Universidade na Italia – Conceitos

No primeiro artigo da série Estudar na Italia, expliquei os conceitos fundamentais sobre o sistema de estudo, dando ênfase para as fases iniciais, da pré-escola ao final do ensino médio.

Caso você não tenha lido o artigo anterior, clique aqui, pois é fundamental que você entenda antes de mais nada, a diferença entre os anos de estudo entre o Brasil e a Italia.

Muito bem, neste artigo explicarei os conceitos e funcionamento da universidade na Italia

universidade na italia

VALORES

Embora existam centenas de universidades na Italia, pouquíssimas delas particulares, portanto é importante que vocês saibam que a maioria das universidades italianas, por serem públicas, também são gratuitas!

Existe apenas o pagamento da taxa anual, que é calculada com base no rendimento da sua família: quanto melhor a condição social, maior é o pagamento desta taxa. Segundo este estudo publicado pelo caderno de Economia da RAI, o valor médio da taxa anual nas universidades italianas gira em torno de 1000 a 1500 euros / ano.

TIPOS DE CURSO

Por aqui existem três tipos de graduação: a Triennale, a Magistrale e a Magistrale a Ciclo Único, vejamos cada uma em detalhes:

LAUREA TRIENNALE

Como o próprio nome diz, a Laura triennale é um curso universitário com a duração mínima de 3 anos. No final do mesmo, o aluno recebe o diploma de Dottore.

LAUREA MAGISTRALE (O SPECIALISTICA)

Neste curso só podem ser inscritos os alunos que já concluíram a Laurea Triennale. Ele tem a duração de outros 2 anos e no final o aluno recebe o titulo de Dottore Magistrale.

LAUREA MAGISTRALE A CICLO UNICO

Neste caso especifico, estão agrupados cursos como medicina, veterinária, giurisprudenza (direito), entre outros e tem a duração de 5 anos (ou 6 no caso de medicina). Foram formatados desta maneira, pois suas matérias não podem ser divididas tais quais os outros, pois necessitam de um estudo mais especifico.

CORSI AD ACCESSO PROGRAMMATO / CORSI AD ACCESSO LIBERO

Existe vestibular aqui na Italia?

Sim e não! Explicando melhor:

Uma vez escolhido o curso, é necessário verificar se ele faz parte daqueles chamados de numero chiuso ou acesso programmato.

Isso significa que são cursos onde é prevista a realização de um teste de ingresso, pelo fato de existir uma demanda maior do que a oferta didática da universidade.

Então neste caso, podemos dizer que sim, existe vestibular, porém apenas para este tipo de curso. Normalmente o acesso programmato é feito para os cursos da área da saúde (medicina, enfermagem, odontologia, veterinária), aos estudos de engenharia (arquitetura e engenharia civil) e algumas outras poucas áreas.

Já os demais cursos, são ad accesso libero (acesso livre) e não existe nenhuma prova de ingresso, basta efetuar a matrícula, pagar as taxas e começar a estudar

RECAPITULANDO

Aqui na Italia, os cursos de graduação se dividem em 3 categorias:

  • a Laurea Triennale que è realizada em 3 anos;
  • a Laurea Magistrale que tem a duração de outros 2 anos;
  • a Laurea Magistrale a Ciclo Unico, que é realizada diretamente em 5 anos (ou 6 anos no caso do curso de medicina).

Descobrimos também que existem cursos com vagas limitadas, e caso queiramos estudar em um destes cursos, temos que fazer uma prova de ingresso. Nos outros casos, o ingresso é livre.

E aprendemos também que o sistema de ensino público italiano é mais do que justo: quem ganha mais paga mais, enquanto que quem não tem recursos suficientes, pode chegar até a estudar gratuitamente, com a redução da taxa em até 100% do valor anual.

No próximo artigo, veremos passo a passo como efetuar a matrícula em uma universidade italiana.

Abbracci a tutti até o próximo post 😉