Cozinha Italiana: os 10 erros comuns cometidos

Quem nunca foi num restaurante italiano no Brasil para “homenagear o nonno italiano” não é mesmo?

Saborear um spaghetti a bolonhesa numa daquelas mesas com a toalha quadriculada lembrando as cores da Italia…

Só que tem um pequeno problema: aqui na Italia não existe nos restaurantes tradicionais (turísticos não contam) toalhas assim e muito menos se mistura spaghetti com carne moída rs

Para acabar com essa confusão, o pessoal do blog Italianfoodlovers da Academia Barilla publicou uma lista com 10 coisas que NÃO fazem parte da cozinha italiana, vejamos:

1 – CAPPUCCINO DEPOIS DAS REFEIÇÕES

Uma das grandes especialidades italianas, o cappuccino é bebido no café da manhã – vocês dificilmente encontrarão um italiano bebendo-o depois das 10 da manhã, já que isso estragaria o almoço…

Em muitos países como nos EUA o cappuccino é bebido depois do almoço ou jantar, enquanto aqui na Italia bebemos uma xícara de café (pequena, claro) para ajudar na digestão.

2 – ARROZ E MASSA COMO ACOMPANHAMENTO

Risotto ou macarrão é primo piatto e a cozinha italiana preza muito a ordem que devemos comer os alimentos.

Utilizá-lo para acompanhar carnes, peixes ou verduras é inadmissível!

Se você não sabe do que estou falando, clique aqui para ler o artigo “Conhecendo o menú italiano“, onde explico a ordem correta que comemos aqui na Italia.

3 – ÓLEO NA ÁGUA PARA NÃO “GRUDAR” O MACARRÃO

Macarrão que gruda é macarrão ruim!

A verdadeira pasta italiana é cozida apenas com água e sal e o molho e condimentos devem ser feitos à parte – misturados somente no final do processo.

4 – KETCHUP NA MASSA

Quer perder a amizade com um italiano?

Corte o spaghetti com uma faca na frente dele ou faça pior: abra um belo vidro de ketchup e salpique na massa que você estiver comendo (incluindo a pizza).

Não há amizade que resista a este sacrilégio!

5 – SPAGHETTI COM MOLHO ‘A BOLONHESA’

Querer impressionar um típico italiano com essa receita é a mesma coisa de querer impressionar um brasileiro fazendo pra ele uma feijoada com feijão carioca: não combina!

Aqui na Italia o molho à bolonhesa – conhecido como ragù alla bolognese é servido quase sempre com massa grossa, estilo tagliatelle ou pappardelle e não com spaguetti.

6 – MACARRÃO COM FRANGO

Tradicional nas américas, o molho do macarrão feito com frango aqui na Italia também não existe!

7 – CAESAR SALAD

A salada tão famosa no mundo, embora tenha sido inventada por um italiano – Caesar Cardini – jamais chegou aqui na Italia.

Pelo menos não fora dos restaurantes Mc Donald’s…

8 – TOALHAS QUADRICULADAS COM AS CORES DA BANDEIRA ITALIANA

Sinal indiscutível de um bom restaurante italiano de respeito no exterior, aqui na Italia ninguém usa.

Se você estiver pensando que vai chegar aqui e vai encontrá-la cobrindo as mesas dos restaurantes e tratorias vai ficar completamente desiludido.

9 – FETTUCCINE ALFREDO

Basta percorrer o menú de muitos restaurantes italianos no bairro italiano do Bixiga em SP e lá está ele: o famoso fettuccine Alfredo.

Só que aqui na Italia ninguém conhece esse dito cujo Alfredo.

Reza a lenda se trata de um chef romano que criou uma espécie de miojo com molho de manteiga e queijo parmesão “pra turista ver” e com isso contaminou os restaurantes americanos, fazendo todo mundo pensar que aqui é prato típico.

10 – SPAGHETTI COM POLPETTA DE CARNE

No exterior é comum encontrar spaghetti com molho de tomate e polpetta de carne mas este é outro mito criado no exterior – por aqui este tipo de prato é inédito.

Quem de vocês tinha algum tipo de expectativa com a comida italiana antes de vir pra cá e chegando aqui descobriu que não era nada do que pensava?

Compartilhe aqui nos comentários 😉