato, estou com a mesma situação de você. Os bisavós casaram em 1896, só encontrei a certidão de casamento no religioso. E agora?

Igor

Boa noite, gente!! Tou con o mesmo problema aqui. Só que, no meu caso, uma prima tirou a cidadania há 15 anos atrás e o padre colocou uma observação dizendo que na época o documento tinha valia civil….mas, segundo a lei, n tinha haushhua Ele se casou em 1895 e temos só o documento religioso.

Thaís Falbo Santos

Fábio, tenho uma cópia autenticada da certidão de casamento de meu bisavô, mas não tenho a original. Como devo proceder?

Cris Able
Bom dia! Sinto falta de um tópico que aborde de forma mais profunda o ato de reconstrução de uma certidão. Caso tal certidão não seja encontrada nos cartórios e nem nos livros dos mórmons, qual o procedimento? Basta um “nada consta” dos cartórios ou precisa de uma certidão de inteiro teor negativando o registro naquele cartório? Tudo isso comporá um novo processo para se entrar com ação de suprimento de registro perante um juiz. Sinto falta dessa abordagem. Outro ponto que diz que basta pedir documentos de habilitação do casamento para investigar registro de nascimento. A maioria dos cartórios já… Read more »
Samantha Zarth

Oi Cris,
Aqui no sul consegui registro dos atos de habilitação ao casamento de meus avós, na década de 1950!
Eles fizeram várias perguntas pq a gente queria, mas procuraram e acharam. Sou de Porto Alegre/RS.
ps = pedi os documentos porque meus bisavós não foram casados.

ana bertola
Ola Fabio Tudo bem? Sou filha reconhecida judicialmente,meu pai que era filho de italiano casou com uma outra mulher que não era minha mãe(não sei se ele era desquitado),depois de um período separou-se e teve uma união estavel com minha mãe conviveram por um periodo de 5 anos mais ou menos,quando eu estava com 4 anos eles se separaram e eu ainda nao era registrada pois antigamente se registravam os filhos no periodo escolar,ai minha mae foi ao cartorio e me registrou apenas no nome dela(mas eu fui batizada com 4 meses e no certidão de batismo consta o nome… Read more »
Bruno Mingoti

Olá Fábio,
Estou com uma dúvida, na certidão de nascimento de meu pai consta que o meu bisavô e minha bisavó eram solteiros, maritalmente unidos, isso quer dizer que houve casamento religioso, porém não houve casamento no cartório?
Quem declarou o nascimento de meu pai foi meu bisavô (genitor que transmite a cidadania).
Porém na certidão de óbito do meu bisavô consta que ele era casado. Quem declarou o óbito, foi um sobrinho dele.
Apenas meu pai ainda está vivo.
Ainda é possível eu adquirir a cidadania?

camila

Fabio como faço para buscar a certidão de nascimento de um italiano que foi registrado em Alexandria, Egito em 1946, a certidão de casamento que ocorreu no Brasil eu tenho, mas a de nascimento não. Você conseguiria me ajudar com essa informação