Marcar exames e comprar remédios

  Ciao a tutti

Nada como conversar com meus queridos CAB’s – Clientes Amigos do Blog – para receber várias ideias sobre a vida aqui na Italia.

Recentemente conversando com o povo, expliquei a eles como funciona o sistema público de saúde italiano.

Para quem ainda não conhece, recomendo a leitura do post que escrevi anteriormente, explicando os conceitos do sistema de saúde pública aqui na Italia

Muito bem, imaginemos a seguinte situação: lá está você com aquela dor de barriga que não passa, morrendo de medo de espirar e ter que tomar banho (eca!) e depois de muito ‘soro caseiro’ e sem nenhum resultado, você decide ir ao médico para tentar resolver a encrenca.

Se você seguiu à risca todos os passos do post anterior, já está com sua tessera sanitaria em mãos e também já escolheu seu médico de base – também conhecido como medico di famiglia.

O MEDICO DE FAMIGLIA

medico di famiglia

Todos os cidadãos italianos tem direito a um médico de base, que tem como função principal ser a referencia direta do cidadão, seja na prevenção de doenças, seja na cura das mesmas.

Além disso, o médico de base è responsável pela emissão de receitas e também da emissão da prescrição médica – que dá ao paciente a possibilidade de marcar visitas com médicos especialistas, exames clínicos de laboratório e também de diagnóstico instrumental junto ao Sistema Sanitario Nazionale.

Voltando ao nosso caso de desarranjo intestinal basta ir até o consultório do seu medico di famiglia que então te indicará qual o melhor tratamento para o caso.

Outra vantagem do médico de famiglia é que caso você tenha algum tipo de problema e não possa ir até o seu consultório, ele pode ir visitá-lo na sua casa, gratuitamente.

Por exemplo, o meu médico atende duas vezes por semana somente pela manhã, e outros três dias à tarde. Nos horários em que ele não está no seu consultório, está realizando visitas na casa dos pacientes.

MARCAR EXAMES

Digamos se seu caso è um pouco mais grave e você precisa de alguns exames para diagnosticar o tamanho da bagunça.

O seu médico de famiglia emitirá um documento chamado impegnativa, indicando qual o tipo de exame a ser realizado, conforme imagem abaixo:

Caso além do exame você precise de algum medicamento, o próprio médico te dará a receita:

Com a impegnativa em mãos, você precisa marcar o seu exame. Isso

É feito através do CUP (Centri Unici di Prenotazione) – Centro Único de Agendamento, e pode ser feito a partir de uma das seguintes opções:

  1. Se você vive em uma cidade dotada de hospital, basta comparecer no CUP do próprio hospital
  2. Se na sua cidade não tem hospital, você pode comparecer num dos postos de atendimento – chamados Punto Cup. Existem farmácias, ambulatórios e diversos outros locais que são conectados e oferecem este serviço gratuito à população.
  3. Pelo telefone – geralmente a opção mais indicada, pois através de um numero gratuito (800) è possível conversar com um operador que lhe dará a solução mais cômoda.

O sistema CUP permite o agendamento do exame onde for mais conveniente ao paciente – geralmente é escolhido o local mais próximo da sua residência – porém è possível consultar toda a rede da província.

Isso aconteceu comigo – precisei de um exame diagnóstico, e na minha cidade demoraria cerca de 30 dias.

Porém na mesma semana tinha na cidade de Viareggio, distante cerca de meia hora de carro.

PASSANDO NUM MEDICO ESPECIALISTA

Ainda utilizando nosso desarranjo como pretexto – caso a coisa esteja realmente feia e seu médico de família tenha percebido isso, além dos exames te encaminhará para um médico especialista – que terá maiores ferramentas e, claro experiência para poder diagnostica-lo melhor.

O trâmite é o mesmo do exame: será emitida uma ‘impegnativa‘ com o nome da especialidade médica, por exemplo “visita psiquiátrica” ou “visita oftalmologista”.

Com ela em mãos, você poderá marcar a consulta da mesma forma que o exemplo anterior.

REALIZANDO OS EXAMES E/OU VISITA COM O ESPECIALISTA

Ao marcar o exame e/ou a visita com o especialista, o funcionário grampeará a impegnativa junto com uma folha com a data, hora e local, como no exemplo abaixo:

Ao chegar no local de atendimento,  você entregará esta folha ao funcionário da triagem, ele inserirá os dados no sistema e te dará a folha para o pagamento do ticket sanitàrio

O TICKET SANITARIO

O ticket è um valor fixo, que tem como objetivo financiar parte do sistema público de saúde.

Cada região italiana determina o valor do ticket local – em geral custa entre 20 e 30 euros para cada procedimento.

O pagamento pode ser feito nos pontos CUP ou diretamente nos hospitais – através de caixas automáticos como os exemplos abaixo:

 

Muito bem, consulta ou exame pago – basta dirigir-se ao balcão especifico do hospital (ou clinica) – apresentar as folhas + recibo e aguardar ser chamado pelo médico.

COMPRAR REMÉDIOS NA FARMÁCIA

farmacia

Em relação à compra de remédios, também é simples.

Basta ir na farmácia e apresentar a respectiva receita emitida anteriormente pelo seu médico.

Aqui na Italia, é praticamente impossível comprar qualquer remédio que não tenha sido prescrito pelo médico de família ou outro profissional habilitado.

 

Uma observação interessante, e que pode trazer problemas para um brasileiro que não fala bem a língua taliana: a palavra farmácia, ao contrário do português, onde falamos Farmácia, em italiano dizemos Farmacía, com a tônica na letra “i”.

Cliquem aqui para ouvir a pronúncia correta da palavra na língua italiana.

Um grande abraço e até o próximo post!