Viajar de Avião – Dicas e Truques: A compra da passagem

Ciao a tutti!

Até este momento já escrevi centenas de artigos aqui na Minha Saga – explicando desde a minha própria saga até coisas bizarras como o dia em que eu comi lesma ( e gostei!).

Somente agora me dei conta que jamais escrevi e dei dicas sobre como viajar de avião – algo tão importante e indispensável para cada um de nós que quer vir à Italia para reconhecer a cidadania italiana.

Para facilitar a compreensão não vou escrever apenas um artigo, mas sim vários, pois tem muita coisa pra falar sobre isso.

A princípio já tenho em mente 5 artigos com os seguintes assuntos:

  1. A compra da passagem
  2. Preparativos antes da viagem
  3. No aeroporto
  4. No avião
  5. No desembarque

Porém já imagino que a partir destes muitos outros ainda vão surgir, portanto iniciemos com o primeiro artigo da série “Viajar de Avião – Dicas e Truques“:

Viajar de Avião

1 – A COMPRA DA PASSAGEM

Quando eu comecei a pesquisar sobre a minha própria viagem a Italia, não tinha a menor idéia sobre o que fazer! Como comprar a passagem? Existem sites que vendem este tipo de bilhete? Ou é melhor comprar direto no site da companhia? E os valores, dá pra parcelar?

Existem basicamente três formas de comprar a sua passagem:

Nenhuma das opções acima é melhor ou pior do que as outras – muita gente acha que comprar direto no site das cias aéreas é melhor do que comprar nos portais ou através de agências, porém estes últimos geralmente compram grandes lotes de passagem e muitas vezes conseguimos preços ainda mais baixos do que no próprio site das empresas.

DICA ESPECIAL: Existem sites que fazem busca de melhores preços na compra da passagem, como por exemplo a SKYSCANNER e a JETCOST. Quando eu pesquiso passagens para ir ao Brasil, eu entro nestes sites e vejo quais as opções mais baratas – a Skyscanner oferece a pesquisa também por mês ou ano, e isso é muito bom, quando queremos planejar uma viagem sem data específica!.

CASO PESSOAL: Em todas as vezes que eu viajei para o Brasil eu sempre comprei as passagens diretamente no site das cias, pois os preços sempre foram menores!!! Já peguei promoções e voei com Alitalia, Air France, Ibéria e Lufthansa.

As classes

As passagens aéreas são divididas por classes: turística, business, executiva, primeira classe, etc – e de acordo com a classe, o valor muda, por exemplo vejam uma simulação que eu fiz rapidamente de uma passagem de SP para Roma pela Alitalia, com base na classe:

Veja que entre as classes o valor triplica

Os valores mudam por vários motivos, o primeiro é em relação ao conforto: nas classes mais caras, como a First ou Business geralmente se viaja assim:

Ou assim:

Enquanto que na classe econômica (onde vai a grande maioria dos mortais) se viaja assim:

Ou assim:

Além dessa “pequena” diferença no conforto, existem outras vantagens nas classes superiores, como por exemplo poder levar mais bagagens, ou ainda poder trocar a data da viagem sem custo, acesso exclusivo no aeroporto, embarque imediato, entre outras coisas muito boas, pra quem pode pagar por elas.

Se você é como eu – pobre, mas limpinho – vai passar 11 horas tentando entender como podem ter tantas sardinhas dentro de uma mesma lata 😉

Voo direto ou com escala?

Um voo é com escala quando você deve parar e trocar de avião em outro aeroporto antes do seu destino final. Cada companhia aérea que faz voos para a Italia e opera no Brasil utiliza o pais de origem da própria companhia para efetuar essa escala, portanto dependendo da cia que você escolher, terá que trocar de aeronave (avião) nos seguintes países:

  • Air France – troca do avião em Paris (França)
  • Ibéria – troca do avião em Madrid (Espanha)
  • TAP – troca do avião em Lisboa (Portugal)
  • KLM – troca do avião em Amsterdam (Holanda)
  • British – troca do avião em Londres (Inglaterra)
  • Air Turkish – troca do avião em Instanbul (Turquia)
  • Lufthansa – troca do avião em Munique ou Frankfurt (Alemanha)

As únicas companhias que fazem voo direto entre Brasil e Italia sem escalas é a TAM e a ALITALIA, vejam:

  • Tam – faz voo direto com destino final Milano
  • Aitalia – faz voo direto com destino final Roma

Seguramente voos com escala costumam ser mais baratos do que voos diretos (mais um preço que se paga pela comodidade) porém quando escolhemos voos com escala podemos ter dois problemas:

A) Pouco tempo de conexão entre um voo e outro: isso geralmente acontece com os voos da Air France – como a escala é feita do aeroporto Charles de Gaulle em Paris, que é gigante, se a pessoa não correr (((literalmente))) perde-se o voo seguinte, e neste caso o passageiro tem que ir até o balcão da cia para que eles o coloquem no próximo voo [tente explicar e entender tudo isso em francês…]

B) Muito tempo de conexão: aqui o problema é outro, pois neste caso uma viagem que duraria cerca de 11 horas entre Brasil e Italia num voo direto, pode chegar a 25 ou 30 horas com escalas, dependendo da cia. E muitas vezes, você não poderá deixar sequer a sala de embarque ou sair do aeroporto para passear, pois está em trânsito naquele pais e deverá ficar de castigo um dia (ou noite) inteiro no aeroporto. Quando somos jovens é legal, depois de certa idade este tipo de aventura perde a graça rsrs.

Bilhete eletrônico

Ao comprar a sua passagem aérea – independente se escolheu comprar direito no site da cia, portal ou agência, quando esta compra for concluída, você receberá por email um documento chamado Bilhete Eletrônico, também conhecido como E-Ticket. Nele estarão contidas os detalhes do seu voo: horário de partida, horário de chegada, tempo de duração do voo, classe escolhida, quantidade de bagagens permitidas, entre outras informações.

Vejam abaixo o e-ticket da minha última ida ao Brasil, em dezembro de 2012:

Uma vez com o bilhete eletrônico na mão e a viagem confirmada, o próximo passo é nos preparar para a viagem propriamente dita: no próximo artigo da série Viajar de Avião – Dicas e Truques vamos ver como é feita essa preparação, quais os documentos devemos ter em mãos, como fazer um check-list pra que não esquecer nada importante, como fazer o check-in online (que é a confirmação que você dá a companhia que realmente vai voar) e outras coisinhas, que vocês não perdem por esperar!

Abraços a todos e até o próximo post 😉