Taxa Anual da TV Italiana

Você sabia que todos os anos temos que pagar uma taxa aqui na Italia só porque temos uma TV em casa?

Pois é, esta singela taxa é conhecida como canone RAI

TV Italiana

No início de cada ano, todos os cidadãos residentes na Italia recebem uma cartinha com as instruções para pagamento da taxa.

O valor total é de € 100,00 podendo ser divididos da seguinte forma:

2 cômodas parcelas de € 51,03 com vencimento sem 31/01 e 31/07

E a partir do ano de 2016, o valor pode ser pago diretamente na conta de energia elétrica.

Ou ainda em até 10 parcelas mensais de 10 euros.

E junto com a cartinha já vem o bollettino postale para pagamento, afinal de contas, o governo faz de tudo para facilitar a vida dos seus cidadãos 🙂 

TEM MESMO QUE PAGAR? EU NEM TENHO TV EM CASA!

TV Italiana

Pois é, muita gente que realmente não tem TV em casa deixava de pagar este imposto.

Porém a RAI divulgou uma nota explicando que a taxa não é apenas para quem tem televisão, mas sim “qualquer tipo de equipamento que possa receber sinal televisivo”.

Ou seja: tem um computador ou um smartphone em casa?

Tem que pagar!

O QUE ACONTECE SE NÃO PAGAR?

Equitalia

Como se trata de uma taxa governativa, o sujeito que não pagá-la automaticamente ficará devendo para o Estado italiano.

Seria a mesma coisa que ter uma dívida com a União no Brasil.

E convenhamos que o governo é o nosso pior credor!

Ele sabe onde moramos, o que temos, quanto recebemos e portanto não tem como fugir.

Sem contar que quando chega a conta, se paga mais de juros e correção monetária do que o valor original.

MOREI POR POUCO TEMPO NA ITALIA, TENHO QUE PAGAR?

Tem muita gente que, depois que terminou o processo de cidadania, foi embora e pouco se importou em cumprir com a obrigação de transferir a residência.

Neste caso, sendo residente aqui na Italia e não justificando que efetivamente não vive mais aqui, terá que pagar a taxa ou então arcar com as consequências.

Imagine a dor de cabeça quando for renovar o passaporte ou a carta di identità italiana e descobrir que tem uma dívida do tamanho do mundo?

E pior, a dívida em euros!

Portanto quem viveu aqui por um tempo e hoje vive em outro país, não comam bola e verifiquem se não chegou nenhuma taxa em seu nome e se a sua residência foi realmente transferida ao consulado italiano.

Caso contrário você pode estar com o nome sujo na Equitalia – versão italiana do SPC/SERASA.