Mudança no pedido de residência aqui na Italia

No vídeo de hoje explico as mudanças ocorridas após a entrada em vigor do “Decreto Casa” e como isso influencia o pedido de residência aqui na Italia.

Aproveito para salientar que este vídeo é importantíssimo a todos aqueles que queiram vir a Italia realizar o processo sozinho, sem ajuda profissional!

Neste caso baixem os três arquivos citados no vídeo, pois eles serão fundamentais para que vocês possam argumentar com o proprietário do imóvel e também com o oficial anagrafe do comune onde vocês pretendem realizar a prática de vocês, ok?

Bóra assistir:

79 Comentários


  1. gustavo estou com um problema gostaria de saber se voce poderia me ajudar escrevendo qualquer coisa que possa me ajudar , eu sou de sao paulo estou ilegal na europa ja faz 8 meses ganhei o processo da cidadania italiana mais somente tenho em maos a certidao de nascimento ja transcrita em italiano e mais o processo da cidadania , problema que nao tenho residencia na italia para ter residencia na italia preciso ter um documento que prova que sou italiano mais se eu tenho a certidao de nascimento em minhas maos que e mais o processo do tribunam de roma dizendo que sou italiano isso nao basta para a comune fazer minah residencia sem a carta de identidade italiana eles nao fazen voce nao consegue fazer NEM MESMO O AIRE porque sem a carta nao faz nada
    eu tenho a certidao de nascimento italiana mais com ela nao consigo fazer nada somente se eu estou registrado na muni onde tenho a residencia se eu nao tiver residencia nao consigo tirar minha carta nem mesmo meu passaporte

    Responder

  2. Ola Fabio! Após dar entrada no processo e também confirmar a residência em um determinado comune é possivel retirar o processo deste comune para dar entrada em outra cidade? ou seja, pegar a toda a documentação e começar o processo em outro lugar, por motivo de demora e morosidade do comune em quentao? Obrigado!

    Responder

    1. Olá amigo, referente a sua pergunta tenho a mesma dúvida, você teve alguma resposta satisfatória ?

      Responder

  3. Você recomenda alguma comune mais simpática e facilitadora para um processo de cidadania na Italia?

    Responder

  4. Barbiero, parabéns, além de sério, honesto, seu blog é bem didático. Gostaria de saber onde acho o link do Plano Casa artigo 5o e saber se uma casa ( ou acomodação) do site Airbnb equivale a um hotel, ou ainda que sendo locação temporária serve para comprovar residencia (desde que o proprietário demonstre o Título da Propriedade)?

    Responder

  5. Buonasera!

    Fabio gostaria de uma informação menos comum.

    Posso comprar um imóvel mesmo sem solicitar a residência e quando for em definitivo para a Itália já com toda documentação pertinente solicito a residência desse meu imóvel mesmo não tendo morado até então nele?

    Responder

  6. Oi Fabio! Grata pelo blog!
    queria saber se é possível pedir a residência e fazer o processo de cidadania tendo o visto de estudante (por motivo de intercâmbio na italia com duração de 6 meses). tem chance de implicarem com isso?
    abraços

    Responder

  7. Ciao Fabio,
    Estou morando em Monza fiz meu requerimento de residência por email, enviei todos os documentos relacionados ao meu tipo de solicitação e em aproximadamente 7 dias úteis recebi a visita de um funcionario da prefeitura (e nao um oficial de policia) após esta visita em 2 dias recebi uma carta do comune informando do processo e que o mesmo se finalizará dentro de 45 dias corridos. Bem simples, rápido e prático. Confesso que após enviar o email fui a anagrafe pra “verificar” se estava tudo em ordem pois não recebi nenhum email confirmando o recebimento dos documentos. Um grande abraço.

    Responder

  8. Fábio, boa tarde. O que você saberia me dizer a respeito de Iscrizione anagrafica senza fissa dimora attesa di cittadinanza. Você tem alguma informação a respeito de como funciona isto?

    Obrigado pela sua atenção.

    Responder

    1. Olá Ricardo residenza senza fissa dimora não é para quem vem à Italia realizar o processo de reconhecimento, não tenho nenhuma outra informação a este respeito. Abraços

      Responder

  9. Ciao Fabio

    Eu tenho uma duvida… Gostaria de ficar na casa do meu namorado na Italia enquanto faço meu processo de cidadania por lá. Isso é possivel? como faço pra comprovar residencia? Obrigada

    Responder

  10. Olá, FábioE tb gostaria de receber os links no mail, se possível, pois não os estou conseguindo encontrar no vídeo! No mais, vc faz assessoria da parte italiana (se sim, em quais Comunes), ou indicaria uma, ou ao menos a locação de apartamento?

    Responder

  11. Oi Fábio, desculpe mas não estou encontrando os links, tanto aqui no blog nem na descrição do vídeo do youtube.
    Pode me mandar o link, por favor?
    Abraços!

    Responder

  12. Ola fabio td bem? muito obrigado pelo site, é de grande ajuda a todos os italo brasileiros, voce é o cara.

    Eu te peço um conselho (talvez tenho uma duvida nova no site)

    Eu ja tenho a cidadania Italiana ha alguns anos, e moro na italia, EU sou jovem e tenho uma vida um pouco ”nomade”.

    Eu nao tenho uma residencia fixa, mudo com uma certa frequencia de casa ( alugo sempre quartos, com contrato de 12 meses) e cada vez que mudo de casa peço a transferencia de residenza na anagrafe para a casa nova ( visto que nao tenho parentes proximos na italia onde eu poderia afixar a residencia, estou sozinho aqui).

    Considerado que num futuro proximo eu nao me vejo ainda fixo numa residencia e vou ter que fazer varios pedidos de mudancas de residencias e tambem considerando que nem todos os proprietarios de casa aceitam que eu afixo residencia na suas casas , o que voce me aconselharia:

    Pedir residenza fixa no Brasil em casa dos meus parentes, e ter o domicilio na Italia ?
    Ou me declarar ”senza fissa dimora” ( que tem uma fama muito negativa aqui na Italia)?
    Ou continuar pedir sempre a residencia em casa casa que alugo?

    Nao sei se vc ja conheceu um caso assim, de alguem que muda frequentemente de casa e que esta sozinho na italia, qual seria a melhor maneira de lidar com a residencia?

    Grazie in antecipo.

    Muito obrigado Fabio, Abraço.

    Responder

    1. Olá Luis tudo bem?

      Neste caso o melhor a fazer é se inscrever no AIRE no Brasil, porém não é interessante você viver em um país sem ser residente, pois neste caso não poderá gozar dos benefícios que um cidadão tem, como estudo, trabalho, saúde, etc. Abraços

      Responder

    2. Luís, vc sabe algo a respeito disto q vc cita na sua resposta: “senza fissa dimora” ?

      Responder

  13. Olá Fabio,

    Pretendo fazer o processo sozinho na Italia, porém possuo parentes Italianos por lá, onde irei me hospedar.

    Gostaria de saber como funciona nesse caso quanto aos documentos que preciso que eles apresentem para constar que resido na casa deles.

    Obrigado

    Responder

  14. Fabio, parabéns pelo seu site. Tenho as seguintes duvidas:

    1) Vou fazer o processo na Itália, durante a tramitação tenho que ficar morando na Itália ou apenas alguns dias?

    1.1) Qual o prazo mínimo de locação que preciso fazer para tirar a cidadania?

    2) Já possuo todas as certidões do meu avô nascido na Itália, inclusive já com a devida tradução, pois o meu irmão, a dez anos atrás, fez a cidadania. Será que tenho pedir certidões atualizadas na Itália?

    3) Vc faz o trabalho de cidadania? Qual seria o custo para vc fazer essa tramitação para mim e minha esposa?

    Responder

  15. Ola Fabio,

    Nao achei um telefone seu, email, gostaria de saber sobre ajuda profissional pra tirar a cidadania. Obrigado Leandro

    Responder

    1. Olá Leandro atualmente estamos prestando consultoria exclusivamente através do Guia Prático da Vida na Italia (www.minhasaga.org/guia) e na Área Vip (www.minhasaga.org/areavip) Abraços

      Responder

  16. Ciao Fábio,
    No post Joãozinho e Mariazinha você cita que a oficial anagrafe faz a inscrição dos dois, lembrando que eles locaram um apartamento para os dois, como fica a documentação? Entendo que os dois devem apresentar:

    *cópia do passaporte com o carimbo de entrada na Italia;( cópia do JOÃO e cópia da MARIA)

    *contrato de locação; (neste caso, tem que constar o nome do JOÃO e da MARIA no contrato? ou o JOÃO declara a MARIA?)

    *cessione di fabbricato; ( aqui deve ser dois formulários um para cada um, ambos assinados pelo proprietário? Ou é possível incluir os dois no mesmo formulário?)

    *permesso di soggiorno é suprimirdo de acordo com a K32

    *Dichiarazione sostitutiva dell’atto di notorieta (duas cópias assinadas? mesmo que seja do mesmo imóvel?)

    Este post retrata a minha situação, irei junto com minha esposa e irmã, cada um com seu respectivo jogo de documentos.
    A propósito no post você cita que apenas o “JOÃOZINHO assina quatro folhas enormes”

    Responder

    1. Eu estou na mesma situação… vou com o meu marido e minha irmã e tenho a mesma dúvida que você.

      Responder

      1. Olá Ana e Leonardo, no caso do casal que eu citei, cada um realizou o processo pela própria ascendência. No caso de familiares, tudo deve sim ser duplicado, pois mesmo utilizando a mesma documentação, cada processo será realizado de forma individual. Abraços

        Responder

        1. Obrigado pelo retorno Fabio, porém ainda tenho uma dúvida, em caso de duas pessoas locarem um apartamento como fica? o contrato deve constar o nome dos dois? se for um casal + 1 deve constar o nome dos três no contrato? lembrando que mesmo sendo casados cada membro do casal irá fazer seu processo independente.

          Responder

          1. Ciao Fabio,
            Lendo o sagabook 2017 me veio uma dúvida a respeito do preenchimento da Cessione di Fabbricato.
            Na parte dos dados referente ao CESSIONARIO solicita o campo “comune di residenza” e “via e numero cívico” , neste campo devemos informar um endereço de referência do Brasil ou já devemos informar o nosso novo endereço da Itália?
            Como no formulário de Codice Fiscale nosso endereço de referência é o Brasileiro fiquei com esta dúvida para preencher a Cessione di Fabbricato.


  17. Vi o video e os post joao e maria ..e qual é a mudanca fabio poderia mandar um link!

    Responder

  18. cade os links ?
    n consegui ver onde estao os pedidos de residencia..q tipo de contrato etc..

    Responder

  19. Olá Fábio, tudo bem? Estou indo para a Itália dar entrada no meu processo e tenho uma dúvida: meu irmão já teve sua cidadania reconhecida em Lodi e meus pais no Brasil. No caso de meus pais, seus documentos (certidões de nascimento) foram registrados em Cavarzere. VocÊ acredita que o procedimento de reconhecimento seria mais rápido se fosse feito em uma dessas duas comunes? Grande abraço e muito obrigado. Marcus Gebin

    Responder

    1. Olá Marcus infelizmente o fato de um familiar já ter obtido o reconhecimento não te ajuda em relação ao tempo do processo, pois cada requerente deve passar pelos mesmos procedimentos. Aliás, pode acontecer o contrário: ao querer aproveitar documentos de outro processo, além da espera normal relacionada a cada etapa, pode ser que um comune demore para enviar o documento a outro, ou pior: você descobrir que os documentos não estão mais disponíveis ou estão no formato incorreto, isso pode levar a meses de atraso, por isso eu sempre recomendo que cada um traga a própria documentação, para garantir que tudo sairá dentro do planejado. Abraços

      Responder

      1. Olá Fábio,
        Obrigado por sua rápida resposta. Moro na França e estava prestes a embarcar para Bassano del Grappa, quando li alguns comentários de qu as coisas estão difíceis por lá. No momento meu maior problema é encontrar hospedagem. Gostaria de saber se você fornece esse serviço e, em caso afirmativo, em que comune. Ou se você poderia me indicar alguém que o fornecesse. Te agradeço novamente. Abraços. Marcus Gebin ([email protected]).

        Responder

  20. Fabio, cheguei na Italia. O oficial do anagrafe disse que para eu poder registrar residencia è preciso ter um motivo/intensao de morar na Italia (por um longo tempo, ou pela vida toda). Ele diz isso baseando-se no Decreto Legge n° 5 del 2012 ed il Decreto Legge n° 47del 2014. Caso contrario ele nao faz o meu registro no anagrafe. Como devo proceder? Onde ele esta errando? O que eu uso para provar que tenho o direito de fazer a inscricao no anagrafe para fins de cidadania? Muito obrigado!

    Responder

  21. Olá, Fabio. Por gentileza, estou com dificuldades para conseguir alugar um quarto ou mesmo apartamento para o reconhecimento da cidadania, você recomendaria algum profissional que trabalhe com locação para Brasileiros na Itália? Obrigado, Fábio. Parabéns pelo Blog!

    Responder

  22. Olá, Fábio!
    Você não realiza assessoria na Itália para o reconhecimento? Quero dizer, você não acompanha até a comune etc.?

    Responder

    1. Olá Bruna tudo bem?

      Realizo sim, porém como meus leitores são maravilhosos, todas as vagas até 2017 já foram vendidas (trabalhamos com vagas limitadas, pois aqui qualidade é melhor do que quantidade 🙂 ) Se você quiser realizar o processo sozinha, talvez seja interessante ver o Guia Prático da Vida na Italia (www.minhasaga.org/guia) ou até mesmo a Área Vip (www.minhasaga.org/areavip) que podem te ajudar igualmente, ok? Abraços e um ótimo dia!

      Responder

  23. ola Fabio. minha residencia foi anulada, o oficial do anagrafe alegou que minha declaraçao de presença consta como turista, que eu possuo a passagem de volta ao Brasil. Isto nao é o que as circolares dizem, parece que eles nao estao agindo de acordo com a lei, eu levei as circolares la e ele simplesmente ignorou. O que eu faço? posso denunciar o comune por nao cumprimento da lei?

    Responder

      1. estou no comune de Treviso. Sera que tem algo que posso fazer pra que eles me deem a residencia?

        Responder

  24. Fabio,
    Eu já tenho a cidadania e o passaporte italianos. Mesmo assim é dificil conseguir alugar um imóvel em Milão para viver lá?

    Responder

  25. Boa Tarde Fabio,

    Gostaria de tirar uma duvida com voce. durante minhas incontaveis horas de pesquisa sobre cidadania na internet, li que em Bassano del Grappa, existe um ostello que fornece a carta de hospitalidade que é aceita pelo comune. Isso é verdade? um abraço e parabens novamente pelo Blog

    Responder

    1. Olá Bruno, aquele comune está literalmente entupido de brasileiros, e o oficial já disse que não aceitará novos pedidos de reconhecimento tão cedo. Tudo por causa dos inúmeros “jeitinhos” como este que você citou. Mais um caso de brasileiros fazendo merda por aqui…

      Responder

      1. Eu bem que achei muito estranho, pois é exatamente o oposto do que você explica em seus posts e videos. Ainda bem que temos você aqui pra tirar a gente dessa furadas!!! Ainda to na batalha pra conseguir as certidoes e estou bem proximo de conseguir todas. Assim que conseguir eu entro em contato com você. Abraços.

        Responder

  26. Então, já havia comentado sobre isso antes aqui. Sobre ser residente em uma fazenda orgânica durante o processo. Uma dona de fazendas na Itália me disse que eu seria registrada como DOMICILIADA. E agora? É a mesma coisa?

    Responder

  27. Olá Fabio
    Seu site facilita muito a nossa vida Obrigada,
    Estou com uma dúvida, no momento estou na Inglaterra vou ficar 180 dias aqui que já está quase acabando e assim que estiver próximo de acabar pretendo ir para Alemanhã aonde tenho parentes e esperar lá enquanto a minha mãe está reunindo os documentos no Brasil estamos esperançosos que vai ser rápido temos quase todos documentos que como o nosso processo é feito no Rio por que somos do Espírito Santo nem precisa de agendamento no consulado. Se der tudo certo , o plano é:
    Sair na Inglaterra , esperar na Alemanha , com os documentos em mãos partir pra Itália ( claro que vou tentar negociar a residência antes de ir pra lá ).
    Gostaria de saber se isso é possível , se o fato de eu já estar na área de Shengen vai interferir quando eu for pra Itália e ir na Questura declarar presença . Pretendo ir de carro com meu marido inglês.
    Portanto também terei que registrar ele na residência .
    Porfavor se puder me ajudar com essas dúvidas o mais rápido possível serei muito grata.
    Desde já agradeço
    Karla

    Responder

  28. Olá fabio… Tenho uma duvida, meu marido já mora na italia, porem no apto que esta não tem contrato pois é de um colega…. Nesse caso, quando for reconhecer a cidadania, preciso que ele faça um contrato de aluguel para mim de 1 ano, ou uma declaracao falando que vou ficar la durante o processo? Pois o apto é 1 quarto apenas, entao nem ele mora la… Como funciona nesse caso? Obrigada desde já….

    Responder

  29. Ola Fábio! Estou com uma dúvida. Meu contrato de residência na Itália (um quarto em uma casa compartilhada) pode ser feito mensalmente ou por um período de três meses, conforme dito pela responsável da imobiliária a qual conversei. Esse período de tempo pode não ser válido para a solicitação de residência ou validação da cidadania? Obrigada, Drielle.

    Responder

      1. Obrigada pela resposta Fabio, mas não entendi muito bem. Significa que esse tipo de contrato não serve e preciso fazer um com a duração de um ano? Obrigada!

        Responder

        1. Isso mesmo, se você chegar em um comune italiano para pedir a sua residência com um contrato de 3 meses, além de não conseguir provavelmente vai receber uma bronca do oficial anagrafe, pois contratos curtos servem para turistas que vem pra cá passear, não pra quem vem morar e realizar o processo, entendeu? Geralmente o contrato exigido chama-se 4 X 4 que tem a duração de quatro anos, automaticamente renováveis por outros 4 anos. Este é válido para que você possa solicitar a sua inscrição anagráfica. Abs

          Responder

          1. Entendido. Muito obrigada Fabio! Abraços.


  30. Oi Fabio ouvi sobre você de um amigo que me falou MUITO bem de você apesar de não te conhecer pessoalmente. Estou atras de minha cidadania italiana atraves de meu bisavô estou atras das certidoēs e graças a Deus por enquanto esta indo bem , minha duvida talves seja um pouco fora do comum eu tenho 3 filhos sendo uma brasileira e 2 americanos eles são nascidos EUA e eu também tired uma certidão de nascimento brasileira na embaixada Brasileira EUA inclusive eles tem passaport brasileiro então no processo eu vou ter que entrar com a certidão de nascimento deles americana ou a brasileira e também sou casado com uma brasileira mais sou casado EUA para eu pedir para minha esposa também eu uso esta certidão de casamento americana ou eu tenho que reconhecer a certidão em um cartório brasileiro para depois seguir com o processo , eu pretendo fazer minha cidadania ai na Italia sendo que no Brasil demora muito e contar com seus serviços para eu tirar a cidadania. Obrigado pela ajuda por enquanto e muito legal você ajudar pessoas atraves deste Blog de graça parabéns precisamos de mais pessoas assim.

    Responder

    1. Olá Fabio

      As certidões deverão ser aquelas americanas, traduzidas para a língua italiana e legalizadas no consulado geral da Italia da região dos EUA onde o documento foi produzido. Abs

      Responder

  31. Encontrei os links no youtube, mas existem dois formularios, é necessario levar os dois preenchidos mais uma copia do documento do proprietario, junto com o permesso de sogiorno, com o contrato e com cessione de fabricatto. É isso que essa mudança exige entao?

    Responder

  32. Ótimo vídeo,
    Pretendo solicitar minha cidadania na Itália porém meu irmão pretende solicitar a dele no Brasil, neste caso podemos utilizar os mesmos documentos (certidões, traduções, etc.)?

    Responder

      1. Fabio, tudo bem? Se eu e meu filho maior vamos dar entrada nos processos no mesmo comune, são necessários dois jogos de documentos? Valeu.

        Responder

  33. Boa Tarde Fabio.
    Mais uma vez muito obrigado pelo vídeo.
    Gostaria de saber se posso morar em uma cidade na italia, tirar minha permissão de residencia nesta cidade, e dar entrada para reconhecimento de minha cidadania em uma comune de outra cidade vizinha, por exemplo.
    Muito obrigado.
    Um abraço.

    Responder

  34. Olá Fábio!
    Em uma procura pela internet achei o seu site e adorei, muito útil!
    Há um tem atras comecei a pesquisar sobre o direito a cidadania italiana, mas deixei de lado. Agora despertou novamente essa vontade de adquirir. Mas uma grande dúvida: Será que tenho direito ? rs
    Nasci em 1988, minha mãe em 1958 (brasileira), meu avô 1936 (brasileiro), minha bisavó (italiana) 1800 e alguma coisa rs, que a mesma quando chegou no brasil casou com brasileiro. Meu avô não foi registrado com o sobrenome italiano (Malfitano), então não herdamos o nome. Tenho direito ou conforme lei, somente a minha mãe tem direito ? Se ela tiver, consigo herdar dela esse direito ? Primeiro faz ela esse processo e depois eu ?

    Responder

    1. Olá Thaís tudo bem?

      Se a sua cidadania parte da sua bisnonna ao invés do seu bisnonno infelizmente você não tem direito ao reconhecimento, pois neste caso o filho desta mulher deveria ter nascido após 1948, entendeu? baixe e leia o Sagabook pra entender melhor 😉

      Responder

  35. Olá, Fabio! Tudo bem? Conheci seu vlog hoje, adorei seus videos e passei a tarde toda assitindo. Meu ajudou bastante, e me deseperou um pouco também. Minha mãe é casada com um italiano há mais de 10 anos e nós vivemos na Italia quando eu ainda era menor de idade, estudei la, eu tinha permesso di soggiorno, identidade, residencia e tudo mais. Mas há uns 3 anos voltei pro Brasil, agora já tenho quase 20 anos e quero voltar para lá pra cursar arquitetura, trabalhar e tal. Qual seria o procedimento?

    Responder

    1. Olá Blenda tudo bem? Peça ao marido da sua mãe para que vá a questura da região onde vive e pergunte sobre se existe e qual a tipologia de permesso seria possível dar a você, ok? Abs

      Responder

  36. Muito Bom mesmo Fabio tem muitos picaretas mesmo mas também tem muita gente seria.

    e vc é uma delas .

    obs : Curitiba , São Paulo , Santa Catarina tem varios picaretas.

    completamente sem um minimo de que estão falando e fazendo .

    um abraço Mestre e doutor Honoris Causa.

    é um prazer poder apreender com você .
    abraço forte .

    Responder

  37. Fabio, parabéns por esse canal maravilhoso! Deixei meu processo de lado a alguns anos atrás por falta de canais onde eu pudesse coletar informações precisas sobre o processo de cidadania. Li o Sagabook e assisti alguns vídeos e a minha dúvida é:
    Tenho amigos na Itália que podem me hospedar durante o meu processo e eu não precisaria fazer a locação de um imóvel. Nesse caso, os procedimentos e documentos para solicitar o registro anagrafico são os mesmos? Eles precisam fazer a Cessione di fabbricato? Ou existe algum outro documento que eles devem fazer? Grazielle mille!

    Responder

    1. Olá Lorena tudo bem?

      A cessione deve ser feita de qualquer forma, pois é um procedimento que não tem burocraticamente falando a ver com qualquer outra coisa, mas sim a entrada de estrangeiros em um imóvel italiano. Já em relação aos documentos no seu caso, vá até o comune onde pretende dar entrada e pergunte ao oficial anagrafe quais as exigências dele, pois isso muda de comune a comune, ok? Abs

      Responder

  38. Olá Monica tudo bem? Como ela é maior de idade não terá nenhum benefício pelo pai dela. Já em relação a entrada no país é sempre recomendado ter uma dichiarazione di ospitalità da pessoa que vai recebê-la. Abs

    Responder

  39. Fábio, minha filha vai pra Torino, uma amiga italiana vai recebe-la, ela precisa de uma carta pra entrar na Itália? No caso da minha filha o pai dela tem o passaporte italiano, mas como ela fez 18 anos vai demorar aqui por São Paulo, isso acelera o processo aí na Itália, sendo que o pai já é cidadão italiano? Aguardo.

    Responder

  40. Ola Fabio, existe uma forma de saber a autenticidade da assinatura do proprietario? Como o “reconhecimento de firma” de assinatura? Obrigada abs

    Responder

  41. Fabio,
    O vídeo está com 15min de black no final… Com um total de 28min…
    Abraços!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.