“All’Italiana” – Prosciutto Crudo

A primeira impressão que temos ao conhecer o patrimônio cultural italiano prosciutto crudo é: ECA!

Não vou mentir e dizer que você olha para aquele pedaço da perna do porco e morre de amores à primeira vista – pelo menos não foi isso que aconteceu com praticamente todas as pessoas com que eu conversei sobre isso 🙂

“Uma coxa de porco pode se transformar em ‘prosciutto’ somente em algumas condições especiais”

É com esta frase que começa a propaganda do prosciuttificio San Daniele del Friuli, que fabrica um dos melhores presuntos italianos e que leva o nome da cidade onde é produzido: Prosciutto San Daniele:

PROSCIUTTO CRUDO, O QUE REALMENTE É?

Antes de mais nada, a palavra prosciutto no bom e velho português significa presunto.

Porém no Brasil estamos acostumados a comer o presunto cozido, como este da foto abaixo:

Embora é verdade que nos últimos anos, o Brasil também foi inundado de produtos importados, antes restritos apenas à população de melhor poder aquisitivo.

Hoje, é possível encontrar também o presunto cru – tradução do prosciutto crudo em vários mercados, também nas mais variadas embalagens:

Aqui na Itália, além do prosciutto crudo, temos também o prosciutto cotto (presunto cozido), tal qual no Brasil:

COMO É FEITO

O prosciutto é feito através da coxa do porco, e o nome prosciutto deriva do verbo “prosciugare” – secar.

Portanto podemos dizer que o prosciutto è uma espécie de carne seca – uma vez que foi ‘secado’ utilizando sal marinho.

Muitas pessoas quando chegam aqui na Itália e conhecem o famoso prosciutto torcem o nariz, pensando que se trata da carne crua do porco.

Porém a carne não é crua: ela passou por um processo chamado de stagionatura

Se trata de uma técnica que utiliza o sal marinho que, atrelado à determinadas condições ambientais, seca a carne e a transforma em prosciutto.

Veja abaixo um video sobre a transformação da coxa do porco em prosciutto:

Neste video podemos verificar as etapas que transformam a coxa, tendo como resultado final o maravilhoso prosciutto italiano, que pode ser saboreado de diversas formas

Abaixo alguns exemplos para te deixar com água na boca:

O panino con prosciutto é um clássico italiano!
Nos restaurantes é comum encontrar o antipasto “prosciutto e melone”
Claro que não poderia faltar aqui a pizza con prosciutto crudo

TEM MEDO DE PROVAR E NÃO GOSTAR?

Caso você ainda não tenha se convencido em provar desta delícia italiana, minha sugestão é a seguinte:

Vá ao supermercado e peça para o funcionário fatiar para você apenas algumas gramas, por exemplo 50 gr.

Ou ainda, você pode ir a um restaurante e pedir a eles um antipasto misto, que será algo parecido com esta imagem:

 

Ali você vai encontrar salame, queijo, azeitonas e claro, o prosciutto crudo!

Aliás, acabei de perceber que esta dica é talvez a melhor de todas, pois com tantos tipos diferentes de frios, você poderá comparar o sabor entre eles, e decidir se gosta ou não da nossa querida ex coxa do porco 🙂

Se gostou deste artigo, deixe um comentário aqui embaixo, pra que eu possa saber a sua opinião, combinado?