Não é o Seu Processo de Cidadania Que Deve se Adequar às Suas Necessidades

  • Fabio, como eu consigo conciliar meu processo de cidadania italiana com outras atividades, como estudar, trabalhar, etc?

De tempos em tempos eu recebi dúvidas como essa, tanto aqui no blog quanto lá no nosso canal do Youtube, me pedindo ajuda com esse assunto.

E quero aqui te explicar quais os motivos pelos quais isso quase sempre é uma roubada!

processo de cidadania

COMEÇANDO PELO TÍTULO DO ARTIGO

Há alguns anos, durante um dos nossos eventos presenciais no Brasil, quando alguém me perguntou isso, eu respondi:

– Não é o seu processo de cidadania que deve se adequar às suas necessidades, são suas necessidades que devem se adequar ao seu processo na Itália

Vamos imaginar a seguinte situação: você quer “aproveitar” a sua ida à Italia para obter o seu reconhecimento e, já que vai estar por lá, por que não estudar, certo?

Pois bem, vou te mostrar alguns problemas com essa ideia:

1 – Um dos procedimentos que temos que passar ao longo do nosso processo é a confirmação da residência. Você que me segue já sabe que isso é um dos passos fundamentais para poder prosseguir com o seu processo na Itália.

A visita do guarda municipal pode levar até 45 dias corridos. E aqui já nasce o primeiro problema: você não pode sair para ir estudar antes da confirmação do vigile, caso contrário pode ter o seu pedido de residência cancelado e automaticamente seu processo de cidadania não vai andar

2 – Dependendo do tipo de curso que você vai fazer, se optar pela matrícula como brasileiro, ela pode custar muito, mas muito mais caro do que fazer como cidadão italiano.

3 – Muitos cursos – até mesmo aqueles gratuitos de língua italiana oferecidos pelo comune – exigem a apresentação de um permesso di soggiorno.

E você não pode solicitar um permesso até que protocole seus documentos no ufficio di stato civile.

E este protocolo só é feito após a confirmação da sua residência… pelo guarda municipal que pode levar até 45 dias…

Entendeu que aquilo que parecia uma ótima ideia, na prática acaba sendo uma roubada se você não focar 100% no seu processo de cidadania?

ISSO É TÃO IMPORTANTE, QUE TEM ATÉ VÍDEO!

Você não tem ideia da quantidade de pessoas que eu já vi tentando mudar a ordem lógica da coisa, ou seja, ao invés de concentrar 100% do foco no processo de reconhecimento na Itália, a pessoa resolveu “encaixar” outros projetos no meio, tendo vários problemas com isso.

Teve até o caso de um rapaz que achou uma ótima ideia ir com um visto de estudos e descobriu da pior forma possível que por causa do permesso di studio teve que aguardar o permesso sair – e isso demorou mais de 1 ano!

E já que isso é tão sério, com o objetivo de te ajudar ainda mais a não cair nessa furada, gravei um vídeo lá no nosso canal do Youtube, mas antes de você começar a assisti-lo, preciso te pedir 3 coisas:

1 – Se você ainda não está inscrito ou inscrita no nosso canal, clique aqui e faça isso;

2 – Se este artigo te ajudou a clarear as ideias, já dá um like no vídeo, para que ele chegue em mais pessoas;

3 – Utilize o botão “COMPARTILHAR” e mande o vídeo para as pessoas que você sabe que vão se beneficiar deste conteúdo. Me ajude a ser o propagador de boas práticas e com isso vamos ajudar ainda mais pessoas 🙂

Agora sim, bóra assistir o vídeo: