Estudar na Italia – Conceitos

Queridos leitores, hoje abro um novo tema em nosso blog que interessa a praticamente todos vocês: como estudar na Italia.

Ao longo destes anos muitos leitores me perguntaram sobre este assunto – desde como colocar suas crianças na escola até a escolha de uma universidade, e paralelo a isso nos últimos anos o sistema de ensino italiano passou por profundas modificações, dificultando ainda mais o entendimento até mesmo do próprio povo italiano, sendo assim vou dividir o assunto em vários artigos.

COMPARATIVO EDUCAÇÃO BRASIL VS ITALIA

estudar na italia

NO BRASIL

O sistema brasileiro de ensino é atualmente dividido em:

PRE-ESCOLA
– educação infantil (pré-escola)

ENSINO FUNDAMENTAL (9 anos) – Obrigatório para crianças a partir de 6 anos
– Ensino Fundamental 1 (antigamente chamado primário) – Da 1ª a 4ª série;
– Ensino Fundamental 2 (antigamente chamado colégio) – Da 5ª a 9ª série.

ENSINO MÉDIO (3 anos)
– Ensino Médio (segundo grau) – Compreende 1º, 2º e 3º “colegial”.

ENSINO SUPERIOR
– Ensino Superior (Universidade).

O sistema atual com nove anos de ensino fundamental entrou em vigor no ano de 2006, penso que a grande maioria dos leitores deste blog estudaram apenas oito anos no ensino fundamental, mais adiante vocês vão perceber a diferença entre estudar oito e nove anos, quando chegarmos na parte “Entrando na Universidade Italiana”.

Lembrando que no Brasil, nos primeiros quatro anos tínhamos apenas um professor para todas as matérias – a partir da 5ª série iniciava-se um professor para cada matèria.

NA ITALIA

Aqui na Italia a estrutura do sistema de ensino funciona da seguinte forma:

ISTRUZIONE PRESCOLASTICA (não obrigatória)
– Asilo Nido
– Scuola dell’infanzia (scuola materna).

ISTRUZIONE PRIMARIA (5 anos) – Obrigatória para crianças a partir de 6 anos
– Scuola elementare – Da 1ª a 5ª classe della scuola primaria.

ISTRUZIONE SECONDARIA (8 anos, divididos em 2 escolas)
– Scuola Secondaria di primo grado (antigamente Media Inferiore) – 3 anos de duração;
– Scuola Secondaria di secondo grado (antigamente Media Superiore) – 5 anos de duração.

ISTRUZIONE SUPERIORE 
– Università

Segundo as informações acima, podemos concluir que um estudante brasileiro, até chegar na universidade, estudou:

– 9 anos de ensino fundamental
– 3 anos de ensino médio
Totalizando 12 anos de estudo (11 anos pelo antigo sistema).

Já um estudante italiano, até chegar na universidade, cursou:

– 5 anos de escola elementar
– 8 anos de escola secondaria
Totalizando 13 anos de estudo.

Curiosidade: Aqui na Italia, o ano escolar (anno scolastico) começa em setembro e termina em junho do ano seguinte, tendo duas pausas:

Natal (Vacanze di Natale) – de 23 de dezembro a 7 de janeiro e
Pascoa (Vacanze di Pasqua) – de 5 de abril a 10 de abril.

EXEMPLO DO PERCURSO EDUCATIVO AQUI NA ITALIA

Utilizando o antigo exemplo do nosso casal Joao e Maria (lembram-se deles?), imaginemos que o jovem casal tenha um filho chamado Giuseppezinho.

Quando Giuseppezinho era bem pequenininho, seus pais precisavam trabalhar e por isso procuraram uma creche para que ele pudesse passar o dia, enquanto eles trabalhavam.

Aqui na Italia, a palavra creche chama-se Asilo Nido (que nao tem nada a ver com asilo para velhinhos como è conhecido no Brasil):


Um “asilo nido” geralmente é público – cada cidade tem seu asilo, chamado comumente de asilo comunale (do comune) ou asilo statale (do estado), e, embora público, os pais devem pagar uma espécie de anuidade para manter o sistema funcionando.

Já aqueles particulares são chamados de asilo nido privato (da palavra privado).

Este tipo de estrutura é destinada para crianças a partir de 3 meses de idade até os 3 anos – quando devem ser inscritas na pré-escola, ou Scuola dell’Infanzia:

Quando o Giuseppezinho estava pra completar seis anos de idade, João e Maria foram obrigados a inscrevê-lo na Scuola Primaria – pois pelas leis italianas os pais são obrigados a inscrever seus filhos no ensino primário quando estes completam seis anos de idade.

Como descobrir se uma escola é primária? Simples, vejam os exemplos abaixo:

Nas fachadas das escolas está escrito Scuole Elementare (nome histórico) ou como no caso abaixo já com a nova denominação Scuola Primaria:

Quando Giuseppezinho terminou os 5 anos da scuola primaria, foi transferido para outra escola – sempre na mesma cidade, para que pudesse continuar seus estudos.

Neste caso, dizemos que ele foi para a Scuola Media:

E é na scuola media – agora conhecida como scuola superiore que o estudante italiano passa a maior parte da sua vida estudantil, afinal de contas é aqui que ele faz a superiore di primo grado durante 3 anos e depois inicia o último percurso antes da universidade, que serão os últimos 5 anos da superiore di secondo grado.

Esta escola superior é subdividida em Liceo, Istituto Tecnico e Istituto Professionale, mas sobre isso falaremos num próximo artigo.

Ufa, espero ter conseguido explicar direitinho a vocês sobre o conceito do sistema educacional italiano – é importante que voces entendam estes conceitos, pois os utilizaremos nos próximos artigos sobre este assunto.

Abbracci a tutti e até o próximo post 🙂

Ps. Para conhecer melhor o sistema de ensino italiano, recomendo que você adquira o Guia Prático da Vida na Italia, onde eu dedico um capítulo inteiro sobre o tema. Para conhecê-lo clique aqui.