Certidões simples vs Certidões em inteiro teor

Você já se perguntou qual a diferença entre certidões simples e certidões em inteiro teor?

Neste artigo você vai aprender a diferença entre estes dois documentos.

Quer dizer, na verdade você vai aprender que os nomes “simples” ou “inteiro teor” se referem a escolha da apresentação das informações contidas no documento.

Porém antes de conhecer esta diferença, preciso compartilhar contigo uma coisa.

Até pouco tempo atrás, eu não sabia que existia um troço chamado “assento de nascimento” .

Quer dizer, eu até sabia que existia um livro lá no cartório onde eu fui registrado com os dados do meu nascimento, mas nunca tinha ligado uma coisa com a outra.

ASSENTO VS CERTIDÃO

Todos nós, em algum momento da vida, nos confundimos em relação ao que se refere assento de nascimento e certidão de nascimento.

Não vou aqui tentar explicar a parte chata técnica da coisa, até porque não tenho qualificação para isso.

Porém posso te dizer que, basicamente, a diferença é a seguinte:

  • O assento de nascimento é a informação que está lá no livro do cartório, que foi lavrado (escrito) no dia que o pai foi lá e registrou o filho.
  • A certidão de nascimento é uma folha emitida posteriormente à lavratura, onde constam as informações retiradas do livro do cartório (o tal assento!).

Entendeu?

Ainda não?

Então vejamos um exemplo prático:

No cartório onde fomos registrados, existe um livro e dentro dele, uma página específica com os dados que quem nos registrou passou.

No meu caso, o meu registro de nascimento é número 3637, está na página 21 do livro A-005 do ano de 1976.

Caso esteja com a sua certidão de nascimento em mãos, você encontrará estes mesmos dados que eu encontrei na minha (livro, folha e número).

Logo, se eu entrar em contato com o cartório onde eu fui registrado e pedir que seja emitida uma certidão de nascimento minha, eles vão fazer o seguinte:

  1. Vão procurar e abrir o livro A-005;
  2. Depois disso vão folheá-lo até a página 21;
  3. Naquela página vão conferir se o registro de número 3637 realmente é de um tal Fabio Barbiero;
  4. Após confirmar que se trata do meu registro, vão digitar no computador (caso não esteja já no sistema) todas as informações ali contidas;
  5. No final, será impressa uma folha com os meus dados de nascimento.

E veja só: lá no início daquele documento, estará escrito em letras graúdas:

CERTIDÃO DE NASCIMENTO

Agora tenho certeza que tudo ficou bastante claro, né? 😉

A DIFERENÇA ENTRE OS FORMATOS DE EMISSÃO DAS CERTIDÕES

Agora que entendemos a diferença entre assento e certidão, podemos passar ao tema principal deste artigo, que é diferença entre os formatos de emissão da certidão de nascimento.

Percebeu na frase acima a palavra “formato“?

Pois bem, a diferença entre uma certidão simples e uma certidão em inteiro teor tem a ver com o formato do texto contido nela.

Quero aproveitar para dizer que todas as informações aqui contidas seguem a mesma lógica para a emissão das certidões de casamento e óbito também.

A CERTIDÃO SIMPLES

Crédito: Rpmnunes via Wikimedia Commons

 

Observe a imagem acima para ver quais informações podemos encontrar em uma certidão de nascimento emitida em formato simples.

  1. Data de Nascimento por extenso
  2. Dia, Mês e Ano
  3. Hora e Local do nascimento
  4. Filiação (nome dos pais)
  5. Nome dos avós paternos e maternos
  6. Se é gêmeo – em caso positivo constará o nome do irmão também
  7. Data e número da declaração de nascido vivo
  8. Observações gerais (normalmente quem foi o declarante, se existem alterações no assento, etc.)

Esta certidão simples é emitida logo após a lavratura do assento do nascimento.

Por este motivo, é muito comum pensarmos que só existe este tipo de documento, quando na verdade existe outro formato, que é aquele que veremos a seguir.

A CERTIDÃO EM INTEIRO TEOR

Já a certidão em inteiro teor – segundo as ótimas informações do blog do Cartório 24 Horas – é a transcrição integral e completa daquilo que está escrito no assento do cartório, reproduzindo fielmente o que consta ali.

Vejam o exemplo de uma certidão em inteiro teor:

Vejam que a certidão começa com: “A pedido verbal da pessoa interessada, revendo os livros numero xx, data xx…compareceu o pai…declarou que…filho de…natural de…com xx anos de idade…”

Isso significa que nesta certidão constará toda e qualquer informação presente no livro do cartório.

Como por exemplo: eventuais retificações, averbações de casamento / divórcio, reconhecimento de paternidade / maternidade, eventual naturalização / renúncia de nacionalidade, etc.

QUAL FORMATO É NECESSÁRIO PARA O REQUERIMENTO DA CIDADANIA ITALIANA?

Desde meados de 2009, todos os consulados italianos no Brasil exigem que os documentos estejam no formato inteiro teor.

Seja para a realização do processo no Brasil, seja para a realização da prática aqui na Itália.

A propósito da prática na Itália: ainda no ano de 2009, muitos comunes foram orientados pela Associação Nacional dos Oficiais de Estado Civil (ANUSCA) para que só aceitem documentos em inteiro teor.

Isso aconteceu devido ao aumento da apresentação de documentos falsos para a prática de reconhecimento da cidadania italiana por parte de requerentes advindos da América do Sul, especialmente brasileiros.

Abaixo transcrevo o que diz o texto de um dos cursos de cidadania italiana que fiz sobre cidadania italiana aos oficiais di stato civile, promovido pela ANUSCA:

“O requerente brasileiro (sim, textualmente diz isso), por exemplo, deve sempre produzir os documentos em inteiro teor que reportem todas as variações e retificações constantes nos documentos”

CONCLUSÃO

Agora que você sabe qual a diferença entre os formatos, comece a solicitar hoje mesmo todas as certidões neste formato.

Isso é necessário para verificar se elas contém erros ou variações que necessitem de correção.

Para saber mais sobre a importância das certidões em inteiro teor, veja os artigos listados abaixo:

Deixe um comentário

286 Comentários em "Certidões simples vs Certidões em inteiro teor"

avatar
  Subscribe  
Notify of
Luiz Fernando Lozove

Olá Fábio, tenho uma dúvida latente, que nao achei resposta e pode ser a duvida de algumas pessoas, eu pedi a certidão de meu avô no cartório em que ele foi registrado, porém nao está la a dita cuja(podr ter deixado de existir, queimado, molhado etc), posso entrar com uma ação judicial de reparação de registro civil, se eu fizer isso, as autoridade italianas vao aceitar e/ou reconhecer o documento como legitimo? e poderei usar no processo ??

Aline Canetti

Bom dia Fábio!!! Estou iniciando o processo de cidadania via consulado e me surgiu uma dúvida.
Meu trisavô italiano casou 2 vezes, mas minha linhagem é do primeiro casamento. Desta forma, além da certidão de casamento dos dois casamentos, eu preciso também da certidão de nascimento e óbito da segunda esposa?
Muito obrigada e parabéns pelo blog. Estou lendo tudo aqui, ajuda muito!!!!

Magna Janaina

Olá Fábio boa tarde. Moro em Portugal e tenho cidadania Italiana e também já tenho meu passaporte. Fui ao setor de fronteiras para legalizar meu esposo e eles me pediram a transcrição do meu casamento na Itália. No consulado eles não me.passam nada. Gostaria de saber se você conhece alguém ou sabe como devo proceder para transcrever essa certidão na Itália?
Até o momento obrigada.

Mirian Motta Tocacelli

Oi Fabio, tudo bem! Te acompanho a algum tempo, desde quando descobri a nacionalidade de meu avô. Hoje estou no processo de retificação das minhas certidões. Gostaria muito que você desse uma olhada nelas. Não sei como proceder , como te enviar para ver e me dar uma luz. Gostaria, também, saber os valores que a assessoria pratica. Grande abraço

Carla Yassim

Boa tarde,
você poderia me dar uma luz a respeito da cidadania materna… então, meu tataravô era Bettega, Giovanni Luigi de Imer, Trento e minha tia por parte de mãe conseguiu a cidadania através do processo sob nº 9023. Eu lhe pergunto: minha mãe é brasileira e nasceu em 1944, eu sou brasileira e nasci em 1964 e minha filha em 1987. Eu teria que fazer um novo processo já que a família é a mesma? Ou documentos não poderiam ser reaproveitados? nao sei como funciona , neste caso. Obrigada

Marcos J.T. Crepaldi

Olá Fabio vc sabe alguma informação sobre certidao tardia de casamento de pais falecidos que não se casaram, se algum caso que juiz no Brasil concedeu?

Jose Mota

Oi, Fábio. Uma dúvida: a Itália aceita a tradução do português para o Italiano feita por tradutor público juramentado aqui no Brasil da certidão em inteiro teor ou precisa ser traduzida aí em solo Italiano?

Evelyn Louise

Oi Saga.

Eu li ali embaixo que você informou que todas as certidões tem que ser ORIGINAIS (inteiro teor), no entanto, quando fui a comuna de Salerno me informar dos documentos para mim e meus irmãos, eles falaram que as certidões de meu antenato podiam ser cópia (ja que somos em 4 irmãos). Inclusive eu entrei com o pedido com as originais e meus irmãos com as cópias.

Apenas uma informação do que aconteceu comigo. Sabes de algo a respeito? Ou eu sou a primeira que relatou isso?
Abraços querido! E obrigada por sempre estar tão disposto a nos responder.

Romeu Barzocchini Filho

Fabio, por favor me passe o seu telefone para o meu email: romeubf@gmail.com, para que possamos conversar sobre quanto custaria os seus serviços sobre tirar a cidadania Italiana. Abç.

Lucas

Oi Fábio. Nas certidões de inteiro teor do meu antenado aqui do Brasil (casamento e óbito) não constam a cidade que ele nasceu na Itália. Diz que é italiano, mas nao informa a cidade. Como faço nessa situação?

valerica Marijoanne Moura de s
valerica Marijoanne Moura de s

boa noite
tenho uma duvida sobre certidão de nascimento, a 2via para fins de matrimonio deve ser em inteiro teor?

Fabio Barbiero

Olá Valerica somente o cartório onde você pretende se casar pode responder esta sua dúvida, entre em contato diretamente com eles, ok? Abs

Adriana

Olá Valeria, boa noite… minha pergunta seria essa tbm, vc obteve resposta?

Gisele Fortunato Martins

Mesmo apresentando inteiro teor de nascimento e casamento (e óbito se falecido), é obrigatório que o casamento conste AVERBADO na cert. nascimento (assim como o obito, na de casamento e de nascimento, para falecidos)?
Se sim, caso alguém (requerente ou antecessor) casa/divorcia/falece enquanto está na fila do consulado depois de ter as certidões prontas (traduzidas e apostiladas), essas certidões devem ser reemitidas , traduzidas e apostiladas para conter a averbação do casamento/divórcio/óbito?
Acabamos de entrar na fila do consulado em Curitiba.

Fabio Barbiero

Olá Gisele não necessariamente: a averbação não precisa constar em outros documentos para fins de reconhecimento da cidadania italiana

Teilacristy Cororida

Ola Fábio,vc pode me indicar cartório online confiável pois preciso de certidão de Inteiro Teor,preciso que me enviem pois vivo em Lisboa.Obg

Fabio Barbiero

É sim, já utilizei os serviços deles, e também utilizei recentemente os serviços do Registrocivil que também funcionou muito bem

Beatriz Sanches da Silva

Fábio boa tarde, a menos de duas semanas eu e meu primo estamos atrás das documentações para o reconhecimento da cidadania italiana, mas surgiu uma dúvida e gostaria de saber se pode me ajudar. É o seguinte: Como nós dois estamos procurando as mesmas documentações, até nossa avó, será que podemos pegar apenas uma copia original e fazer a autenticação da outra, afim de dividir os custos? Desde já obrigada!

Fabio Barbiero

Olá Beatriz normalmente os comunes italianos não se opõem a isso não, basta apresentar o mesmo jogo de documentos. Porém é importante sempre entrar em contato com o oficial do comune onde o pedido será feito, antes da vinda à Itália, para ter certeza, ok? Abs

steladt

Mais uma duvida… sobre a tradução e apostilamento da CNN: o tradutor juramentado aqui no Rio me disse que devo levar as duas folhas da CNN (certidão e+ a autenticação emitida pelo site) e levar a um cartorio de notas para “materializar” as duas antes de traduzir. Fiquei bastante confusa. Ele me disse que só depois de materializadas pelo cartório podem ser traduzidas. É isso mesmo? alguém já fez assim? Agradeço a ajuda.

steladt

Pessoal, no caso de divorcio consensual, lavrado através de escritura publica em cartório de notas, é preciso apresentar petição e todo o processo de separação ou a Escritura Declaratória do cartório com a conversão da separação judicial em divórcio consensual + a certidão de averbação em inteiro teor são suficientes?

Renato Novelli

Fábio, boa tarde! Ao solicitar as segundas-vias originais de minhas certidões de nascimento e casamento, a funcionária do cartório me perguntou se seriam tipo fotocópias ou diigtadas. Qual é a correta? Muito obrigado!

Fabio Barbiero

Olá Renato, sempre digitadas!

Lucas Longhi

Alguem sabe me dizer se a certidão do ITALIANO deve estar em inteiro teor ou formato simplificado basta ?
A comune me enviou apenas o estratto dell’atto di nascita carimbada pela paroquia e assinada pelo arcebispo.

Fabio Barbiero

A certidão italiana deve estar no formato “estratto per riassunto” contendo o nome dos pais

Flavia Tróglio

Como você entrou em contato com a comune?? Eu até agora não obtive resposta da minha… E acredito que tenha que ser em inteiro teor, pois sabe como são Consulados né, os documentos têm que ser completamente confiáveis

Lucas Longhi

Flavia, qual sua comune ?

Flavia Tróglio

Asiago

Rafael Lopes Esteves

Oi Fábio, minha dúvida é a seguinte: Tenho parentes que estão juntando os documentos para apostilar e dar entrada no Brasil. Eu pretendo ir para Itália tirar a cidania, eu posso tirar cópias autenticadas das certidoes de inteiro teor e do ato de nascita para depois apostilar ou tenho que solicitar outras ? Desde já obrigado

Fabio Barbiero

Olá Rafael, não são aceitas cópias, ainda que autenticadas. Cada requerente deverá ter em mãos para o seu próprio processo as certidões originais, emitidas em 2ª via e no formato inteiro teor

Fellipe Marcondes

Olá, ao entrar em contato com o cartório solicitando a certidão de nascimento em inteiro teor, me deparei com duas opções, reprográfica ou digitada, qual modelo devo escolher?
Outra dúvida, o cartório me passou um valor pra certidão e outro pra mesma certidão autenticada, por qual devo optar?

Obrigado.

Fabio Barbiero

As duas são válidas, porém para facilitar a vida do tradutor, procure pedir sempre digitada

Maria Ramos

Olá Fabio, tudo bem?
Estou indo a Europa pra casar, me pedirão uma certidão de inteiro teor, mais tenho que mandar tirar no interior do Maranhão onde nasci, atualmente moro em Brasilia, A minha duvida é: averbação do casamento do meu pai com minha mãe entra nesta certidão, porque meu pai hoje é falecido?
Obrigado!
È um abraço.

Indira Martins

Bom Dia,

Necessitando solicitar alguma certidão ou documentos do Estado da Bahia ou outros Estados, também faço busca de certidões para dupla cidadania, retificação de documentos, matricula atualizada de imóvel entre outros serviços, meu contato para melhores informações: indira-martins@hotmail.com ou 71-988895301 (esse número também é whatsapp) / 996164700.
Att. Indira Martins

leloseidel

O local indicado para pedir certidão de inteiro teor que recomendo é aqui: https://certidaodeinteiroteor.com.br/ A gente pede pela internet e eles enviam por Correios a certidão original atualizada.

Léo Ramalho
Ola Fabio, Tudo bem? Econtrei a Atti di Nascita do meu antenato em Genova. Depois de algumas trocas de email, cheguei finalmente ao Ufficiale que estava com o livro de registros e prontamente ele me mandou uma copia em PDF do original da Certidão, carimbada como autentica e uma declaração em um arquivo do word, com timbre do Comune, dizendo que a certidão é original e que aquele documento esta assinado digitalmente. Junto nos anexos do email veio tambem um arquivo .doc.p7m, que acredito seja o arquivo da assinatura digital. Minha duvida é: Esta certidão, junto com a carta atestando… Read more »
Camila
Oi Fabio, tudo bem? Meu nome é Camila e eu estou adorando o seu blog! Ta me ajudando demais! Vou fazer uma pergunta, acho que já sei a resposta, mas é só pra eu não acabar gastando dinheiro a toa. Eu já tenho todas as certidões desde eu mesma até meu bisavô que é meu antenato italiano. Mas eu tenho quase certeza que nenhuma é de inteiro teor. Eu preciso então pedir uma via de todas novamente sendo de inteiro teor? Ah, e aproveitando.. a certidão de nascimento do meu bisavô tá em italiano e não sei identificar se tem… Read more »
Fabio Barbiero

Olá Camila tudo bem?

Sim, você precisará reunir novamente todos os documentos, no formato correto. Em relação ao documento italiano, ele deve ser solicitado ao comune aqui na Italia, não em um cartório no Brasil, baixe e leia o manual Sagabook para entender melhor como tudo funciona, ok? Abraços

Camila

Tudo sim e com você??
Ahhh ok, eu vou pedir todos novamente então, obrigada.
A minha avó nasceu em 1944 mas o meu avô que é italiano. Eu tenho que fazer esse processo via judicial ou não é necessário?

Obrigada
Camila

Rafael Lins Loureiro
Fabio Boa tarde, gostei do blog e vou começar a seguir, pois tirou uma grande duvida que tinha, mas tenho uma outra duvida que foge dessa questão, estou mexendo com as coisas para tirar a cidadania italiana, mas meu caso é o seguinte, o irmão da minha avó materna possui a cidadania italiana, porém ele tirou a mesma ai na Itália, onde me parece que tem uma especie de pasta que possui toda a arvore genealógica comprovada, para eu poder tirar, terei que tirar também o da minha avó e da minha mãe e então a minha, mas essa pasta… Read more »
LORENA DEVITE

Saga, estou acompanhando seu blog e já tirou várias duvidas, porém estou com uma que não quer calar.
Minha tia avó já tem Cidadania e claro, teve que retificar as certidões do meu antenato e bisavô, agora que vou tirar as minhas certidões, eu já posso pegar a certidão de inteiro teor ou ainda preciso pegar Certidão simples?
Obg.

Fabio Barbiero

Olá Lorena as certidões brasileiras devem estar SEMPRE no formato inteiro teor. Abraços

Marcos Zaccarias

oi fabio . beleza. o meu irmão ja tem a cidadania italiana. a alguns anos não sei precisar mas acho ,que bem uns 6 a 7 anos. a questão é na italia no cartorio tem todas as certidões ate meu irmão, posso levar ´so as minhas certidões. ou tenho que fazer todas. e meu pai faleceu em 2014 tenho que levar a do obito tambem. são minhas duvidas.

Fabio Barbiero

Olá Marcos dá uma olhada neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=gLcDNYwPKkY Abraços

Rô Siqueira

Fabio, você recomenda que eu opte pela certidão de inteiro teor até mesmo para as certidões que tenho as originais? Ou apenas para aquelas que foram solicitadas a busca nos cartórios?

Fabio Barbiero

Todos os documentos devem estar em inteiro teor, para que possam ser utilizados para o processo de cidadania

Bruno Vinicius Galbiati

Olá Fábio, td bom? Minha duvida é o seguinte, as certidões em inteiro teor tem como pedi-las via correios ou TEM que ser necessário a idá até os cartórios ou igrejas/cemitérios e afins, desde já agradeço.

Fabio Barbiero

Olá Bruno pode sim, eu mesmo liguei aos cartórios e pedi o envio por SEDEX. E também já utilizei os serviços de sites como Cartório 24horas, funcionou bem também. Você deposita os valores em conta e eles te mandam pelo correio. Abraços

Bruno Vinicius Galbiati
Aproveitando sua resposta, eu tenho a foto da Certidão de Desembarque do meu antenato italiano (foi outro parente distante meu que passando pelo Memorial de Imigrantes em SP, resolveu por curiosidade ver se tinha alguma informação do Bisavô deste meu parente ai ela me mandou a foto no meu e-mail), só que, nela só veio escrito o nome do meu antenato (veio apenas como Ambrozio) e não veio com o sobrenome dele, mais o nome do chefe ou responsável (assim está escrito no documento) veio completo (Giuseppe Galbiati) teria algum problema com isso? Como posso pedir a Certidão Italiana ou… Read more »
Dhaiana Gonçalves

Bruno.. Não sou o Fabio, mas acho que posso te ajudar. Você pode entrar em contato com o cartório por email ou telefone e eles te enviam por correios. Consegui 13 certidões assim. Chegou direitinho.

Bruno Vinicius Galbiati

Dhaiana Gonçalves, sem querer abusar muito da sua boa vontade, você poderia me dizer como você pediu estas certidões nos cartórios, pois eles costumam não ajudar muito sem que você vá pessoalmente, se possível poderia me mandar um exemplo no meu e-mail (bruno.v.galbiati@gmail.com). Muito Obrigado.
Tenho outra duvida, não tenho datas de casórios de meus avôs e bisavôs, mas tenho local e nomes completos, isso já ajuda em algo?

Ana Paula Azevedo
Fabio por favor se puder me tire uma duvida boba, que acredito ser simples para o seu nível de conhecimento e confuso para o meu rsrs .Todas as instruções iniciais para o processo de cidadania, inclusive no Sagabook descrevem a necessidade das certidões (nascimento,casamento e óbito), mais se as certidões de inteiro teor são uma ” versão completa” de todas as informações do cidadão. Minha duvida é : uma certidão de inteiro teor de cada membro do processo (eu , pai, vô, etc) é suficiente / aceita / valida para o processo de cidadania ? ou realmente preciso de todas… Read more »
andre girardi

Olá Fábio, tudo bem?
É que estou precisando de uma certidão de nascimento(cópia integrale ,creio) de meu bisavô que nasceu na Itália(o meu pai já tem a cidadania, mas não tenho muito contato com ele, pois vivemos em estados diferentes) e quando vou solicitar em um site que me indicaram, há a seguinte pergunta: “Certificato da tradurre e legalizzare”?
Vc poderia me explicar, por gentileza, o que isto significa?
Sou obrigado a dizer “sim?”
No site do consulado não há nada a respeito.

Marcelo Bragagnolo

Olá Fábio, como está? Gostaria de tirar uma dúvida contigo, por gentileza. Localizei aqui no Brasil a certidão de casamento do meu antenato. A solicitei em inteiro teor, porém, fui informado de que não podem emiti-la. Resposta do cartório: “Um decreto da época do registro (art. 229 do código de 16). Quando o registro possui legitimação não podemos emitir a certidão em inteiro teor”. O que posso fazer? Tens alguma orientação neste caso? Parabéns pelo excelente trabalho que vens desenvolvendo! Grande abraço

Kaiara Lupiano Lyra

Olá Marcelo,

Estou com o mesmo problema, falta apenas essa unica certidão de nascimento da minha avó, e para isso tive que entrar com processo e agora estou aguardando o MP autorizar. Voce conseguiu resolver a sua situação? Demorou?

Marcelo Bragagnolo

Oi Kaiara, estou muito bem! E você? Levou cerca de 40 dias até que me dessem algum feedback. Solicitaram maiores explicações, uma vez que algumas certidões contém erros de grafia no meu sobrenome (alguns realmente absurdos). Submeti novamente, com as devidas explicações e certidões originais, e sigo na espera.

Fabio Barbiero

Olá Marcelo tudo bem?

Nestes casos absurdos, é necessário contratar um advogado para solicitar a emissão do documento judicialmente. É um absurdo mas tem acontecido em alguns cartórios. Abraços

Kaiara Lupiano Lyra

Estou com o mesmo problema e desesperada porque tenho pressa e o ministério publico não assina logo a autorização, é um absurdo, passa por cima dos nossos direitos, mas nao tem o que fazer além de contratar um advogado e esperar a boa vontade deles!

Bruna
Bom dia, Fábio, Tenho uma dúvida que está me deixando bem preocupada. Fomos convocados para ir ao consulado entregar a documentação e, como me divorciei em 2014, preciso levar essa certidão também. Li em vários sites, inclusive o tradutor me comentou, que a Itália não aceita “certidão de casamento com averbação de divórcio” como documento para o divórcio em si, porém, como o meu ocorreu, como citei, em 2014, por via administrativa e com separação total de bens, o cartório afirma que, desde 2007, aproximadamente, não se emite mais apenas a certidão de divórcio no Brasil. Não sei se você… Read more »
Fabio Barbiero

Olá Bruna no próprio site do consulado consta a lista de documentos que devem ser apresentados, incluindo as instruções para a apresentação do divórcio, segue o link do consulado em SP, mas serve para os outros também: http://www.conssanpaolo.esteri.it/consolato_sanpaolo/pt/la_comunicazione/domande_frequenti/faqcittita.html

Abraços

Edilberto Mainette
Fábio, bom dia! Gostei demais do blog e estou tentando baixar o manual, mas a empresa bloqueia alguns downloads e por isso vou fazer de casa rsrs Meu bisavô Arthur Mainetti (falecido em 1932) era italiano, teve meu avô e outros filhos com minha bisa Elvira Malfreri, italiana aqui no Brasil, mas não foram casados civilmente. Tenho o óbito dele, a certidão de casamento dos meus avós. Só tenho uma dúvida: todas as certidões que terei de apresentar no consulado deverão ser de inteiro teor (inclusive a minha e da minha mãe) e traduzidas ? A certidão de nascimento do… Read more »
mauricio

Ola pessoal, to com dificuldade de achar documentos, pois só tenho meu pai que diz que não sabe nada sobre a família, vocês acham que o site MyHeritage vale a pena, para tentar descobrir alguma coisa ou é furada? valeu, abraço!

Dhaiana Gonçalves

Mauricio não gostei do MyHeritage pq é pago, o site que me ajudou muito foi o familysearch, através dele descobri coisas sobre minha família que eu nem imaginava. Outra ferramenta que me ajudou muito foi o centro de pesquisas genealógicas de Nova Palma (para os italianos que se instalaram no RS). E de suma importância para todos os detalhes, o Minha saga. Espero ter ajudado.

mauricio

Olá Dhaiana, não faz ideia de como me ajudou, muitíssimo obrigado! um grande abraço!

Jucimara Schiller

Fabio. Tudo bem? Recebi as certidoes italianas e fiquei na duvida se existe certidoes italianas em inteiro teor, pois as q recebi italianas as informaçoes nao estao completas.
Por exemplo. A certidao de nascimento (batismo) nao consta o nome do meio e na de casamento sim.
Obrigado abraçao

Bruna E Lucas

Boa noite Fabio , solicitei as certidoes em intero teor mas nao autentiquei , posso fazer essa autenticaçao no cartorio da minha cidade ou vou ter que ir nos cartorios para reconhecer a firma ?

Dhaiana Gonçalves

4.11 DOCUMENTOS EMITIDOS POR CARTÓRIOS BRASILEIROS

Certidões, declarações, procurações, etc.

Procedimento: No caso de apresentação de documentos originais emitidos em cartório, como certidões de nascimento, casamento, óbito, declarações públicas, procurações públicas, etc, em razão de já terem sido assinados por um tabelião, fica dispensado o reconhecimento da firma daquele notário.

Lysandra Simonaggio Sartori

Olá Fabio!

Parabéns pelo site, é de grande auxílio!

Tenho uma dúvida.. Já localizei todas as certidões brasileiras, porém a mais antiga delas, que é o nascimento do meu bisavô, não consta no registro civil, localizei esta certidão na paróquia da cidade aonde ele nasceu. Portanto não tenho como pedir a certidão em inteiro teor, tenho somente a fornecida pela Igreja mesmo. Ela é válida, neste caso? Ele nasceu em 1882.

Obrigada e um abraço!
Lysandra

Luan Ubialli

Fábio, o seu site é muito bom!

Já tenho toda a documentação, mas pelo que vi tenho as certidões simples.
A certidão de nascimento do meu Bisavô (antenato italiano) tenho aqui mas deve ser a simples, só diz o nome dele, cidade, data e até menciona parte do nome dos pais dele (“pt. Santo e mt. BOGNI Brigida”), mas nada muito complexo. Sabes me dizer se a que eu tenho é a simples mesmo?
Outra coisa, darei entrada por Curitiba, terei que ter uma certidao original para cada parente meu que for solicitar a cidadania?

Desde já agradeço.
Abraço

Thomas

Ciao Fabio!
Ótimo post! Você pode me tirar uma dúvida?
Li algumas informações a respeito de que se você é solteiro, é melhor ir ao cartório em que foi registrado acompanhado de duas testemunhas (não podem ser seus familiares) e que possam atestar que você é solteiro. Deve-se solicitar uma “Escritura publica declaratória”, onde vai constar que não há averbações de casamento na certidão de nascimento.
Isso é mesmo necessário?
Obrigado!

Silvana dos Santos
Olá Fábio, estou ajudando o meu filho a conseguir a Cidadania Italiana, por parte do seu bisavô. Já tenho toda a documentação, inclusive a Certidão de Nascimento na Itália (me enviaram em PDF via e-mail) do bisavô e a Certidão Negativa de Naturalização. Minha dúvida, as certidões retiradas no Brasil tem um prazo máximo de validade? A data de nascimento do seu bisavô está errada na Certidão de Casamento, tenho que pedir para o Cartório corrigir, antes de traduzir para o Italiano? A Certidão em PDF enviada pela Comune italiana é válida? Depois de traduzidas e autenticadas pelo ERESP e… Read more »
HEBERT BORIM PACI

Fábio, boa tarde!

Fábio, tenho uma certidão de inteiro teor que consta o nome do meu avô no Italiano e o nome “abrasileirado” , terei problema com isso, tenho que retificar isso?
Na mesma certidão está Giuseppe e em outra parte está José.

Abraços e fico no aguardo!

eduardo

Oi, Fabio. Estou começando a ler sobre os procedimentos e tenho algumas dúvidas. No meu caso o italiano é meu trisavô. Antes de recolher todos os documentos eu gostaria de ter certeza que ele não se naturalizou no Brasil, eu não tenho as certidões dele ainda, mas sei como se chamava, de qual cidade ele veio… Mas não sei qual o nome dos pais dele, e essa é uma informação necessária para eu gerar a certidão negativa de naturalização. Você pode me informar se devo recolher todas as certidões para eu saber, ou se há uma maneira de confirmar antes?

Obrigado,

Abraço.

Diego Masutti

Ciao Fábio…..sensacional seu site e a sua saga. Parabéns!
Uma dúvida: Meu nonno e minha nonna casaram somente na paróquia, na igreja, sem realizar casamento civil, ou seja, não existe certidão de casamento deles de inteiro teor, somente a fornecida pela própria paróquia. Algum problema? Dois primos meus já fizeram o processo na Itália, mas quase na mesma época que você. Grazie e abbraccio!

Filipe Waitman

Ciao!

Fabio, mais uma dúvida: Eu solicitei a certidão de inteiro teor de todos os meus ancestrais (de mim até meu bisnonno, italiano). Algumas dessas certidões vieram num formato totalmente diferente das outras: nem sequer vieram escritas como “inteiro teor”; Vieram escritas como “assento de óbito”.

Você sabe me dizer se isso é normal? Ou devo voltar no cartório e solicitar uma certidão novamente (enfatizando que precisa ser em inteiro teor)?

Obrigado!
Um abraço!

Andrea

Olá Fabio, fiquei com uma dúvida quanto a validade da Certidão de Nascimento do Italiano.
Se eu retirar na Comune este mês, ela tem validade de quanto tempo?

Vanelle Huff
Olá Fábio, como vai? Estou diante de um registro de nascimento do meu avô feito nos termos do Decreto Federal nº 1.116 de 1939, que dizia que o representante legal que não tinha registrado o filho deveria fazê-lo através de petição que indicasse como nasceu e quem eram os pais e avós e, através de testemunhas, isso era registrado pelo tabelião. A mãe brasileira fez isso quando meu avô tinha 19 anos e indicou o pai italiano, mas o tabelião à época não constou no registro o nome do pai italiano, apesar de ter sido registrado com o sobrenome dele.… Read more »
Vanelle Huff

Uma informação valiosíssima: os pais não eram casados à época; mas só conviventes.

Katarzyna Archibald

Procurando certidões de nascimento de seus parentes Portugueses? Nos envie agora mesmo as informações abaixo e aguarde um contato de nossa equipe! buscadocpt@gmail.com

1. Nome completo do parente Português;
2. Data de nascimento do parente – aproximada;
3. Local de nascimento – cidade/região.

Lembre-se. Quanto mais informações e detalhes, melhor!

*Não damos consultoria sobre cidadania/passaporte. Apenas buscamos a documentação necessária para a tal!

De antes 1911 tambem!

Facebook: Buscadoc Portugal

Bruno Placha

Bom dia Fábio,
Ontem minha irmã esteve em um cartório aonde encontramos as certidões de óbito do meu bisavô e meu Tataravô, porém ela me disse que os livros molharam devido a uma enchente e metade das informações está quase ilegível. Como devo proceder caso eu não consiga recuperar as informações por completo? Obrigado e parabéns mais uma vez pelo Blog. Todo dia leio e descubro algo novo e que ajuda muito nas minhas pesquisas.